Quarta-feira, 12 de Abril de 2017
Resumo das intervenções do Bloco de Esquerda na sessão da Assembleia Municipal de Abrantes de 7 de Abril


 



Armindo Silveira·Miércoles, 12 de abril de 2017






Resumo das intervenções do Bloco de Esquerda na sessão da Assembleia Municipal de Abrantes de 7 de Abril

Uma célula “intratável” no Aterro Sanitário Intermunicipal de Abrantes

Na sessão de Assembleia Municipal de Abrantes de 7 de abril o Bloco de Esquerda (BE) voltou a questionar o executivo da Câmara Municipal de Abrantes (CMA) a respeito da célula de resíduos industriais banais (RIB) no Aterro Sanitário Intermunicipal de Abrantes. Esta célula, aparentemente ilegal, foi construída “nos tempos” da Amartejo sendo a Solurbe a gestora do aterro, entidade esta, que posteriormente deu origem à Lena Ambiente-Gestão de Resíduos.

Nem a fusão da Amartejo com a Valnor, nem a informação da Valnor em Agosto de 2006 ao Instituto Nacional de Resíduos, nem a privatização em 2014 da Valnor, criaram as condições para resolver a situação.

O aterro sanitário foi construído sobre o aquífero Bacia do Tejo-Sado, como se pode confirmar pela carta militar 332 e não é do domínio publico o espaço temporal e a intensidade das escorrências de lixiviados nem a profundidade das possíveis infiltrações.

A Sra Presidente da CMA informou que se vai realizar uma reunião no dia 17 de Abril, entre a Agencia Portuguesa do Ambiente (APA) e a CCDR de Lisboa e Vale do Tejo, frisando que estas entidades têm a responsabilidade de verificar o que se passa e que o executivo espera informações destas entidades.

Contracto de concessão com a Abrantáqua

Na última sessão da assembleia a Sra Presidente da CMA referiu que os serviços jurídicos estavam a analisar o contrato de concessão da Abrantáqua. Questionada sobre quais os itens em causa, respondeu que um deles era o apoio comunitário a fundo perdido que esta empresa iria receber e que terá que ser repercutido no contrato.

E, para espanto do BE, fomos informados que depois de uma auditoria interna da CMA, o executivo vai contratar uma empresa externa para executar uma segunda auditoria ao contrato e ao plano de investimentos da Abrantáqua. Esperamos conhecer brevemente os resultados das duas auditorias e o custo da segunda.

Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Mira-Zêzere

Em abril de 2016, foi formalmente apresentada a Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Mira-Zêzere, em Sardoal e Abrantes acima mencionada, para servir utentes de 4 freguesias do Sardoal e outras 4 da zona norte do concelho de Abrantes mas passado quase um ano a UCC ainda não entrou em funcionamento.

Em 21 de Fevereiro do corrente ano o BE interpelou o Ministério da Saúde o qual respondeu que a falta de uma viatura inviabilizava a entrada em funcionamento da UCC. Coincidência ou não, foi anunciado na Comunicação Social e confirmado pela Sra Presidente, a aquisição de viaturas elétricas, uma das quais ficará afeta à referida UCC.

O Ministério da Saúde prevê o início da entrada em funcionamento da UCC Mira-Zêzere para o próximo mês de Junho e o BE espera que desta vez não haja mais atrasos.

 

Abrantes 10 de Abril de 2017 Membro Assembleia Municipal pelo Bloco de Esquerda

 

Armindo Silveira

 

com a devida vénia transcreve-se o documento divulgado por um incansável defensor dos interesses de Abrantes, o Armindo a quem se agradece....

 

sublinhados nossos

 

Se houver pachorra e tempo (que anda escasso) serão aqui analisadas algumas destas questões.

 

Sobre a questão do contrato celebrado com os espanhóis da Abrantaqua publicaremos uma peça do Senhor Artur Lalanda.

 

mn  

 

 




publicado por porabrantes às 07:49 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Nada melhor que umas bofe...

'Não apagarão o passado. ...

SOBRE A INSTRUMENTALIZAÇÃ...

Gaspar Castanho, Capitão ...

D.Pedro perdoa dívidas da...

Quando Júlio Dinis não ve...

Bibliografia abrantina: G...

Cada abrantino paga mais ...

CMA no banco dos réus

Um poeta que nunca estará...

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds