Segunda-feira, 3 de Novembro de 2014

O Sol revela hoje novas declarações contraditórias sobre o caso ''Salgado/Guilherme'', o mecenas da Cabeça Gorda, grande benemérito do Graça das seringas

guilherme 4.jpg

'' Ricardo Salgado deu à família uma explicação diferente da que fornecera ao Ministério Público sobre os 8,5 milhões que recebeu  do construtor José Guilherme: negou que tenha sido uma comissão ou presente por algum negócio, enquanto no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), em Dezembro de 2012, quando foi prestar declarações no processo Monte Branco, justificara a quantia, recebida numa offshore em 2011, paralelamente à sua actividade de banqueiro, como honorários por serviços de consultadoria àquele empresário em Angola. “Bons conselhos”, como corroboraria depois o empreiteiro no DCIAP – embora tenham ficado por explicar outras transferências através do BES Angola, de 2009 e 2010, para a mesma conta de Salgado no Panamá, que juntamente com o restante perfazem 14 milhões de euros e dos quais, segundo o SOL apurou, ainda se desconhece a proveniência. ''

 

:::)

'(...)'

Ricardo Abecassis, o primo que gere o escritório do BES no Brasil, reportando-se à tese que circulava de que o dinheiro de José Guilherme seria um presente, põe  o dedo na ferida: “Temos visto um desgaste muito grande do grupo na figura do Ricardo. Houve este ano um desgaste adicional com a situação de José Guilherme, que não é normal”. E sobe o tom: “Não aceito a explicação que foi dada. Desculpe Ricardo, mas tenho de dizer isto: não é normal. Não posso aceitar que um presidente de um banco aceite um presente desta magnitude de um cliente”.

E retira conclusões futuras: “Isto leva a que todos os funcionários do banco possam receber presentes e justificar que são amigos dos clientes. Eu não conheço nada que tenha acontecido assim, mas é a explicação que o Ricardo deu e a gente aceita como quer aceitar. Mas eu acho que ela é complicada de ser aceite e há muita gente que não aceita”, insiste Ricardo Abecassis. E conta como  foi abordado no Brasil, por gente perplexa: “‘O que é que se passa que o presidente recebe comissões de terceiros’? Tive de disfarçar. A mim choca-me. Se amanhã um director meu receber uma comissão, o que lhe vou dizer? Isto foi muito para lá do que se pudesse imaginar”.

Salgado não está habituado a ser encostado ao ringue: “Recuso-me a falar do assunto José Guilherme”. Mas vai falando: “Quando aconteceu esse assunto, eu fui o primeiro a ir ao MP e o assunto foi completamente esclarecido”. Nunca conta, porém, que ao DCIAP justificara o rendimento como decorrente dos  conselhos que dera ao empreiteiro. “Fui duas vezes ao Banco de Portugal (BdP) falar sobre o assunto. O BdP considerou que era uma questão do foro pessoal. Isto não é nenhum presente, é um assunto que tem a ver com a minha relação pessoal com José Guilherme. Nunca tive uma sociedade fora do grupo, nunca participei em capital de nada, não sou conselheiro de ninguém. Não aceito mais conversas sobre essa matéria”, encerra Ricardo Salgado.'' (...)

 

Salgado não está habituado a ser encostado ao ringue: “Recuso-me a falar do assunto José Guilherme”. Mas vai falando: “Quando aconteceu esse assunto, eu fui o primeiro a ir ao MP e o assunto foi completamente esclarecido”. Nunca conta, porém, que ao DCIAP justificara o rendimento como decorrente dos  conselhos que dera ao empreiteiro. “Fui duas vezes ao Banco de Portugal (BdP) falar sobre o assunto. O BdP considerou que era uma questão do foro pessoal. Isto não é nenhum presente, é um assunto que tem a ver com a minha relação pessoal com José Guilherme. Nunca tive uma sociedade fora do grupo, nunca participei em capital de nada, não sou conselheiro de ninguém. Não aceito mais conversas sobre essa matéria”, encerra Ricardo Salgado.

A discussão acaba por ficar por ali, mas não sem antes o próprio Ricciardi anotar uma contradição: “Quando foi do Ministério Público, foi-nos dito que era uma operação pessoal, que o Rui Silveira [administrador com pelouro jurídico] também sabia, que tivéssemos confiança porque era investimento pessoal teu. Só depois soube da história do José Guilherme, pela capa do SOL”.

Salgado sobe o tom: “Não recebi comissão nenhuma”.(...)

artigo de Felícia Cabrita no ''Sol''

com a devida vénia

sn

PS- quem é o afilhado do Zé Grande que se maneja nos círculos do poder abrantinos?



publicado por porabrantes às 19:25 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A voluptuosa Inácia corro...

Nas barbas da polícia, a ...

Falecimento: Abel Barata

Palestina

A última condenada à forc...

O Cónego que queria cruci...

A mão omnipotente de Deus...

Mensagem de Fátima: A que...

Prémio à Vacinação inclus...

A exportação de bolota ab...

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds