Quarta-feira, 27.11.19

hoy

Diário Hoy de Badajoz 


tags:

publicado por porabrantes às 07:46 | link do post | comentar

Domingo, 11.06.17

almaraz.png

ver na esquerda net

 

mn


tags:

publicado por porabrantes às 20:36 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25.05.17

almaraz-cartaz-datas-copia.jpg

horários dos debate em Abrantes aqui

 

mn



publicado por porabrantes às 21:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 16.05.17

almaraz ren.png

ler aqui

 

10 de Junho há manif em Madrid contra Almaraz.

 

Quem quiser comparecer contacte o amigo Armindo Silveira

 

ma

 

vou poupar caracteres para não crismar algum tipo como lambe-cú de Castela. A expressão lambe-cu foi amplamente tratada pelo Doutor Miguel Esteves Cardoso: “Noto com desagrado que se tem desenvolvido muito em Portugal uma modalidade desportiva que julgara ter caído em desuso depois da revolução de Abril. Situa-se na área da ginástica corporal e envolve complexos exercícios contorcionistas em que cada jogador procura, por todos os meios ao seu alcance, correr e prostrar-se de forma a lamber o cu de um jogador mais poderoso do que ele.

Este cu pode ser o cu de um superior hierárquico, de um ministro, de um agente da polícia ou de um artista. O objectivo do jogo é identificá-los, lambê-los e recolher os respectivos prémios. Os prémios podem ser em dinheiro, em promoção profissional ou em permuta. À medida que vai lambendo os cus, vai ascendendo ou descendendo na hierarquia.

Antes do 25 de Abril esta modalidade era mais rudimentar. Era praticada por amadores, muitos em idade escolar, e conhecida prosaicamente como «engraxanço».

Os chefes de repartição engraxavam os chefes de serviço, os alunos engraxavam os professores, os jornalistas engraxavam os ministros, as donas de casa engraxavam os médicos da caixa, etc. ..

Mesmo assim, eram raros os portugueses com feitio para passar graxa. Havia poucos engraxadores. Diga-se porém, em abono da verdade, que os poucos que havia engraxavam imenso. Nesse tempo, «engraxar» era uma actividade socialmente menosprezada.

O menino que engraxasse a professora tinha de enfrentar depois o escárnio da turma. O colunista que tecesse um grande elogio ao Presidente do Conselho era ostracizado pelos colegas. Ninguém gostava de um engraxador.

Hoje tudo isso mudou. O engraxanço evoluiu ao ponto de tornar-se irreconhecível. Foi-se subindo na escala de subserviência, dos sapatos até ao cu.

O engraxador foi promovido a lambe-botas e o lambe-botas a lambe-cu.
Não é preciso realçar a diferença, em termos de subordinação hierárquica e flexibilidade de movimentos, entre engraxar uns sapatos e lamber um cu.

Para fazer face à crescente popularidade do desporto, importaram-se dos Estados Unidos, campeão do mundo na modalidade, as regras e os estatutos da American Federation of Ass-licking and Brown-nosing. Os praticantes portugueses puderam assim esquecer os tempos amadores do engraxanço e aperfeiçoarem-se no desenvolvimento profissional do Culambismo.

(…) Tudo isto teria graça se os culambistas portugueses fossem tão mal tratados e sucedidos como os engraxadores de outrora. O pior é que a nossa sociedade não só aceita o culambismo como forma prática de subir na vida, como começa a exigi-lo como habilitação profissional.

O culambismo compensa. Sobreviver sem um mínimo de conhecimentos de culambismo é hoje tão difícil como vencer na vida sem saber falar inglês.”

Miguel Esteves Cardoso, in “Último Volume”


tags:

publicado por porabrantes às 18:48 | link do post | comentar

Sexta-feira, 28.04.17

Com a devida vénia publica-se a opinião do Armindo Silveira sobre a rendição do Governo de António Costa aos interesses das multinacionais eléctricas, do lobby nuclear e do Governo de Espanha:

 

 

''GOVERNO CONCORDA COM A CONSTRUÇÃO DO ARMAZÉM DE RESÍDUOS NUCLEARES EM ALMARAZ
 
Armindo Silveira·Jueves, 27 de abril de 2017
GOVERNO CONCORDA COM A CONSTRUÇÃO DO ARMAZÉM DE RESÍDUOS NUCLEARES EM ALMARAZ
Definitivamente, algo vai mal neste país à beira mar plantado. Foi anunciado ao fim desta tarde de 27 de Abril de 2017, por Nuno Lacasta, Presidente da Agencia Portuguesa do Ambiente (APA), que o Governo de Portugal concorda com a construção do armazém para resíduos radioactivos na Central Nuclear de Almaraz, assinalando que o armazém é uma "solução adequada" que "permite confirmar a sua segurança" ao nível dos padrões internacionais. Continuando, afirmou que "não se estimam impactos transfronteiriços significativos em situação normal de funcionamento do armazém nem em caso de acidentes severos".
Estas declarações de Nuno Lacasta, que é mais nem menos que o Presidente da APA, revelam que ele não está à altura de desempenhar as funções que lhe foram confiadas e despreza completamente as consequências de acidentes nucleares como Fukushima, Chernobyl, entre outros. A não ser que esteja ao serviço dos grandes lobby´s da energia nuclear onde, até prova contrária, também se inclui o Governo de Portugal.
Omitir os inúmeros incidentes na Central Nuclear de Almaraz, a manipulação constante desse acidentes pela administração da central e pelo Conselho Nacional de Segurança (CSN) de Espanha; desprezar a posição unânime da Assembleia da Republica, de inúmeras Assembleias e Câmaras Municipais que aprovaram moções a favor do encerramento da Central Nuclear de Almaraz, de associações ambientalistas de Portugal e Espanha e do sentimento das populações expressas em múltiplas manifestações não é digno de representantes a quem foi confiada a representação de toda uma nação.
NÓS QUEREMOS O ENCERRAMENTO DA CENTRAL NUCLEAR DE ALMARAZ E DEBATER A CONSTRUÇÃO DO ARMAZÉM É DESVIAR A ATENÇÃO DESTE OBJECTIVO PRIMORDIAL
Abrantes, 27 de Abril de 2017
Armindo Silveira- Membro da Assembleia Municipal de Abrantes''
 
mn

 



publicado por porabrantes às 07:31 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.03.17

campanha-almaraz.jpg

Os Verdes estarão amanhã na Barão da Batalha a recolher assinaturas para fechar Almaraz. A partir das 9.30.

mn


tags:

publicado por porabrantes às 09:47 | link do post | comentar

Sábado, 28.01.17

16143150_1806341202959734_1993593868611793450_n.jp

 


tags:

publicado por porabrantes às 09:31 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.01.17

images.jpg

Primeiro foi o Governo de Castela, que fiel à viva cultura taurina da meseta hispânica, fez uma monumental faena ao João Matos Fernandes, enquanto as multinacionais Endesa, Iberdrola  e Gás Natural, gritavam da barreira entusiásticos Olés, às chicuelinas e naturales que Rajoy fazia ao luso.

rajoy-botellon.jpg

Agora é o Governo do Iraque a malhar no Santos Silva, acerca dos brutais espancadores diplomáticos da Ponte de Sor.

A faena iraquiana ao Ministro dos Estrangeiros, cobre Portugal de rídiculo e deixa o prestígio do nosso país pelas ruas da amargura.

Não se sabe se o Presidente dos Afectos vai tirar uma selfie com o pai dos alegados homicidas e pedir-lhe desculpa pelos incómodos, secundado pelo Hilário do aeroporto fantasma.

Entretanto os autarcas da zona de Almaraz dizem que as centrais são muito bonitas, da mesma forma que o Mor e a cacique disseram que o travessão potenciava o desenvolvimento do Pego.

lmaraz.png

 mn

devida vénia à central de Almaraz e a uns blogues castelhanos



publicado por porabrantes às 11:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.01.17

praxados.png

Jorge Costa na Esquerda Net com a devida vénia

 

Leia o artigo todo

20160302-132030(500x333).jpg

 

JC é deputado do Bloco



publicado por porabrantes às 13:56 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.07.16

''Extracto da Conferência Sustentabilidade do rio Tejo, realizada a 7 de Julho na Vila Nova da Barquinha..

Algumas Conclusões

1-Não existe ordenamento industrial ...em Vila Velha de Rodão, nem no EcoParque do Relvão. A Celtejo, pese embora tenha antecipado investimentos, continua a poluir o rio Tejo sem que alguém consiga parar os constantes atentados ambientais, assim como a fossa (fossa industrial???) da Câmara Municipal de VV de Rodão e a Fabrióleo, no Concelho de Torres Novas.

2-O Travessão do Pego, depois de reconfigurado o projecto, vai entrar em obras depois de terminar a consulta pública que deve acontecer na última semana deste mês.

3-O Açude Insuflável de Abrantes continua ilegal, e a mini hidrica já não vai ser instalada o que levanta a questão sobre quem vai fazer o investimento na escada passa peixes.

4-Pedro Serra afirmou que enquanto foi Presidente do INAG, o Presidente da Câmara de Abrantes, por diversas vezes, lhe "solicitou" que autorizasse a construção do açude insuflável. Sempre recusou pois para ele é inconcebível construir um açude num rio internacional e tão perto do estuário do rio Tejo.

5-Pedro Serra afirmou que a barragem do Fratel, com a sua capacidade de armazenamento, pode desregular ou regular os caudais vindos de Cedillo.

6-Carlos Rosário afirmou que, a EDP por estar inserida num mercado concorrencial de energia electriza, tem como prioridade o armazenamento em albufeira como forma de aproveitar a energia potencial da água das barragens.

7-Um responsável da Protecção Civil do Grupo de Santarém afirmou que a Central Nuclear de Almaraz representa um risco ínfimo, versão corroborada pelo presidente da APA.

8-Júlia Amorim, presidente da CM de Constância, afirmou que os problemas do rio Tejo estão identificados, tanto em Espanha, como em Portugal e têm que ser resolvidos ao mais alto nível.

9-Fernando Freire, presidente da CM de V.N. Barquinha afirmou que o tio não tem saúde, está doente e as autoridades centrais têm que agir. Afirmou ainda que a bolsa de energia limita os caudais no rio Tejo e Zêzere.

10-Nuno Lacasta (APA) referiu que se tem que "revisitar" as licenças ambientais ponderando se não foram atribuídas demasiadas sujeitando assim, o rio Tejo a uma carga poluitiva que não permita a sua diluição dentro dos parâmetros estipulados.

Armindo Silveira''

 

 

reproduz-se, com a devida vénia, o resumo feito pelo incansável ambientalista Armindo Silveira, no facebook, sobre esta reunião.

 

Duas notas:

A Presidente abrantina não rebateu nenhuma das afirmações que colocam em causa as posturas que a CMA vem mantendo.

Assim a desculpa com a mini-hídrica para responsabilizar outros por não haver escada passa-peixe a funcionar, foi ao ar e a senhora impávida, descarada e serena.

Quanto ao afirmado (ponto 7) sobre o remoto perigo para a região dum acidente nuclear na sucata de Almaraz, o senhor  Mário Silvestre está nas nuvens.. As nuvens radioactivas de Tchernobyl chegaram a França....E Almaraz está perto da fronteira. 

 

Agradece-se ao Armindo. Se houver pachorra, talvez se fale no travessão.

mn                     .

 



publicado por porabrantes às 07:40 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Almaraz vai à vida

Fechar Almaraz Já!

Fechar Almaraz

800 mil portugueses podem...

O armazém de resíduos nuc...

Verdes na Barão da Batalh...

Almaraz prá sucata, já !

Iraque toureia Santos Sil...

Madrid toureia Matos Fern...

Açude continua ilegal

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds