Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2019

Dizem agora que vão olhar para as freguesias rurais. Há quanto tempo está esta gente no poleiro. Para ver como as tratavam publica-se um post do sr. dr. Rui André ao tempo Presidente da Junta de Rio de Moinhos, eleito pelo PSD::

 

Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Reunião de Câmara - 1 de Setembro de 2009

No passado dia 1 de Setembro de 2009, fui como Presidente da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos à Reunião de Câmara e fiz uma intervenção que passo a descrever:

 

Na qualidade de presidente Junta de Freguesia de Rio de Moinhos venho através deste meio informar o executivo que após 4 anos de mandato quero manifestar a minha profunda tristeza da forma como a Junta de Freguesia de Rio de Moinhos foi realmente tratada.

 

Ora vejam:

Relativamente ao trânsito da aldeia de Rio de Moinhos muitas situações ficaram por resolver e até a data nada melhorou.

Após a entrada em vigor da alteração do trânsito, o Presidente da Junta de Freguesia reuniu com o vereador responsável na altura, o Dr. Pina da Costa sobre falta de sinais, falta de espelhos, sinais mal colocados, estacionamento da farmácia em falta, falta de passadeiras junto as escolas assim como respectivos resguardos a saída das escolas, sentido único na Rua Dr. João de Deus com a abertura da rua do canto até a Celbi, compra de uma habitação situada junto da igreja com o intuito de deitar abaixo e alargar a estrada, entre outros …

O mesmo vereador disse que iria resolver estas situações.

Até hoje nada mudou …

Outra reunião foi marcada com a Dra. Maria do Céu Albuquerque no mesmo sentido e com as mesmas preocupações.

Até hoje nada mudou …

O trânsito continue com diversos problemas de circulação que poderiam ser minimizados se os vereadores responsáveis fossem conscienciosos e preocupados em resolver o trânsito na aldeia de Rio de Moinhos.

 

Pena que as coisas só avancem para algumas freguesias.

 

Resumindo e focando apenas algumas situações:

 

A iluminação da freguesia foi repetidamente falada em diversas reuniões de Câmara e na prática nada mudou e tudo se mantém na mesma, as escuras para algumas pessoas da freguesia de Rio de Moinhos nomeadamente a estrada que liga Amoreira à Casinha, nas traseiras da escola de Amoreira, em todas as travessas da freguesia, na estrada da feia, na estrada entre Rio de Moinhos e Pucariça onde muitas pessoas andam a pé e arriscam as suas vidas porque a iluminação é insuficiente.

Desde do início do mandato, o Sr. Presidente informou que iria fazer um levantamento em todas as freguesias do concelho e que as situações mais urgentes seriam resolvidas de ano para ano e consoante o orçamento da Câmara Municipal.

Até a data nenhum investimento na melhoria da iluminação pública para a freguesia de Rio de Moinhos.

 

A Junta de Freguesia de Rio de Moinhos participa nos Encontros Nacionais dos Rio de Moinhos de Portugal realizados todos os anos onde transporta as Associações da freguesia. A Câmara Municipal nunca emprestou, de uma forma gratuita, nenhum autocarro. Estranho quando a mesma Câmara Municipal deliberou no dia 18-08-2009 autorizar a cedência gratuita de transporte à Junta de Freguesia de Alferrarede para o XVII Encontro da Terceira Idade.

 

Algumas freguesias tiveram a sorte da Câmara Municipal construir ou dar apoio financeiro na construção de Parques Infantis um pouco por todo o concelho, a freguesia de Rio de Moinhos não teve direito a nada apesar do pedido feito num ofício enviado no dia 26-09-2007.

 

Esta Junta de Freguesia também solicitou várias vistorias, que em parte, foram realizadas mas não concluídas, ou seja, o processo de posse administrativa ou a aplicação de multa por falta da realização de obras de recuperação não foram concretizadas.

 

Esta Junta de Freguesia solicitou através de ofício datado de 26-09-2007 a realização de vários protocolos com a Câmara Municipal para os anos de 2008 e 2009.

Até a data nenhuma resposta ao respectivo ofício e muitos protocolos foram realizados com as outras Juntas de Freguesia.

No ofício datado de 27-02-2007, a Junta de Freguesia solicitou um apoio financeiro no valor de 20.000 euros para a realização das obras de recuperação da sede da Junta de Freguesia que se encontra em péssimas condições.

 

Em contrapartida, a Câmara Municipal distribuiu, neste último ano subsídios a diversas entidades do concelho. 

  1. a) Tramagal Sport União no valor de 17500 euros (Acta de 9-12-2008)
  2. b) Associação Cultural, Desportiva e Recreativa “Os Lobos”, de Carvalhal no valor de 6000 euros (Acta de 9-12-2008)
  3. c) Casa do Povo de S. Miguel do Rio Torto no valor de 6000 euros (Acta de 10-03-2009)
  4. d) Centro Social, Cultural, Recreativo e Desportivo de Água das Casas (freguesia de Fontes), no valor de000€ (Acta n.º 26/2009)
  5. e) Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Martinchel no valor de990,80 € (Acta n.º 26/2009)
  6. f) Casa do Povo do Pego no valor de 20000 euros (Acta de 04-08-2009).

 

É por estas e por outras, que esta Junta de Freguesia não pode nem deve ficar contente da forma como foi tratada durante estes quatro anos.

 

No entanto, fica um último pedido desta Junta de Freguesia a este executivo deliberasse entregar um subsídio no valor de 20.000 euros para a recuperação da actual sede da Junta de Freguesia que por sinal deixa entrar água quando chove e não tem uma casa de banho em condições de usabilidade.  

 

retirado daqui



publicado por porabrantes às 15:52 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Câmara deixa a Rainha à e...

Os abrantinos, cidadãos d...

Inauguração do serviço te...

O processo da taberna de ...

Folha cismática ataca Bis...

O caso do emigrante migue...

Era um falsificador Avell...

Candidato a Santa Maria d...

Porque é as instituições ...

CRIA derrotado nos Tribun...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds