Quarta-feira, 03.04.19

SEC-AG-2345I

O pintor Carlos Reis apresenta o retrato do Ministro da Justiça, que vai figurar na sede da Ordem dos Advogados. Era 1934. Como se sabe, Rodrigues foi nos anos 30, o nº 2 de Salazar. 

mn 



publicado por porabrantes às 19:39 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.07.18

Em 1934, uma queixa enviada à tutela e ao Prof. Oliveira Salazar arrasava a gestão municipal de Henrique Augusto da Silva Martins/ França Machado e do seu grupo, que comandava todas as rédeas do poder abrantino, incluindo a Santa Casa donde tinham sido saneados Solano de Abreu e Manuel Fernandes.

A queixa acusa os visados de corrupção, abuso de poder, prisões ilegais, abusos sexuais ( praticados alegadamente pelo Administrador do Concelho, um fidalgote de Alvega), ilegalidades múltiplas, etc.

O principal visado é França Machado, mas o Provedor da Santa Casa, Dr.Henrique Martins de Carvalho não escapa.

Inclusive é posta em causa a sua probidade como Notário.  

O poder salazarista demorou a digerir a coisa e só uma inspecção desencadeada pelo Ministério do Interior, realizada por militares, em particular pelo tenente-coronel Castel-Branco, levou à dissolução compulsiva da autarquia e à entrega da gestão a militares, chefiados pelo capitão Machado. (1945)

Trataremos disto com vagar, mas desde já a lista dos abrantinos que subscreveram a queixa:

D.Luiz Cândido do Amaral Cardoso

Dr.Raimundo Soares Mendes

Dr.Guilherme Henrique Moura Neves  (Médico e Lavrador, ex-Provedor da Santa Casa;

Dr.António Correia de Campos (Médico militar, genro de Ramiro Guedes)

Ramiro Guedes de Campos (Eng e Licenciado em letras, poeta, Professor universitário (IST), futuro chefe de Gabinete de Duarte Pacheco, ) 

Dr.António Campos Melo, Advogado

Armando Ferreira Matafome,Lavrador

José dos Santos Ruivo

João Pimenta de Almeida Beja

Dr.José Serra da Mota (Advogado)

Dr.Alfredo Pimenta de Almeida Beja (Veterinário)

Dr.Armando Moura Neves, Advogado e Lavrador

José Rosa de Sousa Falcão, Lavrador e Industrial

António Ferreira, Industrial

D.Luiz do Amaral Cardoso

António Serrão Burguete

Manuel Serra da Mota Ferraz, farmacêutico

José Joaquim Bairrão de Oliveira

Joaquim Rosado Rico, comerciante e industrial

Eduardo Dias da Silva

Manuel José Coelho

José Moura Neves, Lavrador

Jaime Pintasilgo, Comerciante

António Augusto Salgueiro, o mais antigo jornalista e comerciante da cidade

Joaquim Cipriano dos Santos

Joaquim Maria de Almeida Beja.

 

 

Foram eles que começaram a limpar Abrantes em 1934.

 

Devia haver uma lápide com estes nomes, à beira do monumento a Manuel Fernandes

 

Foram eles que o levaram onde chegou, ajudando a limpar a cidade duma gestão corrupta.

 

mn

 

 

 

     



publicado por porabrantes às 18:56 | link do post | comentar

Segunda-feira, 05.02.18

ferro alves astúrias 1934.png

 Jornal do  Brasil

 

As armas compradas pelo reviralho luso....tinham ido parar às mãos dos revoltados, graças entre outros a Indalecio Prieto e a Azaña.

 

mn



publicado por porabrantes às 21:11 | link do post | comentar

Sábado, 03.02.18

valente júnior.jpeg

Passa-me pelas mãos um texto autógrafo de Henrique da Silva Martins. Traz a lista dos bravos participantes abrantinos no I Congresso da União Nacional.

Entre os caciques do Rossio de Abrantes, lá está o ex-democrático Manuel Lopes Valente Júnior.

O Congresso terminou aos berros:   ''quem não é por Salazar, é contra Salazar.''

 

O Valente Júnior era a favor, tornara-se num fascista.

O último acto político do curioso ancião (1) foi aderir ao Partido Socialista ...pela mão do publicista C.Silva

valente comerciantes.jpeg

O Valente e pessoal dirigente da Associação Comercial esperando ser recebido por Salazar

 

Continuo a ler papéis velhos, assinados pelo Martins da Moagem....

Acusa numa queixa, mandada aos corifeus do partido único, o major Marques Godinho de conspirar com o reviralho.

Era 1934

Há mais acusações, o homem queria impedir o ex-deputado democrático, João Damas, de aderir ao partido único.

Parecia que quase todo o pessoal político da cidade e concelho aderira ao Messias, perdão, ao Botas.

Não era assim, António Farinha Pereira proclamava que liberal morreria.

Devemos ser ternos com um tipo que se vendeu?

Enquanto Marques Godinho conspirava pela Liberdade, a repressão acumulava mortos e deportações às centenas, o Valente aderia à ''Ordem Nova''.

Um tipo assim é capaz de tudo, tendo em conta o seu passado de radical jacobino provinciano, o passo (de ganso) ao fascismo, revela um carácter. 

Aderiram muitos a Salazar? Aderiram.

Resistiu um punhado de bravos?

Resistiram.

Porque é que o Valente merece este destaque?

Porque o quiseram transformar (através duma história revisionista) num símbolo moral deste pobre abrilismo abrantino.

Mas....o Valente adesivou à tirania.

Braço ao alto, na saudação romana, em honra do pacóvio de Santa Comba.

Entretanto cá na terra, acamaradava com o Martins de Carvalho, o Silva Martins, o França Machado.

Enquanto isso o velho maçon Solano de Abreu era expulso da Santa Casa.

E a ignomínia ia prosseguir, com o Valente cantando e rindo....

ma

(1)-Quando o conheci....já era um velho...   

 

 



publicado por porabrantes às 16:12 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.10.16

Deu-se aqui propósito de encontrar as senhoras que estiveram na festa da inauguração da Assembleia (a que se seguiu um ágape na casa de  D.João de Ataíde, o bisavô do nobre candidato laranja, que também aqui será divulgado, pena é que as Zitas tenham a Casa Ataíde à venda), encontrámos a notícia do cruel assassinato na R. Correia de Lacerda da irmã do Barão de Rio de Moinhos, que era uma das presentes.

clementina valejo.jpg

O autor assina Manuel Viterbo e esta evocação dum crime que comoveu a Cidade despertou polémica.

Um conhecido  medalhado da Cidade andou a espalhar que o Sr.Viterbo estava a inventar.

Não  o crime foi mesmo assim e os autores foram pessoal dum circo que estava na feira. Escapa-me a data, talvez tenha sido em 1934-35.

M.Viterbo é (como ele próprio revelou) o pseudónimo literário do Dr. Jorge Moura Neves Fernandes.

jorge m.neves.jpg

mn   

in Jornal de Abrantes, 2007



publicado por porabrantes às 16:44 | link do post | comentar

Sábado, 19.03.16

Primeiro a foto dum monárquico liberal, maçon na juventude, dirigente partidário do P.Progressista, P. da CM de Abrantes até 1910, literato fecundo mas medíocre (di-lo José Augusto França), homem do teatro e das actrizes, mecenas de quase todas as causas sociais em Abrantes, o divino Solano.

solano de abreu.jpg

Provedor da Santa Casa de Abrantes onde gastou boa parte do seu dinheiro nos pobres. Com a ajuda de Manuel Fernandes na parte clínica e de Diogo Oleiro (sobrinho de Ramiro Guedes) na administrativa.

Em segundo lugar  a foto e a biografia oficial, revista pelos seus amigalhaços, a tropa do integralista Henrique Augusto da Silva Martins, do homem imposto pelo fascismo para  substituir na Santa Casa  um liberal e um homem-bom

henrique martins carvalho pai.jpg

 

É o dr. Henrique Martins de Carvalho (pai), Há partes negras na História desta cidade que nos desonram. Este homem e os seus ao lançarem-se na perseguição política para controlar tudo, desonraram Abrantes.

Mas Abrantes escorraçou-os, é esta a parte boa da história.

A demissão ignóbil de Solano foi em 6 de Fevereiro de 1934. Com ele caiu uma mesa hostil ao fascismo. (A data é do Eduardo Campos na Cronologia)

ma 

 

devia dizer a fonte da biografia do Martins de Carvalho, não digo, para dar trabalho ao Gaspar

 

 



publicado por porabrantes às 17:28 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Manuel Rodrigues pousa pa...

Limpando Abrantes em 1934

Ferro Alves libertado pel...

O salazarista Valente

Crimes no Centenário (17)...

O fascista que saneou Sol...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds