Sexta-feira, 18.08.17

duarte.png

Duarte Marques acusa a Protecção Civil e um tal Esteves, chefe da ANPC de má prestação no fogo do Mação.

Os meios espanhóis chegaram antes da coluna de Lisboa

 

Não se sabia ao certo quantos meios aéreos havia.

 

veja o vídeo

 

 

esteves.png

 O Esteves no discurso de posse disse que a ANPC iria dar prioridade à coordenação.

 

Pedrogão foi o que se viu em matéria de coordenação.

 

No Mação, foi sobretudo o bom povo a apagar o fogo, embora com ajuda inestimável dos soldados da paz.

 

queixoperra ontem.png

 Queixoperra, ontem

 

ma 



publicado por porabrantes às 18:44 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17.08.17

Tristeza!!!!

 
Duarte Marques se sentía harto.
· 13 h ·
 

''A chegar a casa cruzo-me com três colunas de carros de bombeiros que chegam ao teatro de operações. Três colunas prometidas e anunciadas às TVs por volta das du.as da tarde pela Proteção Civil. Chegaram 15 horas depois do pedido de ajuda, 8 horas depois do pico dos incêndios. Os 14 meios aéreos divulgados pelo Proteção Civil ainda devem estar à procura de Mação pois no máximo contei 5. Felizmente não morreu ninguém, talvez por milagre. Boa noite, amanhã será outro dia bem dificil.''

 

Publicamos esta reflexão do Deputado de Santarém, Duarte Marques

 

o título é nosso

 

mn



publicado por porabrantes às 17:52 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.08.17

pegop.png

A Central está com medo das projecções do fogo do Mação

 

Como é que se explica que só ao fim da tarde é que se tenha accionado o Plano Distrital de Emergência?

 

ma 


tags: , ,

publicado por porabrantes às 22:05 | link do post | comentar

louriceira.png

há 6 minutos

 

ps Hertz diz que: Actualização: Recentes indicações dão conta de que as crianças conseguiram escapar



publicado por porabrantes às 15:58 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.08.17

(...)

Porque revolta, revolta a forma amadora, leviana e de alguma soberba como a nova "gestão" da Autoridade Nacional de Proteção Civil geriu a operação em Mação, à semelhança de Pedrógão Grande, há opções estratégicas que foram tomadas que é preciso revelar, investigar e punir. Curiosamente, os amadores neste processo não são nem foram os bombeiros voluntários como alguns tentam fazer crer. Os incompetentes desta história têm nome, não são voluntários mas são muito pouco profissionais.

A culpa não pode morrer solteira.

O primeiro-ministro, a ministra da Administração Interna e o seu secretário de Estado decidiram nomear um conjunto de "boys and girls" para a Proteção Civil meses antes da época de incêndios, escolheram para o Comando Nacional não o melhor mas o mais "simpático" politicamente, o que surpreendeu os pares, e agora temos o resultado. É de opções de comando e de opções políticas que falamos.

Não falo sequer do SIRESP, pois os bombeiros já nem contam com o sistema tantas são as falhas que revela. Falo de afetação de meios, de deslocalização de meios aéreos e terrestres para concelhos de outros distritos quando os dados da evolução do fogo e as previsões atmosféricas sugeriam outras opções. Mação serviu de "saco de lixo" ou de corta-fogo para outros incêndios, foi essa a opção do comando nacional da Proteção Civil. Mação foi preterido no envio de meios em relação a outros concelhos do distrito vizinho, onde o risco era menor e a propagação menos provável. Talvez Mação tenha pago a fatura de querer ser pioneiro, incómodo e de dar o exemplo. Isso tem irritado muita gente e criado muitas invejas.(....)

 

Duarte Marques no ''Expresso'' -Mação: não se perderam vidas mas foi-se parte da alma   com a devida vénia

mn

 

sublinhados nossos



publicado por porabrantes às 09:41 | link do post | comentar

Segunda-feira, 31.07.17

vaud.png

 

20 minutes de Zurique destaca o gesto solidário da  Marta, natural do Mação, e da família para vir ajudar os seus conterrâneos

Ver também a RTN

La Vanguardia arrasa a incompetente Constança

constança.jpg

e depois fustiga os responsáveis sobre a ''estrada da morte''. A paciência do jornal de Barcelona com a Constança já se esgotou há muito

 

mn

 



publicado por porabrantes às 19:12 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.07.17

caos.png

ler aqui no Observador

 

Mais um exemplo do completo desnorte que aparentemente caracteriza a Protecção Civil liderada pelo amigo político da Constança Urbano de Sousa.

 

Veja-se ainda o JN de hoje.

 

mn



publicado por porabrantes às 12:17 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.07.17

maçao fogo.png

Vice-Presidente do Mação acusa Governo actual e anteriores de responsabilidades na tragédia do Mação

ver aqui

Imagens impressionantes no Público

 

20264600_1601832833222787_3054024770521988809_n.jp

Entretanto Marcelo foi ao Mação (foto roubada ao amigo António Colaço) e a Senhora Ministra continua sem se demitir  ...

O que a ''estadista'' merece é ser responsabilizada, ela e o Estado, nos tribunais.

ACosta_Macao.jpg

(Foto Trilho da Floresta)

Entretanto em  2016, lá por Abril, o Costa, escoltado pelo Capoula Santos, tinha ido ao Mação, no Dia Mundial da Floresta e bradou, com a insustentável leveza dum betinho que não sabe distinguir entre uma azinheira e um sobreiro, ''Hoje, temos um sistema de prevenção mais robusto. Hoje, temos um sistema de combate mais robusto. Mas aquilo que temos de ter, sobretudo, é uma floresta mais robusta, mais resiliente ao fogo e por isso mais suscetível de criar riqueza''.

 

Está-se mesmo a ver o sistema de combate ''mais robusto'', com  64 cadáveres calcinados em Pedrógão e com o centro do país devastado e com mais de uma dezena de boys, com cartão partidário na algibeira, espalhando o caos na Protecção Civil.

 

O Centro do País vai arder mais, designadamente nos distritos de Coimbra, Leiria, Viseu, Castelo Branco e Santarém. Estes distritos foram sacrificados à monocultura eucalipteira e entregues ao latifúndio das celuloses que controlam mais de 200.000 hectares de terra, quando a Constituição estabelecia a Reforma Agrária como princípio de política de ordenamento agrícola.

 

Diz Henrique Pereira dos Santos,  que os fogos são inevitáveis, mas que é preciso saber geri-los atempadamente. É actualmente o académico que melhor entendeu o problema e acusa uma série de interesses interligados, das autarquias aos bombeiros, de quererem manter esta situação e de fugirem da prevenção, como o Diabo foge da Cruz..... 

 

(....) Há uma responsabilidade da Administração Interna e obviamente das autarquias, porque isto tem na base uma aliança entre os corpos de bombeiros e as autarquias para manter esta situação, que recusam qualquer tipo de profissionalização, que recusam qualquer integração entre combate e prevenção. Aí há uma responsabilidade claríssima do poder autárquico e dos órgãos de bombeiros”, indicou.

“Quando há um secretário de Estado da Administração Interna que resolve dizer que ‘o fogo é imprevisível, o que há é uns académicos que têm umas teorias sobre isso’, é evidente que tem responsabilidade. Porque está a dizer que descarta o conhecimento que existe sobre a gestão de fogo porque acha que o problema é imprevisível. É a mesma coisa que a Assunção Cristas andar a rezar a Nossa Senhora por causa da seca“, criticou também.

E concluiu: “O senhor presidente da liga dos bombeiros há 30 anos que anda a dizer disparates sobre fogos e a manter esta situação e a lutar desesperadamente por esta situação em que os corpos de bombeiros vivem à conta do Estado.” (...)

 

ler a entrevista ao ECO, um novo jornal muito aconselhável  

 

mn



publicado por porabrantes às 11:27 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.07.17

cpc.png

 

cpc maçao.png

Na dantesca situação que está a atravessar o Mação e que afectou outros concelhos, a Protecção Civil voltou a ser alvo de críticas duras por parte de responsáveis dos bombeiros.

Entretanto o Governo, acossado pelo Expresso, parecia mais interessado em maquilhar, com fins eleitorais, os sofrimentos das populações, que esclarecer o que aconteceu em Pedrogão ou o que se está a passar no Mação.

Veja aqui o vídeo da SIC   

A senhora Ministra já demonstrou que montou o caos na Protecção Civil por mera partidarite. Está na hora de se dedicar a outra coisa.

Entretanto o pobre povo paga a conta da imprevidência desta gente.

A partidarite invade tudo neste país.

Qualquer dia para ser vigia dum urinol será necessário ter cartão do PS (ou da seita que governe).

Entretanto enquanto Roma ardia, Nero tocava lira. Qualquer semelhança com as férias do Costa é pura coincidência.

ma

devida vénia ao Expresso


tags: ,

publicado por porabrantes às 09:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.06.17

 

O Gaspar assina um artigo encomiástico sobre o Museu do Mação no Médio Tejo mas esqueceu-se de assinalar a efeméride da visita da filha bastarda do alegado corrupto e delinquente Lula da Silva ao local.

monde.jpg

Recordamos a história:

lurian 2.png

Ribatejo

 

Sobre a respeitabilidade:

 

Convidar a filha dum alegado corrupto e ladrão é uma coisa muito respeitável....

 

Podiam agora convidar a família Temer

Temer-Lilian-Tintori-Brasil-venezolano_EDIIMA20170

A Lurian foi apresentada como Secretária (ou seja Ministra) da Acção Social do Brasil.....quando era secretária duma obscura edilidade sertaneja...

mn

 



publicado por porabrantes às 08:10 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Fundamental sobre os fogo...

Mação no fundo do ranking...

O triunfo da Escola do Ma...

A autarquia do Vasco Estr...

Comunicado da CDU Mação: ...

Bloco Central maçanico pr...

Coisas do Mação

A Câmara de Mação apoia P...

A viatura autárquica da S...

O fogo do Penhascoso no ...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds