Terça-feira, 27.04.10

Diz o D. Notícias

 

Comendador afirmou estar disposto a pôr fim ao Museu Berardo caso a ministra da Cultura manifeste essa intenção

Joe Berardo está disponível para encerrar o acordo assinado com o Estado para a criação do Museu Berardo no Centro Cultural de Belém, segundo a Lusa.

O coleccionador de arte escreveu uma carta à ministra da Cultura a dar conta da sua disponibilidade depois de Gabriela Canavilhas ter manifestado o seu desa- grado perante a estratégia de aquisições adoptada pelo Museu Berardo nos últimos dois anos, durante uma intervenção na Comissão Parlamentar de Ética, Sociedade e Cultura de 14 deste mês. "Se [a ministra] não está feliz ou não quer [o acordo], I pack my bags and go [faço as malas e vou]", assumiu Berardo durante a inauguração do Aliança Underground Museum, em Anadia.

Gabriela Canavilhas referiu que nos últimos dois anos foram entregues obras de arte ao museu em vez dos 500 mil euros previstos. Segundo os estatutos, o museu tem para aquisições um milhão de euros por ano, a ser entregues em partes iguais pelo Estado e por Berardo. "Não vejo nada nos estatutos da Fundação Berardo que mostre que seja possível substituir 500 mil euros por obras de arte", disse um deputado social-democrata. A ministra concordou.

Gabriela Canavilhas disse ainda que o Ministério da Cultura está a preparar um contrato-programa em que vão ficar estabelecidas certas regras na relação entre as fundações com a tutela. Berardo não quis comentar, mas aconselhou a responsável a ler o "acordo" celebrado em 2007.

Comendador fotografado pela folha oficiosa (DN)

 

E se acontecesse o mesmo com o MIIA depois de construído?

 

Nada de especial, o bunker carrilhista podia ser transformado em Mercado de hortaliças e peixe, se a ASAE deixasse.

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 12:27 | link do post | comentar

Domingo, 11.04.10

O Cidadão abt além de nos fazer rir à gargalhada ( andavamos já um bocadinho preocupados pela sua inactividade) propõe a transferência do MIIA para o Vale das Rãs.

 

Boa, dizemos nós.......

 

E agora, toca a visitar o Cidadão.

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 17:47 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 09.04.10

 

ESTAMOS A PENSAR CONTRATAR O JERICO PARA ANIMAR OS PROTESTOS ANTI-MIAA

 



publicado por porabrantes às 12:45 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.04.10

Havia um judeu muito desconfiado chamado Tomé haverá 2 mil anos. Tomé havia sido educado na seita dos fariseus que não acreditavam que houvesse vida eterna. Tomé era quase tão desconfiado que graças a ele temos a expressão ver para crer. Quando Cristo apareceu e disse que tinha ressuscitado, Tomé não acreditou, só quando o Redentor lhe deixou meter o dedo na chaga mortal produzida pela lança de um romano, é que o bom do Tomé acreditou.

 

A prudência de Tomé foi celebrizada pela iconografia cristã. O contrário da sensatez do Santo, são aqueles que acreditam piamente em tudo.

Este blogue prefere os autarcas do género de São Tomé.

 

 

 

 

 

Ainda é compreensível que os disciplinados militantes dum partido votem no que lhes manda o chefe, porque dependem do boss para comerem na gamela.

 

Mas que Vereadores da Oposição como os Senhores Marques & Moreno possam ter votado numa coisa que não leram totalmente, só porque o Presidente da Câmara (a que se deviam opor)  lhes mandou, é  o cúmulo da credulidade!!!

Leiam isto: Nº 3 - Proposta de Deliberação do Presidente da Câmara, remetendo, para aprovação, a minuta do protocolo de parceria a celebrar entre a Câmara Municipal de Abrantes e a Fundação Ernesto Estrada e Filhos, com vista à instalação em Abrantes do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes. Deliberação: Por unanimidade, aprovado o referido protocolo, delegando-se poderes no Presidente da Câmara para sua assinatura. s Vereadores eleitos pelo PSD aprovam o Protocolo, mas gostariam de ter acesso ao anexo.

 

(Acta de 19 de Março de 2007)

 

Dão poderes ao Presidente para assinar um documento, sem saberem o que estava escrito no anexo!!!!

 

Que este senhor que é bancário de profissão, não saiba as consequências de assinar um documento sem o ler totalmente, incluindo os anexos é de espantar!!!!!

 

 

Mas que este, que já tinha sido enganado por Nelson Carvalho que lhe ocultara o resultado da inspecção do IGAT (como vimos), é inclassificável.

 

Não temos palavra para definir a coisa!!!!

 

Por isso rogamos que os autarcas sejam como São Tomé. Metam o dedo na ferida, por favor.....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 14:51 | link do post | comentar

 

É verdade que Viana do Castelo tem um Centro Histórico muito mais rico que Abrantes. Mas também é verdade que Guimarães tem um centro histórico sensacional (que mete Viana num chinelo) porque não deixaram lá fazer carrilhadas ou coutinhadas.

 

A responsabilidade pela defesa e recuperação do Centro Histórico de Guimarães foi de Fernando Távora, um arquitecto da Escola do Porto (enquanto o Coutinho de Abrantes é de Lisboa), a quem outro dia o conhecido especialista em auto-propaganda Armando Fernandes (estamos à espera que regresse ao apelido original para comemorar o regicídio)  dizia que tinha conhecido.

 

E não sabia que Távora mais Castel-Branco (Pai) fizeram o plano de urbanização do Rossio!!!!

 

Ou que Keil do Amaral fez o do Tramagal!!!!!

 

Tudo planos melhores que aos produzidos sob a égide política de Bioucas e Humberto Lopes, seguidos pelo autarca que teve o descaramento de gastar o nosso dinheiro numa excursão ao Japão.

 

São estas três criaturas as responsáveis pela descaracterização do Centro Histórico e  pelo caos urbanístico no Concelho.

 

Naturalmente a Ditadura também  e Manuel Fernandes também destruíram património abrantino.

 

A Igreja de São Pedro não foi demolida graças a Manuel Fernandes?

 

Mas para se ver o crime que foi o Prédio Coutinho em Viana, fazem o favor de ver as fotos:

 

 

Querem mais?

 

 

É uma coisa destas que o Carrilho mais a seita, com o aplauso do Pico, e violando a Lei e com a benção do Cónego Graça, que espera umas contrapartidas, querem fazer em Abrantes!!!!

 

 

Naturalmente que se o miserável mamarracho do Carrilho for construído em Abrantes sempre há soluções!!!!

 

TNT como em Viana para o Coutinho

 

Miguel Abrantes

 

 

 



publicado por porabrantes às 12:58 | link do post | comentar

Quarta-feira, 31.03.10

Desejamos Boa Páscoa a todos os anti-carrilhistas e uma penitência intensiva aos carrilhistas.

 

 

 

A todos os que sejam católicos cá da petição ( não se ofendam os nossos 4 bravos Jeovás e o resto dos minoritários) recordamos a obrigação da desobriga.

 

 

Para isso devem confessar-se.

 

Por exemplo o Carrilho deve dizer: Pequei, por querer construir um mamarracho em Abrantes.....

 

 

Recordamos que o Reverendo do Pinhal está disponível.

 

Damos dois modelos de confissão, para tipos que falam mal o português como o conselheiro rupestre do cacique do Mação e a versão lusitana.

 

Modelo made in USA

 

 

 

 

Modelo Lusitano

 

Marcelo de Ataíde

 

( o Sr. dr. Miguel Abrantes, esse vadio já se pirou antecipando a ponte. Está a passar férias em casa de um ex-cônsul honorário de Portugal que foi afastado num sítio com umas palmeiras e uns off-shores porreiros)

 

Nota: a partir de amanhã dada a solenidade da data e até domingo de Ressureição, este blogue moderará a sua verve em relação ao clero.

(Está incluído nesta intenção o Presbítero do Pinhal). Não estão incluídos os ex-seminaristas porque não fazem parte do clero, segundo nos esclareceu o nosso assessor de assuntos eclesiais,  reverendíssimo supranumerário da Obra).



publicado por porabrantes às 22:20 | link do post | comentar

Quarta-feira, 17.03.10

 

Siza entre arquitectos contra o projecto do Bom Sucesso

Por Patrícia Carvalho

 


Siza Vieira é o primeiro nome de uma lista de dez arquitectos que assinaram o Manifesto pela Reabilitação do Mercado do Bom Sucesso. O documento considera que a solução apresentada para o mercado, pela empresa bracarense Eusébios, SA, não se enquadra numa verdadeira reabilitação e apela à ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, e ao Igespar (Instituto da Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico) para que impeçam "a destruição do Mercado do Bom Sucesso".

Ao longo de cerca de duas semanas, o Movimento Bom Sucesso Vivo, promotor do manifesto, recolheu as assinaturas de Álvaro Siza Vieira, André Tavares, Francisco Barata Fernandes, José Gigante, José Pulido Valente, Manuel Correia Fernandes, Manuel Fernandes de Sá, Nicolau Brandão, Nuno Brandão Costa e Paula Santos. Paula Sequeiros, do movimento, diz que o mais difícil foi conseguir encontrar os arquitectos. "De uma forma geral, assim que conseguimos estabelecer o contacto, a adesão foi quase espontânea", diz ao PÚBLICO.

O manifesto defende que o Porto "precisa dos seus mercados para viver e se regenerar", lembrando, em contraponto, que "a zona da Boavista está saturada de centros comerciais". Para os signatários do documento, "o projecto actual reflecte uma visão fachadista da arquitectura, destruindo o que o edifício tem de melhor, o magnífico espaço interior".

A Eusébios venceu o concurso público para a recuperação do Bom Sucesso, com uma proposta que pretende construir no interior da estrutura um hotel low-cost e uma área de escritório, reduzindo a zona comercial a 23 lojas e 44 bancas, vocacionadas para o mercado gourmet. Para os arquitectos isto não é reabilitar. "Não é mais concebível nesta cidade que se continue a apelidar de "reabilitação" este tipo de intervenções. Re-habilitar é "tornar a habilitar para...". Este mercado precisa, sim, de se tornar a habilitar como edifício e na sua funcionalidade de mercado, tal como consta dos requisitos que fundamentaram o processo de classificação", diz o manifesto.

O que os arquitectos propõem é "que o poder público tome em mãos um projecto de verdadeira reabilitação, resolvendo patologias construtivas, modernizando, enquadrando e rentabilizando o uso para mercado de frescos". E, nesse sentido, pedem ao Igespar e a Gabriela Canavilhas que se pronunciem e intervenham no processo "em coerência com a classificação patrimonial, impedindo a destruição do Mercado do Bom Sucesso".

Paula Sequeiros acredita que a tomada de posição por parte de arquitectos reconhecidos "tem muito peso", pelo que terá o desfecho desejado pelo movimento. "Esperamos que o Ministério da Cultura e o Igespar intervenham e suspendam o processo", diz. O movimento já pediu uma audiência a Gabriela Canavilhas, na qual espera entregar à ministra o manifesto..

 

in Público

 

Comentários:

1- Naturalmente Carrilho da Graça não está entre os peticionários. O homem está em tour pelas paróquias vendendo Igrejas cúbicas.

2- Naturalmente esperamos a imediata queixa à Ordem dos Arquitectos e quem sabe à Aliança Atlântica do Carrilho contra o Siza Vieira e os seus colegas que possuem consciência cívica. 

3- Reabilitar não é destruir como ensinou Duarte Castel-Branco e Carrilho nunca aprendeu. Certamente por isso não se apresentou ao Doutoramento.

Como diz o Manifesto: ''Não é mais concebível nesta cidade que se continue a apelidar de "reabilitação" este tipo de intervenções. Re-habilitar é "tornar a habilitar para...". Este mercado precisa, sim, de se tornar a habilitar como edifício e na sua funcionalidade de mercado, tal como consta dos requisitos que fundamentaram o processo de classificação",

4- Portanto a barbaridade carrilhista para São Domingos é pura e simplesmente vandalismo e mania das grandezas para o Arq. ganhar umas massas.

5- Quando a ASAE fecha o mercado de Abrantes recordamos o que diz o manifesto ''  Porto "precisa dos seus mercados para viver e se regenerar", lembrando, em  contraponto, que "a zona da Boavista está saturada de centros comerciais"''.Ou seja quem deixou arruinar o Mercado de Abrantes, quem empurrou a Feira e o Mercado Semanal para o cu de judas são uns ignorantes em matéria de planeamento urbano.

Os nomes dos tipos: Nelson de Carvalho,  agente técnico Bento , Valamatos, o indescritível Pina da Costa e Maria do Céu Albuquerque. E já agora os outros Vereadores do PS que foram saindo, a começar pelo Presidente da Associação Comercial e não esquecendo os 2 distintos yes-men laranjas Pedro Marques e Moreno (o gajo que queria abrir a Avenida Nelson Carvalho)

Estará a D.Maria do Céu

capacitada para

arredar caminho? 

 

Miguel Abrantes 

 

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 13:10 | link do post | comentar

Sábado, 13.03.10

'' Sim, eu não sou um ignorante e teórico, só em temas de arquitectura li mais livros do que muitos arquitectos juntos e até sou capaz de dizer onde Calatrava foi plagiar as célebres coberturas que foi usando em Sevilha e na Gare do Oriente, que vieram de Frank Lloydd Wrigth, coisa que o "amigo e discípulo" Phill Hawes nunca alcançou.''

 

Jota Pico itself

 

Outro plágio do pobre Calatrava, seria o projecto de Jota Pico para o Santuário da Virgem do Tojo?

 

 

O alegado plagiador

 

 

Este blogue agradece ao Génio do Pinhal a sua contribuição para a modernização da pobre arquitectura portuguesa.

 

Aquilo que não se percebe é a mania do Génio recusar concursos públicos, especialmente se colocam em causa ajustes directos a Carrilho da Graça......

Carrilho quando descobriu pelo defensor do carrilhismo abrantino que Calatrava era um plagiador ..... 

 

A receita dos tomates que impediu a fiscalização da Assembleia Municipal à investida da Judiciária à CMA era original ou plagiada?

 

Esperemos que o Génio nos elucide!!!1

 

Porque não quer o Génio concurso público?

 

Certamente porque teria de concorrer e ganhava, ficando assim impedido de continuar a doutrinar o povo ignaro através da blogosfera.....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 14:10 | link do post | comentar

 

 

O grupo de plumitivos a soldo de interesses anti-abrantinos e pagos com as 30 moedas de Judas continua a mentir para insultar qualquer cidadão de bem que tenha assinado a petição e defenda o património da cidade.

 

É a técnica miserável usada por Fernando Baptista (com p) Pereira na folha gratuita. 

 

 

É a técnica hitleriana  usada por Oeesterbeck, conhecido pelas suas ligações ao ex-agitador político de extrema-direita José Bayolo Pacheco do Amorim, um dos ideólogos mais repugnantes da Mocidade Portuguesa.

 

É a técnica nazi ruralizada pela Associação de Admiradores de Rosa Casaco (A.A.R.C.) cujo órgão é o blogue neo-fascista Pico do Zêzere.

 

Repetir mil vezes uma mentira, até que se transforme numa verdade .....

 

 

''da firma do avô, que ele neto, ao que dizem, teria sido muito perdulário, ajudando à ruína. Foi nesse clima de pré-falência da firma que recebera do avô, que o Engº Marçal se candidatou.''

 

Vejam a expressão ''  ao que dizem''.

 

Quem é que diz?

 

Qual é a fonte?

 

Viu Pico e o crítico de sopas os balanços da empresa?

 

A ruína vinha já do tempo do Sr. Apolinário Marçal?

 

Quem lhe disse terá sido certo ex-Vereador das Obras agora dedicado aquilo que sabemos?

 

A expressão '' ao que dizem''

 

Também foi usada com galhardia pelos rapazes do Dr.Cunhal para difamar Maria Barroso por se atrevido a casar com o ''renegado'' Mário Soares''

 

 Veja o excelentíssimo dueto ( hoje o Padre centenário está em exercícios espirituais, fazendo penitência pelos últimas notícias de abusos sexuais sobre menores na Igreja Alemã) a edição portuguesa do ''Portugal Baillonée´'', dado que o crítico de sopas desconhece dialecto de Souto de la Maison.

 

 

No fundo trata-se de achincalhar o eng. Marçal por ter dito a sua opinião e exercer um direito de constitucional ao assinar as 2 petições.

 

A nossa e a que pedia um referendo à legalização do matrimónio gay.

 

 

 Coisa que nos leva a pensar que as expressões de mau gosto do barrosista Morais Sarmento sobre Cavaco

 

 

têm explicações similares- ódio político, ligação a lobbies, falta de educação e que serão rapidamente copiadas pelos meliantes que escrevem o blogue do Pinhal

 

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 12:47 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11.03.10

 

Envelope da Colecção do Snr. Carlos Ribeiro

 

Continua a gloriosa confusão de Alferrarede, que esperemos se prolongue no tempo para gáudio e galhofa do pessoal e descrédito dos políticos locais e em especial do Presidente da Junta um dos mais conspícuos boys do PS, embora seja um tipo porreiro, apesar de ter menos apetite que o ideólogo da revolta espontânea Manuel Martinho que já cortou relações outra vez com Jota Pico porque este lhe chamou ''barrigudo''.

 

Quem chama ''boys'' aos bravos rapazes das freguesias é o Sr. Ministro das Finanças, em pleno Parlamento. O Dr. Teixeira Santos  não sabe que temos autarcas de idade provecta como o Sr.Alfredo Santos, embora este não ultrapasse Manuel Dias que é quase o ''Avô do Concelho''. O bisavô é o Padre populista que anda pelos 93 e que se resolveu meter na política porque nunca o fizeram Cónego ou Monsenhor, como foi o caso de Monsenhor Vermelho (que em paz descanse) que atingiu tal dignidade por ser motorista do Sr. D. Augusto César.  

 

 

D.Augusto César foi muito injusto com o P. Rosa!!!!

 

Entretanto a revolta bairrista de Alferrarede, fez Nelson de Carvalho abandonar a reserva do Ministério Público. Convenhamos (raio de palavra o pretoguês do Pico está a contagiar-nos) que está sempre a abandonar a reserva. Parece o Pico que é um dos maiores admiradores e protectores do ex-Presidente

 Pico em acção cibernética

 

 

Temos de fazer como o Pico e elogiar o ex-Presidente. Confirmou o que dizíamos, desmentiu a miserável calúnia encenada pelo Trauliteiro do Pinhal contra Amândio Mendes e Maria do Céu Albuquerque e disse duas coisas importantes. A primeira óbvia : a guerra de Alferrarede é um disparate digno da magnífica sociedade intermitente (porque estão sempre a zangar-se e a reconciliar-se) Martinho & Pico, Lda.

A única desculpa é que tenha sido sussurada  ao Pico em segredo de confissão por algum presbítero senil.

Mas que os outros edis de Alferrarede se dediquem a alimentar uma batalha de lana caprina é digno de Sucupira!!!!

Ou não fosse o Pico a versão do Souto do Odorico !!!!

Mercado de Sucupira em Cabo-Verde onde certos autarcas abrantinos compram as Lacostes ......

A seguir Carvalho chamou diplomaticamente  mentirosos aos autarcas de Alferrarede, especialmente aos que já estavam no poder, coisa que o pode sujeitar a novas trapalhadas com o MP, se o Presidente da Junta e a Assembleia decidem processá-lo, basta oficiar ao MP e este oficiosamente é obrigado a nomear Nelson Carvalho outra vez arguido, agora por desonrar este Senhor e os seus Colegas:

Mas o Presidente da Junta é um excelente moço e não fará isso!!!!

Mas está em minoria!!!

E se o Pico, ideólogo da revolta, os convence?

O Pico tem protegido Nelson Carvalho por razões obscuras, provavelmente relacionadas com o  financiamento da sua campanha eleitoral, mas agora com os calos apertados pela lista anti-fascista à Concelhia do CDS-PP, tem de mostrar serviço.

 

E o Herculano Gonçalves está fulo com ele!!! *

Não falando no Bispo e no Snr.Amândio Mendes!!!

E no sobrinho do Snr.Amândio Mendes!!!!!!

E boa parte dos heterossexuais mais fundamentalistas e marialvas  do Concelho!!!

 

Para dar nas vistas e apresentar serviço o homem pode ir por aí!!!

 

De  forma que, 

 

Este blogue que é insuspeito aconselha os bravos autarcas revoltosos a acalmarem-se!!!

 

Comprem Xanax na farmácia do Sr. Dr. Silva Tavares!!!!

 

Depois duma dose tripla reconhecerão que a Srª Drª Maria do Céu Albuquerque tem toda a razão!!!

 

E  peçam por unanimidade a transferência do MIIA para o cinema de Alferrarede, dando assim hipóteses ao Sr. Mendes de reforçar das suas empresas!!!

 

E salvando São Domingos de ser brutalizado pelo Carrilho!!!

 

Resta-lhes pedir ainda que aprovem uma moção contra o Zé Eduardo Moniz por falta de respeito ao Sr.Conde.

 

Miguel Abrantes 

 

O dr. Paulo Portas tem mais que fazer que preocupar-se com o Pico, como se prova pela foto. Embora isso não lhe retire o apetite para tentar que a sua pança fique na história do pinhal.   

 

Miguel Abrantes

 



publicado por porabrantes às 21:45 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Mais outro glorioso ajust...

Dr. Alves Jana no castel...

Voz do Povo

A exposição à Ministra da...

Uma representação insensa...

Necrologia- Carrilho da G...

Os nossos amigos-Exposiçã...

Uma intelectual católica-...

Homenagem à Dr ª Isabel ...

Concurso público privatiz...

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds