Quarta-feira, 13.11.19

açude 1

 

Este contrato só foi metido no portal base um ano depois

açude 2

Só a inspeção custou 70.000 €

auisi

 

O Código dos Contratos Públicos diz que a publicação dos contratos ´´é uma condição de eficácia do respetivo contrato (art 127)

Ou seja se o pagamento foi feito antes de 25 de Outubro, foi ilegal

ma

 



publicado por porabrantes às 12:05 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.03.18

açude mata-peixe.png

A escada mata-peixe do açude está cheia de lixo e impede a passagem dos peixes para montante

Agradeçam ao Arlindo a reportagem

vejam-na

açude mata peixe 2.png

 Responsável

etar cacique

mn



publicado por porabrantes às 22:54 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28.09.16

 

Era o Coronel Odorico  que tinha gloriosas tiradas destas: ''é uma criatura subversiva militante e ajuramentada''.

odorico.png

 

 

Agora o Ministro Fernandes do Ambiente vem dizer que a Fabrióleo, que encheu as páginas dos jornais com anúncios, a dizer que tem uma Etar porreirex e é muito ecológica, é uma ''infractora militante'' e queixa-se, coitadinho do estadista, que não tem meios para meter cobro ao ''hálito de merda'', que perfuma a Ribeira da Boa Água.

Despejava a confissão da sua impotência, Sua Excelência, o Ministro, com ares de estadista, na Assembleia da República, enquanto os seus camaradas municipais de Torres Novas, olhavam para o lado e encontravam desculpas de mau pagador para não fazer nada.

O Ministro Fernandes também não fez nada contra o travessão pegacho ou o Açude mata-peixe da Dona Céu, certamente, coitadinho, porque o Ministério é impotente, as multinacionais poderosas, a solidariedade entre camaradas premente e urgente e mais coisas do arco da velha.

Mas o Ministro é eloquente, apesar de usar uma retórica digna de Odorico Paraguassu 

Sobre o Senhor Ministro do Ambiente, esse estadista que foi incapaz de dizer não a um travessão termoeléctrico paira melindrosa a sua gestão na EDP Internacional....

como escreveu Carlos M.G.L. Teixeira,  (..) a anterior passagem pela administração da EDP Internacional poderá levantar natural preocupação junto das ONGA pois, uma vez mais, não prefigura a necessária posição crítica – que nesta fase se exigia – no que concerne ao PNBEPH e no que concerne à eternamente adiada aposta na eficiência energética.  (...)

O Ministro do Ministério impotente já andou pelo Porto de Nacala, nos trópicos africanos. Habituado como está à retórica tropical ,pode ir administrar o porto de Ilhéus e talvez o contratem para uma telenovela brasuca.

E ganhe o estrelato na Rede Globo....seria boa solução...assim deixaria lugar a novo Ministro que torne o Ministério potente e que não tenha medo de dizer não a um travessão...

ma



publicado por porabrantes às 11:48 | link do post | comentar

Terça-feira, 02.02.16

açude águas cristalinas.jpg

2 de Fevereiro do ano da Graça de 2016

Foto com a devida vénia de Hugo Mendes

açude agua fecal 2-2-2015.png

açude agua fecal 2-2-2015 2.png

açude agua fecal 2-2-2015 3.png

Que a cacique explique na Comissão do Ambiente como matam o Tejo, assassinam a fauna, os seus amigalhaços da Pegop ainda não foram multados e se calhar sustente que a culpa é de Filipe VI, Rei de Espanha e não do bento.

Ficamos à espera

a redacção



publicado por porabrantes às 11:26 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.08.15

 

A Protejo fez uma Assembleia Geral, noticia o Diário Digital.

 

A Protejo devia ser uma associação ecologista independente,  sem ter nos seus sócios instituições que são co-responsáveis pelo desastre ambiental que mata o Tejo.

 

Mas verifica-se que a CMA está na PT, com opinião relevante, porque participou na AG o Vereador Valamatos.

 

Diz a Lusa, citada pelo D.Digital, :'' A medida foi aprovada na última assembleia geral do proTEJO realizada no domingo, no dia 02 de agosto, onde estiveram representados a associação ambientalista Quercus, a EcoCartaxo, o Movimento Ecologista do Vale de Santarém, o Movimento Cívico Ar Puro, o Observatório Ambiental do rio Tejo e o vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Valamatos.''

 

A medida é a criação duma rede de vigilância ''popular'' contra os poluidores.

 

Da Protejo além de 4o  ''populares'' (como a bloquista Sara Cura) fazem parte, diz a notícia: ''a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e os municípios de Abrantes, Chamusca, Golegã, Mação e Vila Nova da Barquinha''

 

Também diz que a Protejo tem mil amigos no facebook. ( A Tubucci acho que tem mais.........para aí uns 1700).

 

Ora verifica-se que o município de Abrantes protagonizou a maior matança de peixe no Tejo (em Abril) e que o homem que tutela o Açude assassino é o Valamatos.

 

Ora verifica-se que o município de Abrantes tolera que a sua concessionária, que foi da marquesa Koplovitz, e cujo boss visível é o ex-Vereador Júlio Bento (conhecido novo-rico) faça descargas constantes de colóides fecais sem tratar a partir dos Carochos.

 

E toda a gente protesta e a CMA,

camara-abrantes-e1382616340852.jpg

CMA

 

mais o bravo Valamatos olham pró lado....

 

E a Protejo está tão muda como a Sara Cura, ou seja parece que a Protejo não tem cura.

carochos.jpg

E querem atirar prás costas do povo ordeiro o papel de vigilantes e denunciantes.

 

Era mais valente a Protejo ter deliberado apresentar queixa-crime contra a CMA e contra a concessionária, mas isso era pedir-lhes o impossível.

 

Finalmente o novo dono da Abrantaqua, tem um empregado socialista (outro), chama-se Felipe Gonzalez.

 

Sabem quem é o accionista com maior participação no grupo, que domina a Abrantaqua?

 

É o mexicano Carlos Slim, um dos homens mais ricos do mundo.

  

carlos slim.jpg

 wikipédia

 

ma

  



publicado por porabrantes às 13:55 | link do post | comentar

Sexta-feira, 31.07.15

 

 

 

mata peixe soares.png

É a acta de 14-7-2015 onde há pano para mangas e deliberações que só dão vontade de rir, dadas as patéticas posições encenadas pela maioria PS.

 

Começa-se por esta:

Primeiro descobre-se que a CMA, que é dona do açude e estava obrigada a monitorizar a passagem dos peixes, parece não saber nada disso e foi perguntar à APA como é a escada passa-peixe do Mondego

 

Recorde-se para os esquecidos, que o açude de Coimbra teve de ser remodelado, já lá vão uns anos e que a obra de remodelação custou uns 3 milhões de euros

 

Portanto a CMA parece assumir que terá de haver uma obra destas e terá de largar dos seus bolsos esta soma, porque se não o faz, o peixe continuará a morrer, e arrisca-se a uma multa, eventual responsabilidade penal e cível por crime contra o ambiente...

 

A CMA diz que falará com a Soares da Costa para lhe pagar uma renda...

 

Renda de quê?

 

Não se pode pagar uma renda de uma mini-hídrica que não existe....

 

Além disso, a Soares da Costa foi notícia nos jornais, porque não se encontra em brilhante situação económica...

 

A SC teria ficado de apresentar um estudo de incidências ambientais até Outubro de 2015....espero que a empresa que fará o estudo não seja aquela que atamancou o estudo sobre a mini-hídrica de Martinchel que deu sonora barraca...

 

O estudo poderá demonstrar que não se deve fazer a obra, porque as incidências podem ser terríveis....

 

A CMA quer começar umas obras em data incerta de 2016...

 

Ora o que devia fazer é já começar a fazer os estudos para montar uma nova escada passa-peixe ou demolir o açude...

 

Têm de pedir à APA os elementos da escada do Mondego!!!!

 

Para adiantar trabalho já têm aqui elementos....

 

E também têm o diagnóstico do que se passa em geral nas barragens lusas (o Açude é uma barragem,sabiam?) com este tipo de equipamentos

 

passa-peixe geral.png

devida vénia a

açude coimbra.png

Entretanto haverá que admitir que o consórcio que fez o Açude de Abrantes fez uma obra inqualificável e que portanto deve ser processado.

 

E que a CMA aceitou a obra em condições indefensáveis!!!

 

E que essa atitude foi irresponsável!!!!

 

Haverá que pedir responsabilidades políticas e técnicas.

 

Estou à espera que a Oposição faça isso, especialmente porque o Poder andou a ocultar a situação e foi responsável por várias matanças no Tejo.

 

Estou à espera que me expliquem como é gastaram uma pipa de massa em monitorização e a dita não funciona, perguntem os Vereadores do PSD e PCP onde está isto?

açude monotorização.png

E que  a Assembleia Municipal forme uma Comissão de Inquérito, mesmo que isso faça o Gomes Mor ficar com os poucos cabelos em pé, e interrogue o Nelson Carvalho, com firmeza e dureza, para saber como montou um açude que é uma armadilha mortal e um crime ambiental, gastando largos milhões de euros.

 

 

 

ma   

 

 



publicado por porabrantes às 08:53 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.07.15

Foi ontem publicada no Diário da R. a resolução aprovada por unanimidade no Parlamento (apresentada por Duarte Marques, Isilda Aguincha e outros deputados do PSD) que insta o Governo a fazer esforços para melhorar a situação no Rio Tejo e a apoiar a CMA a viabilizar a escada passa-peixe (também conhecida por mata-peixe) do famigerado açude abrantino.

Ou seja todos os partidos reconhecem que a escada do açude é uma armadilha mortal para os peixes e que a dona da escada, a CMA, não a mantém como devia manter.

mata-peixe.png

açude.jpg

Inauguração da escada

 

Nem sequer o PS foi capaz de assumir as desculpas esfarrapadas encenadas pela cacique para atirar a responsabilidade da matança para terceiros.

mn 



publicado por porabrantes às 14:48 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.07.15

 

açude.jpg

Inauguração do açude (Correio da Manhã)

''

A Assembleia Municipal de Mação aprovou por unanimidade na reunião de 30 de Junho, uma moção da autoria do eleito socialista João de Matos Filipe, pedindo que seja dinamizado "um conjunto de vontades - políticas e financeiras" que permita a construção, no açude de Abrantes, de uma passagem para os peixes que sobem o Tejo para desovar semelhante à existente no rio Mondego, em Coimbra.

 

Depois de lembrar que a poluição e a inconstância de caudais no rio já estão a merecer a atenção da APA - Agência Portuguesa do Ambiente, os autarcas pedem uma nova passagem para os peixes, na zona do açude de Abrantes, local onde este ano morreram milhares de peixes.

 

Para a concretização da obra sugerem que seja dinamizado "um conjunto de vontades - políticas e financeiras -que a nível do Governo Central e Autarquias Locais e com recurso ao Quadro Comunitário Portugal 2020, permita, no mais curto espaço de tempo possível, conceber e executar um projecto de passagem para peixes como o executado, com tão bons resultados, em Coimbra, pelo MAOTE (Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia)".

 

Para os eleitos de Mação o actual sistema de passagem de peixes "está a afastar do rio Tejo as espécies de peixe marítimas que a ele acedem para a natural reprodução, dado que por força daquele não conseguem alcançar as zonas nobres de desova".

 

in Mirante com a devida vénia

 

E o cheque-mate parte do PS e tem apoio de toda a assembleia municipal, onde prepondera Duarte Marques

duarte marques 3.jpg

e reconhece o que se disse aqui, é preciso uma nova escada passa-peixe ( custo uns 4 milhões de euros ) e que a responsabilidade das chacinas de peixe em Abrantes são da CMA, entidade que é dona do açude.

 

Manifestamos a nossa gratidão à Assembleia M. do Mação por defender o Tejo

 

a redacção 

 

 



publicado por porabrantes às 17:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.05.15

acude_3.jpg

''

A morte destes peixes pode ter salvado a vida de muitos outros, porque o problema foi posto na praça pública. Espero agora a intervenção imediata da Câmara de Abrantes na reparação e limpeza do sistema, para que o peixe ainda possa seguir o seu curso normal para montante, e não ficar ali retido”, disse o deputado do PSD.

Os sociais-democratas anunciaram ainda que solicitaram a fiscalização da Agência Portuguesa do Ambiente para “responsabilizar quem errou e quem não fez a manutenção devida, mas também para dar uma solução, que pode ser através de fundos comunitários”.

“É espantoso como há políticos que têm coragem para exigir novas pontes sobre o Tejo e não fazem sequer a manutenção devida de um açude que construíram. Há alguns anos, muitos alertaram para o problema deste açude. Infelizmente, tinham razão e os responsáveis por estes projetos decidiram ignorá-los”, criticou.

palavras de Duarte Marques

 

in página do G.Parlamentar do PSD, com a devida vénia



publicado por porabrantes às 14:34 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.04.15

Em 1941 o Rev. Padre Ramiro Alves dos Santos fez queixa da Junta de S.Miguel porque esta não passava atestados de residência aos seus paroquianos. A queixa foi enviada ao Governador Civil.

 

Os gajos da Junta só queriam passar atestados em papel selado, o padre queria coisas mais baratas, que fosse em papel comum.

 

No mesmo ano o industrial corticeiro José Augusto também se se queixou ao Governo Civil contra o P. da Câmara, ou seja o industrial da panificação e cacique integralista, vendido à União Nacional, Henrique Augusto da Silva Martins.

 

Há mais coisas destas?

 

Há muitas e certamente sem elas não se pode fazer a história da cidade.

 

Tudo isto é mais estimulante que a figura feita na acta de 7 de Abril de 2015 pelos Vereadores da Oposição que não tinham a mínima ideia sobre os problemas ambientais desencadeados pelo açude mata-peixe e comeram e calaram face às explicações atabalhoadas da cacique.

 

mn



publicado por porabrantes às 12:56 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Contrato da ponte só foi ...

Açude da cacique bloqueia...

Ministro do Ambiente copi...

Águas assassinadas no Açu...

A Protejo não tem cura

Fazendo de Pilatos na mat...

Parlamento mete em causa ...

Mação exige nova escada p...

É espantoso como há polít...

Coisas Estimulantes

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12

18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds