Segunda-feira, 08.04.19

defensor de albacete 1936

Segundo este número do jornal  socialista de Albacete teria havido uma revolução anti-fascista em Portugal e Abrantes estaria nas mãos dos anti-salazaristas.

Era 29 de Setembro de 1936 e o Dr.Salazar continuava firme no poder.

São obviamente ecos da frustrada revolta da Marinha, em 9 de Setembro desse ano, organizada pela ORA- Organização Revolucionária da Armada.

ma

El Defensor de Albacete



publicado por porabrantes às 10:50 | link do post | comentar

Sábado, 02.03.19

preto pereira

António Pereira, legionário condecorado com as mais altas condecorações militares por façanhas em Marrocos, era fundador da Falange ou seja ''camisa-vieja'' e entre outras coisas ''segurança'' de Jose Antonio Primo de Rivera.

Caíu assassinado pela repressão ''roja'' em Agosto de 1936.

Era português.

  


 "Antonio Gonzálvez Pereira", así se llamaba uno de los dos falangistas de "raza negra" de la época fundacional.

Nacido en el África Portuguesa.

De muy joven se alisto en la" Legión Española " y combatiendo valerosamente ascendio hasta Sargento por méritos de guerra.

En 1927 fue condecorado con la "Cruz de María Cristina".

Cuando se licencio de la Legión, paso a trabajar como "chófer" para Julio Ruiz de Alda.

La inmensa lealtad que sentía" Pereira" por Julio, le llevo a alistarse inmediatamente a la" Falange Española" desde el momento de su fundación en el Teatro de la Comedia.

Desde entonces y hasta su muerte, el "negro" Pereira, además de realizar funciones de chófer para Ruiz de Alda, tambien le prestó voluntariamente sus servicios como escolta o guardaespaldas personal.

Por eso, Antonio Pereira ,como uno de los primeros militantes de la Falange, estaba afiliado a la CONS ( sindicato falangista) y a las milicias del partido.

El 3 de julio de 1934 ,es detenido junto con Sinforiano Moldes ,un antiguo anarquista afiliado a Falange ( del que ya hemos reseñado su semblanza con anterioridad) ocupandole la policía una pistola del calibre 7'65 con 8 balas.

Puesto en libertad ,a los pocos días nuevamente es detenido en la redada que realiza la policía en la Sede Nacional de" Falange" en el Palacete de la calle Marqués de Riscal.

Hasta el día de hoy ,solo existía una fotografía del "negro Pereira "al pie del edificio, en la concentración falangista del Aeródromo de Carabanchel.

Antonio Pereira estaba casado con la sevillana María Galindo Cano y vivía en Madrid en la calle Zurbano 82.

El 10 de marzo de 1936 es detenido por última vez y trasladado junto con "José Antonio"," Julio Ruiz de Alda " y la plana mayor de la Falange a la Cárcel Modelo de Madrid.

Ya iniciada la Guerra Civil, el 22 de agosto , entro una turba de milicianos en la Cárcel Modelo, asesinando a Fernando Primo de Rivera, Julio Ruiz de Alda ,Enrique Matorras y a su compañero y amigo Sinforiano Moldes.

A Pereira le disparan y lo dejan mal herido, el doctor Groizard ,(del cual también hemos hablado en una reseña anterior) intenta curarle junto con Gerardo González Sampedro ( Palma de Plata de la Falange )que tenía conocimientos de enfermería.

En el momento que le están curando de sus gravisimas heridas ,una miliciana de la CNT se acercó y disparándole con un Mauser, le remató, diciendo" los perros fascistas no merecen vivir".

Así cayó, por España y la Falange, el falangista de raza negra Antonio Pereira, a los 32 años de edad.

Meses después, en el interrogatorio del juicio al que fue sometido" José Antonio" en la Cárcel de Alicante, un Jurado le pregunto¿ si había tenido un guardaespaldas negro?

José Antonio respondió:

José Antonio respondió: " el único negro que conozco es Antonio Pereira, que es afiliado y tiene cariño especial o afecto a Ruiz de Alda".Por eso, los "Guardianes de la Memoria Azul" rendimos hoy nuestro homenaje al camarada Pereira.

¡¡¡ P R E S E N T E ¡¡¡

 

Texto de Juan Manuel Cepeda 



publicado por porabrantes às 14:37 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.08.18

manuel fernandes

No Observador, Pedro Dórdio ,conta a vida e os alegados crimes do cigano Calixto, que também respondia por José Domingos Calixto, Calixto dos Santos, ou Joaquim Domingos.

Um dos mais apaixonantes processos judiciais da época.

Entretanto, enquanto aguardava julgamento, em Junho de 1936, o Calixto, negociante de cavalos, leva um coice duma besta que examinava, no Rossio ao Sul do Tejo, e é transportado para o Hospital do Salvador.

Transferido para os cuidados de Manuel Fernandes, numa clínica, aí  morre, a  7 de Julho de 1936.

O atendimento polémico  ao ferido  vai gerar um conflito.

M.Fernandes acusa os serviços da Misericórdia  de responsabilidades graves. ..

O Ministro do Interior, Pais de Sousa, cunhado de Salazar, manda fazer um inquérito à Santa Casa, onde manda Martins de Carvalho.

henrique martins carvalho pai

Na Santa Casa já tinham saneado Solano de Abreu e demitido compulsivamente Manuel Fernandes, poucos meses antes.. E chegara a estar preso.. É mais um episódio de dez anos de guerra, que já larvava pelo menos desde os anos 20.

O Gov. Civil acaba por propor ao Ministro que se abafe o escândalo, argumentando que é tudo uma guerra política.

 

Resta acrescentar, a um tema que voltaremos, que houve uma  grande manif de ciganos de apoio a  Manuel Fernandes...., segundo Eduardo Campos.

mn      



publicado por porabrantes às 14:16 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.08.17

Dirigido ao Presidente da Assembleia Nacional

 

antónio farinha pereira.png

 

Comerciantes de azeites de Alferrarede pedem V. Ex.ª que não seja permitida venda livre óleos comestíveis mas sim em latas seladas e litografadas evitando que estes produtos sejam vendidos como azeite oliveira em prejuízo comércio honesto, consumidor e economia nacional. -

António Farinha Pereira

 

Simão § Ca.,

Joaquim Matos Tavares

Silva Pereira, Nazaré

António da Silva Pereira Santos,

Gonçalves Luiz Martins.



publicado por porabrantes às 16:35 | link do post | comentar

Sábado, 24.06.17

Andam todos à procura do  estimado Sebastião Pereira, mas o que nós gostávamos de saber era quem foi o ''jornalista'', provavelmente anarquista, que escreveu o que segue no jornal ''proletário'', La Vanguardia, em 26 de Setembro de 1936.

Estava-se em plena guerra civil espanhola, em Barcelona mandava a FAI/CNT (anarquista) e o jornal dos Godó passara a estar nas mãos do proletariado.

Disseram que em Abrantes e na região tinha havido um levantamento proletário anti-salazarista

abrantes  vanguardia 26 de setembro de 1936.png

 

Os quartéis estariam nas mãos de sovietes

Até confirmei nos relatórios militares da época, por descargo de consciência. Abrantes permaneceu tranquila e fiel ao Prof. Oliveira Salazar

Falta-me ler os relatórios do maior bufo abrantino da época, Ferro Alves, que chegou a acolitar  o burguesíssimo Bernardino Machado nestas andanças.

bernardino machado rojos.jpg

 A notícia da Vanguardia é uma das maiores ''fake news'' abrantinas.

ma

 



publicado por porabrantes às 18:17 | link do post | comentar

Domingo, 12.02.17

bes.png

A nota é dada nesta tese, que é importante ler

 

bes 2.png

Deve dizer-se que os bancos locais (Viscondessa do Tramagal e Mena Pinto) tinham falido ou estavam para falir.) e a informação esquecia a Caixa de Crédito do Montepio , e o BNU aparecera há pouco tempo.

19198144_57HHH.png

 Sobre o movimento do Montepio, nesta época diz o Dicionário de História Empresarial Portuguesa:

montepio dicionário.png

ver aqui

A obra é de Miguel Figueiredo de Faria e José Amado Mendes, Imprensa Nacional, Lisboa 2014

 

O activo da Caixa do Montepio era em 1935 de 533 contos, com empréstimos hipotecários de 184 contos e 277 contos de depósitos, diz a obra citada.

 

mn

 



publicado por porabrantes às 20:12 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.04.16

agenda.jpg

 

37$ 50 por 3 missas pelas almas

 

agenda 2.png

quantas crianças havia na catequese na Bemposta em 1936? 45

 

e em S.Facundo?

 

65.

 

Querem mais dados?

 

E no Vale da Horta?

 

Quanto ganhava um jornaleiro em 1936?

 

Só consegui os números de 1940, nesse ano uma greve impôs salários de 40 escudos por dia para os jornaleiros.

 

Não posso dizer que o Padre fosse um explorador, para conseguir ganhar o que um jornaleiro recebia, tinha de dizer 3 missas/dia (claro que recebia as congruas).

 

E estava proibido de binar e de trinar.

 

Só com licença especial de D.Domingos Frutuoso.

 

E claro que vivia melhor que os jornaleiros. Não vivia como um Abade (isto não é o Minho pio e devoto)  mas dinheiro e amigos pró petisco sempre houve. Não me digam que o tinto faz mal, morreu com 95 anos, lúcido e sedento.

 

 

 

Era Ministro pela época e nº 2 do dr.Salazar um homem da Bemposta, o eminente jurista Professor Manuel Rodrigues.

 

Estará ele na agenda do padre?

 

mn

 

 



publicado por porabrantes às 19:48 | link do post | comentar

Terça-feira, 16.02.16

menina 1930.png

 a resposta do nome da menina é Maria de Lourdes Ruivo da Silva Matos Pintasilgo

 

a nossa leitor C.  Silva foi o primeiro a acertar e ganhou um livro 

tribuna da semana.jpg

 Boa Leitura

 

a redacção



publicado por porabrantes às 21:42 | link do post | comentar

Segunda-feira, 15.02.16

menina 1930.png

 adivinhem quem é?

 

donde foi tirada....?

 

dum quintal perto da Raimundo Soares

 

seis hipóteses:

 

a) Maria Manuel Serras Pereira

b) Maria Justina Bairrão Oleiro

c) avó da cacique

d) menino vestido de holandesa (era carnaval)

e) Maria de Lourdes Ruivo da Silva Matos Pintasilgo

f)  Beatriz van der Holden, turista holandesa

 

mn

 



publicado por porabrantes às 18:18 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.12.15

Deste manifesto retira-se o CV do Vereador comunista Afonso da Silva Campante metido na cadeia na sequência dos ''acontecimentos'' do 25 de Novembro de 1975, que o dr. Álvaro Cunhal, descreveu como uma ''série de insurreições coincidentes''.

manifesto 75 pcp.png

O Vereador ''eleito'' numa assembleia atípica no Convento de S.Domingos foi candidato a deputado nas eleiçoes prá Constituinte em 1975

Afonso da Siilva Campante 1.png

Afonso da Siilva Campante 2.png

 

8-5-45 Carlos Maia-Octávio Oliveira.jpg

 Distribuído no Grupo Tramagal acho que pelo Sr.Carlos Maia e pelo ex-Secretário de Estado (PAF/PSD) Sr.Dr.Octávio Oliveira

 

O manifesto mais uma resma de papelada foi-me oferecido pelo saudoso Tozé Tarzan

 

O curriculum do Vereador traz alguns problemas técnicos.Que fez de desde 1945?

 

Porque é que o Manuel Dias não se lembrava dele na campanha do Norton?

 

Não está nos  nos papéis de Vergílio Godinho sobre a Campanha Delgado.

Também não consta na lista (na nossa posse) dos cidadãos que se movimentaram em 1958 na campanha Delgado como Duarte Castel-Branco ou o operário corticeiro da Bemposta José Valamatos.

E a lista é exaustiva.

A actividade ''revolucionária'' do Campante em 1936 parece ter consistido em fazer sabotagens nos ''blindados'' montados na MDF  para os franquistas.

Nunca dei por eles na bibliografia, nem no Avante da época, que tenho lido com atenção.

Também nunca dei por sabotagens anti-franquistas em Abrantes e li relatórios militares sobre o assunto.

Mas pode ter havido.

Mas não resisto a dar uma prenda aos leitores do Tramagal.

pcp ml tramagal.png

Abril de 1976.  

 

notas: O único militante do PCP ML que conheci de Abrantes encontrei-o 20 anos depois enquanto tomava a bica com a Teresa Leal Coelho e ao longe se via o Basílio que tinha ido perguntar uma coisa ao Adriano. 

haverá mais prendas natalícias pró Tramagal agradeçam ao ex-maoista mais activo da web ou seja

Pacheco Pereira 

 

 



publicado por porabrantes às 19:27 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Fake news proletárias: A ...

Rojos matam o único falan...

A morte do cigano Calixto...

Requerimento dos comercia...

A falsa revolta proletári...

Abrindo bancos em Abrante...

O Preço das Missas na Bem...

O nome da menina

Edifício Carneiro, 1936 c...

O Vereador Campante e a d...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds