Domingo, 02.10.16

Já se falou aqui muito da Drª Maria Fernanda Corte-Real Silva, como dirigente local da Oposição, resistente, única mulher dirigente do MUD-Juvenil (com Octávio Pato, Mário Soares, etc), presa política, mas faltava um pormenor a passagem à clandestinidade.

Leiam este livro

cecília honório book.jpg

da Historiadora e ex-deputada do Bloco, Cecília Honório. Há uma parte que está disponível aqui

fernanda cr.png

fernanda corte-real e silva.jpg

(imagem retirada do Silêncios e Memórias-Ficha da Pide- publicado num dos livros sobre Presos Políticos da  Comissão do  Livro Negro sobre o regime fascista.)

extracto do livro citado...



publicado por porabrantes às 16:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28.09.16

É costume (aliás em parte resultado do escrito neste blogue) ligar Henrique Augusto da Silva Martins ao Integralismo Lusitano. É verdade, mas também é verdade que a cúpula do Integralismo passou à Oposição ao fascismo, logo nos anos 30, e foram os quadros intermédios e algum mais destacado, caso do Pedro Teotónio Pereira, que aderiram ao dr. Salazar.

Como o Henrique Augusto.

Mas não se pode construir uma linha divisória na cisão que dividiu a sociedade abrantina nos anos 30-60, que parta do simplismo Integralistas versus partidários de Manuel Fernandes.

Num dos poucos discursos que fez na Assembleia Nacional, o Dr.Manuel Fernandes traça uma justa homenagem a um dirigente integralista,  Hipólito Raposo, que fora demitido da função pública, entre outras coisas por ter definido a ''Salazarquia'' como ''Salazarquia, poder que se exerceria à semelhança do caracol dentro da espiral ou do cágado dentro da concha…” –

hipólito raposo.png

Manuel Fernandes evoca a grave doença que pôs em perigo de vida o oposicionista monárquico, em 1937, e que o levou a ser tratado na Casa de Saúde de Abrantes. Pelo que sabemos, através de correspondência particular, as relações entre o futuro dirigente estado-novista abrantino e alguns dirigentes do Integralismo ou do Legitimismo foram relativamente estreitas.

Embora se desse pessimamente com os integralistas do Silva Martins e bem com maçons locais como Diogo Oleiro ou Ramiro Guedes.

mn

ps-Mas não nos expliquem que M.Fernandes foi um democrata, não, foi um salazarista até ao fim....até orquestrar a burla local nas eleições de 1958, que roubou a vitória ao General Delgado...

Fonte: Diário das Sessões, 1958

 



publicado por porabrantes às 16:35 | link do post | comentar

Segunda-feira, 19.09.16

d. antónio abrantes 1.jpg

d. antónio abrantes 2.jpg

Visita de D.António Ferreira Gomes. Bispo de Portalegre a Abrantes. Uns anos antes de enviar o fascismo para o Inferno.

mn



publicado por porabrantes às 17:33 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11.07.16
 

'' (...) O número um de A Batalha, o mais importante jornal operário e sindical da Primeira República, apesar da sua natureza anarquista, viu a luz do dia em 23 de Fevereiro de 1919. E o último saiu no dia 26 de Maio de 1927, exactamente um ano após o golpe militar e da implantação da Ditadura, que caminhava aceleradamente para a fascização do regime político em Portugal.

No dia 27 de Maio de manhã (1), uma horda de malfeitores e de polícias à paisana, com o construtor civil Martins Júnior à cabeça, protegidos por cordões de polícia de espingarda em punho, chefiados pessoalmente pelo comandante da PSP, coronel Ferreira do Amaral, destruiu a golpes de picareta as instalações e o equipamento do diário matutino operário, que coabitava na mesma sede com a CGT, a Juventude Sindicalista, a União dos Sindicatos de Lisboa e a Federação dos Sindicatos da Construção Civil, na Calçada do Combro. (1) (...)'' in

A Batalha foi brutalmente encerrada há 80 anos

por Américo Nunes no Militante nº 288

 

 

A carreira do Martins Júnior não terminou com a demissão do Partido Radical, as suas milícias, integradas na ''formiga preta'', juntaram-se  ao embrião da Polícia Política para sob comando de Ferreira do Amaral,  destroçar o movimento sindical anarquista e o grande jornal operário a Batalha

DuartePimentel09.jpg

óleo de Duarte Pimentel  (wikipedia)

 

 

O Militante é uma folha teórica do PCP. Portanto isto deve ser lido com espírito crítico. A opinião dos libertários tem matizes diferentes. E espero encontrar a explicação do abrantino para esta coisa. No programa ''Antes  da Pide'' podem situar-se melhor os acontecimentos, em especial a acção de Ferreira do Amaral na organização das polícias políticas anteriores à PVDE, que aliás já vinham da República democrática.

(1) Aliás a cena descrita no Militante é real, mas deu-se a 2-11-1927. O Autor deve ter confiado no livro de David de Carvalho, Os Sindicatos e a República Burguesa: 1910-1926. O Carvalho que era dirigente da CGT escreveu o livro em 1977. A memória traiu-o.

 

 

 

Vale a pena recordar esta façanha  e enquadrá-la na série de Jacinto Godinho e ilustrá-lo com uma imagem da série

batalha martins júnior.png

Antes da Pide, Episódio nº7, onde se recupera uma imagem do assalto, aqui publicada com a devida vénia
 
  ma


publicado por porabrantes às 22:43 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.07.16

agostinho de moura.jpeg

agostinho de moura proença.png

Diário de Lisboa,

4-de Junho de 1974, Diário de Lisboa

ma

foto do Jornal de Abrantes de D.Agostinho



publicado por porabrantes às 22:11 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.06.16

ordem dos advogados.png

O Conselho Distrital de Évora, pela pena do Dr.José Amaral, faz uma justa homenagem ao falecido Dr.Orlando Pereira

 

(...)

Dos actuais Advogados de Abrantes só um o conheceu: o Dr. José Amaral, que foi seu estagiário.

Post-scriptum: Não era suposto mencionar-se o autor da nota biográfica, que não se teria arrogado o modesto título de Dr., se soubesse que ia ser descoberto...

Isto, a propósito da correcção de um erro: além do autor destas linhas, também o Dr. Vítor Santos Carvalho o conheceu, e com ele privou, desde muito tempo antes. Só que quando o Dr. Vítor Santos Carvalho chegou à Advocacia, o Dr. Orlando Pereira há muito que tinha deixado de exercer.

*texto elaborado pelo Dr. José Amaral, Advogado em Abrantes.

 Percurso na Ordem dos Advogados:

01/05/52 - INSCRIÇÃO NA ORDEM 02/01/63 - ELEITO DELEGADO ASSEMBLEIAS GERAIS NO TRIENIO 1963/1965 02/01/66 - ELEITO DELEGADO ASSEMBLEIAS GERAIS NO TRIENIO DE 1966/ 1968 10/05/68 - ELEITO DELEGADO DA COMARCA DE ABRANTES 02/01/69 - ELEITO DELEGADO ASSEMBLEIAS GERAIS NO TRIENIO DE 1969/ 1971 02/01/69 - ELEITO DELEGADO DA COMARCA DE ABRANTES NO TRIENIO 1969/1971 02/01/72 - ELEITO VOGAL DO CONSELHO DISTRITAL DE COIMBRA NO TRIENIO 1972/1974 05/02/77 - SUSPENSÃO VOLUNTÁRIA POR DESPACHO DE 02/02/77(...)

 

Bem-haja a Ordem por fazer justiça!

 

a redacção

 



publicado por porabrantes às 17:38 | link do post | comentar

Sábado, 25.06.16

pelourinho.jpg

O tarrafalista Cândido de Oliveira considerou estes 12 homens responsáveis pelo Tarrafal, no seu livro '' Tarrafal, pântano da Morte''.

 

tarrafal 2.jpg

 

A toponímia local da Bemposta homenageia com justiça o grande bairrista Manuel Rodrigues.

ma



publicado por porabrantes às 20:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.06.16

dr. orlando cadeia.png

É o que sabemos, por agora, da vicissitudes na masmorras da PIDE do dr. Orlando Pereira.

 

ma



publicado por porabrantes às 22:34 | link do post | comentar

 

Já agora, que falamos da morte dum anti-fascista, recordemos outro:

 

correia semedo 2.jpg

que foi compagnon de route do Dr. Orlando Pereira

 

dr. semedo consciência.png

confesso que nunca tinha visto o Dr.Semedo de capa e batina, e bigode... e também na mesma publicação outro depoimento do dr. José Amaral, onde também fala do Dr.Orlando...

 

amaral semedo.png

 

ma

 

in Boletim da Delegação  de Santarém e Conselho Distrital da Ordem dos Advogados, 2008 com a devida vénia



publicado por porabrantes às 19:33 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.06.16

O Coronel Hélder Ribeiro, republicano e anti-fascista, foi um homem com muito poder nas colocações militares, devido aos cargos que desempenhou, à sua influência dentro da Maçonaria e na facção democrática dos Republicanos.

Naturalmente o seu arquivo é uma bomba, Hélder Ribeiro punha e dispunha nas colocações militares, poder especialmente importante em tempos de guerras civis e de guerra mundial.

Sendo Abrantes praça d'armas importante, era inevitável encontrar no seu espólio cartas de militares abrantinos ou que por aqui passaram.

h. ribeiro.png

 

Vejamos esta:

 

abel malhou zúniga.png

 

abel mahou zúniga.png

 Da frente de combate o capitão Zúniga pede que lhe arranjem um lugar menos penoso. 

Enquanto isso....

Outro militar abrantino, Matos Raimundo escrevia a Ribeiro dizendo que tinha falta de oficiais para missões de combate...

Enquanto isso, Marques Godinho cobria-se de glória

zúniga.jpg

O capitão Zúniga era este. Devida vénia ao Coisas de Abrantes que traz um extenso curriculum da sua carreira militar

Para fazer uma pequena ideia da história militar da cidade e de Portugal, durante este período, o livro é indispensável.

(organização e notas de Francisco Ribeiro da Silva, Ed da Liga dos Amigos do Museu Militar do Porto, Porto, 1997)

ma

 

 



publicado por porabrantes às 19:26 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Os malefícios do fascismo...

HOUVE OPOSIÇÃO EM ABRANTE...

Padre Carvalheira solidar...

O filósofo-censor salazar...

O caso do bufo estrangula...

Nós é que agradecemos

A Frente Fascista Templár...

O fantasma templário

Jaime de Matos Pintasilgo...

Um estudo fundamental sob...

arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

jornal de abrantes

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds