Segunda-feira, 23 de Julho de 2018

pina

VEREADOR PINA DA COSTA

Na sequência da Intervenção da Vereadora Isilda relativamente à Verticalização dos

Agrupamentos Horizontais, o Vereador Pina da Costa informou que por indicação da Câmara Municipal, é representante na Assembleia de Escola da Escola Dr. Solano de Abreu desde Janeiro de 2002.

isilda ps

 

No entanto, tem sido notória, de forma mais ou menos implícita, por vezes pública,

certa animosidade contra a Edilidade. Nunca tendo compreendido bem as razões de tal comportamento, esforçou-se por ignorá-lo e pautou a sua atitude no sentido de uma boa relação institucional, franca e construtiva.

Provavelmente por reflexo de um ambiente de elevada tensão e antagonismos que se vivem na Escola, tem sido confrontado, recentemente, com uma agressividade verbal contra a Câmara que ultrapassa a fronteira da boa fé e do respeito mútuo entre as duas instituições e suas competências próprias.

Numa atitude de fechamento da Escola sobre si mesma, criam suspeitas em relação a tudo o que é exterior à Escola: Autarquia, Ministério da Educação, outras Escolas. Fala-se de lobby contra a Escola, recusa-se de forma explícita a participação na gestão da Escola de professores exteriores à Escola. A própria Presidente da Comissão Provisória, em exercício, se queixou na última Assembleia de Escola de não lhe ter sido dada a mínima oportunidade para o bom exercício da sua função por não ser professora da Escola. A palavra do representante da

Autarquia só é aceite se validada por um elemento da Escola.

Em relação à Autarquia, destacou alguns exemplos:

- Fortes críticas à Câmara por não se ter substituído à tutela e suprir deficiências

existentes nos equipamentos desportivos. Alegava-se que deveriam ser disponibilizadas de forma gratuita as instalações municipais. Ignoraram a sua informação e do professor de Educação Física, Rui Cabral, de que se propusera um valor especial equivalente ao custo pago

pelo pavilhão municipal. Tal informação não constou em acta, mesmo quando, na reunião seguinte pediu para ser incluída. Todos aqueles que se pronunciaram, disseram desconhecer tal informação e não se lembravam de o mesmo o ter dito. Mas quando o professor Rui Cabral

confirmou que ele próprio também havia avançado essa informação, acabou de imediato a dúvida e foi decidido o respectivo registo em acta. Este episódio deixou bem claro que a palavra do representante da Autarquia só seria tida em conta se validada por alguém da Escola.

- Responsabilização, em resultado de alegada informação do Director Regional de

Educação, pela alteração da tipologia da Escola Dr. Manuel Fernandes por, dizem, a Câmara ter tomado a iniciativa, promovido reuniões mais ou menos secretas e proposto tal alteração.

- Existência na Câmara de um lobby contra a Escola Dr. Solano de Abreu que tem

inviabilizado as obras de manutenção e qualificação da Escola e que tal continuará a acontecer  enquanto tal lobby estiver na Câmara.

Bem ilustrativo do clima que se criou em relação à Autarquia está o facto de nas 14

páginas da acta da última reunião da Assembleia de Escola terem sido liminarmente excluídas todas as referências positivas à Câmara, que as houve, deformando-se o que é dito num aparente propósito de culpar esta entidade de todos os males que acontecem à Escola.

Assim, tendo em conta o clima de grande conflitualidade interna, obrigando a DREL a convocar eleições antecipadas, e externa, com os organismos do Ministério da Educação, outras Escolas e a Autarquia, bem como a impossibilidade prática do representante da Câmara poder garantir o rigor, isenção e objectividade das actas de forma a cumprirem a sua função de «resumo escrito e fiel do que se passou na sessão», decidiu suspender a sua presença nas reuniões da Assembleia de Escola, até estarem reunidas as necessárias condições para esse efeito.

 

acta de 12-3-2007

 

O Pina era professor do Ensino Secundário em Abrantes 

 

Como é alguém pode dizer isto dos colegas????

 

Pode, sendo o Pina!

 

Que tinha acontecido????

Tinham tratado a chefa do Ps, como se devia tratar e o Carvalho foi aos arames e o Pina fez de arauto, os do PSD protestaram um bocadinho, mas o despautério ficou na acta.  

 

mn

 

 

 



publicado por porabrantes às 18:36 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Uma florida insurreição c...

O triângulo

Governo vai abrir Pensão ...

Armindo Silveira defende ...

Em defesa do Património

Coisas de Patapólis

Que aconteceu ao cavalo?

Escolas sem notas

Directora do MIAA, procur...

A casa incendiada

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds