Sexta-feira, 12.02.16

General_Spinola_e_Tenente_Zacarias_Zaeigh.jpg

O militar português, capitão Zacarias Saeigh, aqui retratado pelo propagandista José Manuel Pintasilgo, foi fuzilado pela canalha, depois da entrega da Guiné ao PAIGC.

Luís Cabral foi o responsável pelo crime e por mais dezenas de fuzilamentos (ou centenas?).

Luís Cabral estava exilado em Lisboa, quando a mana do Zé Manel foi Primeira-Ministra..

Pergunta-se o que é que a excelsa dama fez para punir Luís Cabral, chefe duma pandilha de assassinos que mataram soldados portugueses indefensos.?????

O que fez a dama?

Terá imitado Pilatos?

manga de ronco no chao.jpg

Terá lido o livro do irmão, onde no meio de propaganda fascista, mentiras descabeladas, se traça o elogio do fuzilado?

Temos de aturar quem desprezou os soldados de Portugal para proteger assassinos?

mn

foto do capitão assassinado: no livro do Pintasilgo, imagem de Ultramar Terra Web, com a devida vénia  



publicado por porabrantes às 16:35 | link do post | comentar

para vender coisas é preciso ter sentido de humor....

 

 

 

O sr. Jaime Pintasilgo, comerciante em Abrantes, pai de Lourdes Pintasilgo e do jornalista José Pintasilgo tinha sentido de humor como se vê, coisa herdada pelo filho. A senhora engenheira era muito séria.

 

 

 

O sr. Pintasilgo orgulhava-se de vender fardas às melhores bandas do país. Aposto que estas fardas se calhar foram pagas por Eduardo Duarte Ferreira.....

 

 

 

 

As fotos são tiradas dum número do Correio de Abrantes que um ex-Presidente da Câmara tinha no sótão e ao qual os ratos comeram a data...

 

 

A data que não comprovei na biblioteca (no caso de lá existir a colecção completa, a B.M. de Abrantes só passou a guardar os jornais todos já no tempo do eng. Zé Bioucas) deve ser do final dos anos 20 ou princípios da década de 30....

 

 

 

 

 

Bem que aconteceu ao negócio do sr. Pintasilgo?

 

 

A primeira gravura é profética, ficou sem cabeça......pormenores nas biografias da Engenheira ....

 

 

Marcello de Noronha, da Tubucci

 

PS-Os nossos agradecimentos ao ex-Presidente da Câmara.

 

 


publicado por porabrantes às 16:06 | link do post | comentar

pop up.jpg

Jaime Pintasilgo era um gajo porreiro. Acendia charutos com notas de quinhentos escudos, quando uma sopeira ganhava 20 escudos por mês.

Assim foi naturalmente um dos maiores falidos de Abrantes.

Acontece que mencionam um delirante maníaco da Covilhã (da Escola do Pinto de Sousa) e se esquecem da abrantina, a Senhora Dona Amália do Carmo Ruivo da Silva Matos, mãe da política, que teve de passar as passas do Algarve, graças ao Jaiminho Pintasilgo.

pintasilgo presidente.png

The Times a foto, mas é reprodução duma caricatura do Zé Vilhena.

 

ma

devida vénia ao dr.António Graça Pereira prá genealogia

 

   



publicado por porabrantes às 15:47 | link do post | comentar

Sexta-feira, 05.02.16

A história faz-se com fontes primárias, não se faz com fontes secundárias-dizia Vitorino Magalhães Godinho.

A lição podia aproveitar a muita gente local (que repete o que dizem recortes de jornais) ou copia sem pudor ( ou seja plagia)

 

Aposto contra todos que ninguém publicou um documento que vem directamente do núcleo central dos políticos da Ditadura, na cidade de Abrantes, em 1973.

O que é uma fonte primária?

Isto:

 

carta estrela 1.jpg

 

 

carta estrela 2.jpg

a carta foi escrita pelo Dr. Isidro Sequeira Estrela, personagem bem conhecida da vida local e dos meandros da Ditadura

estrela.jpeg

A 1º parte trata de questões políticas referentes à construção do novo Hospital do Salvador, que devia ter sido erguido com o dinheiro da herança do Comendador Viegas e da mulher, a luso-catalã Srª D.Leonor Paller.

Como se sabe, foi a intervenção pós-abrilista da ex-procuradora da C.Corporativa fascista Maria de Lourdes Ruivo da Silva Pintasilgo,  nas Misericórdias, que impediu a construção do novo Hospital.

O Hospital teria também a parceria da CMA (que já tinha comprado o terreno) e do Governo. Também foi o PREC e a instabilidade política daí decorrente que impediu essa obra.

Sequeira Estrela era Provedor da Santa Casa à data da Carta e teve um mandato muito atribulado  depois do 25-A.

A segunda parte é a parte mais interessante.

Exprime que os resultados eleitorais da ANP , no Outono de 1973, foram medíocres.

E atira a responsabilidade do ''fracasso'' para a direcção local da UN/ANP, presidida pelo dr. Chambel e que tinha como vice-presidente, o dr. Ruivo da Silva, genro do Apolinário Marçal e primo-direito da fascista Pintasilgo e para a CMA, que andariam a atirar responsabilidades uma para outra.

Depois comenta que o ''Correio de Abrantes''  ''começa a dar bicadas''.

A seguir, confessa que o dr. Esteves Pereira quer sair da CMA e que o fará o mais tardar em Junho, para regressar ''às suas escritas'' e ao ensino.

Diz que as chefias técnicas da autarquia se estão a passar para a Oposição. E diz que o chefe da Oposição era o Sr.Dr.Eurico Consciência. Coisa que constitui um erro. Não havia Oposição organizada em Abrantes.

A carta vai dirigida a um importante político abrantino, que exercia funções a nível nacional. Adivinhem qual...

mn  

 

foto: Abrantes Cidade Florida, uns vinte anos que o Dr.Estrela escrevesse a carta 



publicado por porabrantes às 18:17 | link do post | comentar

Sábado, 02.01.16

BCP12_Terras-Marques_e_Enf-PQ.jpg

O Senhor Coronel pára Terras Marques com algumas das primeiras mulheres a saltarem de pára-quedas. Guerra de África, na colónia da Guiné.

Imagem gamada ao excelente blogue http://ultramar.terraweb.biz/

 

A primeira mulher a saltar e a fazer o curso de enfermeira pára-quedista foi a abrantina Senhora Dona Maria Odete Oliveira, que reside em Beja.

 

Enquanto isso a Menina Lourdes dedicava-se à castidade, a dar conselhos ao D.Jorge de Mello (trabalhava na CUF) e preparava-se para dar o salto prá política ao lado do fascista Marcello Caetano.

pintasilgo.png

Eu acho que foi mais importante o salto marcial da Enfermeira Odete, que o salto para a política colonial-fascista da Virgem consagrada Ruivo da Silva Pintasilgo.

ma

 

 



publicado por porabrantes às 16:47 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.01.16

js caricatura.png

Federação da JS de Santarém 1979 (?)

arquivo dum leitor

lourdes e o zé maria.png

 Eng.Pintasilgo e o Zé Maria, jornalista da imprensa fascista 

ma



publicado por porabrantes às 23:01 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.11.15

botequim natália.jpg

 

É um grande livro do Fernando Dacosta que há que ler a todo o custo.

natalucha.jpg

Quando a Natália via as meninas, dizia-lhes: ''  Ao entrar, de madrugada, na rua onde vivia (zona de fecunda prostituição), Natália Correia abria a janela do carro e exortava: “Meninas, não se deixem humilhar, lembrem-se que são sacerdotisas do amor!”  

 

Foto  Do Médio Oriente e Afins, onde se transcreve o artigo do I

 

Fernando Dacosta escreveu isto no I

 

e sobre as visitas da Pintasilgo, a célebre Virgem Consagrada da Rua da Sardinhas, ao Botequim, na ressaca das presidenciais onde o povo esmagou a beata

 

Que disse ela à Natália?

ferreira leite.png

manuela-ferreira-leite.jpg

Jornal digital

 

Leiam o livro.  O Fernando Dacosta é um óptimo memorialista.

mn



publicado por porabrantes às 20:34 | link do post | comentar

A minha querida Tereza de Mello foi com o marido, João de Castro e Solla Soares

Mendes a um bar.

Chamava-se Botequim e reinava, divina e promíscua, a Natália.

Era a Natália Correia e nesse dia não estava lá a Maria de Lourdes a dar de beber à dor de o povo a ter mandado à merda, nas presidenciais.

Já não me lembro do nome da pianista que ao mesmo tempo cantava:

 

A gaivota voava, voava.....

voava, voava

 

Entre uísques e gins, Natália dirigia o coro:

 

a filha da puta nunca mais se cansava........

natália.jpg

 

A Ermelinda Duarte escreveu:

 

Uma gaivota voava, voava,
assas de vento,
coração de mar.
Como ela, somos livres,
somos livres de voar.

 

mas Cunhal também disse a 26 de Novembro de 1975

 

o filho da puta do galo de Barcelos nunca mais se cansava.....de voar

 

prec 2.jpg

 

 mn

 

sobre a vida nocturna da Virgem Consagrada da Rua da Sardinha transcreverei aqui a crónica que o prova e o que lhe disse a Natália, que não a mandou dedicar-se ao truca-truca

 

Truca-Truca

Já que o coito – diz Morgado –
tem como fim cristalino,
preciso e imaculado
fazer menina ou menino;
e cada vez que o varão
sexual petisco manduca,
temos na procriação
prova de que houve truca-truca.
Sendo pai só de um rebento,
lógica é a conclusão
de que o viril instrumento
só usou – parca ração! -
uma vez. E se a função
faz o orgão – diz o ditado –
consumada essa excepção,
ficou capado o Morgado.

 



publicado por porabrantes às 14:48 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.08.15

pintasilgo eanes cid.png

manela.png

manela 2.png

 por muita garrafa que a Madame Eanes enviasse à Pintasilgo, o casal Eanes promoveu a candidatura Zenha para sabotar a da mulher forte do Evangelho

 

Documentos da Fundação Cuidar o Futuro

mn



publicado por porabrantes às 17:07 | link do post | comentar

Segunda-feira, 29.06.15

pintasilgo anti-fascista o tempo.png

O Tempo, 1979, artigo de António Duarte

 

lourdes e o zé maria.png

Lourdes e o mano, prestigiado ''jornalista'' do pasquim Época e naturalmente seguidor da ética católica

 

mn

foto publicada no artigo referido

 

 



publicado por porabrantes às 23:27 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A deslealdade de Maria d...

A demagoga populista abra...

Gastronomia abrantina :M...

Santa fadista abrantina a...

A carta que desonrou Lour...

Silly Season: Menina Pint...

Jaime de Matos Pintasilgo...

Ainda hoje:

A castidade, remédio para...

O pacote da Pintasilgo

arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

jornal de abrantes

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds