Sexta-feira, 03.08.18

manuel dias maria barroso 1975

 Foi uma das melhores decisões dos socialistas abrantinos, acolitados pela Isabel Cavalheiro ( CDU)

Tendo em conta a fraquíssima perfomance do falecido na Constituinte e na A.Municipal e as dúvidas legítimas sobre o seu passado anti-fascista, não havia outra coisa a fazer.

Foi em 2004 , no entanto as justificações foram hipócritas, como se pode ler e foi injusto o chumbo ao dr. José Vasco, ex-preso político e ao sr. Daniel Augusto António, ex-militante do MDP antes do 25 de Abril.

Já justo foi o chumbo ao   Ilídio Moura, como se viu depois num processo de recurso para o TC, aqui reproduzido.

Quando morreu o Dias, resolveram homenageá-lo, decretaram que era o ''fundador do PS  de Abrantes'', coisa falsa e publicaram esta foto como se fosse antes do 25 de Abril, quando foi tirada depois do 25 de Abril.

Se fosse nas campanhas da CDE, seria Maria Fernanda Corte Real e Silva, a estar ao lado da Maria Barroso, como esteve em 1969.

mn



publicado por porabrantes às 10:38 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.07.18

 

 

eurico

 

Eurico Heitor Consciência – Advogado com escritório na Rua Luís de Camões, nº 11, 1º, em Abrantes, requer que na coluna do novo sinal de estacionamento de Deficiente (sinal 2.22 do Quadro XXI do RST), sito naquela rua, sejam apostas as matrículas dos veículos que usa (76-42-QC, 20-90-ML e 25-35-VR), dado que, actualmente há um comerciante recentemente instalado naquela zona que estaciona no lugar por si requerido e que proclama que só deixará de lá estacionar quando do sinal constarem as ditas matrículas. – 1056/04

 

Deliberação: Por unanimidade, deve proceder-se à audiência escrita do interessado, nos termos dos Artigos 100º e 101º do Código do Procedimento Administrativo, dando-se-lhe conhecimento do sentido provável da deliberação final, que consta:

 

Indeferida a pretensão, porquanto a cidade de Abrantes debate-se com exiguidade de espaços de estacionamento no centro histórico, não podendo dispor de locais de estacionamento a afectar a determinados veículos ao serviço de pessoas com deficiência, tendo em conta todos os potenciais interessados, e o fim público das vias mesmo na parte destinada a estacionamentos.

 

A Câmara Municipal de Abrantes tem adoptado a posição de criar uma bolsa de estacionamentos a utilizar pelos veículos ao serviço de pessoas com deficiência, que poderão ser usados por qualquer pessoa nesta situação, sempre que se encontrem disponíveis, permitindo assim, uma utilização mais racional dos espaços que são escassos.

 

No caso concreto, a cerca de 80 metros do local existe um outro local de estacionamento para deficientes.

 

(...)

 

Nada sendo dito, é esse o teor final da deliberação produzindo os seus efeitos definitivos após o decurso do referido prazo.

 

Face à acusação de abuso de poder expressa no artigo (como foi o atentado) de Eurico Heitor Consciência, publicado na página 2 do Jornal 1ª Linha, de 26 de Fevereiro de 2004, a Câmara Municipal reitera toda a confiança que no exercício de competências foi delegada no Presidente da Câmara e este reitera a confiança na Subdelegação efectuada no Vereador Pina da Costa, tendo em conta o bom e rigoroso exercício desse poder que tem vindo a fazer.

 

A Câmara Municipal de Abrantes repudia e condena vivamente o tom e os termos insultuosos utilizados pelo munícipe na correspondência dirigida à Câmara.

 

A Câmara Municipal de Abrantes irá participar os factos para os devidos efeitos inclusive judiciais às autoridades competentes

 

 

acta de 8-3-2004

pina

 

Isto deu uma tremenda polémica  no Primeira Linha, onde o Advogado literalmente reduziu a pó o Pina da Costa, coitadinho, que ainda deve estar traumatizado

 

Com todas as letras o Pina foi acusado de ''abuso de poder'', pelo melhor jurista desta terra......

 

Disseram os caciques que iam processar o Advogado e perderam......

 

Os laranjas solidarizam-se com o Pina, que tropa!

 

ma

teremos de procurar a colecção do PL para reproduzir a prosa do Advogado 



publicado por porabrantes às 13:44 | link do post | comentar

Domingo, 14.02.16
 
A violação duma abrantina por um possesso transmontano que queria capturar uma Virgem para assegurar a vida eterna
 
no Correio da Manhã (2004)  com a devida vénia::
 
 
''TERROR EM RITUAL SATÂNICO
A PSP de Chaves encontrou em casa do indivíduo que na segunda-feira - como o CM ontem noticiou - esfaqueou e violou uma jovem de 17 anos, um verdadeiro santuário satânico. No quarto onde dormia, com paredes pejadas de inscrições a sangue, foram apreendidas dezenas de cassetes de vídeo celebrando rituais de adoração ao Diabo e um punhal simbolizando o demónio.
O homem, Joaquim Mauro, de 27 anos, estofador de sofás, já em prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Chaves, vestia-se sempre de preto e usava um porta-chaves com uma bola de ‘snooker’ com o número 13, número que, aliás, está estampado por todo o quarto.
O Bairro do Alto da Trindade, em Chaves, está em alvoroço após serem conhecidos os pormenores em que uma jovem estudante de 17 anos, sob a ameaça de uma faca, foi obrigada a entrar para uma casa onde se viu envolvida num ritual satânico, esfaqueada na cabeça e nas costas e posteriormente violada. No bairro corre um abaixo-assinado para solicitar que a família do detido saia daquela zona da cidade.
O drama aconteceu no Domingo de Páscoa quando, a meio da tarde, a vítima saiu de casa para despejar o lixo num contentor localizado em frente à casa do agressor. “Enrolado numa manta, ele trazia uma faca de matar porcos com a qual me obrigou a entrar em casa dele”, explicou a jovem ao CM. “Fechou as portas à chave, atirou-me para cima da cama, deu-me facadas nas costas e na cabeça, despiu-me e violou-me. No final, quis ser ele a vestir-me, e foi quando dei conta que o sítio onde tinha estado deitada na cama estava cheio de sangue”.
Segundo a jovem estudante, o agressor confrontou-a com o facto de ela já não ser virgem, “porque queria uma mulher em estado de pureza para conseguir a vida eterna. Perguntou-me se eu tinha uma irmã mais nova e se ela seria virgem, dizendo que telefonava ao meu pai para a trocar por mim, ao que eu disse que preferia morrer do que lhe entregar a minha irmã”, conta, emocionada com a recordação.
“Disse-lhe que estava a perder muito sangue ao que ele retorquiu que estava a pensar se me havia de matar ou não. Supliquei-lhe para ligar para o 112, o que ele fez, dando a localização da casa e relatando o que tinha acontecido”, conta.
Quando a PSP chegou, o agressor entregou-se sem resistência.
'PEDI-LHE QUE NÃO ME MATASSE'
A jovem, natural de Abrantes, está com a família em Chaves há quatro anos e frequenta actualmente um curso de formação profissional do Instituto de Emprego. A estudante está ainda em estado de choque e confessa que ainda não conseguiu dormir desde que tudo aconteceu. Recorda que o agressor tinha no quarto diluente com o qual lhe ameaçou queimar a cara e super-cola para lhe fechar os olhos.
“Disse-me que para além de mim iria matar mais duas raparigas do bairro. Pedi-lhe por tudo para me deixar ir embora ao que ele respondeu: “Está muito caladinha, já te dei duas facadas e não me custa nada dar-te mais três ou quatro”.
A rapariga estava aterrorizada porque, conforme disse ao Correio da Manhã, sentiu que o agressor estava capaz de tudo. Uma pequena faísca no seu humor e poderia ter-se desencadeado um drama de ainda maiores proporções. “Tentei nunca me calar, prometi-lhe que estava disposta a tudo desde que me poupasse a vida, pressentia que se quebrasse todos os elos de comunicação ele perderia completamente o controlo”, recorda. ''


publicado por porabrantes às 09:10 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

PS de Abrantes chumba med...

Dr.Consciência acusa Pin...

O Centenário em crimes (1...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds