Quinta-feira, 07.05.15

O assalto realizado esta manhã a uma carrinha dos CTT, em pleno centro histórico da cidade, aqui retratado pelo Jornal de Notícias, não é um facto isolado nem acidental, mas apenas a continuação duma saga de crimes que gera insegurança na cidade e no concelho e que já gerou vítimas mortais em crimes protagonizados regra geral por membros de minorias étnicas que todos conhecem.

Não sei se este crime foi protagonizado por membros dessa ''etnia'', sei que foi realizado em plena luz do dia, que houve uma agressão que podia ter um desenlace grave, se o agredido tivesse oferecido resistência, e que esta impunidade não pode continuar. Como não pode continuar o tráfico de drogas em pleno centro da cidade.

E sei que  a carrinha roubada foi deixada ao lado do espaço reservado para os Vereadores estacionarem os popós, que nós pagamos, ou seja na R.Manuel Constâncio.....

manuel constâncio.jpg

Já agora, a casa que está em primeiro plano, foi residência do famoso barbeiro e depois cirurgião afamado Manuel Constâncio.

Di-lo Diogo Oleiro e se o diz, é quase indiscutível.

Mas o que é discutível é que se há segurança privada, paga por nós, para defender a Câmara, o bravo segurança (ou seguranças) não tenham sido capazes de deter os bandidos.

Estavam a olhar para onde?

Ou só há segurança no nº 17 da Casa Falcão (porta dianteira) e as traseiras estão desprotegidas?

E o sistema de vídeo-vigilância?

Querem que expliquemos onde está?

Ironizámos ontem aqui com as cerimónias folclóricas do Dia da PSP em Abrantes, sugerindo uma parada em São Macário.

Agora sugerimos uma rusga em São Macário e outra no Vale das Rãs.

convite.jpg

 

  mn

nr_o sr. Armando quer impor a censura ou seja parece que é proibido publicar artigos da Visão. Diz que a senhora Drª Ana Soares Mendes não vive em Abrantes, então quem é que dirige a ''Nova Aliança''??

 

E ainda sendo o sr. Armando grande defensor da ética, e sendo público que é ou era sócio da gazeta ''O Ribatejo'', porque é que não faz uma proposta para sancionar o Director por não respeitar o direito de resposta?????

 

(''5. Procedência do recurso de Paulo Jorge Delgado Ramos contra o jornal O Ribatejo por denegação do direito de resposta relativamente a uma peça noticiosa intitulada “Câmara paga mais de 69 mil euros para se ver livre do Café Central”, com a menção, em lead, «O processo Café Central chegou ao fim. Foi uma aventura que durou 14 anos e custou cerca de 700 mil euros ao Município de Santarém», com chamada de 1.ª página na edição de 3 de julho de 2014, encimada com os dizeres «Santarém Café Central chega ao fim depois de 700 mil euros esturrados»)

 

Não convém??????   

 

MN

 

foto: DGMN

    



publicado por porabrantes às 13:16 | link do post | comentar

Quinta-feira, 02.04.15

 

 

mirante copos.jpg

O douto e sabedor Serafim das Neves opina no Mirante

''

A Polícia acabou com uma festa organizada por estudantes em Abrantes porque descobriu que havia venda de álcool a menores e que alguns dos foliões apresentavam sinais de já estarem com os copos. Ele há coisas do Diabo! Lá imaginava eu que na pacatez da cidade florida, lá no topo do cabeço milenar, acontecessem episódios destes, dignos de fazer corar um banqueiro ou um dirigente desportivo. Felizmente as autoridades agiram diligentemente e, para que não houvesse tentações entre a rapaziada assim que os agentes virassem costas, confiscaram umas dúzias de garrafas de bebidas a que dão o nome de espirituosas.

É bom saber que as nossas autoridades, apesar de castigadas por sucessivos Governos nos seus salários e regalias, continuam a zelar pelos bons costumes e a tomar conta dos mais inocentes e desprotegidos da sociedade de forma tão zelosa. Onde iria parar este país se de repente as festas de estudantes se tornassem numa espécie de Woodstock de trazer por casa com álcool e drogas à fartazana? Respeitinho é muito bonito rapaziada! E não foi isso que as gerações mais velhas vos ensinaram, seus marotos... Inscrevam-se na Conferência de São Vicente de Paulo, façam uns chás de caridade e uns jogos florais e vão ver que ninguém vos chateia.''

 

Agora uma pergunta não tinha havido anteriormente outra(s) festas do mesmo género no mesmo local?

 

a redacção   

 

foto alusiva: Mirante



publicado por porabrantes às 12:41 | link do post | comentar

Sexta-feira, 20.03.15

 

A distinta Advogada Ana Paula Milho fez a sua estreia (achamos nós) nas petições on-line devido a um estranho caso de copofonia estudantil, reprimido com dureza e isenção pela PSP.

copos.png

O estranho caso (mas não menos estranho que daquela vez que uma militante e autarca socialista era Advogada do Município e Defensora dos Munícipes) foi resumido pelo Mirante nesta foto

copofonia.jpg

Mirante

 

Um menor, enquanto dirigente estudantil, promoveu uma farra épica, em instalações municipais, o Mercado dos Sabores, a que o povo já chama Mercado dos Licores, e a PSP, depois de queixa dos pais de outros menores envolvidos, actuou e apreendeu o ''trotil''.

 

É o caso de ''trotil'' abrantino mais divertido, desde que o ''Independente'' divulgou a lista dos médicos que recebiam presentes ''inapropriados'' dos Laboratórios e estava lá na listazinha o nome de um abrantino que recebera um garrafão de carrascão.

 

O Mirante diz que a PSP comunicou o nome ao MP do Presidente da associação copofónica ''por se tratar dum menor''.

 

A repressão ataca!

 

 

Nos tempos em que o Mário Semedo era o líder indiscutido da AVF-Associação Vínicola de Finalistas, com sede no Liceu de Abrantes e instalações cedidas pelo saudoso  Reitor Dr.Pequito, fundador do PS da Ponte do Sor, a PSP não se atrevia a perturbar libações estudantis.

 

   

 

 

pequito2.jpg

Mas o Mário Semedo e a Direcção da AVF proibiram a filiação na dita Associação Cultural a um tal Jorge Lacão por razões óbvias.

 

A história deu razão a Mário Semedo, nunca ninguém viu o dr. Lacão entrar na Prisão de Évora, levando uma garrafa de vinho abrantino, para oferecer ao 44.

 

Não estava o dito candidato em posse do mérito cultural para se agremiar com defensores das mais lídimas tradições vinícolas ribatejanas.

 

Nem então, nem agora.

 

Mas merecia o incidente uma petição com a distinta Advogada a protestar, contra um Chefe da Polícia que desmantelou uma rede mafiosa cigana de extorsão a comerciantes?

 

Eu acho que não.

 

Já agora, descobrimos o 3º contrato de avença da Ilustre Advogada com outra filial camarária, o Tagus Valley

 

04-06-2013
Tipo(s) de contrato Aquisição de serviços
Tipo de procedimento Ajuste directo
Descrição Processo n.º 1/TAGUSVALLEY/2013 - Contrato de Avença -Assessoria Jurídica
Fundamentação Artigo 20.º, n.º 1, alínea a) do Código dos Contratos Públicos
Fundamentação da necessidade de recurso ao ajuste direto (se aplicável) ausência de recursos próprios
Entidade adjudicante - Nome, NIF Tagusvalley - Associação para a Promoção e Desenvolvimento do Tecnopolo (506579344)
Entidade adjudicatária - Nome, NIF Ana Paula da Piedade Milho (168708060)
Objeto do Contrato Prestação de serviços de assessoria jurídica, apoio técnico, emissão de pareceres independentes e exercício de mandato forense, bem como, os demais atos próprios de advogados definidos na Lei à entidade Tagusvalley.
CPV 79000000-4, Serviços a empresas: direito, comercialização, consultoria, recrutamento, impressão e segurança
Data de celebração do contrato 09-04-2013
Preço contratual 8.280,00 €
Prazo de execução 1095 dias (3 anos)
Local de execução - País, Distrito, Concelho Portugal, Santarém, Abrantes

 

O Panorama geral é este, da actividade avençada da distinta jurista socialista,

 

ana paula.png

 Dizia Ortega y Gasset que '' cada homem e a sua circunstância'', tenho impressão que algum dos estudantes ébrios, quando acordar da ressaca, se for cursar Direito, quando acabar o curso, terá ''poucas circunstâncias'' para acumular tantas avenças do mesmo cliente como faz a Ilustre Mesária da Santa Casa e a partir de agora Ilustre Peticionária contra a PSP.

 

MA 

 



publicado por porabrantes às 13:34 | link do post | comentar

Sexta-feira, 27.02.15

27 Fevereiro, 2015 at 11:30

71 veículos em fim de vida vão para empresa de Abrantes

 
CARROS EM FIM DE VIDA NA PSP LC  (6)

A PSP de Coimbra finalizou ontem o processo de alienação de um lote composto por 71 veículos em fim de vida, com a abertura das propostas recebidas para a sua aquisição. O procedimento decorreu na sede da PSP, tendo sido apresentadas 10 propostas, provenientes dos mais variados pontos do país. A vencedora, aliás, foi de uma empresa de Abrantes que adquiriu o lote das viaturas em fim de vida, pelo valor total de 7.545 euros.

Das 10 propostas, uma acabou por ser anulada, dado que o valor da proposta era inferior ao proposto (deveria ser superior a cinco mil euros). Os veículos – incluindo carros da PSP – encontram-se estacionados no parque da polícia, sito na rua Ernesto Sena de Oliveira.

(Texto completo na edição impressa)

 

in As Beiras

por Cláudia Trindade

 

com a devida vénia

 

nr-depois da Capital da Energia e da Capital do Azeite engarrafado espanhol, a justo título conseguimos ser a Capital da Sucata Policial

 

a redacção



publicado por porabrantes às 17:17 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26.01.15

'' E o Sr. Chefe Covões é homem novo, estando a tempo de aprender que não são os polícias que decidem onde não poderão estacionar os automóveis. São as leis e os sinais de trânsito. E que o princípio da igualdade na aplicação das leis não diz o que ele pensa e faz.''

 

 

Assina o Sr.Dr. Eurico Heitor Amável Consciência, o decano da Advocacia do burgo e certamente o dono da melhor prosa entre Meda e Abrantes.....

 

 

 

MA



publicado por porabrantes às 17:40 | link do post | comentar

Terça-feira, 15.07.14

 

<input ... >
João Carlos   disse sobre o regresso da camorra  na Terça-feira, 15 de Julho de 2014 às 19:09:

     

Parabéns à PSP de Abrantes. Parabéns ao seu novo comandante que em pouco mais de um ano e meio já limpou muita escumalha desta cidade. Os resultados que tem obtido neste período devem ser superiores aos dos seus antecessores nos últimos 10 anos. Tem sido operações e detenções umas atrás das outras. Que fique por muito tempo. Este sim merecia um louvor do município.

 

 

Caro João:

 

Tem toda a razão. O actual comandante da PSP revela-se o homem certo no lugar certo. Aqui vai o nosso louvor ao Sr.Comandante.

E ficamos à espera do louvor municipal que tarda...

 

a redacção



publicado por porabrantes às 21:25 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.11.13

Nuno Botelho (fotografia tirada com telemóvel) Nuno Botelho no jornal citado

 

Relato da manif das forças da ordem contra o Governo

 

 

feito pelo

 

 

Edição Impressa

 

 

troços seleccionados:

 

''21h35 César Nogueira, presidente da Associação dos Profissionais da Guarda, faz um balanço positivo da manifestação e justifica os ânimos exaltados que se viveram nas escadarias do parlamento com “a situação de desespero pela qual os profissionais das forças de segurança estão a passar, muitos deles já sem dinheiro para dar de comer aos filhos. São cidadãos como os outros”.



(..) 

21h05 Um grupo de polícias que invadiu a escadaria cumprimenta os colegas de serviço. “Desculpem e obrigado”.

21h01 “Esta é a única forma de chamar a atenção. Já era altura”, diz um agente da PSP que prefere não ser identificado, ao Expresso.

20h57 “Polícia unida, jamais será vencida.

 

 

(...)

 

20h39 “Passos escuta, és um filho da puta”.

20h35 Um polícia tirou o telemóvel a um jornalista do Expresso, que o seguiu e conseguiu que este o devolvesse, mas o agente de autoridade obrigou-o a apagar um vídeo que o jornalista acabara de fazer.

 

 

(...)

 

2

20h34 Polícias sentam-se na escadaria da Assembleia da República.

20h32 “É a primeira vez que venho a uma manifestação. Antes de vir disse aos meus filhos que estavfa pronto para morrer”, disse um manifestante ao Expresso.

20h31 Um grupo de polícias deitou a grade de segurança abaixo e invadiu a escadaria.

20h16 Confrontos juntos à Assembleia.

20h10 Membros da organização pedem calma. “Ivasão” ouve-se.

 

 

(...)

 

19h59 Na cauda da manifestação, cada vez mais próxima do Parlamento, canta-se: “Já cheira a merda”.



(...)

19h49 Pedro, que prefere não dizer o apelido e é agente da PSP há 22 anos: “A polícia é equiparada ao escarro da sociedade. Somos literalmente enxovalhados em tribunal e nem o tempo que perdemos nos julgamentos é compensado”.



(..)


19h15 Um agente da GNR de Abrantes, que prefere não ser identificado, diz ao Expresso que “como o Presidente da República e a ministra das Finanças, já não tenho cêntimos para pôr de lado.


(..)


19h02 Segundo a organização, há entre 9 a 10 mil polícias na manifestação.



(...)


Jornal do Algarve por 

André de Atayde, Carolina Reis e Micael Pereira (Rede Expresso)

 

 

 

selecção e sublinhados da redacção



publicado por porabrantes às 12:17 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.08.13


Não é só o PS que está distraido por ter candidato o ex-empregado do Alves e o Luís Valamatos que os bloquistas acabam de impugnar (beijamos a mão da camarada Sara Cura,a arqueóloga mais proletária desde AC )




andam por aí abrantinos desarmados, a PSP sugere que se rearmem, 



''No dia 08 de agosto de 2013, pelas 16H00, a Polícia de Segurança Pública de Leiria apreendeu diversas armas, após denúncia de um cidadão. Sendo assim e na execução de 01 (uma) Busca Domiciliária efetuada a uma residência sita numa artéria desta cidade, foram apreendidas 04 (quatro) armas de fogo, 3 espingardas e 1 revólver, 02 (duas) armas de alarme, 01 (um) bastão extensível e 305 (trezentas e cinco) munições de diversos calibres. No seguimento das diligências e investigações efetuadas apurou-se que duas das armas de fogo (espingardas) teriam sido furtadas na zona de Abrantes.'' (PSP-LEIRIA)



publicado por porabrantes às 15:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.05.13

O carpinteiro, cliente do RSI, Rendimento de Inserção Social, de quem recebe 220 €, disse :,

 

 

 ''Vais levar nos cornos, seu filho da puta ''

 

 

Mas antes tinha : 

 ..)

'' Porém, na altura em que procedia à elaboração do auto de apreensão, e sem que nada o fizesse prever, o arguido AP empurrou o referido agente da Polícia de Segurança Pública, após o que lhe retirou bruscamente da mão o documento único, amachucando ao mesmo tempo o auto de apreensão.


(...)


4). Acto contínuo, o mesmo arguido AP disse: “não levam daqui nem carro nem documentos nenhuns, seus filhos da puta, bófias do caralho, desapareçam daqui senão corro-os a tiro”.

5). De seguida o arguido JP deslocou-se à residência, de onde trouxe um tubo de ferro, semelhante a uma bengala, configurando-se numa das extremidades em curva, com 94,2 cm de comprimento total.

6). Empunhando tal tubo o mesmo arguido foi na direcção do agente PM e disse-lhe o seguinte: “vais levar com o ferro nos cornos seu filho da puta”, altura em que o agente PM reagiu, exibindo a arma e dizendo-lhe: “larga o ferro”.

7). Porém, porque o arguido JP não obedeceu, o agente PM efectuou um disparo para o ar, altura em que aquele arguido largou o referido ferro. (...)

8). De seguida o arguido AP tentou, por diversas vezes, aproximar-se do agente PM, com o intuito de o atingir fisicamente, ao mesmo tempo que proferia as seguintes palavras: Sei onde tu moras, filho da puta, vou pegar fogo à tua casa e ao teu carro; passas aí muitas vezes de bicicleta e um dia destes cais para o lado”. (...)


(...);


6). O arguido AP, de acordo com o C.R.C. juntos aos autos, sofreu já as seguintes condenações:

i. na pena de 6 anos de prisão, pela prática, em 18/12/1997, de um crime de tráfico de estupefacientes, condenação imposta no âmbito do processo comum colectivo nº---/98 do 1º Juízo Criminal de Santarém;

ii. na pena de 12 meses de prisão, suspensa na sua execução pelo período de 2 anos, pela prática, em 2/02/2004, de um crime de condução perigos de veículo rodoviário e de um crime de condução sem habilitação legal e pela prática, em 26/03/2004, de um crime de condução sem habilitação legal, condenação imposta no âmbito do Pº---/04.3PTSTR, por decisão transitada em julgado em 26/10/2006;

iii. na pena de 3 meses de prisão, suspensa na sua execução pelo período de 1 ano, pela prática, em 27/11/2006, de um crime de condução sem habilitação legal, condenação imposta no âmbito do Pº---/06.2PTSTR, por decisão transitada em julgado em 6/02/2008;

iv. na pena de 7 meses de prisão, suspensa na sua execução pelo período de 1 ano, pela prática, em 10/11/2006, de um crime de condução sem habilitação legal, condenação imposta no âmbito do Pº---/06.8PTSTR, por decisão transitada em julgado em 2/05/2008;

v. na pena de 1 ano e 4 meses de prisão, pela prática, em 6/05/2006, de um crime de condução sem habilitação legal, de um crime de injúria agravada e de um crime de resistência e coacção sobre funcionário, condenação imposta no âmbito do Pº---/06.9PTSTR, por decisão transitada em julgado em 8/07/2008; esta condenação foi posteriormente cumulada com a condenação referida em ii., dando origem a uma pena única de 1 ano e 10 meses de prisão, suspensa na sua execução por igual período;

vi. na pena de 10 meses de prisão, pela prática, 23/11/2006, de um crime de ameaça, de um crime de coacção, de um crime de injúria agravada e de três crimes de condução sem habilitação legal, condenação imposta no âmbito do Pº---/06.6PTSTR, por decisão transitada em julgado em 6/10/2010.



(....)

http://www.dgsi.pt/jtre.nsf/134973db04f39bf2802579bf005f080b/cd8d03538d3811f680257b72003b8088?OpenDocument&Highlight=0,abrantes  (Extracto do Acordão da Relação de Évora de 21/05/2013), recurso de sentença do Tribunal de Abrantes


Serve isto para responder ao comentário, acerca de  como se usa prudentemente uma arma de fogo, do nosso amável comentarista  que disse isto '' 

     

 

''portanto, era preferível deixar os criminosos fugir e pronto? se eles não tivessem disparado, eram uns incompetentes que os tinham deixado cá fora quando têm métodos de não o fazer. e têm, também, um procedimente a seguir. e o problema não é, única e exclusivamente vale de rãs e são macário, ou o autor deste post desconhece que na zona da chainça moram imensos emigrantes ilegais de países de leste? querem queixar-se, realmente queixem-se. temos TODOS motivos para isso. mas utilizem argumentos minimamente pertinentes porque se querem falar por uma população, ao menos não a envergonhem.'''

 

Serve isto para recordar, que muitas vezes os agentes da autoridade têm de aturar situações muito difíceis.

 

Serve isto para dizer, que há tropa que recebe o RSI, que eu acho que não devia receber.

 

Serve isto ainda para perguntar, quem fiscaliza o RSI em Portugal e já agora em Abrantes?

 

Falta dizer  o homem  apanhou 'pena de 1 (um) ano e 6 (seis) meses de prisão.''  efectiva.


Não vou discutir a opinião dos magistrados, mas só perguntar se ficou provado que AP chamou ''filho da puta'' ao polícia e se isso não é injúria, o que é então injúria?


Podemos começar a chamar FDP a quem não gostamos????


Vou pedir  um  parecer jurídico a um catedrático que não seja do Porto....


É que o vernáculo lá na terra do Pinto da Costa é demasiado permissivo....


Miguel Abrantes



Quem é o benemérito da sociedade civil que administra o RSI em Abrantes???'


(sublinhados no texto do acordão nossos)

 



publicado por porabrantes às 19:49 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.05.13

O violentíssimo assalto de ontem à casa de duas senhoras na Chainça é mais um sinal do grau de insegurança que reina neste concelho, apesar dos esforços meritórios das forças da ordem e da inexplicável brandura dos magistrados e do encolher de ombros da autoridade administrativa expresso no célebre e celerado ''parâmetro normal'', que a poesia popular já imortalizou.

 

 

A insegurança na Chaiança foi-nos assim descrita: '' Em termos de segurança ABRANTES É zero,zero e zero. Conheço a dita Rua mais propriamente na Chainça - Rua da Sociedade, e garantidamente no espaço de 200 metros conheço 6 casas assaltadas. Com a minha incluída 2 vezes''


A senhora que está em perigo de vida teve de ser transferida para Castelo Branco porque o Hospital de Abrantes não tinha camas . Além de podermos ser espancados até à morte, também somos exportados para o cu de Judas porque o Hospital funciona como funciona.


 

Também não podemos ir apresentar queixa ao Tribunal, porque um idiota que goste de se armar aos cowboys pode começar a disparar por dá cá aquela palha. E então podemos ser alvejados como aconteceu a um senhor do Pego.

 

Pode-se fazer algo?

 

Pode. Para começar divulgar a identidade de quem disparou no Largo do Tribunal.


Depois suspender os incapazes dos guardas prisionais que deixaram fugir dois marginais algemados.

 

Em terceiro lugar pode-se fazer uma rusga, já, no Vale das Rãs e em São Macário. E demolir as barracas ilegais.

 

Também se pode meter atrás das grades em preventiva os marginais apanhados a roubar cobre.

 

E pode-se assumir que as penas se devem dirigir à punição e não à reinserção. E ainda permito-me constatar que a Srª Comandante distrital da PSP é demasiado optmista

rede regional

Finalmente podemos declamar a poesia popular. Assim:

 

  

Meu filho, presta atenção
P'ra não ires pr'à prisão
Podes roubar toda a gente
Excepto a senhora presidente

Santana-Maia Leonardo



Foto: Meu filho, presta atenção     P'ra não ires pr'à prisão     Podes roubar toda a gente     Excepto a senhora presidenteSantana-Maia Leonardo

 

 a redacção



publicado por porabrantes às 12:27 | link do post | comentar | ver comentários (6)

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Constança Policial de Sou...

Chamem a polícia!

Agradecimento à PSP

PSP de Abrantes expulso d...

Uma história de emigrante...

Não merecemos isto!

Injúrias por sms

Ficamos mais descansados

Operação policial

Campismo na Raimundo Soar...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds