Domingo, 31 de Janeiro de 2010

O Nosso Venerando Prelado D.Antonino Dias deu posse aos novos Conselhos Económicos e Sociais das Paróquias da Região Abrantina e pronunciou importantes palavras sobre o Património que pela sua importância transcrevemos, com a devida vénia do quinzenário católico ''Nova Aliança''.

 

 Foto da Diocese 

Conselhos Económicos do Arciprestado de Abrantes tomaram posse
No sentido de uniformizar procedimentos e responsabilizar mais os seus elementos, os Conselhos para Assuntos Económicos das Paróquias do Arciprestado de Abrantes tomaram posse no dia 15 de Janeiro, no salão da Esperança (Abrantes) para o triénio 2010-2012.
Esta medida surge por imposição de um decreto, emitido pelo Bispo Diocesano, que visa uniformizar os procedimentos destes Conselhos, bem como dar mais formação aos seus elementos.
D. Antonino Dias explica que estes Conselhos “são aqueles que na comunidade paroquial fazem parte da própria estrutura jurídica da paróquia, aos quais preside o Pároco”.
Esta tomada de posse vem na medida em que na Diocese “uns Conselhos para Assuntos Económicos terminavam o mandato agora, outros dentro de um mês, outros dentro de dois meses, outros já tinham terminado e era preciso organizar e uniformizar o seu funcionamento”. Para sanar estas lacunas, “emiti um decreto que diz que os Conselhos para Assuntos Económicos Paroquiais terminariam o seu mandato todos em Dezembro e, durante o mês de Novembro, os Párocos teriam de apresentar as novas listas, tomando posse, de forma colectiva por Arciprestado, em Janeiro”.
Mas D. Antonino Dias realça também a importâncias dos elementos que compõem estas estruturas terem formação adequada. “São cerca de 1000 pessoas que fazem parte dos Conselhos Económicos da Diocese, pelo que é preciso fazer formação também com esta gente que colabora com a Igreja, quer na conservação, no restauro e na defesa do património, mas que também colaboram com o Pároco no que é preciso”, refere, reiterando que “é preciso formar e investir nas pessoas que compõe a vida da comunidade e se envolvem nela”.
D. Antonino Dias definiu também que “haverá limitação de mandatos, pois há pessoas que estão nestes lugares há dezenas de anos e já não querem seguir. Então concluímos que seria melhor que os mandatos durassem três anos cada e, cada equipa poderia ficar, no máximo, três mandatos, sendo que este será o ano zero, não havendo por isso retroactivos”. Ou seja, a partir daqui é que começam a contar os mandatos.
“É importante renovar estas equipas, mas também envolver as pessoas na vida da Igreja, evitando que essa tarefa seja apenas deixada para os Párocos”, sublinha o Bispo, pois “hoje há muito a fazer e é preciso que as pessoas ganhem consciência da sua missão. Os Padres são cada vez menos, há um património a conservar e as pessoas têm de se responsabilizar também por essa missão”.
D. Antonino Dias lembra, porém, que o facto destas equipas trabalharem em articulação com a Cúria Diocesana, “
não serve para evitar que as obras se façam, mas sim para que se façam com regras técnicas e respeitando as normas de restauro e conservação, para que a intervenção no património não seja feita de forma adulterada. Tem de haver uma sensibilidade grande para conservar este património e a arte sacra”, acrescentando que “há que evitar que haja mais boa vontade do que conhecimento”.

 

 (sublinhado nosso)

 

 

 

 

 

 

 

Composição dos ConselhosEconómicos das Paróquias:

 

Alvega
Padre Manuel Lopes Mendonça, Artur Luís Pires Pimenta, Manuel Marques Catarino e Severino Martins Ruivo Santana Marques.
Bemposta
Padre Manuel Lopes Mendonça, Carlos Manuel dos Santos Luís, Francisco Maria da Rosa, Manuel Pereira Dias e Vanda Maria Lopes da Silva.
Pego
Padre Sebastião Fernandes, Natalina Teresa Dias Gonçalves de Jesus, Joaquim Armando de Sousa Lopes, Raúl Maria Lopes e Aldina Manuela Gil Marques Soutenho.
Rossio ao Sul do Tejo
Padre Sebastião Fernandes, Manuel António Marcelino Pereira de Matos, Emanuel Pedro Paula Lucas de Almeida, Manuel Luís e António de Matos Catarino.
S. Facundo
Padre Manuel Lopes Mendonça, Armando Cardoso, Hermínio Maria Tomás, Luís Araújo Passos e Rosinda Joaquina Duarte.
S. Miguel do Rio Torto
Padre Sebastião Fernandes, Valdemar Domingos Bicho, José Manuel Silva Ferreira, Fernando Marques Cardoso Rebeca e António Heitor Cardigos.
S. Vicente e S. João - Abrantes
Cónego José da Graça, Manuel da Conceição Mendes, José Francisco Guerra Ruivo, José Marques Batista, Rosalina Maria de Jesus Pacheco Gonçalves, Maria da Graça Marques Tristão e Anacleto da Silva Batista.
Vale das Mós
Padre Manuel Lopes Mendonça, António Maria Ricardo, Maria Eugénia Rodrigues Maurício, Maria Isabel de Freitas Gonçalves Neto e Ricardo Jorge Nobre Dias''

 

Sua Excelência Reverendíssima publicou também nova regulamentação sobre o funcionamento dos Conselhos e sobre o Património Artístico da Diocese.

Painel de Azulejos em São Vicente .Foto. D.G.M.N.

 

É um tema a que pela sua importância voltaremos a falar em breve.

 

Aos esforçados membros dos Conselhos pedimos atenção para as palavras sábias do nosso Prelado.

 

POR ABRANTES

 

 



publicado por porabrantes às 23:18 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Eurico de Castro Zuzarte

A prisão do apaixonado co...

Bom Feriado

Nem os mortos respeitam

Não há mais nada a dizer

Dr.Gilberto Vasco (2)

Imprensa diocesana retrat...

Colega da cacique no olho...

O assunto não deve ser p...

Quando Gomes Mor se senta...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds