Sexta-feira, 08.08.14

 para meter lá uma garagem para os mercedes do Banco de Portugal.....(1)

 

 

 

 

foi o Rodrigues, exímio jurista, ex-seminarista, nº 2 de Salazar e que desencandeou uma crise política porque queriam tocar os sinos das Igrejas de Portugal sem licença do ex-seminarista....

 

Bem, para evitar confusões com outros adeptos dos Mercedes bancários, convém aclarar que foi o Prof. Manuel Rodrigues que ao menos foi amigo da sua terra,

 

que o recorda com um busto e mais placas

 

   

Ordem dos Advogados

 

Hoje sai no Sol um texto da Felícia Cabrita, que recorda um self-made-seminarista, o Granadeiro, agora arrastado pela crise do BES, onde todos dizem muito bem do homem, excepto o Prof.Rosado Fernandes.

 

Escrever  que o Granadeiro era de origem galega,   mostra que a querida Felícia não sabe o que era um ''galego'', num latifúndio alentejano.

 

Um'' galego'' é um gajo, normalmente um ganhão, que veio da Beira, às vezes de Santa Comba,  que além de vergar a mola para todo o serviço, toma banho poucas vezes.

 

Todos dizem bem do Granadeiro, incluindo o Arcebispo Sanches Alves (1) , que foi colega dele na Fábrica de Padres, excepto, tinha de ser, o Prof. Rosado Fernandes, latinista emérito, lavrador e ex-Presidente da CAP.

 

Rosado Fernandes recorda o dito doutro latifundiário alentejano, o político e excelente prosador regionalista, Brito Camacho, para definir o Granadeiro:''“Como diz o anticlerical Brito Camacho, pior do que um padre é um que já o foi”. 

 

MA

 

O Sanches Alves enquanto Bispo de Portalegre e depois Administrador Apostólico dedicou-se com notável zelo apostólico e um sentido da omertá, típico da mitra eborense, a amparar todas as porcarias feitas pelo Rev. José da Graça

 

 

 

(1) A culpa não foi só do Rodrigues, a culpa foi também do vendedor D.Manuel Gonçalves Cereijeira, Patriarca de Lisboa



publicado por porabrantes às 10:13 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quarta-feira, 28.05.14

 

O CHEFE DO ESTADO INAUGURANDO A EMISSORA NACIONAL. [IDENTIFICADOS NO ÁLBUM:] ENGENHEIRO MANUEL BIVAR; PIRES CARDOSO; GENERAL ANTÓNIO ÓSCAR DE FRAGOSO CARMONA; CAPITÃO HENRIQUE GALVÃO; ENGENHEIRO DUARTE PACHECO; MANUEL RODRIGUES JÚNIOR.

 

 

O Prof. Doutor Manuel Rodrigues já foi abordado aqui enquanto eminente jurista e importante político abrantino do Estado Novo. Mas ainda não se falou doutro abrantino que também foi episodicamente Ministro do Interior e que figura nesta foto do Arquivo do Século, José Pires Cardoso.

 

Mas o 28 de Maio foi sobretudo um golpe da tropa e os seus autores estão bem representados na fotografia o General Carmona (como um dos caudilhos, o principal foi Gomes da Costa) e o Capitão Galvão, que com Humberto Delgado foi dos mais ardorosos organizadores da sublevação entre  tenentes e capitães.

 

O 28 de Maio foi um movimento de capitães....outro....

 

MA

 

foto Torre do Tombo 



publicado por porabrantes às 09:49 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.06.12

Diz-nos o nosso amigo Rui Lopes  sobre Teses sobre Património Abrantinona Terça-feira, 29 de Maio de 2012 às 19:19:

 

     

Desconheço quem seja a autora, sei que é uma tese de licenciatura em Histórico-Filosóficas (ainda era o tempo do curso de Histórico-Filosóficas), deve ter sido ainda aluna do famoso Professor Joaquim de Carvalho, um humanista, da área das Filosofias, que era director da Imprensa da Universidade de Coimbra quando esta foi encerrada por ordem de Salazar em 1934 (o Prof. Joaquim de Carvalho era Repúblicano). 
Quanto ao Manuel Rodrigues, Quando começou a "Zahara", acho que no n º 2, aí por 2001 ou 2002, ainda o Eduardo Campos era vivo, está um artigo meu sobre o Manuel Rodrigues. A minha tese de Licenciatura além de ter uma parte biográfica sobre o Manuel Rodrigues, chama-se "Manuel Rodrigues Júnior: o homem e a sua obra) que abrange desde a Bemposta ao Seminário de Santarém e a Coimbra para onde vai estudar no Liceu e ainda um ano a frequentar uma cadeira de Farmácia (está lá a matrícula no Arquivo da Universidade) antes de ingressar na Faculdade de Direito onde logo após acabar o curso fica como assistente. Chega a Catedrático em Coimbra em Janeiro ou Fevereiro de 1926, uns meses antes de ir para Ministro ... Mas o meu trabalho, tendo em conta que era a parte política e institucional tem muito é o pensamento do Manuel Rodrigues como homem do Estado Novo, análise dos seus discursos e muita gente me diz, o maior especialista de Direito Civil do século XX (há também quem defenda que foi o Antunes Varela), o certo é que uma obra dele de Direito Civil, da década de 1920: "A posse" foi reeditada várias vezes mesmo na década de 1980 por Fernando Luso Soares e pessoas de Direito que conheço dizem-me que ainda a consideram uma obra fundamental e por mais incrível que seja passados tantos anos: actual! Quanto ao porque não publica a autarquia a obra, não cabe a mim responder, nem é a mim que devem colocar tal questão ...

 

 

Rui,

 

Desculpa lá o atraso, mas aqui sai o teu comentário.

 

Convidamos o leitor a ler o excelente artigo do Rui na publicação citada.

 

 

 in http://cronicasdoprofessorferrao.blogs.sapo.pt

 

 

 

 

Convidamos a edilidade ou quem tenha massas para apostar na edição desta obra.

 

 

Na net há mais coisas sobre o político abrantino.

 

 

Façam favor de procurar....

 

 

M. de Noronha 

 

 

sublinhados nossos



publicado por porabrantes às 15:55 | link do post | comentar

Quinta-feira, 31.05.12
Rui Lopes  disse sobre Nuno Simão descansa em paz na Quinta-feira, 31 de Maio de 2012 às 01:38:

 

     

O Dr. Cabral de Andrade (pai) estudou em Coimbra, mas a Sr ª Teresa Cabral de Andrade tinha um irmão que, tendo terminado medicina em Coimbra (também Cabral de Andrade, só não sei o primeiro nome) aí por 1961 ou 1962 faleceu em Angola aí por 1962 ou 1963 na guerra colonial como Alferes Médico, mas, pelo que sei, fora de espaço de guerra e em acidente de viação.

 

 

Olá Rui,

 

Ainda não tive tempo de comentar o teu apontamento sobre o político da ditadura Manuel Rodrigues, um dos maiores juristas da Escola de Coimbra, diga-se de passagem. Vamos ver como nos corre o dia. Cabral de Andrade que conheci muito bem, médico de Alferrarede e da Casa de Saúde de Abrantes (naturalmente), beirão de perto da Covilhã, foi um homem pelo seu porte cívico, profissional e humano de se lhe tirar o chapéu.

O seu filho morreu de facto num acidente de viação numa picada de Angola, não posso precisar a data. Chegou a ser meu médico, como o Pai.

O César de Oliveira conta nas suas Memórias a sua morte e dedica-lhe este livro. 

 

Que é este

 

Não vou escrever sobre o César. Se alguém em Abrantes pode escrever com autoridade sobre ele é o Mário Semedo. Com a mesma autoridade que poderia escrever sobre o Jorge Sampaio, porque os acompanhou de perto depois do PREC...

 

 

Estou à espera que o Mário nos conte coisas....

 

O Candeias escreveu algo sobre a condecoração que Isabel II deu a Cabral de Andrade, mas esqueceu-se dum pormenor, outro dos membros da rede anti-nazi que ajudava os aviadores ingleses era o dr.Lizardo Chambel, veterinário e chefe eterno da UN/ANP abrantina, sobrinho nada menos que de Manuel Rodrigues....

A lenda reviralhista tentou definir o salazarismo como pró-nazi, hoje sabemos, graças a Fernando Rosas por exemplo, que Salazar foi pro-britânico e como ele largos sectores da Situação. Santos Costa e os seus eram germanófilos. E germanófilo era o PCP com Cunhal à cabeça, graças ao pacto germano-soviético e só se tornaram aliadófilos graças à divina surpresa da invasão da Rússia por Hitler... 

 

Enquanto o eterno deputado da UN/ANP e nosso amigo dr. João Nuno Serras Pereira era sobrinho do famoso catedrático coimbrão Prof.Serras e Silva (do Sardoal) o homem que ensinou Salazar e Cereijeira a distinguirem entre o garfo de peixe e o de carne.

 

 

MA 



publicado por porabrantes às 13:25 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Terça-feira, 29.05.12

O Rui Lopes comenta  sobre Espaço da Tubucci: São Vicente, 1954 na Segunda-feira, 28 de Maio de 2012 às 20:17:


     

Do que referem, está na Biblioteca Central da Faculdade de Letras de Coimbra essa obra de 1958, da autoria de Josefina Traça dos Santos, intitulada "Elementos para o estudo dos monumentos históricos e artísticos da cidade de Abrantes" e que foi uma Tese de Licenciatura em Ciências Histórico-Filosóficas apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

 

 

 

Caro Rui,

 

Desconhecíamos essa tese. Obrigado pela informação. Quando tivermos tempo vamos lê-la e divulgá-la. Como divulgaremos as outra referidas.

E também nos esquecemos do trabalho apresentado pelo Dr.Henrique Martins de Carvalho à Faculdade de Direito de Lisboa  ''Monografia da Cidade de Abrantes'' ou título aproximado (cito de cor) que pela sua qualidade já deveria ter sido publicada . Está à espera desde 1930 e tal....

 

MN

 

 

(revista antiga portuguesa)

 

E agora puxando a brasa à tua sardinha : porque não edita a autarquia o teu estudo sobre o político e jurista do Estado Novo, Prof. Manuel Rodrigues? O político da Bemposta é o 1º à esquerda, ao lado de CAPITÃO GOMES PEREIRA; COMANDANTE MESQUITA GUIMARÃES; ENGENHEIRO SEBASTIÃO RAMIRES; MAJOR LUÍS ALBERTO DE OLIVEIRA; DR. JOSÉ CAEIRO DA MATA; DR. ARMINDO MONTEIRO. 

 



publicado por porabrantes às 10:29 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.04.12

 

 

Suponho que vamos falar do partido único em Abrantes.........

 

 

Suponho que vamos falar de arraia-miúda local.......

 

 

Mas antes de chegar à arraia-miúda, houve abrantinos sentados à direita do Senhor......

 

 

Professor Oliveira Salazar......

 

 

primeiro Ditador das Finanças na prosa apologética e propagandística de António Ferro.......

 

 

depois........

 

 

senhor absoluto dum povo que se queria unido para melhor ser vencido.....

 

 

para isso se  fez a União Nacional......

 

 

 

 

Esta foto publicada no facebook por Salvem o Real Convento de São Domingos mostra à direita de Salazar o abrantino Manuel Rodrigues, gordinho e de bigode......

 

 

Manuel Rodrigues que chegou a pensar ser o delfim e que foi Ministro, Professor de Coimbra e bairrista da Bemposta......

 

 

a legenda da foto diz : A REUNIÃO DOS CORPOS DIRECTIVOS DA UNIÃO NACIONAL, SOB A PRESIDÊNCIA DO CHEFE DO GOVERNO. [IDENTIFICADOS NO ÁLBUM:] DR. JOÃO ANTUNES GUIMARÃES; DR. ALBINO SOARES DOS REIS; TENENTE-CORONEL HENRIQUE LINHARES DE LIMA; DR. ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR; DR. MANUEL RODRIGUES; DR. CARNEIRO PACHECO; DR. MÁRIO PAIS DE SOUSA; ENGENHEIRO FRANCISCO NOBRE GUEDES reunião da União Nacional -algures na década de 1930 

 

MN 



publicado por porabrantes às 13:00 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Manuel Rodrigues pousa pa...

A mulher do Prof.Manuel R...

Bibliografia abrantina: A...

O biógrafo de Manuel Rodr...

Prof. Manuel Rodrigues

Melhoramento na Bemposta ...

Abrantino na manchete

O busto do Prof.Manuel Ro...

Abrantino ajuda a criar T...

O maior escritor da Bempo...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds