Sexta-feira, 15.03.19

Tudo se resumiu ao Padre Raposo?

Vivia-se em 1914 em paz religiosa nesta terra?

Isso perguntava o Governador Civil.....numa orientação que vinha de Lisboa,  que mandava inquirir em todos os concelhos....

jacinto freitas

O chefe local da política  democrática ,Justo Rosa da Paixão, respondia

justo

Ou seja as freguesias mais renitentes em abandonar as práticas católicas eram o Pego e Alvega.

Sabemos que na Aldeia do Mato parece não ter havido problemas (ver blogue do amigo Maça, com as respostas do padre , a inquérito do Bispo).

E a freguesia onde o anti-clericalismo tinha maior base social de apoio era o Rossio.

Esta é a versão dum cacique democrático, porque a versão católica era outra, o povo armado com chuços tinha no Pego posto em debandada os amigos do Justo, e obrigara a fazer a procissão.

Houve expulsões de padres? Anseia-se pelo regresso da fradalhada ?, perguntavam.....

justo 2

Dizia que não, o Justo, isento de paixão jacobina, isto é terra liberal, e no raio das freguesias em que o beatério queria missas, lá estou eu para dar a autorizaçãozinha.....

 

Diminuiu a prática religiosa, graças à acção benfazeja da República?

justo 3

 

Dizia que sim....

E os padres aceitavam as pensões?

Mas o clero reaccionário e o Padre Raposo tramavam alguma....

De mais de catorze, só quatro tinham aceitado....

Isto é,  os padres recusavam ser assalariados do sr. dr. Afonso Costa e permaneciam fiéis ao Bispo, que era D.António Moutinho....

d.antónio moutinho

que tinha sido preso ....., desterrado da sede episcopal, e forçado durante 4 anos a dirigir a Diocese de longe.....

arriaga

 

O Justo diz que havia quatro padres pensionistas  e que estes eram mal vistos pelos colegas  e que um deles tinha  sido substituído numa freguesia (Mouriscas) por um colega fiel à ortodoxia.

Quais eram os que traíram Roma?

Em 11-7-1911,  foi concedida uma pensão provisória ao padre colado do Tramagal, Manuel Brás da Rosa , ao colado de S.Miguel, José Martins da Conceição, e ainda ao padre encomendado de lá, Luís de Andrade Sequeira.

Mas o principal padre pensionista foi Henrique Neves, que protagonizou um cisma nas Mouriscas.

Também foram dadas pensões aos empregados da Igreja que eram os sacristães: S.Vicente-António Rego da Silva; S.João-Manuel Vicente Valente, do Rossio, Pascoal Francisco das Chagas, de S.Facundo, Bernardo Ricardo da Natividade, de S.Miguel, José da Oliveira Costa, do Tramagal, Pedro Alves de Jesus Lobato, de Rio de Moinhos, Francisco Esteves Machado e das Mouriscas, António Marques Fernandes.

Finalmente ia o povo aceitar as administrações das Igrejas dominadas pelo partido democrático (as célebres cultuais), perguntavam?

justo 9

O Justo achava que sim. Mas contra ele tramava Guilherme Henrique Moura Neves, o chefe local do partido católico....

Por volta de 1916 a única Igreja aberta era a da Santa Casa e os católicos que iam à missa eram enxovalhados pela populaça, testemunho de D.Maria Luísa Almada Albuquerque Moura Neves....

mn

sobre o assunto : Humorista Justo da Paixão aplica Lei da Separação no Pego

Em nome da Liberdade Religiosa

Padre do Rocio de Abrantes resiste ao saque republicano

 O Foro do Senhor Anacleto

Salazar e as oliveiras da Paróquia de Rio de Moinhos

https://porabrantes.blogs.sapo.pt/a-devolucao-do-ouro-a-paroquia-do-pego-2010603?utm_source=posts&utm_content=1552676956

 

Fonte: arquivo António Farinha Pereira; Arquivo dum sacerdote abrantino; Arquivos públicos

 

a situação no Sardoal: ver o blogue Sardoal com Memória

 

 

 

 

etc

 



publicado por porabrantes às 19:10 | link do post | comentar

Autor Sindicato Trabalhadores Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades Ambien
Réu Mitsubishi Fuso Truck Europe - Soc. Europeia Automóveis, S.A.
Julgamento ou Audiência final

 

No Tribunal de Trabalho de Tomar



publicado por porabrantes às 16:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14.03.19

escola duarte ferreira

Projecto da Carta Escolar a que tivemos acesso

Mau estado campo de jogos e laboratórios, tectos, coberturas paredes e climatização a precisar de obras

 

A Celeste vai dizer que a Carta Escolar é propaganda comunista?

mn



publicado por porabrantes às 13:47 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.03.19

O documento é revelado por Armando Norte e André Coelho neste estudo : Clergy and Royal service: the case of king's Fernando 's chancery incluído neste livro:

É uma sentença de 1382

iberian

dum eclesiástico ao serviço da chancelaria de D.Fernando, Gonçalo Gonçalves, que diz que o alcaide de Abrantes deve assumir a  jurisdição civil e criminal sobre a aldeia do Tramagal. (1382-09-12)

O documento está na Chancelaria deste monarca.

Temos a impressão que deve ser uma das mais antigas referências à aldeia do Tramagal.

O livro foi editado pela CIDEHUS, Évora, 2016 

mn

nas cronologias publicadas cá no burgo não aparece mencionado o diploma

 



publicado por porabrantes às 22:06 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.03.19

morgada 2

 

morgadinha

 

A Censura fez muita coisa má, mas neste caso mandou para trás uma peça da Senhora Dona Maria Bastos porque tinha erros de ortografia, dizia o censor

censura

 

A D.Maria Bastos entre outras coisas apoiou muito a actividade teatral naquela vila....mas tevez azar com um censor demasiado rigoroso....

mn


tags: ,

publicado por porabrantes às 21:40 | link do post | comentar

Assaltantes da estação de serviço do Tramagal, propriedade dos Duarte Ferreira, em julgamento em Santarém....

na rede regional  


tags:

publicado por porabrantes às 20:38 | link do post | comentar

Sábado, 02.03.19

Fazer história sem ir aos arquivos é próprio de tipos (as) capazes de fazerem um doutoramento, em xafaricas rurais, onde se aprovam teses de história onde se diz que não havia escravos na Idade Média

Hoje em dia nem sequer é preciso sair de casa....para ir aos arquivos.

heleno dgpac

 

Em 1938....  Manuel Heleno visitou a estação romana do Carvalhal e a colecção do D.Lopo e as privadas de Luis Bairrão e de Diogo Oleiro

luís pimenta bairrão 1959

 

E deixou por escrito o que viu

'' (...) O sr. Luis Pimenta Bairrão, do Tramagal, procedeu a investigações no local e encontrou moedas  romanas de prata (2), grandes e pequenas de bronze, uma lucerna....(....) (...)  10 de Abril de 1938  

 

(...) a colecção de D.Oleiro, Director do Museu de Abrantes. Na secção de numária tinha vária de Alcobre, denários. Um de Philipus Gallianus,. Busto de coroa raiada. Grande abundância de moedas em grande pasta''   (....)

 

ver aqui- colecção digitalizada pelo Museu Nacional de Arqueologia

Consultada a Carta Arqueológica de Constância, da autoria do melhor arqueólogo cá do burgo, o dr. Álvaro Batista transcreve o diário das escavações feitas em 1923, na Herdade do Carvalhal, por Diogo Oleiro e o espólio que foi para o D.Lopo..... (p 116-117)

Mas não menciona moedas

O Portal do Arquéologo, num texto acerca das escavações de 1977 de Maria Salete Gomes Simões Salvado, evoca a possibilidade Heleno lá ter escavado em 1937. Sabemos agora que não o fez .

E refere uma moeda tardo romana encontrada que está no Museu Monográfico de Coimbra.

Ora se as havia em 1938 onde foram parar?

Eram todas originárias de Abrantes e da região? Eram todas romanas?

Quem deixou desaparecer de Abrantes a colecção Oleiro, foi a Isilda Jana e a Céu Albuquerque. Bonito serviço.

Ler aqui o Álvaro Batista

 

ma

imagem DGPC

acho que a foto do Sr.Bairrão é do Abrantes Cidade Florida

 



publicado por porabrantes às 18:35 | link do post | comentar

tramagal jd

Em declarações ao ''Público'', o dr. António Ponces de Carvalho, responsável pelas Escolas João de Deus admite o encerramento de vários Jardins Escolas do interior, entre eles o do Tramagal que é das últimas escolas privadas de Abrantes.

Há ainda um terreno em Abrantes que foi cedido pela CMA à IPPS para construir outro Jardim-Escola, que nunca saiu do papel.

Como se sabe nos últimos dias houve enorme controvérsia em torno desta IPSS.

mn  

artigo de Patrícia Carvalho



publicado por porabrantes às 09:20 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.01.19

20140509contactotrabalhadoresmitsubishi01

CDU visita trabalhadores Mitsubischi (2014)

O Jornal Económico assinala que 2018 foi o melhor ano da produçao automóvel neste país-foram produzidos 294.000 automóveis e a produção cresceu 67%.

No cenário optimista destacam-se quase todos os produtores, excepto a Mitsubischi Tramagal que produziu  menos 16,1% ficando-se pelas 7.668 unidades.

mn



publicado por porabrantes às 13:03 | link do post | comentar

Domingo, 13.01.19

Na história da MDF faltava este subsídio, como o cap. Costa Martins, exilado em Angola, depois de derrotado no 25 de Novembro de 1975, se dedicou ao negócio de importar Berliets para as Fapla, com ajuda de José Eduardo dos Santos e a alegada conivência de Eanes.

 

'' (...) No sector da indústria, promoveu-se o desenvolvimento de um polo, inicialmente através da "Tramagal", e conseguiu-se ainda impedir que as Berliers portuguesas fossem vendidas a Angola, pela França, como estava a ser preparado, e cujo transporte iria ser feito pela Marinha Mercante grega.As berliers acabaram por ser vendidas a Angola, directamente por Portugal, e foram transportadas pela Marinha Mercante portuguesa, apesar das tremendas manobras de boicote desenvolvidas em Portugal, que tiveram de ser vencidas, tendo o então Presidente Português Ramalho Eanes contribuído para a solução, pelo que não quero deixar de referir essa sua meritória actuação (...)''

 

Costa Martins artigo no Público em 29 de Abril de 2002

 

mn

 



publicado por porabrantes às 14:12 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O golpe comunista no Tram...

Do descaramento

Onda de assaltos em 1950

Um estudante do Tramagal ...

Leia os colegas: abrir um...

Espólio do Museu do ano a...

As vítimas femininas

Planeamento territorial

A família tramagalense no...

Os arranca-ciprestes

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds