Quarta-feira, 31.08.16

O melhor piloto luso de ralis  e grande lavrador abrantino Francisco Romãozinho, proprietário do Monte da Várzea, em Alvega e a unidade de turismo rural instalada nessa herdade são alvo de  merecido elogio aqui

 

mariana botelho.png

 Já agora ....para montar um estabelecimento hoteleiro em Alvega, o lavrador Romãozinho não precisou que a CMA lhe vendesse uma herdade por cem mil euros, nem de nomear Nelson Carvalho feitor.

Duas das melhores unidades hoteleiras abrantinas estão em Alvega, o Monte da Várzea  e o Solar de Alvega.

ma



publicado por porabrantes às 13:49 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.06.16

10-7.png

peixes mortandade mirante.jpg

Camião carregando peixe morto no Aquapólis, foto o Mirante, deve ser isto o turismo de natureza.

ma



publicado por porabrantes às 17:02 | link do post | comentar

Sábado, 28.05.16

Rede Eléctrica n_º 62 _ Visita da populaç

Grupo de abrantinos partindo em excursão para visitarem centrais termoléctricas onde um guia da EDP lhes provaria que as centrais a carvão não poluiam nem um bocadinho.

O delicioso é muitos estarem equipados com capacete para andarem de camionete.

Os autocarros da Rodoviária eram assim tão perigosos????

De costas um engenheiro termoeléctrico das Mouriscas com o capacete enfiado na careca.

mn 



publicado por porabrantes às 12:23 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.01.16

Os nativos vão homenagear a cacique ' 

''Consta do programa da visita, uma cerimónia de homenagem à Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque no dia 28 de Janeiro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Ribeira Brava.''

visita cb.png

 

A nossa posição é clara, trata-se de puro despesismo e duma viagem inútil.

 

E os Palops já são independentes há tempo suficente, para continuarem a viver à custa de subsídios do grande irmão branco.

 

ma

 

 

 
 


publicado por porabrantes às 16:21 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.11.15

Num rigoroso estudo académico sobre estratégia  de Turismo em Constância, feito no Politécnico de Leiria,

ipl.png

 

 

é destacado o problema de segurança na Cidade de Abrantes, designadamente na área do Aquapólis, devido a distúrbios de grupos marginais.

''Grupos marginais'' é um eufemismo para designar os ciganos que abarracados em S.Macário têm sido alvo de sucessivas rusgas policiais e donde têm saído delinquentes perigosos.

punhete 1.png

E da mesma forma no Vale das Rãs.

nelson ciganos.png

 

  O trabalho merece atento estudo e vasto elogio sobre as reflexões que faz, tanto sobre a linda vila Vizinha como sobre Abrantes.

 

O trabalho pode ser consultado no Arquivo da terra de Júlia Amorim, onde não há disto

s.macário 2.jpg

prova que os comunistas locais têm uma política urbanística mais humanista e sensata.

mn

foto: Cidadão Abt

 

para amanhã: o caso da Luna Hotéis, se houver pachorra



publicado por porabrantes às 20:15 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.06.15

 

bernardo.png

 visite esta unidade hoteleira abrantina que foi casa da escritora Tereza de Melo

 

a redacção



publicado por porabrantes às 21:55 | link do post | comentar

Domingo, 19.04.15

 

rosa.png

O Manfredo Rosa é de Minas e resolveu explorar a Lusitânia e a nossa terra

rosa 2.png

A descrição da cidade não está mal, mas o Autor diz que há sítios mais interessantes para visitar ....como Nisa, que tem mais monumentos e melhor centro histórico e quando se vai embora descobre .....que Abrantes tem ...

 

rosa 3.png

a radiação nuclear que o mineiro apanhou afectou-lhe o raciocínio?

Centenas de brasucas não visitarão a cidade com medo duma explosão nuclear?

Bem, uma vez houve uma delegação abrantina composta entre outros pelo Arq.Duarte Castel-Branco, dr. Jorge Fernandes, dr. Serras Pereira que foram protestar ao eng.Carlos Pimenta contra a implantação da central do Pego.

Foi dada primazia a um Brigadeiro que chefiava a expedição, um Brigadeiro que comandava certa associação agrícola que daria um enorme estrondo.

Disse o Brigadeiro: Vimos protestar a V.Exa contra a Central eléctrica, é muito má.

Quais as razões do protesto?-disse o Secretário de Estado.

É uma coisa muito antiquada, o que eu quero é uma central nuclear, é mais moderno

O mineiro Manfredo Rosa tornou realidade a ''usina atómica'' que o bravo Brigadeiro desejava.

Dizia mais tarde Duarte Castel-Branco: Com tropa desta, qualquer protesto abrantino está condenado.

MA 

 

PS- O Manfredo será de Morro do Pilar?   



publicado por porabrantes às 19:29 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.04.15

 

 

 

Uma estudante foi fazer um estágio para a CMA no decurso da parte escolar de mestrado

estágio.png

Chama-se Lúcia Bonifácio e o relatório pode ser consultada aqui. Tem  qualidades e defeitos e classificação dada não é injusta. Como principais qualidades devo destacar a não referência ao projecto MIAA , nem a nenhuma das fantasmagóricas Antevisões que a CMA tem organizado. Como principais defeitos não destacar a importância das tábuas do Mestre de Abrantes, que estão na Santa Casa e que são juntamente com os azulejos da Igreja de Santa Maria do Castelo os grandes tesouros abrantinos.

E ainda não ter destacado a importância de imóveis da arquitectura civil no percurso que sugere pelo Centro Histórico e ter dado demasiada importância à remodelação do centro histórico,feita sob a égide de Nelson Carvalho, que o ''apegachou'' .

Refiro-me ao Paço Almada ou à Assembleia de Abrantes, de Raul Lino, que a autora não menciona, ou ao próprio edifício do Hotel Turismo.

São tão importantes como a Capela de Santa Ana, de que a autora tanto fala. Refira-se  que no campo da arquitectura religiosa a autora ignora o Convento da Esperança que o Cónego Graça abandalhou.

E já que falo desta triste personagem, a autora também omite a Casa do Dr.Solano, cujo jardim foi destruído pela mesma  inculta criatura, com o ignaro consentimento municipal.

vALE ROUBAO jARDIM.jpg

Sobre Alferrarede ou o Rossio não há referências de locais de interesse a visitar.

Na Bibliografia falta a consulta ao livro Abrantes Cidade, do arquitecto Santa Rita que explica a  evolução urbana de Abrantes e os crimes cometidos contra a Cidade até aos anos 70, certamente a orientadora do estágio drªFilomena Gaspar não o indicou, talvez porque o desconhece, coisa grave.

Em compensação o recurso ao livro da drº  Ana Paredes Cardoso é um erro, porque ele está recheado de disparates graves, embora tenha excelentes fotos.

Outra crítica, outra vez o uso  cada vez mais frequente em meios académicos de dados (cartografia) retirada da Wikipédia.

Ora a autora estagiava na CMA não tinham lá dados cartográficos para lhe oferecer?

Deixo a crítica, sem deixar de referir que sendo a Lúcia abrantina, devia conhecer  as questões aqui suscitadas, embora fosse trabalho da Orientadora ajudá-la..

Finalmente a estagiária espeta com algumas críticas certeiras que arrasam a entidade onde fez o estágio.

roteiro.png

Ficamos a saber que a primeira coisa que os turistas procuram em Abrantes não existe, embora exista dinheiro para comprar 6.000 € em livros sobre o Carrilho da Graça.

A autora alerta para isto:

fraco.png

A crítica sobre a falta de equipamento hoteleiro é dura e justa, e essa falta é em grande parte resultado da suicida ligação entre a maioria PS, protagonizada na cacique e aquele aldrabão algarvio que fez falir o Hotel de Abrantes e que a cacique acarinhou e que queria favorecer

fraco 2.png

Ou seja enquanto isto não estiver resolvido os turistas que visitam Abrantes vão dormir a Tomar......

Para terminar o Relatório a Lúcia Bonifácio publica isto

final.jpg

 Se houvesse uma crítica mais demolidora para um Vereador da Cultura teria de ser esta, a Lúcia que fazia estágio, trabalhando para valorizar Abrantes, na CMA  e pediu ao Vereador para ser recebida em Março e quando teve de apresentar o texto, em 16 de Setembro de 2014, o autarca ainda não tinha tido tempo para a receber.

 

Um dia tive de resolver uma coisa dessas com o Zé Bioucas sobre um livro e numa hora ele obrigou os funcionários a darem com a obra.

 

Se a Lúcia tivesse pedido audiência ao Cavaco Silva ou ao Rei de Espanha ou ao Papa, tinha sido mais prontamente recebida que pelo Senhor  Vereador.

 

ma

 

 

 

        

     



publicado por porabrantes às 14:15 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.08.14

Quando o clero se dedica ao ócio há lugares para dormir a sesta debaixo duma azinheira . E o clero, pançudo e ocioso, ressona à sombra duma azinheira.

 

 

Para as férias do clero ocioso  recomendamos um latifúndio de 2.000 hectares na Amareleja.

 

 

Vai o dr. Humberto Lopes escrever uma carta na Barca porque há proprietários absentistas no Distrito de Beja?

 

 

Nunca se sabe, a malta adorava ver o Lopes no papel do antigo controleiro comuna José Soeiro.

 

 

 

 

 a redacção



publicado por porabrantes às 16:05 | link do post | comentar

Domingo, 05.01.14

Neste curso de mestrado oferecido pelo IPT dão-nos esta pérola:

 

 

 

 

a) O Castelo de Abrantes foi construído por D.Afonso Henriques (qual será a prova???? terá o Doutor Delfino encontrado a respectiva lápide comprovativa nas últimas escavações? ) no século XII e que depois (quando????) foi doado à Ordem de Santiago. Acontece que o primeiro documento que menciona Abrantes é a doação afonsina de 1173 a Santiago.

Não há nenhuma prova científica que permita dizer outra coisa, a não ser que o Doutor Delfino tenha a lápide lá em casa. Talvez o Álvaro Baptista saiba de qualquer outra lápide. Diogo Oleiro falava de lápides romanas.

 

b) Em Santa Maria do Castelo há uns ''túmulos que ali repousam''.

 

Serão preguiçosas as malfadadas tumbas????

 

Ou quem lá repousa são os Almeidas????

 

Devo continuar????

 

Vou repousar????

 

Ou beber um copo ao Lux com a Suzy?

 

 

Faço uma pausa para me espantar que a Igreja da Santa Casa não  esteja incluída no Património Religioso do Médio Tejo.

 

E as telas do Mestre de Abrantes?

 

São muito feias ???

 

Não devem ser vistas pelo turista?

 

 

Finalmente antes de resolver o dilema, devo dizer que no texto citado há coisas acertadas

 

 

 

O texto donde se extraíram as arrasadoras conclusões sobre a inoperância dos serviços de turismo dos nossos municípios é da autoria de João Pedro Tomás Simões e tem o título

 

ma

 



publicado por porabrantes às 00:15 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

7 de Agosto

Turismo : Quinta das Arri...

Comboio turístico espanho...

As ruínas de Abrantes

Couto da Bemposta

Visita à Ïndia

Turismo de Cadouços vira ...

Nova unidade de turismo d...

Condições de acesso a caç...

Turismo em Portugal

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds