Quarta-feira, 06.05.15

 

 

convite.jpg

 

Parece-nos discriminatório este programa. E as minorias????

 

Que tal uma parada em São Macário????

 

Que tal contratar um grupo de flamenco cigano?????

 

E virá cá o operacional Celso Marques?

celso marques.jpg

 Mirante

 

 ma  

 

e a juventude que assinou este abaixo-assinado vai manifestar-se contra PSP???? 



publicado por porabrantes às 20:21 | link do post | comentar

Terça-feira, 11.03.14

''

 

No dia 28 de Agosto de 2012, cerca das 21:30horas, quando o ofendido C se encontrava no estabelecimento, denominado, por “Café X” sito nas Barreiras do Tejo, área desta comarca, foi inesperadamente abordado pelos arguidos A e B, os quais, de comum acordo e em conjugação de esforços, no âmbito de um plano previamente delineado, desferiram vários murros na face e no tronco do ofendido, bem como, ainda lhe desferiram vários pontapés no seu corpo, o que provocou a sua queda.

2. Agressões estas que só cessaram porque se aproximaram pessoas que vieram em auxílio do ofendido, impedindo a sua continuidade.

3. Como consequência da conduta supra descrita, o ofendido para além das dores, sofreu duas escoriações paralelas na face anterior do ombro esquerdo, uma com 4cm e outra com 3cm; hematoma na área renal esquerda; uma escoriação com 1cm na região superior do ombro direito e ainda duas escoriações com 0,5cm de diâmetro no ângulo externo do olho direito.

4. Tais lesões determinaram um período de 5 dias de doença, com afetação da capacidade para o trabalho em geral e 2 dias com afetação da capacidade para o trabalho profissional.

5. Os arguidos agiram em comunhão de esforços, com o propósito concretizado de ofender o corpo e a saúde do ofendido, o que conseguiram.

6. Os arguidos agiram sempre livre, consciente e voluntariamente, em conjugação de esforços e de intenções, bem, sabendo que as suas condutas eram adequadas a provocar as lesões descritas e verificadas.

7. Os arguidos sabiam que tais comportamentos eram proibidos e punidos por lei, mas, apesar de o saberem, quiseram atuar da forma descrita e maltratar o corpo e a saúde do ofendido.''

 

 

(...)

 

os tipos que fizeram isto foram condenados em 1ª instância ''só (!!!! a '' : (...)''  No Processo n.º 259/12.0PAABT do 3º juízo do Tribunal Judicial de Abrantes foi proferida sentença em que se decidiu condenar os arguidos A e B, cada um deles, como co-autores de um crime de ofensa à integridade física simples do art. 143.º, n.º 1, do Código Penal, na pena de 8 (oito) meses de prisão suspensa na execução pelo período de 1 (um) ano(...)''

 

 

E a pena foi suspensa !!!!! 

 

Ficaram portanto em liberdade para ralação do espancado e do  ''povo''...

 

Mesmo assim um resolveu recorrer para a Relação....

 

E aduziu que havia incoerências e outras coisas nos testemunhos....

 

E que o Tribunal abrantino '' Fundamenta (...) a quo a sua convicção no facto de entender a falta de esclarecimentos das testemunhas com o temor relativamente aos Arguidos'' (...)

 

Coisa que sabia o Tribunal abrantino e que sabemos todos nós, dado o reinado de coacção que reinou sobre Abrantes graças a certos grupos marginais....

 

O retrato dos arguidos  é este: (....)

 

 

''Em relação ao arguido B. resultou ainda provado que:

8. Tem o 12.º ano de escolaridade.

9. Encontra-se sujeito à medida de coação de prisão preventiva à ordem de outro processo-crime, desde há cerca de três meses.

10. Na altura em que ficou privado da liberdade não tinha qualquer atividade profissional.

11. Quanto em liberdade, vivia em casa própria com a companheira e uma filha, com quatro anos de idade.

12. Tem antecedentes criminais, tendo sido condenado:

- Em 07/01/2008, na pena de 2 anos e 4 meses de prisão suspensa, no processo n.º ---/06.2 PAABT, do 1.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de furto simples, praticado em 23/08/2006.

- Em 03/04/2009, na pena de 100 dias de multa à taxa diária de € 6,00, no processo n.º --/08.1 PAABT, do 2.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de furto simples, praticado em 31/01/2008.

- Em 29/06/2009, na pena de 7 meses de prisão substituída por 210 dias de multa à taxa diária de € 7,00, no processo n.º --/08.5 PBSTR, do 3.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de furto qualificado, praticado em 10/01/2008.

- Em 08/06/2010, na pena de 120 dias de multa à taxa diária de € 2,50, no processo n.º --/07.8 PAABT, do 1.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de ofensa à integridade física simples, praticado em 01/01/2007.

- Em 04/07/2011, na pena de 3 anos e 9 meses de prisão suspensa, no processo n.º ---/09.9 PAABT, do 1.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de furto qualificado, praticado em 29/08/2009.

- Relativamente ao arguido A. resultou ainda provado que:

13. O arguido tem a 4.ª classe de escolaridade.

14. Encontra-se sujeito à medida de coação de prisão preventiva à ordem de outro processo-crime, desde há cerca de dois meses.

15. Na altura em que ficou privado da liberdade não tinha qualquer atividade profissional, dedicando-se à prática de crimes contra o património.

16. Quanto em liberdade, vivia em casa própria com a companheira e uma filha, com um ano de idade.

17. O arguido tem antecedentes criminais, tendo sido condenado:

- Em 07/01/2008, na pena de 2 anos e 4 meses de prisão suspensa, no processo n.º ---/06.2 PAABT, do 1.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de furto simples, praticado em 23/08/2006.

- Em 29/06/2009, na pena de 6 meses de prisão substituída por 180 dias de multa à taxa diária de € 7,00, no processo n.º --/08.5 PBSTR, do 3.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de furto qualificado, praticado em 10/01/2008.

- Em 5/11/2009, na pena de 90 dias de multa à taxa diária de € 6,50, no processo n.º ---/09.3 PAABT, do 2.º Juízo do Tribunal Judicial deAbrantes, por um crime de condução sem habilitação legal, praticado em 17/10/2009.

- Em 08/06/2010, na pena de 120 dias de multa à taxa diária de € 4,00, no processo n.º --/07.8 PAABT, do 1.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de ofensa à integridade física simples, praticado em 01/01/2007.

- Em 22/03/2010, na pena de 2 anos e 6 meses de prisão suspensa, no processo n.º ---/09.7 PAABT, do 2.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de furto qualificado, praticado em 06/03/2009.

- Em 17/11/2010, na pena de 2 anos e 6 meses de prisão suspensa com regime de prova, no processo n.º --/09.6 GASEI, do 2.º Juízo do Tribunal Judicial de Seia, por um crime de furto qualificado, praticado em 27/01/2009.

- Em 11/12/2012, na pena de 75 dias de multa à taxa diária de € 7,00, no processo n.º --/09.2 PAABT-A, do 1.º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes, por um crime de condução sem habilitação legal, praticado em 03/11/2009.” ..(...)''

 

 

O recurso dos beneméritos levou naturalmente sopa. Mas anota a Senhora Desembargadora :'' E se algo existe na sentença que se mostre justificado de modo mais frágil, tal seria a opção por pena suspensa, que não compete no entanto sindicar face à ausência de impulso processual do acusador nesse sentido''.

 

Isto é considera que uns tipos com o CV descrito na sentença não deviam ter beneficiado da suspensão da pena.

 

Deviam pura e simplesmente estar engavetados a verem o sol aos quadradinhos.

 

 

 devida vénia ao Luís Afonso. excelente cartoonista

 

MN

 



publicado por porabrantes às 11:47 | link do post | comentar

Sábado, 22.02.14

O misterioso assassinato da Drª Delmira Claro, numa praia  de Sintra, em 2013, vai tardar mais a ser esclarecido Delmira Claro, natural de São Miguel do Rio Torto foi assassinada alegadamente   através de afogamento. 

3-copie-4.jpg

 

 

blogue Graça Vicente com a devida vénia

 

Segundo a imprensa o julgamento do acusado pela sua morte foi adiado devido a ''não ter ainda terminado o prazo para contestar ao pedido de indemnização cível. O arguido Hugo Sousa continua de cana a aguardar marcação de nova data para ser julgado pelo crime que vitimou a professora abrantina.

A crónica negra continua. Se já há acusado neste crime, a morte da abrantina Dona Umbelina Inácio continua impune e a canalha a monte. Bem como os responsáveis por outro violento crime cometido nas redondezas da casa da D.Umbelina.

E estarem soltos deixa supor que as forças da ordem estão sem pistas e os cidadãos sem poderem dormir descansados.

A propósito qual é o célebre nómada que vai sair da cadeia proximamente, para conviver em boa e santa harmonia com a Pastoral caló e a agente de educação cívica das barracas?

A crónica negra abrantina anda por agora sem grandes cultivadores, parecendo reinar  a paz dos cemitérios (onde é proibido tirar fotografias, mas incentivado arrancar ciprestes) mas não deixarei de falar num caso em que os atrasos judiciais deixam a palavra justiça empalidecer de vergonha. Há cinco anos, um tipo  com problemas de toxicomania e algum internamento em chafaricas clericais de drogados, roubou um carro na Estação de Abrantes e investiu em direcção à charneca da Bemposta. Estampou-se e foi parar dentro dum campo de arroz. Inacessível à overdose de gamanço de automóveis voltou a roubar outra viatura e quando o dono o tentou deter atropelou-o.

A pobre vítima sofreu sequelas físicas graves que o marcarão toda a vida.

Dizem-me que têm sido marcados sucessivos julgamentos e não há maneira de serem efectuados.

Com a confusão que surgirá do novo mapa judicial, parece-me que este julgamento será efectuado lá para as calendas e noutra comarca.

Já chega de crimes.

Vou ao cinema ver um filme com gangsters 

 

s.n.

 



publicado por porabrantes às 15:18 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.08.13

(...)

 

 

E são os idosos quem mais sofre na pele as consequências deste fenómeno. “Cerca de dois terços (66%) das vítimas têm mais de 60 anos”, confirma o investigador, baseando-se no mais recente relatório de análise sobre este crime.

Este ano, são conhecidos pelo menos dois assaltos que se revelaram fatais. No dia 9 deste mês, em Santa Maria da Feira, Marina, de 75 anos, foi encontrada morta na sua casa, onde vivia sozinha, com ferimentos na cabeça. Na madrugada do dia 20 de Maio, Umbelina, de 83 anos, também não resistiu à investida de dois encapuzados que lhe invadiram a casa, na aldeia de Chainça, em Abrantes. Quando tentou resistir, cravando as unhas no pescoço de um dos ladrões, taparam-lhe a boca com um pano embebido em éter que lhe causou uma paragem cardio-respiratória.

 

 

(...)

 

Artigo interessante de Sónia Graça aqui

 

 

Com o título:  Aumentam assaltos a casas com arma de fogo



publicado por porabrantes às 19:29 | link do post | comentar

Quarta-feira, 31.07.13

Triplo homicida volta a fugir

por S.S.Hoje32 comentários

Américo Pissarreira matou três pessoas, entre elas uma criança, numa das vezes em que se evadiu da cadeia. PJ tenta agora evitar nova tragédia, escreve o 'Correio da Manhã'.

O homem, de 41 anos, encontra-se foragido desde 26 de julho. Cumpria pena de sete anos e meio pelos crimes cometidos durante uma fuga em 2005, quando fez uma série de assaltos e esfaqueou um homem que o tentava capturar.

Numa primeira fuga, em janeiro de 1994, Américo Pissarreira assassinou três pessoas a tiro durante um assalto. Entre as vítimas estava uma criança. Foi então condenado a 20 anos de prisão, mas beneficiou entretanto de uma redução da pena e já cumpriu essa parte da sentença.

Segundo o 'Correio da Manhã', o fugitivo foi visto em Vila de Rei e é procurado pela PJ em cafés do concelho de Abrantes, onde foi capturado nas outras duas vezes.

 

 

in diário de notícias

 

PS- um aldrabão que se fazia passar por ''Marquês de Abrantes'' (etc) apanhou outro dia 16 anos por seduzir e aldrabar 8 gajas. Comparem a ''medida da pena'' com a do prestimoso Pissareira por matar 3 pessoas. Os nossos tribunais são dignos deste país de maravilhas. Quanto aos ''técnicos'' que deixaram o Pissareira sair de ''férias'', são também dignos deste país de maravilhas. E mais não dizemos....



publicado por porabrantes às 14:27 | link do post | comentar

Sábado, 25.05.13

 

Espera-se que esta noite se houver farra no Hotel que as notas maviosas do velho Piano não sejam interrompidas pelo bang-bang das rajadas de metralhadoras.

 

Abrantes pode ter descido muito mas ainda não é Texas City! Porra!

 

a redacção 



publicado por porabrantes às 23:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.05.13
Desconhecido  disse sobre O crime na Chainçana Terça-feira, 21 de Maio de 2013 às 19:38:

 

     

Vamos lá ver se nos entendemos, bla bla bla insegurança mas depois queixa-se dos guardas prisionais terem feito fogo na situação em questão, é claro que é de lamentar o ferido civil, mas possivelmente se assim não fosse hoje teríamos mais dois nas ruas???? Tenhamos carácter para defender apenas uma posição e nos preocuparmos realmente com a insegurança na nossa Abrantes, e não andemos por aqui a fazer propaganda politica, porque honestamente, são todos farinha do mesmo saco, "só mudam as moscas" decerto que o doutor sabe o resto do dito popular..........

 

 

 

Caro amigo:

 

Vejamos os factos. Dois presos, algemados, são desembarcados dum carro celular para irem pró tribunal e desatam a correr. O normal é que os senhores guardas prisionais tenham a preparação física para os agarrar.

Já não falo da hipótese da desatenção que deve ter havido para os deixar escapar.

O Largo do Tribunal estava cheio de gente no momento (segundo uma testemunha ocular que se esquivou às balas) e poderia ter sido pior. Mas já foi mau.

O uso de armas de fogo, cujo uso defendo quando é necessário, deve ser feito de forma prudente.

E espero que as autoridades pelo menos já tenham pedido desculpa ao cidadão baleado.

Acerca do uso imprudente, lembro-me dum Senhor que era certamente destemido mas imprudente. Punha os soldados na carreira de tiro a disparar e depois algum dia punha-se ao lado do alvo e dizia : disparem, o que me acertar está lixado. Chamava-se Spínola.

Nunca ninguém lhe acertou.

Quem se lixou foi o país.

Resta a política. A maior parte das vezes concordo com a opinião do poeta popular Santana-Maia Leonardo. Mas precisamos de fazer política para nos livrarmos da tralha que nos lixa. Não fazer política, é render-se. Não é essa a nossa opção. O que não faremos é calar-nos por razões partidárias que convenham a A ou C.

Cumprimentos

MA

 

 

Foto do blogue Duas ou Três Coisas do Senhor Embaixador Seixas da Costa. Muito interessante 



publicado por porabrantes às 21:25 | link do post | comentar

Sexta-feira, 22.03.13

Um ladrão impaciente e que pensava que ainda era Carnaval e por isso ia mascarado apontou uma canhota a um caixa do Santander Totta 

 

Queria ma$$a o calaceiro e subversivo que não segue os mandamentos da senhora Dr. Ana Soares Mendes que acha que os pobrezinhos devem ser resignados e ordeiros.

 

 

Também não seguia a prática habitual de certo clérigo da cidade que sempre defendeu que os delitos devem ser de luva branca (e naturalmente de cabeção também branco, no caso do delinquente se mascarar de sacerdote, só neste caso, porque como escreveu uma vez o dr. Jorge Moura Neves os clérigos são de per si isentos de malícia) para evitar o derramamento de sangue.

 

 

Disse-lhe o caixa que o cofre demorava eternidades a abrir. Bazou o bandido em busca de saque e rapina noutro Banco.

 

Não foi a Constância porque não se dá com arguidos com culpa formada, quem sabe se no banco encontrava algum tipo acusado de crime.

 

As fontes policiais dizem que pode ter ido até ao Tramagal e depois à Chamusca.

 

 

 

O bandido não era acompanhado de canídeo a condizer.

 

 

Continua a reinar a segurança na Cidade, excepto a segurança jurídica como se verá em matéria bombeiral.

 

Mas estou impaciente como o agitado ladrão, vou bazar.

 

Adeus

 

Suzy 

 

(fiquei de ir ao Chave tomar a bica com o novo candidato/a do Bloco) 



publicado por porabrantes às 11:57 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.02.13

 

 

Esta é a dona polícia  que aparece no link do facebook na notícia do Correio da Manhã sobre uma operação policial da PSP.

 

 

A notícia é do jornalista Sr.Pepino.

 

Será um incentivo para que eu me entregue à autoridade?

 

 

Fora de brincadeiras, trata-se de um inquestionável êxito da PSP cá da terra, a quem apresentamos os parabéns.

 

 

Diz-me um passarinho que houve grande movimento policial nas Barreiras do Tejo, logo de manhã.

 

As notícias não dizem nada sobre a etnia dos presos, donde deduzo que não eram chineses do maldito grupo do Fu-Man-Manchu.

 

 

MA



publicado por porabrantes às 22:25 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Terça-feira, 10.04.12

Assumiu segundo o Cidade de Tomar a chefia distrital da PSP

 

 Cidade  de Tomar

 

 

superintendente Paula Cristina da Graça Peneda. 

 

 

Todos desejamos à nova Comandante as maiores felicidades para que a partir de agora haja um novo parâmetro na actividade da PSP do D. Santarém, para que não se repitam actuações desastrosas como a que deu origem a este triste comunicado.:

 

''Depois de muitas noticias e algumas diligências efectuadas sobre segurança em Abrantes a PSP distrital emitiu este comunicado que transcrevemos na totalidade:

 

A Polícia de Segurança Pública do Distrito de Santarém, com base nos recentes ilícitos criminais que têm sido mediatizados na área de Abrantes, esclarece o seguinte:

1. A criminalidade denunciada e detectada pela Esquadra da Polícia de Segurança Pública de Abrantes está dentro dos parâmetros de registo criminal normais, comparativamente a anos anteriores;

2. As situações que têm vindo a público estão devidamente identificadas, destacando apenas duas que passamos a descrever o encaminhamento dado pela PSP: a. Um crime de ofensas à integridade física, e dois de danos - ocorreu num estabelecimento de pastelaria, onde num espaço de tempo reduzido, verificaram-se três ocorrências - o processo encontra-se em fase de investigação por parte da PSP, sendo que logo que este seja concluído será enviado ao Ministério Público junto do Tribunal Judicial da Comarca de Abrantes; b. Suspeita de crime contra a integridade física e extorsão, a um responsável pela exploração de um bar – a investigação efectuada pela Polícia de Segurança Pública de Abrantes está concluída, embora neste caso falta apenas interrogar o arguido, que não compareceu para o referido acto processual.

3. A Polícia de Segurança Pública do Distrito de Santarém está a intensificar o patrulhamento apeado, quer através das suas equipas de intervenção rápida, quer através das brigadas de investigação criminal, além dos elementos afectos ao programa integrado de policiamento de proximidade.

4. A Polícia de Segurança Pública do Distrito de Santarém tem efectuado formação em várias valências, que naturalmente irão contribuir para a qualidade do serviço policial e aumento da eficácia na solução de algumas incivilidades, no combate à criminalidade e no aumento do sentimento de segurança.

5. No sentido de melhorar a qualidade de serviço prestado ao cidadão, apelamos a que qualquer assunto que considerem de interesse comunicar à PSP no distrito de Santarém, seja efectuado através do endereço electrónico rpub.santarem@psp.pt Estamos seguros que as medidas agora implementadas irão prevenir a ocorrência destes crimes, contribuindo assim para o aumento do sentimento de segurança da comunidade Abrantina.''

 

(retirado daqui)

 

SN

 



publicado por porabrantes às 17:31 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Havia Plano de Segurança ...

Correio destaca violência...

Mister Zuck é demasiado r...

Novo assalto no Centro Hi...

Assaltos em série

Os ciganos do Serrano

Piloto confirma ataque co...

O Centenário da Cidade em...

Integração cigana em Toma...

Foto do dia

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds