Terça-feira, 15.12.09

 

Ouvimos por aí um discurso da Presidente em que falou de Cultura. Não falou do essencial que é a defesa de São Domingos e a procura de um projecto para o Museu que esteja de acordo com a paisagem tradicional abrantina.

Apesar de não gostarmos do Carrilho, de suspeitarmos que houve irregularidades no primeiro contrato assinado pelo seu atelier com a CMA, o essencial é que o projecto não ofenda Abrantes.

 

Em Poitiers levou 7 longos anos negociando com as autoridades a adaptação do projecto dum teatro à realidade local até que conseguiu erguê-lo.   

 

Seremos nós menos que os franceses e temos de tragar o primeiro esboço que o homem fez?

 

Um ante-projecto que nem sequer respeita legislação urbanística vigente na cidade....

 

Os génios não têm de respeitar a Lei?

 

Os génios não têm de ter visto do Tribunal de Contas?

 

Pode-se tornear o Dr. Oliveira Martins, como se o  Presidente do Tribunal de Contas fosse tonto?

 

Exactamente o contrário do que é Oliveira Martins, um homem sério e inteligente capaz de dizer não, quando se trata de aldrabar a Lei !!!!

 

Falou ainda a Presidente do património imaterial e o mais que importante que temos é a língua: aquela em que António Botto defendeu Raul Leal, o poeta da Sodoma Divinizada!

 

Se Raul Leal escrevesse agora sairia : Sodoma Casada!

 

Ora  falamos do português, porque a rapaziada da Juventude Mariana Vicentina, de Alferrarede, resolveu explicar a catequese do Advento em  espanhol da América do Sul...(ler aqui). .

 

Uma longa epístola do Senhor Gay, Chefe Mundial da Congregação dá bons conselhos na língua de Cantiflas....

 

1.886 palavras em castelhano....

 

Exactamente na época em faz anos que um Bragança coroou Rainha de Portugal a Imaculada Conceição....

 

E impediu que Portugal fosse uma colónia espanhola e o Brasil uma série de republiquetas de habla castellana governadas por caudilhos boçais !!!  

 

Roga-se à autoridade municipal e à religiosa que diga a esses meninos que a língua de Portugal é o Português....

 

E a da Igreja, o latim e não dialectos das Caraíbas....

 

Por Abrantes

 

 



publicado por porabrantes às 00:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 08.12.09

 

 
 
 
 
 
GABINETE DE COMUNICAÇÃO ITM – CIAAR
Instituto Terra e Memória/Museu de Mação e Centro de Interpretação de Arqueologia do Alto Ribatejo
 
NOTA À IMPRENSA
01.12.2009
 
58/09

 
UM MUSEU PARA SUSCITAR A DÚVIDA, A DISCUSSÃO E A INOVAÇÃO
Falando sobre Museus, Arqueologia e Desenvolvimento, nas Jornadas de História Local em Abrantes, Luiz Oosterbeek, Director do Museu de Mação, defendeu que faz falta à região um grande Museu, de dimensão nacional, que se articule com a rede de equipamentos culturais do Alto Ribatejo, e em especial com os de Mação e Vila Nova da Barquinha.
"Um Museu que polarize parte da economia", que se apoie em colecções de relevo, em laboratórios, numa biblioteca especializada, em serviços educativos dinâmicos e orientados para o conhecimento crítico. Oosterbeek defendeu que o maior problema da sociedade actual é a alienação, com um empobrecimento dos instrumentos de juízo crítico informado, por parte das pessoas em geral. Essa realidade, defendeu, é uma porta aberta não apenas à decadência económica mas também aos populismos fascizantes, por vezes protagonizados por supostos defensores da cultura e do património. A esse respeito mostrou imagens de pinturas a óleo de Hitler, para sublinhar que ser investigador ou artista não é nenhum argumento credibilizador por si só, para ninguém.
A respeito do anunciado Museu de Abrantes, considerou que toda a polémica pública é útil, e que as dúvidas se devem exprimir na base da seriedade e da exigência de qualidade, pois elas devem ajudar a melhorar os projectos em curso. E considerou que estimular o debate é exactamente a forma de não o deixar supostamente nas mãos de interesses negativistas fascizantes, que por toda a Europa despontam com imagem de "boas intenções críticas, geralmente anónimas" e contra os quais se deve manter uma atenção redobrada. "Os fascistas, apesar do seu discurso bairrista, nacionalista e xenófobo, anunciaram há uns dias que se vão unir para formar uma espécie de Internacional da Extrema Direita, para poderem receber fundos europeus", disse, reforçando a ideia de que os Museus que estimulam a consciência crítica são um poderoso instrumento contra estas tendências.
 

Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado do Vale do Tejo ¬ Largo Infante D. Henrique ¬ 6120-721 Mação ¬ Tlf: 241571477
Centro de Interpretação de Arqueologia do Alto Ribatejo
¬ Lg. do Chafariz nº 3, Ap. 32 ¬ 2260-419 V. N. Barquinha ¬ Tlf: 249711209
E-mail: mailto:arqueonews.itm.ciaar@gmail.com

 

 

Oesterbeck denunciando o nazismo em Castelo Branco (ler mais aqui)

 

Como somos contra a censura, seja qual ela for, vermelha, parda, castanha ou laranja divulgamos o comunicado laranja difundido pelo braço-direito cultural do Saldanha da Rocha, o tipo que tem deixado destruir o tecido urbano edificado do Mação e patrocinou a visita ao Mação da doce Lurian.

Damos a voz a um tipo que em vez de fazer o que se comprometeu que era responsabilizar-se das escavações em São Domingos, garante que Hitler era um artista.

Tambem já teria garantido alguma vez que Mao-Tse-Tung era um grande poeta e que o Luta Popular era mais isento que o Le Monde? 

 

Foto de Alves Jana, retirada dum blogue filosófico.

A nossa atitude é a contrária à da folha gratuita dirigida por Alves Jana que negou o direito de resposta a António Castel-Branco depois de vilmente injuriado por Baptista Pereira.

E o Oosterbeck falou caladinho que nem um rato!!!

 

 

O tipo que insultou António Castel-Branco e que Alves Jana protegeu, não deixando que o António lhe desse a lição merecida !!!

Estará em ascese? Ou calculando os milhares de euros que pensa cobrar pelo projecto do MIIA?

 

 

Anotamos que não consideamos o licenciado Oosterbeek mais que que um obediente servo do Saldanha da Rocha e antes de tratar dele, começaremos pelo Saldanha perguntando-lhe quem lhe deu autoridade para se meter nos assuntos de Abrantes?

Porque não tem nenhuma!!!!

E se cá viesse às eleições teria menos votos que o Pico com padre à arreata ou sem ele!

A não ser para vir vender castanhas ao mercado, se requerer à D.Maria do Céu a licença necessária para vendedor ambulante. 

Carrinha do Saldanha no negócio das nozes- fonte Vozes Livres do Mação

 

 



publicado por porabrantes às 22:59 | link do post | comentar

Quinta-feira, 03.12.09

A Nova Aliança de 16-11-87 trazia uma síntese das deliberações camarárias extraida das Folhas Informativas da C.M.A,  e dizia assim:

 

'' O Vereador Roseiro propôs que os Serviços Técnicos diligenciem no sentido de fazer uma pequena escavação no interior do convento, junto aos claustros, por haver notícia da possível existência de um cluastro soterrado''.

 

Era Presidente o Sr. Dr. Humberto Lopes.

 

Pergunta-se foi feita a escavação alguma vez?

 

Se foi onde pára o relatório?

 

Porque é que o IGESPAR não falou disso?

 

Porque é que o IGESPAR não mandou averiguar o que existe dentro da vasta cisterna de São Domingos?

 

Porque é que o IGESPAR recusou inicialmente a Oosterbeck que se fizessem escavações?

 

Quais são as ligações políticas entre o arquitecto que assinou o inacreditável parecer do IGESPAR e Carrilho da Graça?

 

 Tudo perguntas curiosas, a que iremos respondendo pouco a pouco.

 

POR ABRANTES 



publicado por porabrantes às 22:36 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.11.09

 

 

PROCURA-SE SENHORA DE MEIA IDADE, LICENCIADA EM HISTÓRIA, COM PÓS-GRADUAÇÃO EM MUSEOLOGIA, NATURAL DA MARGEM SUL DO CONCELHO, CASADA E COM FILHOS, EXPERIÊNCIA AUTÁRQUICA COMPROVADA, COM OBRA PUBLICADA  (mesmo que escassa).

Não importa que esteja reformada ou que seja chefe dum paritdo político

 

 

O currículo e as eventuais cartas de recomendação (aceitamos todas desde ex-legionários a seminaristas de esquerda) serão por nós analisados e enviados às instâncias competentes para darem o seu parecer.

 

Informar salário, prebendas e mordomias exigidas. .

 

 

(Resposta  ao nº 1 deste blogue)

   



publicado por porabrantes às 00:29 | link do post | comentar

Domingo, 15.11.09

 

DO BLOGUE AMAR ABRANTES TRANSCREVEMOS A COMPOSIÇÃO DA NOVA COMISSÃO POLITICA DO PSD : 

Vice-presidentes: António Belém Coelho e Joaquim Simplício.
Tesoureiro: Susana Martins.
Vogais: Carlos Horta Ferreira; Emídio Direito; Carlos Alberto Marcos; José Oliveira; André Bicho; Ana Bartolomeu; Ilídio Magalhães; Manuel Oliveira.
Vogais Suplentes: Fernanda Aparício; Pedro António; João Josefa; Fernando Teimão.

Anotamos que um dos novos Vices-Presidentes é o solicitador e nosso amigo Joaquim Simplício, subscritor da petição on-line:

 

Da página do amar-abrantes retirámos o seu perfil

'"Joaquim Simplício é solicitador (curso que concluiu em 1980), presidente da delegação do Círculo de Abrantes da Câmara dos Solicitadores e funcionário da Silvicaima, como técnico jurídico, desde 1988. Tem 50 anos de idade e é uma pessoa bastante estimada e dedicada ao Tramagal, a sua terra e de sua família.

 
Humanista e social-democrata, com experiência autárquica e associativa, foi sempre uma pessoa dedicada à vida social e associativa da sua terra e do seu concelho. Foi, nomeadamente, director do Tramagal Sport União, presidente da Assembleia de Freguesia de S. João, vice-presidente e tesoureiro do núcleo de Abrantes da Cruz Vermelha, vogal do Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Santarém, sendo actualmente tesoureiro do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Santarém."
 
Foi também apoiante da petição o secretário da Mesa da Assembleia Concelhia do PSD, Dr. Diogo Valentim, reeleito Presidente da Junta de Freguesia, neste caso do Souto e portanto membro nato da Assembleia Municipal.  

  



publicado por porabrantes às 08:44 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.11.09

O Dr. António Figueirinha, distinto Professor do Ensino Secundário é autor duma das mais interessantes crónicas da Imprensa de Abrantes ''A Espuma dos Dias'' na Nova Aliança.

 

No dia 24-7-09 publicou esta nota :

 

''Está em marcha mais um atentado urbanístico em Abrantes. A criação pomposa  de um Museu Ibérico (os espanhóis saberão?) de Arqueologia e Arte em Abrantes arrastará consigo um cubo de dimensões obscenas e que poluirá de forma desmedida um dos pontos mais elevados da cidade de Abrantes. Como mais uma vez os cidadãos não foram tidos nem achados, há que procurar outros meios. Está a circular uma petição no endereço electrónico htppwww.gopetition.com/on.line/28923.html e´essa petição que eu convido a assinar'' 

 

Dito e feito, o Dr. António Figueirinha foi um dos subscritores deste acto de defesa da cidadania e do património abrantino.

 

O Dr. Figueirinha é também o animador do blogue Da Escrita, que convidamos a visitar.   



publicado por porabrantes às 20:26 | link do post | comentar

O Sr.Dr. Vitória é um dos mais antigos professores de Ensino Liceal de Abrantes. Apesar de ter uma idade avançada continua felizmente lúcido e sagaz, continuando a intervir frequentemente na Imprensa Abrantina quer seja sobre temas de História, memórias ou assuntos de interesse local.

É além disso um investigador credenciado autor de vários estudos sobre a região que infelizmente não foram editados de forma comercial.

''O Homem de Aurício'' citamos de memória, obra sobre a História de Alvega, que salvo erro foi a tese de licenciatura do Dr.Vitória em Coimbra em Histórico-Filosóficas, é até hoje o melhor texto publicado sobre Alvega e só editado por forma artesanal pelo seu autor.

Que espera a Junta de Alvega ou a C.M. de Abrantes para editar o livro do Dr. Vitória?

Agora que em boa hora a C.M.A. voltou a editar livros, este blogue deixa aqui esta sugestão assegurando que se trata dum documento imprescindível para a História do Concelho. Um dia destes voltaremos a ele, na nossa secção binliografia.

 

Hoje transcrevemos o interessante artigo publicado sobre a questão do M.I.A.A.pelo Dr.Vitória na Nova Aliança de 24 de Julho passado. Trata-se da voz da sensatez e devia ser ouvida pelos responsáveis.

Estamos certos que a D.Isilda Jana não cometerá a indelicadeza de chamar Velho do Restelo ao Dr.Vitória, só porque tem uma opinião diferente da dela.

 

 

.

    



publicado por porabrantes às 19:57 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.11.09

Este é um blogue temático sobre Património Abrantino. O dito não se resume às pedras. E quanto discutimos São Domingos mais que as velhas e veneráveis pedras do Convento aquilo que defendemos é a paisagem de Abrantes, já conspurcada por edifícios construídos em locais impróprios como o Hospital, cuja localização e a volumetria foram sovados no Expresso por Francisco Hipólito Raposo.

Já morreu o grande coleccionador de arte, mas antes disso teve tempo para elogiar nas colunas do Independente, então dirigido por Paulo Portas (que pena um excelente jornalista transformado num político )  a restauração de São Domingos assinada por Duarte Castel-Branco.

Que diria Quito Hipólito se visse o que querem agora fazer no velho Convento!

E que diria o político Portas se visse as posições empreiteirais e acéfalas da direcção local do partido a que preside!  

 O mais importante do Património são as pessoas, isto é os abrantinos, e por isso se defende a paisagem ameaçada da nossa cidade, porque isso é defender a nossa qualidade de vida.

Contra a Direita dos interesses se for preciso e com força!

Hoje temos a honra de noticiar que um dos mais ilustres intelectuais abrantinos, Frei Nuno Serras Pereira, um franciscano da mesma estirpe de Assis que as freiras da Esperança, foi absolvido pelo Tribunal da Relação num processo que lhe tinha sido movido por uns tipos sem o mínimo sentido de humor.

Deixamos aqui o link do blogue de Frei Nuno, homem cujas posições são controversas e polémicas, mas cuja inteligência deslumbra.

E mandamos-lhe um apelo, precisamos da sua assinatura na petição. A do seu irmão, o  arquitecto Gil Serras Pereira já cá está e temos o previlégio de o ter como colaborador do nosso blogue..

Sem medo de corporativismos saloios, Gil Serras Pereira disse o que pensava daquele inaudito parecer do IGESPAR, a que em breve voltaremos.

Finalmente resta dizer que o Tribunal da Relação deu uma nova prova de defesa da liberdade de expressão, corrigindo uma infeliz e rídicula sentença da primeira instância da terra dos fenómenos, neste caso jurídicos... 

E para terminar com a reposição da honra de Frei Nuno, desde já lhe encomendamos uma missa de acção de graças para o dia em que o projecto do Carrilho for definitivamente enterrado. !!!!   



publicado por porabrantes às 22:39 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.11.09

O PINTOR MASSIMO ESPOSITO É UM VULTO IMPORTANTE DA ARTE ABRANTINA E TEM PARA ALÉM DA SUA ACTIVIDADE ARTISTICA MANTIDO UMA ESTIMULANTE ESCOLA DE PINTURA EM ABRANTES E CONCELHOS VIZINHOS.

 

ESTAMOS POR ISSO JÁ MUITO GRATOS AO ARTISTA QUE VEIO DO PAÍS DA ARTE.

 

ITÁLIA É UMA NAÇÃO QUE CUIDA COM ESPECIAL CUIDADO O SEU PATRIMÓNIO, O MAIS RICO DA EUROPA. NINGUÉM VIU EM FLORENÇA OU ROMA PATETICES A DESTRUIR O TECIDO URBANO COMO AQUELA QUE QUEREM FAZER EM ABRANTES.

 

JUSTAMENTE INDIGNADO O PINTOR ESPOSITO ADERIU À PETIÇÃO E DEIXOU-NOS A SUA OPINIãO DE ARTISTA E CIDADãO

 

''Espero vivamente que a cidade de Abrantes não seja ainda espezinhada com este projecto absurdo e megalómano, para conter obras presunçosas e adquiridas com soturnos acordos e conluios partidários''

 

ABRANTES, 28 DE JUNHO DE 2009

 

Bem haja!

 



publicado por porabrantes às 20:41 | link do post | comentar

''J.B. Pico disse:

 

''Só nos faltava mesmo

era aquele pesadelo

Monstro do Museu

Ibérico, vidé meu blogue:

picozezerabt.blogspot.com

 

 

14 de Junho de 2008 15:39 ''

(LER AQUI)

 

Trata-se dum comentário do líder e candidato populista no blogue Rua da Sardinha da Jornalista abrantina Fernanda Mendes.

 

 



publicado por porabrantes às 20:17 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

AGRADECIMENTO

Do ajuste directo

A Torre Rupestre

Museu da Ditadura

Boas Notícias

Boas Festas e um Feliz 20...

PROIBIDA A ENTRADA AO ALB...

Homenagem ao Dr. José Ama...

Hawes critica Carrilho da...

O Doutoramento do António...

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds