Quarta-feira, 05.08.15

Designadamente o Real Convento de São Domingos do Paulo Falcão Tavares

 

pft 3.png

O livro editado pela Tubucci-Associação de Defesa do Património da Região de Abrantes, é a obra essencial para estudar o Convento de S.Domingos desta cidade.

Foi distribuído gratuitamente pela Tubucci e pelo Autor às Bibliotecas das Escolas Secundárias locais.

Dizem-que a CMA não comprou nenhum, porque tinha de gastar 6000 euros a comprar exemplares duma coisa sobre o arq. Carrilho da Graça ( infelizmente não doutorado como  o aristocrata e defensor do património Prof. Doutor Arquitecto Dom António Castel-Branco).

sm 1.png

Brevemente estará disponível aí o livro do dr. Santana-Maia Leonardo, Advogado abrantino que se vem batendo contra a desertificação do interior por mor das políticas suicidas do centrão, que previligiam Lisboa e o litoral.

Duas obras essenciais para ler nas férias e meditar.

Duas obras que Maria do Céu Albuquerque tinha obrigação de ler (e anotar) para se emendar.

Uma Biblioteca exemplar, dirigida pelo dr.Carlos Faísca, que também anima actividades em prol do estudo do montado e da indústria da cortiça na região.

 

 

ma

     



publicado por porabrantes às 19:26 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.07.15

 

 

Prós amigos do Pato Bravo

 

A AHBVA de Abrantes constituiu-se em 7-2-2013 por escritura pública celebrada no cartório da Drª Sónia Onofre.

 

Não tenho de explicar, para alguma mente que trabalhe a câmara lenta, que antes disso não existia.

 

A CMA por deliberação de 15-4-2013 aprovou um contrato de comodato com a associação bombeiral :

 

APROVAÇÃO DO PROTOCOLO COM A ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA

DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE ABRANTES

Declaração de voto (ABSTENÇÃO) dos vereadores eleitos pelo PSD

. 

Proposta de Deliberação da Presidente da Câmara: aprovar a minuta do Protocolo a celebrar entre o Município de Abrantes, e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes, criada a 07 de Fevereiro de 2013, relativa à cedência de instalações e equipamentos a título de comodato, e aos encargos de funcionamento e investimento, ao abrigo do dos artigos 13º nº 1 al. j) e 25º da Lei nº 159/99 de 14 de setembro, e da alínea a) do nº 4 do artigo 64º nº 4 da Lei nº 169/99 de 19 de setembro, na redação da Lei nº 5-A/2002 de 11 de janeiro.

.

---------------------------------

Deliberação: A proposta foi aprovada com os votos a favor dos vereadores eleitos pelo PS e com a abstenção dos vereadores eleitos pelo PSD.

                     O vereador eleito pelo ICA não participou nesta reunião.

 

devida vénia ao Blogue Amar-Abrantes

 

Portanto só a partir dessa data a associação bombeiral  dispôs de instalações.

 

A 25 de Maio foi aprovada, na CMA, a cedência por interesse público, dos bombeiros municipais à dita associação. Portanto aparentemente a maioria do pessoal operacional só terá entrado depois de 25 de Maio de 2013.

 

 Pois bem antes de terem quartel, já estavam a receber subsídios da Autoridade Nacional de Protecção Civil

bombeiros abrantes subsidios 2013.png

 

Há mais?

 

Há?

bombeiros 2013 b.png

A CMA pagou a 15-4-2013 a verba acima mencionada...quando a associação bombeiral só passou a ter a a maioria dos bombeiros.... depois de 25 de Maio...

 

Quando alguém desta gente quiser falar de rigor, é melhor dedicarem-se ao baseball...

 

Quanto à responsabilidade dos dados inseridos são da Inspecção Geral das Finanças.

 

Finalmente o post não seria possível sem o extraordinário trabalho do dr. Santana-Maia de colocar à disposição dos abrantinos, no Amar-Abrantes, o balanço da sua intervenção política.

 

Recomenda-se aos leitores que leiam estas listas de pagamentos :

 

Por exemplo quanto recebeu a Santa Casa, a Associação Ar Livre, a Junta de São Facundo ou outras entidades do Estado?

 

Está lá tudo.

 

mn     

 



publicado por porabrantes às 19:15 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.06.15

marinho pinto.jpg

 

santana 3.jpg

redacção

fonte: Jornal de Negócios



publicado por porabrantes às 14:11 | link do post | comentar

Segunda-feira, 08.06.15

 

af.jpg

 

 

 

 

buiça 1.png

buiça 4.png

Prometi a  Duarte de Bragança fazer isto. Está feito.

 

Quando um Rei me sugere um post, sai o post.

 

Dedico o post ao meu amigo Santana-Maia Leonardo, que fez uma vez um post no ''Amar-Abrantes'' sobre um suíno.

 

ma

 

e ainda à memória de João da Costa Andrade, monárquico  integral 

costa andrade.png

 e ainda..... quem sai aos seus não degenera

 



publicado por porabrantes às 21:43 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.05.15

santana casa cheia.jpg

Casa cheia no Salão Nobre da Ordem dos Advogados, ao Rossio em Lisboa, para a apresentação do livro ''Terra de Ninguém'' do nosso amigo,  dr. Santana Maia Leonardo.

Quinta feira, às 21 e 30, será apresentado em Abrantes, contamos com todos os abrantinos, para defender uma proposta que passa por defender o Portugal do Interior, e entre outras coisas restaurar a Comarca abrantina.

Lá estaremos e como diz Santana apara o apoiar :'' nesta minha luta contra a transformação da A1 no nosso Mediterrâneo interior, a verdadeira fronteira de Portugal e da cidadania portuguesa. Recordo-lhe que Abrantes e os concelhos limítrofes já estão integrados no mapa dos 162 municípios em vias de desertificação recentemente aprovado pelo Governo. Mesmo que isto seja irreversível (e estou absolutamente convencido de que é, tendo em conta a qualidade dos políticos e dos partidos do arco da governação), ao menos que mostremos o nosso inconformismo e a nossa indignação. "Remar contra a maré é difícil mas enrijece!" (Goëthe). ''

 

E tragam mais abrantinos,  é a nossa luta.

 

mn 



publicado por porabrantes às 10:10 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.04.15

José António Cerejo é um dos melhores jornalistas lusos. Outro dia era insultado pelo blogue clerical, que defende o Cónego das seringas e o capitalismo selvagem (com ''luvas'' incluídas), como insulta o juiz Carlos Alexandre e o procurador Rosário Teixeira.

Cerejo disseca hoje, no matutino citado, o caso ''Lena'' e diz que a relação entre Carlos Santos Silva e a Lena começou no Sardoal e se estendeu depois a Abrantes, onde a Lena floresceu com Júlio Bento como Vereador das Obras e com Nelson Carvalho como Presidente.

 

cerejo 1.png

cerejo 2.png

cerejo 3.png

cerejo 4.png

 Reproduzido com a devida vénia do jornal citado. Ligue o artigo ao processo Bento, já aqui escalpelizado, veja como a imprensa abrantina quase não o abordou, como os deputados da A.Municipal não o consultaram, apesar de ser facultado pelo Vereador Santana-Maia, e ainda como a CMA também não mandou fazer nenhum inquérito e tire conclusões.

 

Uma última homenagem a Mário Semedo, que o publicou aqui.

 

a redacção

 



publicado por porabrantes às 13:27 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.04.15

 

sagrado.png

acta de 2012

 

excerto

 

Pela acta ficamos a saber que o registo de propriedade do jipe sagrado

carro céu pico.jpg

era da Senhora Doutora Maria do Céu e não do Sr.Dr.Albuquerque e assim sendo nos termos da Lei devia constar em 2012 da declaração de bens da política,  quando cessou o mandato.

E quando o recomeçou, a declaração de bens devia estar on-line para consulta pública, no portal autárquico, não o manda a Lei, mas manda-o a ética. E a Assembleia Municipal devia decidir (como o fazem outras Assembleias Municipais)  que o Presidente e os da mesa tivessem de entregar declarações de bens.

Vai o dr. Santana-Maia editar um livro e espero que esteja lá o grande poema:

 

 

(...)Em Vale das Rãs,pelo menos já aprenderam a lição:

Meu filho, presta atenção

P'ra não ires p'rá a prisão

Podes roubar toda a gente

Excepto a Senhora Presidente  (...)

 

A senhora Presidente dizia que o assunto é sério e por isso abstinha-se da crítica literária. Ora a crítica literária é uma actividade séria, própria de grandes humanistas, como Eduardo Prado Coelho, Jorge de Sena, João Gaspar Simões (o melhor) ou George Stneiner e dizer numa acta que a  actividade profissional destes grandes escritores não é séria, é ofensivo e próprio de quem detesta a Literatura, a mais nobre arte da Lusitânia.

 

E depois de dizer isso, atroz calamidade, começa-se a insultar a qualidade poética do grande poeta satírico que é Santana-Maia e chega-se à insensatez de confundir poesia lírica com sátira poética.

 

Finalmente diz-se, que dizer que o pobre rapaz era de Vale de Rãs, coio de marginais, é segregador ......num orgasmo de correcção política.

 

Diz Luíz Vaz:

 

Vós, poderoso Rei, cujo alto Império
O Sol, logo em nascendo, vê primeiro;
Vê-o também no meio do Hemisfério,
E quando desce o deixa derradeiro;
Vós, que esperamos jugo e vitupério
Do torpe Ismaelita cavaleiro,
Do Turco oriental, e do Gentio,
Que inda bebe o licor do santo rio;

 

E chama torpe ao ismaelita, ou seja ao muçulmano inculto e bárbaro, e pergunto eu, verei numa acta chamar ''segregador'' a Camões?

MA

foto do jipe sagrado: João Pico, bairrista do Souto, ex-confidente dum galego e do marido de Sara Morgado, ao tempo colega da Senhora de Albuquerque no Conselho de Segurança   



publicado por porabrantes às 20:17 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.04.15

santana-maia.jpg

 

ABRANTES: 14 de Maio - 21H30 - Biblioteca Municipal

O nosso amigo dr. Santana-Maia Leonardo reúne as suas crónicas de intervenção cívica, publicadas em várias gazetas e no seu blogue Coluna-Vertical. A capa resume o leit-motiv do que tem sido a tónica dos seus últimos artigos, a desertificação do interior do país, levada a cabo não apenas pela lógica do funcionamento da economia, mas sobretudo por políticas deliberadas e assassinas desenhadas a partir de Lisboa, onde está a sede do bloco central de interesses, que tem no PSD e no PS as suas faces visíveis.

A reforma judiciária que assassinou a Comarca de Abrantes e muitas outras ao longo do país, com a marca da Paula Teixeira da Cruz, foi a última  punhalada traiçoeira no interior. 

É contra este infame estado de coisas que se bate a  prosa do dr. Santana-Maia.

Leiam-no   

 

ma



publicado por porabrantes às 13:39 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.03.15

mentir.png

actas da cma 8-10-2010

dr. Santana-Maia Leonardo dixit

(secção: então queriam acabar com as actas?)

 

a referência moral

pinóquio.png

 a redacção

 



publicado por porabrantes às 16:58 | link do post | comentar

Sábado, 20.12.14

frescos.jpg

 Foto do Público de Hoje

 

com artigo de Cláudia Carvalho

 

santa maria anos 40 dgmn.jpg

dgmn anos 40-Diogo Oleiro? já estão à vista os frescos por cima dos túmulos!

 

que se remete para este post nosso aqui

 

e de novo a pergunta porque não esclareceu sobre isto: ''

Aproveitou para referir que, já no âmbito desta intervenção, foram levantadas pelos técnicos algumas questões, tendo sido solicitada a presença célere do IGESPAR, que já fez levantamento e orçamento para a realização de outras intervenções. '' disse a cacique, em resposta a Santana Maia.

 

santa maria figurativos 5.jpg

cma

 

E a resposta era:''

Nessa altura, os trabalhos pararam e avisou-se a DGPC daquela situação de risco. “Tivemos de suspender tudo, houve uma mudança de planos para a qual precisávamos de nova autorização”, conta José Artur Pestana.
Um ano depois, em Junho, a DGPC deu luz verde para a intervenção dos conservadores e foi então que se começou o trabalho de consolidação dos azulejos.

E, mais uma vez, o inesperado aconteceu: “O afastamento que os azulejos tinham em relação à parede permitiu-nos ver que a pintura de cima continuava.” “Isto veio acabar com uma das grandes bases da historiografia abrantina de que os azulejos são de origem — não são. Removendo alguns azulejos e analisando pelo tipo de reboco que tem, o tipo de areia, percebemos que só foram colocados aqui depois”, explica, argumentando ainda que não houve um critério na colocação daqueles azulejos. “Há um grande desfasamento, acabam a alturas diferentes, têm vários padrões, isto foi um reaproveitamento, agora de onde, não sabemos, mas que é anormal esta amálgama de azulejos, isso é.”''.

 

Porque é que a cacique não deu a informação total a Santana Maia?

Era segredo de estado?

Finalmente não se compreende que a Mural da História tenha começado a intervenção sem ler o que havia na DGMN sobre os restauros dos anos 60.

E ainda convém ler este artigo de Luis Urbano Afonso, que faz justas aclarações no artigo do Público. 

MN

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 13:44 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Solar Azul quis comprar t...

Leia os colegas

O sindroma chavista à abr...

A postura social da Pegop

Sociedade civil contesta ...

Do pior que há

Homenagem ao Dr. Santana ...

Um monumento ao desperdíc...

Direita presta homenagem ...

O crime do empobrecimento...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds