Domingo, 22 de Maio de 2011

Do blogue Tramagalense transcrevemos com a devida vénia:

 

O MIRANTE

No passado mês de Abril, a Câmara de Municipal de Abrantes proporcionou, aos meios de comunicação social, uma visita às obras que o município está a levar a efeito ou tem em carteira para os próximos meses. Nestas, inclui-se a remodelação do Mirante em Tramagal e da fotografia que a CMA disponibiliza no seu site, pode constatar-se que o edifício existente vai desaparecer para dar lugar a um conjunto de escadas e muros no acesso ao cruzeiro.
Em minha opinião esta proposta é feia, pouco prática e pouco convidativa, embora enquadrada no conjunto monumental que compõe a parte superior do mais bonito miradouro, sobre o Tejo, do concelho de Abrantes e arredores. Os muros são simplesmente desnecessários. O que se pedia era uma escadaria em forma de anfiteatro, ampla, com vistas sobre o elemento fundamental que é o Tejo e a paisagem envolvente. O arquitecto(a) decidiu fechar, entre muros, o acesso ao cruzeiro. É o seu gosto e a sua visão.

Recebo com agrado a ideia do Mirante merecer, finalmente, atenção por parte de CMA. Por outro lado lamento a atitude da edilidade em não dar a conhecer os pormenores do projecto. Ninguém sabe ao certo o que ali se vai fazer. O que se sabe é que, o Mirante, a Barca e o caminho entre estes dois locais vão ser alvo de uma remodelação  com um valor de investimento a rondar os 120 mil Euros. Ora, por este valor logo se depreende que muito não pode ser feito até porque uma boa parte será empregue nos muros do novo acesso ao cruzeiro. Isto leva-me a pensar que, a intervencão feita nestes dois 
locais, tem muito pouco a ver com a marca "Ibérico" que parece estar na moda nos gabinetes da CMA. Para além disso, o facto da edilidade não publicar abertamente as suas intenções demonstra que a tal "aproximação aos munícipes", não passa de conversa de cordel das campanhas eleitorais. No fundo esta intervenção será mais para suavizar o desânimo que os tramagalenses sentem do que para enquadrar a margem Sul do Tejo num verdadeiro projecto com amplitude turística, à semelhança do que vai acontecer na margem Norte. 
O facto de a CMA ignorar, também, a oferta de participação de uma associação local na concepção do projecto é mais um sintoma de que a abertura e a “aproximação ao munícipe” não são para crer. 
A arrogância, a prepotência , o egocentrismo e a própria intimidação partidária são há muito uma constante dentro do PS abrantino. Se as Assembleias de Freguesia são apenas “verbos de encher “ e se os Presidentes de Junta apenas servem para levantar o braço, votando favorável e invariavelmente as propostas do executivo nas Assembleias Municipais, mais vale acabar com estes órgãos, já que para nada servem e apenas dão despesa.
A vossa utopia é irónica e os compromissos assumidos até hoje vão tornar este concelho num enorme buraco financeiro que os  pobres munícipes terão, involuntariamente, de suportar. ''

Estamos perfeitamente de acordo com este post. É preciso não ter o mínimo sentido do valor da paisagem para conceber uma merda destas (continuo politicamente correcto, deve ser influência do Professor Catroga).

 

Mas como as as coisas têm assinatura, publica-se a foto do arquitecto que na CMA tutela este pelouro. É o digno herdeiro doutro arquitecto que também exercia como VPC, Albano Santos.

 

Chama-se Rui Serrano


 foto cma

 

Está na hora de começar a responsabilizá-lo pela sua gestão !!!!!

 

E como já devem estar fartos de me aturar, passos os comandos desta nau ao Noronha! Vai regressar a beatice! Mas a querida Suzy tem um post delicioso sobre o Armando Fernandes. Não percam!

 

Miguel Abrantes




publicado por porabrantes às 17:56 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Sarna no Hospital

A tortura dos profs

Investidor Fantasma contr...

1890: abaixo o imperialis...

Deveres de Cortesia: A Fo...

Século arrasa os touros d...

Padre Catarino com o cabe...

O soldado abrantino do Im...

SEPNA devia multar a CMA

As oliveiras da Ministra ...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds