Quinta-feira, 23.08.18

Diz o Público, que o Episcopado afirma que não tem ''em cima da mesa'' casos de abusos sexuais de menores.

Em 2016, foi arquivado em Coimbra um caso onde era referido um importante sacerdote abrantino.

Em 2013, o mesmo jornal publicou esta ''peça''.

Em 7 de Março de 2018, o ''Correio'' publicou a condenação a prisão (6 anos), num caso do Porto,  e o matutino sublinha que o abafaram durante um ano. E que a congregação não o denunciou.

A mesma saga atacou alguma Igreja protestante.

A condenação mais recente na região foi a do padre da Golegã por abusar dumas escuteiras.

padre golegã

Padre António Santos (TVI)

 

O presbítero não foi suspenso a divinis e o Tribunal não o proibiu de contactar com crianças.

Na Diocese de Portalegre houve casos denunciados pelo ''Sol''.

As denúncias feitas pela ex-responsável da Casa Pia, Catalina Pestana, referentes também a esta diocese foram arquivadas.

Em 19-6-2018 reunido o Conselho Presbiterial da diocese  ' 'Foi ainda dado conhecimento das diretrizes referentes ao tratamento dos casos de abuso sexual de menores e dos procedimentos a adotar em caso de conhecimento de situações que indiciem ou evidenciem situações de tal natureza. Os destinatários imediatos destas diretrizes são todos os que trabalham, de alguma forma, na atividade da Igreja, em particular os que exercem funções de direção, chefia, gestão ou coordenação na atividade própria de cada pessoa jurídica canónica, como as IPSS e outras. Tais orientações, como, aliás, também se diz no texto em questão, não dispensam não dispensam, em caso algum, a observância das demais normas internas da Igreja, nem o escrupuloso cumprimento das normas legais do direito interno português.''(in página da diocese.)

A mudança de atitude na Igreja vai-se notando pouco a pouco. Mas a resposta às queixas de pessoas indignadas sobre o comportamento de certos clérigos, continua muitas vezes a caracterizar-se pela opacidade e pelo silêncio.

Assim não se conhece o andamento dado às queixas feitas pelo ex-Presidente da Freguesia de Alferrarrede, Pedro Moreira, contra o Cónego Graça, referentes a um caso amplamente noticiado pela Imprensa, de alegada burla à Segurança Social.

Assim não se conhecem os contornos da venda da casa da ''Sãozinha'', no Gavião, pelo famoso presbítero do ''Porche'', padre Arsénio Isidoro.

Finalmente anota-se que a Diocese não tomou qualquer decisão pública sobre o idoso padre Milheiro que se celebrizou por ser acusado de chicotear noviças em Famalicão.

 

 

mn

  



publicado por porabrantes às 09:08 | link do post | comentar

Domingo, 03.06.18
Sábado, 15 de Outubro de 2016

bispado protesto.png

bispado 2.png

 

bispado 3.png

Protesto colectivo do clero abrantino e diocesano contra as intervenções, em 1861, do deputado albicastrense Manuel Vaz Preto Geraldes ( um dos barões da Beira Baixa) que definia o Vigário da Diocese como inepto e o clero paroquial ''tão corrupto, como  ignorante.''

vaz preto geraldes.png

Manuel Vaz Preto Geraldes, busto de Costa Mota, em Castelo Branco (foto Pedro Medeiros DRCC) com a nossa vénia 

 

Dizia a douta padralhada:que nunca se tinha dirigido uma injúria e um ataque ao clero tão vigoroso, nos anais parlamentares, como o de Vaz Preto

 

assinavam João Freire de Oliveira Mata , Vigário de S..Vicente e Arcipreste deste terra, e os colegas cujos nomes que seria fastidioso enumerar.

 

créditos: ao Diário das Sessões das Cortes do Reino de Portugal, onde el-Rei-Fidelíssimo, D.Pedro V, mal continha a sua impaciência face ao Governo parlamentar, a quem chamava a ''canalhocracia'', nos seu diálogos com Alexandre Herculano. Em Setembro de 1861, D.Pedro, o primeiro homem a dar um subsídio ao Montepio Abrantino, morria, na flor da juventude. Não houve golpe bonapartista.

 

mn



publicado por porabrantes às 16:58 | link do post | comentar

Domingo, 27.05.18

Vimos ontem o Rev.Cónego Martens Ferrão lixar um padre abrantino. E conseguir a mitra de Portalegre por ser friorento e por não querer apascentar campónios que não falavam luso,. a que chamavam ''falar fidalgo''.

Botavam faladura os mais deles em galego e mirandês.

origem diocese

Cónego A.J.Boavida, citando Vaz Preto, in Jacinto Salvador Guerreiro, A diocese de Beja, no final do século XX, a intervenção de D.António Xavier de Sousa Monteiro, in Problemática Religiosa. Lusitânia Sacra, Tomo VIII e IX,Un.Católica Portuguesa -Lisboa 1996, UCP

 

Portanto a diocese de Portalegre subsistiu para que o Bispo Ferrão alcançasse um pouso mais tranquilo e aconchegado.

 

ma

 

 



publicado por porabrantes às 22:34 | link do post | comentar

Segunda-feira, 15.01.18

A 27 do corrente realizam-se no Teatro S.Pedro as Jornadas Diocesanas da Família, sobre a alta direcção de S.Excelência Reverendíssima, o Bispo.

No dia seguinte será a Assembleia Geral da Sociedade Iniciativas de Abrantes, dona do imóvel.

A 29 termina a cedência do edifício à CMA e algum anti-clerical sustenta que se o Sr.Bispo quiser voltar a usar o edifício terá de pagar.

Foto_Teatro SPedro_exterior.jpg

ma  



publicado por porabrantes às 13:26 | link do post | comentar

Sábado, 05.08.17

uniao católica rocio 1905.png

Uniao Cathólica, 1905

Folha oficial da Diocese de Portalegre

Retrato_de_D__Gaudêncio_José_Pereira_(1911)_-_Jo

 

Esquecia-se D.Gaudêncio José Pereira; Arcebispo de Mitilene e a título pessoal, Bispo de Portalegre, que o concurso estava viciado à partida. Obtinha carta de pároco quem fosse do partido rotativo no poder.

Avellar Machado encheu a região de padres regeneradores....

 

 

mn



publicado por porabrantes às 15:18 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.08.17

Hoje ou amanhã voltaremos a falar sobre um padre do Tramagal, o Rev.Raposo, que depois foi um resistente católico contra a perseguição jacobina na Vila de Abrantes, durante a República.

Mas enquanto se procuravam elementos sobre ele apareceu isto, referente a 3 padres, um do Tramagal e outros da Bemposta e do Pego.

Por mera curiosidade, publica-se:

uniao católica.png

sobre o padre da Bemposta e do Pego

uniao católica 2.png

 

  Era, ao tempo, a União o órgão oficial da diocese e estava muito preocupada com a Maçonaria...e com os protestantes....

maçonaria 2.png

 mn

 



publicado por porabrantes às 15:28 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.06.17

 

Graça oficial.png

O  Médio Tejo vem agora  confirmar a notícia por nós dada em primeira mão, de que o Senhor Bispo de Portalegre e Castelo Branco, ouvido o Conselho Presbiterial, onde infelizmente o Reverendo tem assento, recusou autorização para a construção duma Igreja na Encosta da Barata.

Dizemos infelizmente, porque o homem devia abrir caminho à renovação pastoral desta cidade, seguindo o exemplo dos Bispos que abandonam o magistério aos 75 anos.

 

O tipo fez a CMA ceder-lhe (pela segunda vez!) um terreno na Encosta da Barata para construir um templo.

Gastou dinheiro num projeto medíocre e andou pelas gazetas e homilias a prometer que em meados de 2017 a Igreja estaria construída.

Fez todos estes actos sem a licença imprescindível do Ordinário Diocesano, fazendo as Paróquias gastarem dinheiro e a Administração Municipal perder tempo e massa, ultrapassando os seus poderes.

Isto tem um nome e há artigos nos códigos que regem esta actuação.

E artigos que deviam ser já aplicados.

Mas face à recusa do Bispo em autorizar a construção, a única alternativa do homem, que produziu umas declarações desastradas e  injustas sobre o Ordinário Diocesano e os colegas , que aliás só demonstram a soberba do referido, e que do ponto de vista teológico são de desatar a rir à gargalhada, é devolver o terreno ao Município, antes que uma Vereação decente exija a reversão e eventualmente processe a Fábrica da Igreja de S.Vicente pelo incumprimento do contrato.

O Bispo e o Conselho Presbiterial acham que Abrantes não precisam de mais nenhuma Igreja, as comunidades não vivem só de betão, precisam de pastores e de laicos empenhados, e não precisam de demagogos e de gente desobediente.

A Igreja de Roma é uma organização hierárquica, quem se coloca fora da disciplina (especialmente se for um um padre) arrisca-se a ser castigado. 

Quem declara que Ábrantes fica ''castrada'' sem um nova Igreja, tem da vida religiosa uma concepção falocrática e aterradoramente machista, típica daqueles ultramontanos que recusam às mulheres qualquer lugar na vida religiosa.

Com que então uma Paróquia é um falo, que fica castrado, se não há mais betão?

Que linguagem é esta?

 

Infelizmente o Médio Tejo optou por  só ouvir uma parte,  não ouvindo o Sr.Bispo.

O Médio Tejo resolveu traçar o curriculum do homem e esquece a Paróquia de São Facundo desapareceu canonicamente, que há notícias não esclarecidas em toda a Imprensa sobre desvios de dinheiro no Projecto Homem e assim por diante.

Ao longo dos anos a Imprensa ignorou olimpicamente as denúncias do valente cidadão e autarca socialista Pedro Moreira, fazendo como se ele não existisse.

Moreira1.jpg

 

O Partido Socialista fez o mesmo.

A CMA fez o mesmo.

E lamentavelmente parece que Portalegre por aí andou.

Dizia um tal João, que era primo de Cristo, ''E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará '' ( 8.32).

Porque tem esta gente medo da Verdade?

 

mn

acho que a foto é do Sr.Manuel Martinho

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 11:02 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.05.17

severino santana marques.jpg

O dr Severino aparece a meio da tabela nos financiadores dos Seminários de Portalegre

 

severino 3.jpg

Está empatado com o Dr.Serras e Silva, tio bisavô de Frei Nuno Serras Pereira. Isto era em 1931, cada benemérito sustentava x seminaristas.

 

 Sustentou o Papa Pio XII que era milagre da Virgem de Fátima os Seminários de Portalegre estarem repletos de seminaristas.

 

Acontece que estavam cheios porque a Dona Delfina Pequito Rebelo, a Condessa de Ficalho, a D.Joaquina Almeida Garrett  e outros pagavam a conta.

 

O Papa coitadinho não sabia nada de finanças, era um Santo.

 

ma

 

  



publicado por porabrantes às 21:09 | link do post | comentar

Sábado, 13.05.17

A Anabela Natário conta, no ''Expresso'', que......

em 13 de Maio de 1917 a questão religiosa que andava nas parangonas era o caso do padre polígamo de Portalegre, que vivia com 2 amásias (ah leão!) e que queria continuar a cantar missa.

D.Manuel Conceição  Santos (que foi amigo do Cónego Freitas)

d.manuel santos.png

 

 

e o político católico do Mação, António Lino Neto tentam meter o tonsurado fora de ordens sacras, mas a ''opinião liberal'' ou seja os maçons solidarizam-se com a ''justa luta'' do Padre Graça Ribeiro.

A Anabela baseia-se na Imprensa e no Arquivo Lino Neto, que está na U.Católica, e no dossier há cartas do Cónego Silva Martins, que foi o fundador do Colégio de Fátima, Pároco de S.Vicente de Abrantes e Presidente da Câmara do Sardoal nos tempos d'el Rei D.Carlos. 

cónego silva martins.png

 Boletim da CM Sardoal

  mn



publicado por porabrantes às 08:43 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.05.17

D.Domingos Frutuoso.jpg

 Achamos que vamos encerrar a saga de Fátima, mas convém prestar homenagem a D.Domingos Frutuoso.

A Diocese de Portalegre foi a última de Portugal a reconhecer o ''fenómeno''.

D.Domingos só cedeu, porque a isso foi coagido pelo mui mariano Pio XI....

frutuoso.png

in ''Mystères et vérités cachés du troisième secret de Fatima'';  Joseph de Belfont , Ed.Lanore, Paris,2011

 

mn

faltará sobre Fátima reproduzir os artigos do Avante clandestino 

 

 



publicado por porabrantes às 19:58 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Abrantes 1917, Arcipreste...

O caso do capelão inexist...

Cónego Graça tinha de ter...

Está a arranjar lenha par...

O cisma da Chainça ou man...

Burlão José da Graça apan...

Precisa-se Capelão

Mais problemas para o Bis...

Dia do Senhor: Os padres ...

Diocese de Portalegre não...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


26
27
28
29


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds