Terça-feira, 24 de Maio de 2011

Estar a escrever sobre uma coisa que segundo o interessado, este,

 

 

não existe,  é aparentemente um dilema difícil.

 

Nisto o Engenheiro Marçal parece Jesus Cristo, com algumas diferenças, o Pai adoptivo do Senhor era carpinteiro e o Avô do Engenheiro também era carpinteiro. (1)

  colecção de ''santinhos'' de Marcello de Noronha

 

 

 

Jesus tem 30 anos de vida misteriosa, antes de encetar os 3 anos de vida pública, relatados pelos Evangelistas.

 

O Eng.Marçal tinha segundo as suas palavras 15 anos de vida misteriosa (em termos políticos), que eu estou  a desvendar.

 

Este folhetim pode pois equiparar-se aos evangelhos  apócrifos (para a Santa Madre Igreja) que relatam a infância do filho do carpinteiro de Nazaré. 

 

O folhetim como género literário não obedece às regras convencionais da ficção, está a todo o momento a enveredar por caminhos tortuosos, a inventar atalhos, tudo para obedecer às técnicas inventadas por Ponson du Terrail ou por Camilo, para criar suspense e fazer com que o leitor espere o próximo episódio com ansiedade.

 

No fundo é uma técnica igual à das histórias aos quadradinhos em continuação.

 

 

 in blog

 

Hoje enquanto aguardamos se o Eng. Marçal desafie para um duelo o Moita Flores, faremos uma breve e rocambolesca excursão sobre o passado do Senhor João Moura   que o Eng.Marçal acompanhou numa frustrada candidatura à distrital laranja em 2007.

 

Como no PSD parece que há nobreza, a coisa mete a família. Reproduz-se pois um comunicado da JS de Ourém:

 

''Familias de Ourém...

 

 

A Concelhia de Ourém da Juventude Socialista, ao encontrar na passada semana, na imprensa escrita nacional, referências às ligações familiares existentes no Concelho de Rio Maior, destacadas pelo líder do PSD Marques Mendes, entende dar a conhecer a realidade existente na Câmara de Ourém, relativamente às ligações familiares dentro da Câmara e na Escola Profissional de Ourém. Para nós, os casos de Rio Maior são uma gota de água, quando comparados com aquilo que tem acontecido na Câmara de Ourém, gerida pelo PSD ao longo das mais de duas décadas.

 

Família Catarino: o Presidente da Câmara David Catarino tem como Chefe da Divisão Sócio Cultural o seu irmão. O outro irmão de David Catarino também trabalha na Câmara Municipal na área dos jardins…

 

Família Albuquerque: o actual Adjunto do Presidente da Câmara, Luís Albuquerque, é filho de Mário Albuquerque que foi durante 4 mandatos Presidente da Câmara. Aliás, foi durante a Presidência de Mário Albuquerque que a sua filha Sofia entrou para a Escola Profissional de Ourém, onde até à data exerce funções de docência e outras. De Luís Albuquerque não também não se conheciam ligações políticas, até à sua nomeação, porque o referido foi durante muitos anos guarda-redes do Desportivo de Fátima. Clube, aliás, fortemente apoiado pela Câmara ao longo dos últimos 20 anos. Agora que Luís Albuquerque deixou as balizas, tornou-se técnico e dirigente do Clube Desportivo de Fátima e é nomeado adjunto de David Catarino.

 

Família Serrano: já a família Moura/Serrano é extraordinária na detenção, ocupação e passagem de lugares… João Serrano, foi vereador da Câmara de Ourém durante vários mandatos. No último mandato exerceu as funções de vereador, enquanto que o seu filho, pela subida na lista da Câmara, exercia, também funções de vereador. Pai e filho. Aliás, no anterior mandato foi curiosa a situação de João Moura ter votado no pai, João Serrano para a Administração de uma Empresa Municipal… Para o presente mandato, João Serrano não constava nas listas. João Moura, o seu filho foi em lugar elegível e é hoje vereador da Câmara Municipal. Presentemente, o seu pai, exerce a Administração da Empresa Municipal Verourém… Importa ainda referir, que a esposa de João Serrano, Amélia Serrano trabalha na Câmara Municipal há muitos anos... João Serrano tem ainda uma filha, que enquanto exercia as funções de vereador, entrou para a Escola Profissional de Ourém, também há largos anos...

 

 

Família Neto: Armando Neto foi vereador durante 2 mandatos, até ao último acto eleitoral. Nestas últimas eleições autárquicas foi em lugar ilegível, mas recentemente foi nomeado para a Empresa Municipal Ambiourém. A sua mulher é a tesoureira da Câmara…

 

Além destas situações que envolvem o ex e o actual Presidente da Câmara, os vereadores e famílias, existem algumas pessoas que trabalham na Câmara e que são familiares de fiéis Presidentes de Juntas de Freguesia do PSD…

Em Ourém, o poder tem passado e é partilhado por 4 famílias, que na Câmara gerem os destinos de um Concelho há décadas…

Vale a pena reflectir sobre a moralidade e a ética política nesta situação. Se o caso de Rio Maior leva um eurodeputado a falar na SIC Notícias e a saírem notícias em órgãos de comunicação social escrita, esta situação em Ourém dá.... nada…

Estamos ao lado de Marques. Achamos que é preciso credibilizar a política. Ele devia era começar pelos casos mais flagrantes, como o de Ourém, que até são do seu partido....

Nada nos move pessoalmente contra estas pessoas. Porém, achamos estranho que num concelho com mais de 40 mil habitantes esta situação se vá desenrolando, desta forma, sem que seja denunciada ou equacionada…

 

Ourém, 10 de Junho de 2006

 

Comissão Política Concelhia da Juventude Socialista''

 

 

Por hoje chega.....Amanhã veremos porque via sinuosa derrapa o folhetim....

 

Marcello de Noronha, com apoio documental do Dr.Abrantes, uma espécie de Abranhos da maçonaria  

 

 

(1- Nesta página do Jornal de Alferrarede pode ver uma foto da carpintaria mecânica do benemérito Apolinário Marçal. João Pico berrou outro dia que não era trolha mas duma distinta família de carpinteiros.

Como o foi Apolinário Marçal.....

Ou Luís Marques dos Santos que foi carpinteiro e fundou a Construtora Abrantina.....que rivalizava com a construtora do Sr.Apolinário nas obras em Abrantes, mas que graças ao trabalho de Armando Boavida (fundador do PSD de Abrantes), Amadeu Vasco e de Simão Marques dos Santos ganhou expressão nacional.....  )



publicado por porabrantes às 18:27 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A procuração da Ofélia

Era uma vez os Kamov do C...

Eucaliptos

Como a cacique montou uma...

O sétimo aniversário da m...

Assinamos por baixo

Pecuária aliada

O ex-nazi chefe da Oposiç...

Celebrar a vitória de D.P...

Contra os vândalos de 191...

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds