Quarta-feira, 27.01.21

judeu alfredo a.png

judeu alfredo da silva.png

De como o poeta modernista, latifundiário de Avis, astrólogo, arqueólogo amador,   (ainda hoje as ''Grandes Vias da Lusitânia'' são insubstituíveis), genealogista, etc fulmina o maior industrial de Portugal (e de Alferrarede) por ''hebreu'' e mais longa lista de políticos, negociantes, intelectuais  e etc.

E dedica o livro a um amigo seu, Fernando, a quem classifica também como ''judeu''.

Toda a vida partilhou com Fernando e António Botto, a boémia e os projectos literários bem como com outros ''judeus''....

Só saiu este volume, porque, no segundo, Saa provava que Salazar era judeu e proibiram-no, segundo escreveu José Augusto França. (1)

 Alfredo Esaguy, judeu autêntico, numa dedicatória dum livro, chamou-lhe : ''o novo inquisidor (do martinho) dos judeus''  (2)

Só para acabar, Pessoa, que fez um CV, onde se definia como meio-judeu, por ascendência marrana, tem um poema anti-salazarista....onde o Prof. Salazar é acusado de ser judeu.

mn

(1) e (2) Pereira, Elisabete J. Santos, ''Mário SAA (1893-1971):Um intelectual português na sociedade do século XX ''

htpp://hdl.handle.net/10174/19145



publicado por porabrantes às 17:54 | link do post | comentar

Quinta-feira, 31.12.20

fábrica de azeite alferrarede 3.JPG

1907. Fábrica do industrial Alfredo da Silva, adquirida a uma família francesa que criou das primeiras grandes unidades industriais deste ramo.

Foto do livro de Joaquim Vieira, ''Fotobiografia de A. da Silva''.

Convém consultar esta magnífica página abrantina  Azeites de Portugal um bem sem igual'' de Ana Monteiro, que nos faz amável referência, que agradecemos.

ma 



publicado por porabrantes às 09:30 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.12.20

Trabalhadores do lagar do Alfredo da Silva, em Alferrarede, finais do século XIX (?), do livro ''Fotobiografia de Alfredo da Silva' de Joaquim Vieira

alf func cuf.png

 



publicado por porabrantes às 21:44 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.11.20

Pacheco do Amorim, dizes tu, disse-me  um dia, o velho General, essa não era o do Angola e Metrópole?

 

Referia-se à implicação do pai do fascista José Bayolo, no escândalo da moeda falsa, no caso do Angola e Metrópole.

diogo.png

 

Sim, o Diogo Pacheco de Amorim, amigo dilecto do Botas e um dos fundadores do Centro Católico, era o Presidente da AG do Banco que emitia escudos da treta. A maior burla da História de Portugal.

pacheco moeda falsa.png

As biografias por aí disponíveis omitem, piedosas, o facto. 

Para o defender mobilizaram-se alguns dos mais importantes catedráticos da época

37532.jpg

Acusado, sem admissão de fiança, pelo Banco de Portugal e pelo MP, do crime previsto no art 207 do CP,  interpôs este recurso.

O Banco, era sarcasticamente chamado o ''Engole e Metrópole'', nos mentideros financeiros da Baixa lisboeta.

A opinião dos Tribunais era que o homem era um incauto e que foi aldrabado pela lábia do Alves dos Reis, que quando saiu da cadeia se dedicou à pregação, tendo sido pastor protestante com algum sucesso no Porto.

O facto de não ter um enorme sucesso, revela que a maioria dos tripeiros era menos crédula que o Pacheco.

E agora, não me peçam para comentar a penhora da casa dum futuro General abrantino, na Raimundo Soares, pela falência fraudulenta doutro banco.

Porque, deve dizer-se que um dos homens que mais fez para enterrar o Alves e o flamante Pacheco do banco dos falsários, era o mais poderoso industrial abrantino. Bem, de Abrantes e de Portugal.

alfredo-da-silva-fundador-jose-de-mello.jpg

Alfredo da Silva  

   

ma

bib -Prof. José Augusto França, ''Os anos 20  em Portugal''. Boa parte dos dados são retirados da obra do meu velho Professor, que acaba de cumprir 98. 

 



publicado por porabrantes às 18:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.04.20

interior fábrica azeite alferrarede 1907 rodrigo

Fábrica de Azeite de Alfredo da Silva (Alferrarede)  (1907)

Publicada no Livro '' Alfredo da Silva'', de Júlia Leitão de Barros e Ana Filipa Silva Horta, Circulo de Leitores, Lisboa 2002, com a devida vénia 

Publicar Histórias de Abrantes sem operários ou camponeses, é digno dos anti-fascistas da treta que por aí proliferam.

ma 



publicado por porabrantes às 16:30 | link do post | comentar

Domingo, 29.12.19

barco alferrarede 1941

barco alferrarede 1941 2

 

Em 14 de Agosto de 1941, o ''Alferrarede'' salvava 33 marinheiros do barco jugoslavo ''SUD'' afundado por um submarino alemão, comandado pelo capitão Ernst Bauer. (ver aqui)

ernst_bauer.2jqhytj5nd8g4gsk4s0wswogo.ejcuplo1l0oo0sk8c40s8osc4.th

O marinheiro alemão Bauer terminou a servir a Marinha da RFA, apesar de ser Cavaleiro da Cruz de Ferro, dada pelos hitlerianos. Foi um comandante naval lendário. 

O navio pertencia a uma empresa do grupo  CUF.

mn



publicado por porabrantes às 18:43 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19.09.19

Alfredo-da-Silva-e-Salazar

Foi Alfredo da Silva que mandou plantar os plátanos de Alferrarede que agora  a ignorância atrevida quer arrasar.

Entre a Alameda dos Plátanos terminava um dia de trabalho o capitão da indústria, fumando um havano.

Ficou conhecida pela Alameda do Charuto.

Depois chegaram os especuladores da Lena, os lacaios dela e o Júlio Bento.

Agora chegam os vândalos, aqueles que querem arrasar o Jardim do Alto de S.António para favorecer privados.

A ignorância atrevida.

Tropa que é capaz de retratar-se dando presentes a criancinhas pobres, como certamente faziam as damas caritativas do antigamente, mas com mais elegância e discrição.   

caridade

Mas transformar a caridadezinha em imagem institucional duma autarquia, só para fins da politicagem, nem sequer preservando a identidade dos menores no face, é fazer pior que as damas do chá-canasta.

ma

 



publicado por porabrantes às 09:21 | link do post | comentar

Quinta-feira, 30.06.16

inácio pedro.png

in http://genealogias.info/1/upload/bandeiras.pdf, trabalho do investigador Diogo de Paiva e Pona
 

 

Não temos a certeza que o Inácio Pedro tenha sido Grão-Mestre, mas foi um homem importantíssimo no Grande Oriente.

E quando era difícil ou seja quando o fascismo mandou encerrar o Palácio Maçónico, depois de ter sido antes assaltado e entre os assaltantes ser apontado o jovem Marcello Caetano, então militante da extrema direita. Marcello recusou sempre ter participado nisso.

 

O Eng. Quintela Emaúz fez parte da última direcção semi-legal da Maçonaria:

''O Palácio Maçónico ficou encerrado entre Maio e Março de 1930, tendo o Conselho da Ordem do GOL, sob presidência de José da Costa Pina [acompanhado por Inácio Pedro Quintela Emauz, Augusto de Matos Cid, Adolfo Jaime Sampaio da Luz e João Nunes dos Santos – cf. António Ventura, op. cit, p. 671], “determinado a triangulação imediata de todas as lojas” [Circular nº1, de 11 de Junho de 1929]. ''

 

devida vénia ao Almanaque Republicano 

 

O Filho do Eng. Quintela Emaúz  ''Casou na Quinta do Taínho em Abrantes (S. Vicente) em 20.11.19131 com D. Carlota Maria Bairrão de Oliveira, nascida no Tramagal, Abrantes, em 29.12.1882, e falecida em Lisboa em 29.9.19522, filha de Manuel de Oliveira Moura, proprietário da Quinta da Lamacheira, no Tramagal, e Feitor da dita Quinta do Taínho, e de sua mulher D. Justina Augusta Bairrão, ambos naturais do Tramagal. Foram padrinhos deste casamento Fernando Falcão Temudo, proprietário da referida Quinta do Taínho, D. Maria José Falcão Temudo e os pais do noivo.''

in http://genealogias.info/1/upload/bandeiras.pdf, trabalho do investigador Diogo de Paiva e Pona

 

O eng. Emaúz encontrava-se também ligado à família Mesquitella, dona da Quinta da Capela em Rio de Moinhos.

ma  

 

para aprofundar o assunto as obras de A.H. de Oliveira Marques e António Ventura



publicado por porabrantes às 00:20 | link do post | comentar

Domingo, 12.06.16

alfredo da silva.png

Alfredo da Silva em carta a Paes Borges, Madrid, 2 de Maio de 1926

alfredo da silva e salazar 2.png

al salazar.png

 Muito bom o livro, o excerto transcrito está neste livro,

 

falta o soba

afonso costa.jpg

Alfredo da Silva exilado em Madrid, desce frequentemente a Abrantes, onde pernoita em Alferrarede, dirige o amplo negócio da CUF, dá instruções, tem esperanças na questão dos Tabacos e espera o resultado dum golpe. O 28 de Maio.

ma

 



publicado por porabrantes às 23:16 | link do post | comentar

Quarta-feira, 20.01.16

Reportagem da tentativa de Assassinato de Alfredo

1919, Ilustração Portuguesa, devida vénia ao Blogue (porreirex) do Grupo CUF

 

Alfredo da Silva foi o grande industrial de Alferrarede

 

Onde está a urbanização da Lena, passeava o industrial entre os plátanos, chamavam-lhe a Alameda do Charuto.

 

Segundo artigo publicado por um ex-Presidente da Junta local, no Jornal de Abrantes, o Grupo CUF fez doação de parte desses terrenos à freguesia.

 

Como sabem, agora estão em mãos privadas.

 

Interessante história a do fim da CUF nesta terra.Fica para outro dia.

 

ma



publicado por porabrantes às 00:42 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O empresário judeu de Alf...

Um técnico dos Azeites de...

Trabalhadores dos Azeites...

Pacheco do Amorim e o ban...

Operários de Abrantes (19...

O Navio Alferrarede na 2ª...

Do charuto do capitalista...

Alferrarede e o Grão-Mest...

Os lacaios do soba Afonso...

O Centenário em patrões (...

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds