Sábado, 07.12.19

Justiça de Sua Majestade Imperial, o Duque de Bragança e de D.Maria II

 

joão gomes calado

in Crónica Constitucional de Lisboa, 17 de Abril de 1834

in Relação dos indivíduos sentenciados nas audiências no Juízo Correccional do 2º Distrito de 5 a 12 do corrente

Os  Voluntários Realistas de Abrantes eram animado pelo Padre Bairrão do Tramagal, que fora Procurador às Cortes que tinham aclamado o Usurpador, D.Miguel

Outro dos insignes vultos dos Realistas era o futuro malhado Raimundo Soares Mendes

raimundo soares mendes

 

 

 



publicado por porabrantes às 12:58 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.12.19

plano ab

Os Planos Municipais contra Incêndios são obrigatórios. Durante o reinado da cacique (2012-2016) não havia plano em Abrantes. A floresta ao abandono, o órgão que devia planear a prevenção quase não se reunia e actores fundamentais na gestão da floresta ou da prevenção não estavam representados.

''Desde 2001 ardeu 54% da área florestal, 97% em apenas cinco anos'' e a cacique e os amigos políticos achavam que não era necessário plano e os recursos gastos na defesa da floresta quase só limitaram às transferências financeiras para a Associação de bombeiros.

Entretanto o eucalipto era implementado sem qualquer fiscalização, fosse em terras férteis, fosse noutros tipo de terras.

''Em sede de contraditório, a vereadora da Câmara Municipal Ricardina Lourenço, informou ter votado contra todos os pedidos de florestação com eucaliptos discutidos em reunião da Câmara, devido “(…) ao facto de haver falta de informação, quer quanto ao local, bem como à adequação da plantação desta espécie, temendo a existência de brutais áreas de eucaliptais podendo, em caso de incêndio, pôr em risco a vida e os bens das populações (…)”, considerando que “Tais alertas foram simplesmente ignorados pela maioria que governa o município (…)”.


A vereadora da Câmara Municipal Elza Vitório alegou não ter havido qualquer pedido de arborização com eucaliptos que fosse negado e que áreas agrícolas e de pinhal foram convertidas em eucaliptais, sem qualquer verificação ou fiscalização.''

fonte: Relatório do Tribunal de Contas



publicado por porabrantes às 11:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.12.19

albernaz

Abrantes no século XVII

Pormenor do mapa de João Teixeira Albernaz ( 1602-1649)

Carta da fronteira entre o Alentejo e a Estremadura espanhola

mn

devida vénia Biblioteca Nacional


tags: ,

publicado por porabrantes às 11:36 | link do post | comentar

Sábado, 30.11.19

atestado

Atestado passado pela Reverendíssima Prioresa do Real Mosteiro da Graça, Sóror  Francisca Antónia Casimira da Família Sagrada, e outras freiras atestando que D.Maria Genoveva do Amorim Garcia e sua irmã D.Feliciana Doroteia do  Amorim Garcia, foram educadas como seculares, no Real Mosteiro, desde miúdas  e tiveram bom comportamento moral e se distinguiram no campo da música sacra.

1797

atestado 2

 

Destinava-se a reforçar um pedido ao Rei para uma das educandas entrar como freira no Convento.

  mn

torre do tombo 

 



publicado por porabrantes às 15:53 | link do post | comentar

Sexta-feira, 22.11.19

Na sequência deste post, uma antiga aluna do Colégio de Fátima pede-nos a publicação deste texto do Dr.Manuel Fernandes, onde conta a Fundação do Colégio.

cf fernandes 1

img20191122_20183962

Os abrantinos que investiram 500 contos na construção, foram reembolsados em rendas pagas pelas Doroteias. Quando estas atingiram esse montante, em meados da década de 60, o colégio foi transferido para as Freiras grátis, tendo estas a obrigação de manterem o ensino católico em Abrantes.

Já se sabe como acabou a história, receberam da cacique 1.500.000 de euros pelo edifício (também tinham comprado uns olivais nas traseiras para tentar aumentar o colégio no início da década de 70).

capital 3

O texto foi publicado por Fernando Velez, no JA, em Outubro de 2000.

mn

  



publicado por porabrantes às 19:41 | link do post | comentar

Quinta-feira, 21.11.19

ivoneide

O cacique Caetano (PT) resolveu abrir mao do posto para candidatar a esposa a Ivoneide.

É candidata a Camaçari , município de que faz parte a baiana Abrantes, pátria do Padre António Vieira 

43171517_2003651779678396_47359062479732736_n

A cacique por afinidade está a levantar um amplo escândalo no reconcâvo baiano.

mn

 



publicado por porabrantes às 15:19 | link do post | comentar

Quarta-feira, 20.11.19

Alegadamente uma construtora em 2004, em conivência com a CMA usara um terreno alheio para depósito de materiais.

O dono meteu-nos no Tribunal e pedia  uma indemnização de '' 21.499,00 €, valor este acrescido dos juros de mora vencidos a contar da citação e até integral pagamento ''

O processo foi de recurso em recurso e o Autor já morreu, sendo agora representado pelo herdeiro.

O STA acaba de  decidir contra a empresa (e a CMA), que alegava que o caso estava prescrito.

Os factos deram-se em 2003.

Arrasta-se pelos Tribunais há 16 anos.

Tudo isto merece  uma reflexão séria, a da quase impotência dum cidadão para lutar contra a Administração nos Tribunais.

Sem justiça pronta, o Estado de Direito é mera ficção.

mn 


tags: ,

publicado por porabrantes às 17:14 | link do post | comentar

Terça-feira, 19.11.19

edificado

Imóvel à venda no centro da cidade

devida vénia agência imobiliária


tags:

publicado por porabrantes às 20:56 | link do post | comentar

Domingo, 17.11.19

Numa húmida arrecadação duma arruinada Igreja abrantina que qualquer dia desaba, acumulavam-se livros a desfazer-se desde o século XVII como estas actas da Junta de Paróquia de S.João de  1877 -1884.

Regeu a Paróquia o Graça das Seringas e isto é mais um crime de lesa-cultura abrantina e nacional, porque havia documentos de importância para a história portuguesa.

Tem esta terra um Arquivo Histórico e não fizeram nada para recuperar os documentos, que parte deles já quase se perderam.....

Há documentos de titularidade da Igreja e documentos de titularidade pública como estas Actas.

Gerações de autarcas desde  1883, republicanos, regeneradores, fascistas, socialistas, sociais-democratas desta Freguesia deixaram apodrecer a história da que é a mais antiga paróquia abrantina (século XII).

Vereadores da Cultura como Humberto Lopes, Isilda Jana e agora o Luís Dias foram coniventes com esta barbaridade.

Devo-me preocupar?

Ou participo ao Bispo, ao Ministério da Cultura, ou eventualmente a outra entidade?

img20191117_20363149

img20191117_20342360

img20191117_20304475

mn

houve alguém que tentou resolver isto, foi o P.Belo, mas coitado um cancro matou-o,  e deve ser recordada a sua acção...... 

    



publicado por porabrantes às 19:34 | link do post | comentar

Em Luanda, um negreiro, que age como Procurador da Santa Casa de Lisboa, mete-se noviço jesuíta e testa a favor deles e de outras obras pias, também testa a favor de herdeiros abrantinos

gaspar alvares

gaspar alvares 2

gaspar 4

A Santa Casa e a Companhia envolvidas até ao pescoço nos negócios do tráfico.

Ainda estava para chegar outro Jesuíta que defenderia, em português de lei, a exportação em massa de pretos para o Brasil, chamar-se ia António Vieira.

A Ordem de Sua Santidade, o Papa, metida no tráfico até às orelhas de Santo Inácio.

Como diz, Alencastro, in ''De Cafres e de Cafajestes: Fluxos e refluxos de personagens no Atlantico Sul'' , o Padre Vieira,  é um dos grandes expoentes da ''teoria negreira jesuíta''.

vieira

 

ma

ps-o melhor do testamento é quando deixa 4 pretos a Santo António.....

 

  



publicado por porabrantes às 02:12 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Presos políticos abrantin...

Floresta : sem plano em v...

Abrantes entre 1602-1649

Uma prendada candidata a ...

Para a história do Colégi...

A cacique por afinidade

Supremo decide contra aut...

Edificado

Um tremendo crime contra ...

O testamento do jesuíta n...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds