Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

 in amareloverdealgace.com

 

Diz-nos o nosso amigo Cidadão Abt:

sobre A canalha no seu melhor na Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011 às 22:54:

 

     

Valha-nos a Virgem Santíssima!!!

Cobras, lagartos, lagartixas, demónios excomungados, sape gato lambareiro!!!

O léxico alentejano é bastante emotivo e vai daí, o blogue castelo-vidense incendiou-se de todo!

Gente ao corrente da situação e em cima dos acontecimentos!

Perante este grau participativo, os comentadores e restantes abrantinos não passam de uns jóias embalados no sistema institucionalizado das portas, passagens, açudes e imaginários cubos proto-históricos!

Live indignation!

 

 

Ò Cidadão,

 

Há um estudo que diz em que Castelo de Vide se pronuncia o ù à francesa, como na Bretanha micaelense e parece-me em boa parte dos Açores desde Ponta Delgada até ao Corvo.

 

A tese parece residir numa medida do Marquês de Pombal que queria melhorar os índices de produção dos  conterrâneos do Carrilho da Graça,

 

que já no no século XVIII s se dedicavam a dormir a sesta com uma militância tão insistente que deixavam abandonados os trabalhos rurais. Pombal resolveu melhorar a ''raça'' importando colonos de São Miguel para modificar a genética local e torná-los nuns gajos capazes de trabalhar de sol a sol sem dormirem a sesta cada cinco minutos.

 

 bolo de anos tipicamente alentejano (se fosse de Lagarelhos o indígena estava a cagar no bolo e o Armandinho Fernandes a dizer que assim ficava mais apetitoso)

 

in  Quinta da Sapinha 

 

A coisa deu para o torto, porque rápidamente os insulares perderam a compustura atlântica e se tornaram alentejanos para não destoarem da planície.

 

Não sei se o Carrilho tem sangue açoriano, mas sei que é um alentejano autêntico ou seja um papa-açorda da arquitectura.

alentejosolidario.blogspot.com

 

O cubo revela tal preguiça para pensar o local onde se vai situar que só demonstra que o licenciado estava com deficit agudo de sesta quando se meteu no estirador.

 

Descobrimos agora nós, caro  e ilustre Cidadão (parabéns pelo alentejano honorário Pico o ter citado, é uma honra assinalável), que há bloguers alentejanos que são mais estercorários que João Pico.

 

Isso só prova que foi do Souto que sairam os primeiros habitantes do Alentejo e que o primeiro gajo a estragar a planície com menires foi um trolha do Souto aí por 5.000 APP.

 

 

 

Que significa APP?

 

Antes de Pico & Pimenta......

 

Entretanto estamos receber uns comentários revolucionários alentejanos do melhor. 

Alentejano revolucionário on-line

 

Como nós em relação à linguagem somos uma malta civilizada não posso responder aos rapazes do Alentejo é Vermelho com ordinarices do tipo : o gajo da RPP Solar é de Avis, porra!!!!

 

Porque é que não lhe venderam uma UCP por 100€ e tinha de vir fazer negócios para cá com o Sr.Carvalho????

 

 

Bolas, não posso dizer mais mal dos alentejanos porque me lembrei que sou amigo do dr.Santana-Maia Leonardo que é um alentejano dos melhores!!!! 

 

Só posso se os gajos continuarem a insistir amandar-lhes com uma maquete do merdoso cubo na tola!!!!!

 

Adeus amigo Cidadão!

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 22:18 | link do post | comentar

3 comentários:
De O Cidadão abt a 17 de Setembro de 2011 às 00:47
Boas, Miguel Abrantes!

Quer-se dizer... o pai de "RPP - o cowboy solar" é um mestre pegacho que foi amandar umas picardias para Avis... daí até nascer o pequeno barão vermelho da felídea FNAC, foi outra lufada de ar fresco que lhe deu...

Recuando uns séculos, com os seus "úús"os alentejanos e os algarvios é que foram exportados para os Açores onde entre quentes lagoas e profundas crateras copularam com as fracesinhas de Borgonha soltando " íiís", tudo sob a égide da Ordem do Tosão de Ouro... hum...

...Resultando num frenético dialecto sem tréguas linguísticas com muitos "iús" pelo meio!


De porabrantes a 18 de Setembro de 2011 às 00:44
Olá Cidadão, estou atrasado, mas mais vale tarde que nunca.
Fico a saber que o pai do Barão era do Pego. Seria, na fidalguia portuguesa são todos parentes, primo da Isilda?????

Bem, sobre as açorianas, vai um beijo para a mais açorian abrantina que São, que alegrava a TV Regional há anos.
E o chato do Carlos César ainda a não fez directora.
´Será do Opus como o Mota Amaral. Desconfio, a Avó dele (do Carlos) ia à missa todos os dias...
Miguel Abrantes


De porabrantes a 18 de Setembro de 2011 às 00:48
atacaram as negras gralhas

era: para a abrantina mais açoriana que é a São


Comentar post

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O beato amigo do Zé Guilh...

Um escudo abrantino em Ro...

Uma homenagem necessária

Carta Educativa adiada pa...

Abrantino escraviza turco...

Porque se vota Ventura em...

Mafalda Mouzinho de Albuq...

Por uma Catalunha espanho...

Estatística

A denúncia

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds