Terça-feira, 08.10.19

A forma como a autarquia tolerou que um particular arrasasse  a R.D.Miguel de Almeida, em 2012, é de bradar à Céu e ao Serrano.

img20191008_20313856

A Rua encontra-se a menos de 100 metros de um edifício classificado, a velha CMA do tempo de D.João V.

Imóvel de interesse público.

E uma empresa e um particular dedicaram-se a arrasar a rua

img20191008_20270784

E arrasaram-na!!!!

E ninguém foi preso!

Consultadas as actas parece-me que isto nunca foi abordado!

E o demolidor, o boticário Ribeiro recusa deixar de entrar os fiscais

De forma que chamaram a PSP...

  

img20191008_20270784

O único edil que tomou postura pública contra ineficácia dos serviços e a barbaridade foi (tinha de ser) o deputado municipal Armindo Silveira!

armindo silveira 4

Fotos do Armindo (a cores)

armindo silveira 4

 

 

img20191008_20510893

Footo CMA

O edifício arrasado tinha relevante interesse patrimonial....

Ainda estamos para saber como a cacique não denunciou a situação.

Este blogue denunciou-a e a Tubucci também.

Assim pode um imbecil demolir Abrantes e a CMA não o obriga a reconstruir o edificado.

Era o Serrano no seu melhor.

ma

  



publicado por porabrantes às 19:33 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.07.18

A Excelentíssima Câmara  sustentou em devido tempo (era 2013) que não era preciso fazer inquérito à morte de Paulina Pereira

 

paulina 1

(carta da ANB censurando a cacique por não ter estado presente a uma homenagem a Paulina Pereira) 

paulina tumulo

 

Transcreve-se parte dum post do Vereador dr. Santana Maia (2013):

 

(....) Deu conta de uma informação dos serviços jurídicos da Divisão Jurídica, referindo que não existem normas/regulamento interno que regulem a utilização das viaturas dos bombeiros, de onde pudesse resultar alguma norma especial que impusesse a abertura de inquérito interno no caso concreto. Do Decreto-Lei nº 503/99, de 20 de novembro, na atual redação (diploma que estabelece o regime jurídico dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais ocorridos ao serviço de entidades empregadoras publicas), para além do dever de participação do acidente, também não decorre a obrigatoriedade de abertura de inquérito numa situação de ocorrência de acidente. .....(......)

 

 

Ah, não?????

 

Então porque é que quando da morte dum operário no Aquapólis houve inquérito????

 

''

Anabela Braz Hipólito Batistaresidente na Rua Dr. Duarte Governo, nº 20, 3º, 2090 – 081, em Alpiarça, na qualidade de viúva, agradece o voto de pesar enviado pela Câmara Municipal de Abrantes, pela morte do seu marido no passado dia 22 de Julho de 2002, na obra de “Aquapolis – Parque Urbano Ribeirinho de Abrantes, acessos no Rossio ao Sul do Tejo” bem como solicita a marcação de uma reunião, a fim de se inteirar do andamento do inquérito de apuramento de responsabilidades do trágico acidente. – 12668/02

 

Tomado Conhecimento e à Divisão de Ordenamento e Projectos para agendar reunião com o Vereador Júlio Bento.

 (acta de 26-8-2002)

 

mn

 



publicado por porabrantes às 09:05 | link do post | comentar

Quarta-feira, 09.08.17

enterros em agosto.png

Por descargo de consciência fui ver se  na acta seguinte pediram desculpa à família do falecido

Não pediram

Mas a cacique meteu os pés pelas mãos porque havia uma bronca no cemitério do Souto

povo 2.png

acta referida

Ora se Santa Catarina não era gerida pela CMA, porque é que a família teve de lá ir levantar a guia?

 

Portanto o nosso conselho, caro leitor, não morra em Agosto, para evitar cenas destas.

ma

 



publicado por porabrantes às 08:30 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.08.17

O PS não recandidata o Pedro Saraiva, mas apresenta em seu lugar a chefe de gabinete da cacique Ana Paula Grijó

anapaula grijó.jpg

Tendo em conta a debilidade da Oposição, o 6º lugar é uma posição elegível

Que temos a dizer da candidata?

Que foi a única funcionária municipal a visitar o Japão, em 2012, levada pelo caciquismo

grijó.png

Que saibamos nenhum partido da Oposição apresenta candidatos que tenham ido às antípodas  a convite da cacique.

É uma boa razão para votar na Oposição.

mn

 

foto :mirante



publicado por porabrantes às 21:02 | link do post | comentar

Sábado, 05.08.17

marcelo critica lacão.png

Neste vídeo Marcelo Rebelo de Sousa acusa Lacão de criar factos políticos, era a redução do número de deputados, e a redução dos salários dos órgãos reguladores, para atirar areia para os olhos do povo, criando medidas populistas, para evitar discutir os grandes problemas nacionais. O FMI estava para chegar, a dívida pública  disparava graças aos socráticos e estes queriam esconder a realidade. 

Devastador. Era 2011

ma



publicado por porabrantes às 16:36 | link do post | comentar

Sábado, 31.12.16

 

Dizem, parangónicos, os senhores medias que a ASAE caçou o ''João dos Leitões''....

 

 

Ora, a 16-02-2012

 

''Apreensão no concelho de Abrantes

16-02-2012 - No concelho de Abrantes, foram apreendidos 9 parquímetros, no valor de 22 500 €, por falta de controlo metrológico.''

 

cacique.png

 

Ora em 2012, a ASAE caçou a ''Céuzinha dos parquímetros''

 

 

A ASAE caçou a D.Maria do Céu Oliveira Antunes Albuquerque, como responsável da CMA. por manter um sistema caça-níqueis aldrabado, através do qual a CMA fazia esportular aos abrantinos ''taxas'' ilegais de estacionamento.....

 

Nenhum Vereador. nem deputado da Oposição perguntou se foi  ouvida em tribunal

 

Temos muito apreço pela Excelentíssima Senhora Dona Drª Céu Antunes de Albuquerque, que é certamente mais séria que o Cónego das seringas, mas o poder deve ser vigiado criticamente

 

Dizemos carinhosamente ....   ''Céuzinha dos parquímetros'' ..... mas a autarca devia ter devolvido aos abrantinos as taxas embolsadas ilegalmente

 

 As fontes devem ser citadas, além do que está na página da ASAE, foi o Cidadão Abt que tratou do assunto...

ocidadaoabtoconstrangimento 008xc.jpg

Apresentamos os nossos votos de Feliz Ano a todos os blogues do Concelho, em especial ao Cidadão Abt.

 

a  redacção 

 

continua a funcionar na R. Actor Taborda um centro ilegal de distribuição de medicamentos, sem que a ASAE o feche  

 

fotos: Céuzinha dos parquímetros: Assembleia da República; parquímetro ilegal: Cidadão Abt   



publicado por porabrantes às 15:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.12.16

viola.png

ler mais aqui

 

A acusação deduzida pelo MP é terrível.

 

Uma miúda de 12 anos é violada pelo chofer dum autocarro que faz transportes escolares.

 

Desde 2013 que o assunto teve de ser de conhecimento do Tribunal e só chega em 2016 a julgamento!

 

A menina tinha 12 anos quando da agressão, agora tem 16.....quatro anos aguardando justiça e passando um calvário terrível.

 

Vale a pena viver num país com uma justiça destas?

 

O Mirante não faz a abordagem da responsabilidade política, mas os transportes escolares são uma competência municipal e é a CMA que os adjudica, seja por concurso público, seja por ajuste directo.

 

Em 2012 era responsável pelo Pelouro da Educação, Celeste Simão.

EMCELSIM_004 (Estrela da manha).JPG

 

A dita senhora não comunicou à Vereação o que se passava, ou pelo menos isso não figura nas actas.

 

A CMA não abriu inquérito para averiguar a responsabilidade do motorista (que podia ser seu funcionário, no caso do autocarro ser municipal) nem o suspendeu, ou pelo menos isso não figura nas actas.

 

Isto leva a legitimamente fazer supor, que o mesmo motorista terá continuado, ao longo destes anos, a fazer transportes escolares e em contacto com menores, propiciando novas ameaças para crianças indefesas.

 

Quem sabe se a menina teve todos os dias de suportar o convívio com o alegado agressor sexual????

 

Esta forma de agir, além de irresponsável, é indefensável.

 

Podem vir dizer, que estando o processo em segredo de justiça, trataram do assunto entre bastidores, se calhar no Conselho M. de Segurança, para o caso não chegar à Praça Pública.

 

Este secretismo, se trataram de alguma coisa, é anti-democrático, porque as actas do CSM, são públicas. Mas não estão à disposição do público.

 

Por outro lado, isto impediu os pais das crianças de tomar as medidas preventivas necessárias.

 

Existe evidente responsabilidade cível da concessionária dos transportes e eventualmente da CMA.

 

E existe também a exigência moral da CMA ser assistente no processo contra o arguido.

 

2013 era ano de eleições e também existia a conveniência política de que os eleitores não soubessem que as filhas podiam ser violadas quando andavam de transporte escolar.

 

Finalmente a Dona Celeste tem responsabilidade política.

 

Assuma-as.....

 

Demita-se....!!!!!!

 

Desampare a loja.......!!!!

 

ma 

 

o serviço de autocarros escolares foi adjudicado em 2012 à Rodoviária do Tejo

 

Aquisição de serviços
Tipo de procedimento Ajuste directo
Descrição Contrato de Aquisição serviços circuitoes especiais de transportes escolares - Abrantes - Zona Sul - 2011
Fundamentação Artigo 20.º, n.º 1, alínea a) do Código dos Contratos Públicos
Fundamentação da necessidade de recurso ao ajuste direto (se aplicável) Não aplicável
Entidade adjudicante - Nome, NIF Município de Abrantes (502661038)
Entidade adjudicatária - Nome, NIF Rodoviaria do Tejo, SA (502513900)
Objeto do Contrato Aquisição serviços circuitoes especiais de transportes escolares - Abrantes - Zona Sul - 2011

      



publicado por porabrantes às 09:37 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.08.16

Por Fernanda Ribeiro no Público

 

'' (...) Já quanto ao sistema de tratamento das águas lixiviantes oriundas do aterro, a auditoria detectou que ele "não cumpre as normas de descarga", nomeadamente ao enviar para uma ribeira águas residuais que não são devidamente tratadas, razão pela qual foi imposto à Amartejo que proceda a "uma requalificação" deste sistema.A Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) do aterro não está sequer licenciada pela Direcção Regional do Ambiente (DRA) de Lisboa e Vale do Tejo - o que será preciso regularizar.A ausência de licença da ETAR deve-se ao facto de a entidade que a emite, a DRA, considerar que o sistema actual não vai permitir cumprir os limites de descarga nos parâmetros exigidos, razão pela qual a Amartejo terá que instalar um sistema de tratamento complementar.A auditoria constatou também que os resíduos de amianto ali depositados não cumpriram todas as normas impostas pelo Instituto de Resíduos. "A entidade gestora do aterro, [a empresa Solurbe] não deu cumprimento por inteiro às prescrições, nomeadamente ao não terem sido depositados num local isolado dos restantes lixos. Segundo explicou ao PÚBLICO Dulce Pássaro, responsável do IR, "não é boa prática pisar-se com mais lixos os resíduos de amianto, dado que os sacos podem rebentar. Além disso, o local onde eles são colocados deve estar devidamente identificado, o que não acontecia", explicou.(....)

 

(...) necessária.Quanto às alegadas falsificações das pesagens dos lixos, no momento em que eram recebidos no aterro, a auditoria feita pela Bureau Veritas, não foi conclusiva, porque a Solurbe não conseguiu garantir, com documentos, que a báscula estivesse calibrada. Apesar de a Solurbe ter afirmado antes que a pesagem era "electrónica e automática", a inspecção constatou que tal não era verdade. Afinal era operador que, à mão inscrevia os valores das pesagens no computador. O que ficou por provar foi se, como dizia a denúncia, nessa operação era inscrito peso a mais, com vista à obtenção de maiores lucros pela empresa gestora do aterro. (...)

com a devida vénia ao Público

 

 

e já agora

solurbe sampaio.png

 

mn

 



publicado por porabrantes às 09:37 | link do post | comentar

Quinta-feira, 31.12.15

'' . Em 1920, quando um articulista do Jornal de Abrantes se referia à existência de “galinhas com e sem frangos, divagando nalgumas ruas”, estando ainda na ordem do dia a elevação a cidade, foi ao ponto de intitular esta local com a constrangedora questão “Cidade ou aldeia?”.''

 

Martinho Gaspar, Historiador

 

galinhas.jpeg

 2012, passei lá e as galinhas continuavam a debicar, de forma que é muito actual a pergunta de 1920

 

ma



publicado por porabrantes às 19:07 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Arrasando Abrantes

O inquérito à morte de Pa...

Não morra em Agosto, sff

A viagem às antípodas

Marcelo Rebelo de Sousa a...

Quando a ASAE caçou a ''C...

Criança violada nos trans...

A pesada e benta herança ...

Cidade ou aldeia?

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12

18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds