Domingo, 3 de Abril de 2011
03 de Abril de 2011

Rui André – um político independente feliz por dizer aquilo que pensa… 

 

Nesta Democracia posso falar mas tenho de estar calado ...

 

Nem sempre estou bem disposto e motivado para escrever e reflectir sobre a vida política. Mas hoje estou perplexo e bastante ansioso depois de ter lido o texto do Dr. Santana Maia "A minha intervenção no Plenário do PSD".

 

Como cidadão livre de qualquer intenção de progredir na política, penso que tenho o dever de mostrar as minhas sensibilidades e aquilo em que eu realmente acredito. Talvez não tenha nascido para a política, mas tenho a certeza de que nasci para viver num mundo melhor e mais justo.

 

Neste momento, estou cansado de ouvir pensamentos desonestos, humilhantes e irritantes que denotam falta de inteligência e falta de visão estratégica para o concelho de Abrantes. Ninguém é dono da verdade nem mesmo à minha pessoa.

 

Nasci num berço de dificuldades e pertenço à uma casta especial: a casta do povo, simples, trabalhador e honesto. Este estatuto permite-me opinar sem complexo e sem medo de represálias.

 

Gostei muito da forma como o Dr. Santana Maia abordou o problema do PSD de Abrantes. Tenho lido as suas intervenções e as suas opiniões sobre a política em Portugal e concordo em grande parte com ele. Como ele refere num dos seus textos: Na vida há dois tipos de pessoas: as que nascem para comer os frutos e as que nascem para plantar as árvores.

 

Também eu nasci para plantar as árvores e tenho trabalhado nestes últimos anos em prol do desenvolvimento da freguesia de Rio de Moinhos, na política como Presidente da Assembleia de Freguesia e como Presidente da Junta de Freguesia e a nível associativo, como fundador da APEOCA (Associação de Pais e Encarregado de Educação dos Estabelecimentos de Ensino do Oeste do Concelho de Abrantes); como fundador daAssociação Juvenil Remoinhos d´Água; como Presidente da Assembleia Geral daFilarmónica Riomoinhense; como fundador e Presidente da Comissão Social de Freguesia de Rio de Moinhos; actualmente pertenço a Direcção da Conferência S. Vicente de Paul da Freguesia de Rio de Moinhos; Faço parte da Comissão alargada da CPCJ entre outras...

 

Durante o meu mandato na Junta de Freguesia de Rio de Moinhos, recebi vários convites para os quatro maiores partidos políticos do concelho de Abrantes, sempre recusei e sei que se tivesse aceite, não estaria hoje a escrever este artigo desadequado para os formalismos políticos habituais e gastos de tanta hipocrisia. Gosto sempre de dizer aquilo que penso e com total liberdade.

 

A freguesia de Rio de Moinhos sempre foi tencialmente de esquerda mas, nestes últimos 12 anos, o PSD ganhou com 3 maiorias absolutas (2001, 2005 e 2009) não por mérito do PSD local mas, sim, por mérito dos representantes das listas que nela trabalharam e trabalham, ou seja, sem interesses pessoais mas com muito trabalho, dedicação e Amor pela Freguesia de Rio de Moinhos.

 

Os membros das três listas vencedoras sempre tiveram total liberdade para votar de livre consciência nas Assembleias de Freguesia. Sei de alguns companheiros que votam, a nível nacional, no Partido Socialista e continuam nas listas do PSD como amigos de luta pelo desenvolvimento da freguesia de Rio de Moinhos. Por isso, a minha admiração e simpatia por eles.

 

Tenho as minhas próprias opiniões e quero partilhar, melhorar, corrigir com outros pensadores honestos que não se importam se a minha cor preferida é o laranja, rosa, azul ou o vermelho. A gente humilde e séria compreende estas minhas palavras e concorda comigo: a política precisa urgentemente de uma reforma, de uma grande reforma de pessoas.

 

Muitos independentes, assim como simpatizantes e militantes de quase todos os partidos, estão cansados de ver os nossos políticos, os mesmos políticos de sempre, fechados no seu conservadorismo e resistentes às mudanças necessárias.

 

Fica aqui a minha opinião com o intuito de despertar a mente dos militantes e simpatizantes de Abrantes do Partido Social DemocrataTodos os militantes e simpatizantes devem reflectir e não ter medo de agir,  discutir e de enfrentar o futuro com optimismo.

 

Existem tantas pessoas capazes de fazer um bom trabalho e que poderiam ajudar a endereitar o caminho da liberdade...  

 

 Nota

Com a devida vénia publicamos retirado do reexistir por abrantes este artigo do peticionário Dr. Rui André.

 

publicado por suzy de noronha




publicado por porabrantes às 21:57 | link do post | comentar

2 comentários:
De gonçalo calhau a 28 de Novembro de 2012 às 15:31
Ola boa tarde,

Não sei se este blog está ainda activo e se tu
irás ler as próximas linhas.

Lembras-te do tempo da arbitragem, pois bem
fala-te o Gonçalo Calhau que morava em Abrantes, Rossio ao Sul do Tejo arbitrámos
em 2003/2004. Nunca mais soube nada de ti,
e não fazia ideia que abraças-te a carreira politica.
Muito bem, não fazia essa ideia, e espero que esteja a correr bem ou se já passou tenhas gostado e corrido bem. Tenhas conseguido atingir os teus objectivos.

Escreves muito bem e tuas ideias são irreverentes de quem quer a mudança, ou não
se deixar agarrar pelo poder e não poder exprimir palavras livremente.

Minha vida tambem mudou muito e a arbitragem já nao me seduziu mais.

Espero que estejas bem e muita saúde!

1 abraço,

Gonçalo Calhau - ex-colega de artitragem


Comentar post

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Quando a Câmara violava o...

Mercado Diário : Bloco ac...

Presos políticos abrantin...

Fanáticos perdem em Insta...

Padre de Abrantes aprova ...

Leia os colegas

Deveres de Cortesia: Ephe...

Anti-Fascistas da Resistê...

Médico do Tramagal denunc...

A tortura do médico do Tr...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds