Sexta-feira, 04.01.19

adriano moreira tvi

 

In Memorian do General Marques Godinho, que está no Grande Oriente Eterno .........

general marques godinho

Quanto a quem lambe as botas ao Adriano, recordo Vitorino Magalhães Godinho, que disse dele ......o que não diríamos de mais ninguém .... 

ma

 

 

 



publicado por porabrantes às 20:35 | link do post | comentar

Sábado, 20.08.16

Encontrámos o Firmino da Bemposta, autor disto, que foi reproduzido a partir da obra, ''Luuanda há 50 anos'', da autoria de Francisco Topa :

 

19207306_aaoTT.png

O Firmino destacava-se ao lado do ex-reviralhista Azeredo Perdigão a condenar  o merecido prémio dado a Luandino Vieira pela sua obra-prima Luuanda. O escritor estava no Tarrafal reaberto pelo distinto democrata orgânico Adriano Moreira  

 

auz5254.jpg

imagem desviada ao blogue ''do Porto e não só'''

 três democratas orgânicos: o Caetano, o Azeredo e o Pai Tomás

eis mais um pormenor da biografia do Firmino

legionário firmino.png

 Ficamos a saber que os valorosos Legionários abrantinos se reuniam no

RI2.jpg

e se dedicavam a fazer exercícios no Castelo de Bode para proteger a barragem, inaugurada em 1951, contra um possível atentado islâmico-bolchevista.

 

A convocatória ao fascista Firmino diz que ele deve ser portador de ''talher''....

 

Uma dúvida me aterroriza, era um exercício militar ou uma patuscada o que iam fazer ao Castelo de Bode os legionários?

 

Qual era a profissão do Firmino?

 

Diz-me um passarinho que talvez fosse ferroviário. 

firmino cp.png

 Boletim CP 1929

 

ma



publicado por porabrantes às 13:59 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.06.16

luandino.jpg

Em 1965, Luandino Vieira arrebatava o  Grande Prémio de Novela da SPE (Sociedade Portuguesa de Escritores). Estava no Tarrafal, campo da morte reaberto pelo fascista e PMI (Pequeno e Médio Intelectual) Adriano Moreira,  desde 1961,  condenado a 14 anos de cadeia por ser oposicionista.

A horda fascista começou a uivar, assaltaram à moda dos nazis a SPN, as forças vivas (a sociedade civil) da metrópole e ilhas adjacentes e colónias desatou a apoiar o Doutor Salazar, a Santa Madre Igreja participou no linchamento do escritor e do júri, com inédito furor cristão, e assim por diante.

A Pide multiplicou as prisões, entre elas a do quase abrantino ALFREDO JORGE DE MACEDO BOBELA  DA MOTTA,

 

Quem foram os canalhas cá da terra, mais dos  concelhos vizinhos que incensaram a decisão de liquidar a SPN e de perseguir um escritor?

Tenho alguns nomes, provavelmente arraia miúda. O fascista Firmino mandou um telegrama ao Ministro do Interior espumando de indignação

fascista firmino.png

No Sardoal, outro bravo que não resistiu

'' «Indignação geral da vila de Sardoal pela traição da Sociedade de Escritores. Exige-se castigo dos traidores. a) Arménio Monteiro.»'' . Este mandou 3 telegramas.

No pinhal, os mestre-escola fizeram o mesmo designadamente em ''Proença-a-Nova, da Sertã e de Vila de Rei''. 

Mas, mais vergonhosa que esta atitude, foi a do Presidente da Fundação Gulbenkian, o ex-oposicionista liberal Azeredo Perdigão, que se portou como um cobarde, agindo assim para proteger o tacho vitalício.

azeredo.png

 

Encontro entre os telegramas, nomes de sonoros ''intelectuais''  que enchiam a pança em Luanda e que depois, cá na Metrópole, ocuparam cargos políticos e mandarinatos intelectuais após a descolonização.

Estou a ver o nome dum mulato cabo-verdiano, que de chefe de posto chegou a catedrático em Lisboa, seguindo a Escola colonialista do Moreira e que vi, a última vez, disfarçado de branco, na campanha do Freitas.

As citações  e o essencial da informação são retiradas desta tese:

 

luanda.png

que convém ler para saber o que foi a pouca-vergonha e o linchamento e como se portou o Azeredo Perdigão. Do Conselho de Administração da F.Gulbenkian fazia parte o Ferrer Correia, que não se demitiu, depois desta palhaçada do ex-liberal Perdigão.  

 

Na obra citada há bastantes  referências a Alfredo Bobela da Motta,  certamente comunizante e membro do MPLA.

O Pai dele era este

augusto bobela da mota.jpg

Augusto Bobela da Mota, fidalgo dos Telheiros, Governador Geral da Índia, oficial da Armada, e abrantino.

O filho, importante escritor angolano lá passou um calvário na PIDE-DGS.

ma

PS-Ouvi um idoso bramar pela rádio oficiosa contra os blogues por promoverem a atribuição duma medalha ao Dr.Eurico Consciência. Acontece que o Autor dessa proposta foi o Sr.Dr. José Amaral, Ilustre Advogado desta terra, em carta entregue por ele na Secretaria da Câmara, reproduzida em vários fóruns e que naturalmente a imprensa vendida foi incapaz de reproduzir. Foi publicada no face, no Médio-Tejo Digital,  e em vários blogues.

 

 



publicado por porabrantes às 18:04 | link do post | comentar

Sábado, 21.05.16

moreira campos.png

Victor Barros diz o seguinte sobre a pressa de Adriano Moreira montar um Goulag tropical

 

moreira campos 2.png

e ....

campos moreira 3.png

 O Edmundo Pedro está com falta de memória. Qualquer dia faz um testamento a algum Cónego, em vez de ser ao Grande Oriente.

 

Devida vénia ao Doutor -Victor Barros, e o conselho comprem o livro.

 

mn 

 



publicado por porabrantes às 16:06 | link do post | comentar

O ex-tarrafalista nonagenário Edmundo Pedro resolveu no Expresso, absolver o quase centenário Adriano Moreira de ter reaberto o Tarrafal para lá meter presos políticos.

A prosa desculpa-se devido  à avançada idade do militante PS (com um passado curioso que inclui uma prisão por ter sido apanhado com armas na sequência do 25 de Novembro, prisão aliás noticiada na ''Gente'' do Expresso, com aleivosia e veneno por Marcelo Rebelo de Sousa (1)).

Mas há  certas questões corporativas vigentes entre os ''filhos da viúva'',pelas quais interessa a certo lobby branquear o negro passado do advogadozeco de Bragança.

adriano tarrafal.png

 

edmundo pedro.jpg

Pravda Ilhéu

 

Acontece que a actividade do Ministro fascista do Ultramar, enquanto promotor de campos de concentração, não é um ''boato'' que anda por aí, aos saltos nas redes sociais, mas uma realidade demonstrada por sólidos trabalhos académicos nacionais e estangeiros.

dalila.png

Quem conta isto?

memórias.jpg

A Historiadora Dalila Cabrita Mateus, que morreu em 2014, autora duma vasta obra sobre a repressão colonialista e ainda a desencadeada pelo MPLA contra os nitistas, onde morreu Cita Valles.  

Não só mandou abrir o Tarrafal, mas foi visitá-lo,enquanto Ministro do Ultramar.

Há muito mais e não vale a pena citá-lo, basta procurar na rede.

Se bem me lembro o fascista reciclado Adriano Moreira foi uma vez convidado a perorar pelos Rotários abrantinos.

E ninguém lhe perguntou: ''conte-nos a forma como se portou você, excelso democrata de 26 de Abril, com a Senhora Dona Palmira Godinho?''

E já agora, é V.Excelência ''filho da viúva''?

À primeira pergunta está o tipo por responder, há dezenas de anos, anotou Mário Soares num livro de entrevistas a Maria João Avillez.

ma  

 

 

(1) As armas tinham sido distribuídas pelo Grupo dos Nove a democratas para combaterem o anunciado golpe gonçalvista,



publicado por porabrantes às 14:52 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.12.15

CR-AHE.JPG

O CDS vai propor a nomeação de Adriano Moreira pró Conselho de Estado. A plebe (chamo plebe a quem se verga face ao ''estadista'') aplaude a escolha. O país aplaude que o nonagenário aconselhe o Presidente.

O Moreira diz que é natural que o escolham. 

Também acho. O Conselho é o lugar dele.

Já fazia parte do Conselho de Estado quando o Venerando Almirante Thomaz o mandou reunir para escolher o sucessor de Salazar, que estava incapacitado.

Moreira era um dos delfins. Saiu o outro, o Caetano.

Aquele que dissera à filha, se casas com esse ''tipo'' nunca mais te falo.

O ''tipo'' chamava-se Moreira, tinha boas relações na secreta e de profissão odiava Franco Nogueira.

Também tinha escrito uns livros merdosos de Ciência Política, traíra a família do General Marques Godinho enquanto Advogado, dava aulas para formar chefes de posto da administração colonial e traíra (para sobreviver politicamente) Vitorino Magalhães Godinho, cuja obra comparada com a do Moreira, é a de um gigante face a um anão.

Ao lado do Moreira ficará o Domingos Abrantes, uma múmia estalinista, acompanhando um camaleão fascista.

A profundidade do saber dos dois, o seu impoluto carácter, o seu apego à democracia é inquestionável.

domingos.png

elits.png

freire.png

Para o Conselho de Estado ter uma maior dignidade só lá falta o Arnaldo de Matos

ma 



publicado por porabrantes às 12:16 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.10.15

moreira.png

já o ouvi a dizer que Salazar era legítimo.....

 

será porque a filha precisa dum lugar de Secretária de Estado?

 

a redacção



publicado por porabrantes às 16:35 | link do post | comentar

Sábado, 08.08.15

 

suleyman.png

 Suleyman Valy Mamede, que se fazia passar, antes de Abril, por licenciado em Direito, criou a Comunidade Islâmica de Lisboa e tentou manipular o poder colonial para ser o Xerife duma Comunidade Pan-Islâmica do Império Colonial. E escreveu a carta transcrita, pedindo um lugarzinho para um deputado maometano nas listas do partido único fascista.

Neste ''working paper'', donde se transcreve a carta, com a devida vénia, Mário Artur Machaqueiro, da Universidade Nova de Lisboa (a melhor Universidade de Portugal)  desmonta a figura dum oportunista que depois do 25 de Abril, inverteu o discurso e conseguiu, com sucesso, tornar-se o interlocutor oficial dum Islão à lusitana, criar a Mesquita da Praça de Espanha e ainda ser um figurão laranja.

O Mamede era de origem paquistanesa, como aliás eram, em regra, os dirigentes do ramo ''oficial'' do Islão luso e em Moçambique não deixavam entrar ''pretos'' muçulmanos para cargos de chefia nas associações que comandavam.

E a esmagadora maioria da população islâmica era negra.

A Vera Lagoa no ''Diabo'' adorava satirizar o Suleyman devido às suas almoçaradas no '' Solar dos Presuntos'', refeitório social-democrata da ''Baixa'', onde o seminarista Domingos Duarte Lima também amesava com um conhecido galego cá do burgo.

Um dia encontrei o Suleyman, no ''Pedro dos Leitões'' enfrentando-se a farta pratada de bácoro estaladiço e ao respectivo acompanhamento canónico líquido.

Estava a almoçar com um Bispo-Conde e a discutir ecumenismo.

O Suleyman, que tinha sido criatura do fascista Silva Cunha (a quem os adrianistas chamavam com carinho ''Silva Burro''), chegaria a Presidente da Anop, pelas mãos de Sá Carneiro e transformou aquilo numa agência de propaganda.        

mn

      



publicado por porabrantes às 16:12 | link do post | comentar

Segunda-feira, 25.05.15

A namorada era esta:

 

ana_maria_caetano_68.jpg

Ana Maria Caetano, filha do Prof. Marcello Caetano, que rompeu o noivado com o Adriano Moreira fosse pela doença mental da Mãe, Teresa de Barros, fosse pelas desavenças entre Marcello e Adriano, quando este induziu D.Palmira Beja Godinho a apresentar queixa-crime por homicídio involuntário contra o General Santos Costa

ana maria caetano 1.png

Quem o conta é Orlando Raimundo neste livro que se recomenda

ana maria caetano 2.png

editado pela D.Quixote.

 

O Autor acrescenta:

ana maria caetano 3.png

 

 

general godinho ja.jpeg

Comprem o livro, a história já a conhecia pela boca do filho do General.

 

mn

o belíssimo retrato da filha de Marcello é de Maluda.

 

(1) o filho do Alfredo Pimenta era o Advogado do Senhor Dr.Manuel Fernandes, Alfredo Manuel Pimenta, que teve intervenção em muitas causas abrantinas designadamente no processo da Iniciativas de Abrantes  contra a Santa Casa de Misericórdia, acerca do Cine-Teatro São Pedro. O Dr.Pimenta era visita assídua de Abrantes...

 

(2) a acusação foi de homicídio involuntário e não voluntário, é certamente uma gralha do Autor 



publicado por porabrantes às 22:17 | link do post | comentar

Sábado, 25.04.15

generalgodinho 47.jpg

 General José Garcia Marques Godinho, Presente!

 

Acusado de homicídio involuntário: Fernando Santos Costa

fernando santos costa.png

nunca foi julgado, morreu em liberdade, com os galões de General, sob a protecção do Marechal Costa Gomes

costa gomes.png

contou outro dia o Jaime Nogueira Pinto numa tertúlia, que mantém no Observador, com Jaime Gama.....

 

Costa Gomes safou-se da sua implicação no golpe Botelho Moniz contra Salazar, graças à protecção de Santos Costa....

 

Portugal é assim, terra de impunidade.....

 

Adriano Moreira, advogado da família Godinho deu depois  em fascista e agora é um Senador e discursa sobre justiça social!!!!!

 

godinho 1917.png

Godinho era maçon e republicano, conquistou as mais altas condecorações face ao fogo das tropas do Kaiser, Santos Costa era um amanuense de secretaria, quando foi nomeado para o Governo de Salazar, um militar que comandava um quartel de Abrantes e que o tinha comandado escreveu no seu diário que tinham dado a um ''vilão'' uma vara para mandar. Só havia que esperar vilanias e assim foi.

 

Até Palmira Beja Godinho, a viúva do General, que pedia justiça foi presa......

 

A mulher do General Delgado nunca foi presa......

 

Santos Costa já tinha sido afastado de postos governamentais por Salazar em 1958.....

 

godinho imprensa americana.png

Mário Soares disse, num livro de entrevistas a Maria João Avillez, que o Moreira tinha de explicar muitas coisas sobre o caso ''Godinho'', nunca explicou

 

Para conhecer as façanhas de Santos Costa é preciso ler isto

 

beria.png

 

 By Tom Gallagher Published in History Today Volume 31 Issue 2 February 1981 - See more at: http://www.historytoday.com/tom-gallagher/portugals-beria-general-santos-costa-and-1926-1974-dictatorship#sthash.474RHfdz.dpuf

 

Mas terá de pagar para ler o artigo.

 

mn

 

que me lembre Godinho foi o único abrantino morto pela ditadura



publicado por porabrantes às 13:50 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Fascistas na TVI vistos d...

O legionário Firmino no C...

Azeredo Perdigão perde a ...

A pressa de Adriano Morei...

O ex-fascista Adriano Mor...

O regresso do Conselheiro...

Notório fascista opina

Suleyman Valy Mamede, Gra...

O General Marques Godinho...

Morto pelo fascismo

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12

18
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds