Domingo, 3 de Janeiro de 2021

O CSIA- a famigerada instituição condenada, por Acórdão transitado em Julgado, por múltiplos crimes,  

burla 1.png

burla 2.png

cumpre finalmente a Lei e tem as contas parcialmente on-line.

Diz-se parcialmente, porque não figura nas ditas contas a composição dos órgãos sociais da instituição, que se dedicou a burlar o Estado, conduzida pelo criminoso José da Graça.

Em contrapartida, exalta-se despudoradamente a figura do facínora, que montou uma indústria para espoliar as heranças, roubar o Estado, colocar em perigo a Saúde Pública, perseguir ex-trabalhadores como o Pedro Moreira com queixas por difamação sem fundamento e outras tropelias, a última das quais consiste em desobedecer ao Bispo.

Das contas publicadas (pela primeira vez em mais de 30 anos de actividade) apura-se, que, como aqui se disse, que o CSIA ganha anualmente entre 400 e 500 mil euros e é a indústria mais rentável do burgo, dando emprego a 80 pessoas.

E tem no banco, a prazo, mais de 5 milhões de euros, em que o Graça, se devia rebolar, como o Tio Patinhas, com o gozo antigo de um usurário rural e analfabeto.

1186143_696510037028448_1521796481_n.jpg

saldos.png

 

 As disponibilidades financeiras atingem os 6. 654 milhões de euros e à ordem nos bancos há mais de 1 milhão de euros.

No total 6.654.587, 84 euros, improdutivos, enquanto mendigam subsídios, têm as Igrejas, que são monumentos nacionais a cair, os recheios de talha e de pintura de S.João a degradar-se e assim por diante.

E têm o descaramento de andar a pedir subsídios, que deviam ser atribuídos a instituições pobres e aos pobres desta terra.

As contas (datadas de Junho de 2020) não realizam nenhuma provisão para as indemnizações a que vieram a ser condenados pelo Tribunal ou ao dinheiro que devem ainda devolver ao Ministério de Saúde, de subsídios obtidos através da fraude.

As contas e os senhores contabilistas não abordam o dano reputacional de fazerem as contas duma instituição que acabou condenada por burla tributária, burla agravada e falsificação de documento.

Os lucros desta pia gente, a que andou associado um tal Francisco Bragança, autarca socialista (tinha de ser) como tesoureiro, foram:

resultados.png

O burlão, violando a Lei, ocultou estes resultados à opinião pública, durante mais de 30 anos, para continuar a implorar heranças, caçar subsídios mediante a fraude, especular com activos duvidosos como o Lehman Brothers, criar uma teia de poderes e de cumplicidades que corrompeu a Igreja e a sociedade abrantina.

Os políticos a olhar para o lado (outros a participar na coisa, como o socialista Francisco Bragança) e dar-lhe dinheiro e o homem, armado em Tio Patinhas, a deixar cair as Igrejas, apodrecer o património abrantino, a roubar e a manipular.

Temos de perdoar?

Não temos, temos de punir como fez o Tribunal, exigir outras práticas mais rigorosas por parte da Segurança Social, eventualmente pensar extinguir o centro de desintoxicação, exigir o nome dos gestores e mudar de políticas.

ma   

   



publicado por porabrantes às 10:24 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Memórias dos piqueniques ...

Poluição pegacha no top d...

A deportação das emigrant...

Da importância do luar na...

Devem evitar-se despesas ...

Câmara ganha processo a e...

Impedir a vandalização du...

E se voltassem a meter o ...

As forças progressistas n...

RIP Pierre Guichard

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds