Sábado, 03.07.10

Quem pensava que o caso Nelson Carvalho e do seu patrão, o comunista anti-maricas dos off-shores e dos problemas com o Fisco estava arrumado e era apenas um fait-divers do Verão ''tava'' enganado. O assunto parece ser ter suficiente ''sex-apeal'' para continuar nas manchetes da imprensa.

 

 

O Correio da Manhã volta ao assunto pela pena do notável profissional Eduardo Dâmaso, subdirector do Jornal

 

Dia a dia

Sócrates acredita

Não é uma promessa mas uma esperança. Vamos ser positivos, esta coisa agora muito em voga no discurso de alguns políticos, e acreditemos que até ao fim do ano o desemprego não continuará a progredir e, pelo contrário, vai regredir.

 

Os sinais de todos os dias não apontam nesse sentido. Os sinais de todos os dias, exceptuando o punhado de empresários que ainda têm a coragem de apostar na indústria e em sectores que fazem a diferença, são de desistência, de impotência ou de histórias mal contadas.

 

Como aquela do apoio que o Estado vai dar a um negócio de painéis solares em Abrantes. Para que acreditemos em Sócrates e na sua profecia (ainda não é mais do que isso...) de que o desemprego vai baixar nos próximos meses, é fundamental que o Governo se comporte de forma clara na distribuição do seu próprio investimento e dos apoios que dá. Ora esse é um dos grandes problemas: não é nada claro que, mesmo neste contexto de crise em que vivemos, o Estado não esteja a desperdiçar recursos públicos e que não venhamos a ter mais uma manada de elefantes brancos por aí.''

 

publicado por A.Abrantes (que significa Adérito Abrantes, blogguer estagiário e não Anónimo Abrantes)

 



publicado por porabrantes às 17:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.06.10

PELO SEU INTERESSE TRANSCREVEMOS A NOTÍCIA PUBLICADA ONTEM PELO CORREIO DA MANHÃ

 



‘Barão Vermelho’ ganha 1100 euros

Alexandre Alves, presidente da RPP Solar, disse às Finanças que apenas ganha 15 400 euros por ano de uma empresa de recursos humanos

  • 21 Junho 2010

Por:Miguel Alexandre Ganhão/Carlos Ferreira

 

O empresário Alexandre Alves, presidente do conselho de administração da empresa RPP Solar, a quem o Estado deu 127,9 milhões de euros ao abrigo do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional), declara às Finanças um ordenado de 1100 euros por mês. Segundo apurou o CM, em 2009 o ‘Barão Vermelho’ (nome pelo qual ficou conhecido quando era presidente da empresa de ar condicionado FNAC, em virtude das suas ligações ao Partido Comunista e ao Benfica) declarou um rendimento anual de 15 400 euros, o que dividido por 14 meses dá um salário mensal de 1100 euros. Em relação a 2009 o empresário pagou de IRS 154o euros ao Estado. O mesmo rendimento de 15 400 euros anuais foi declarado em relação ao ano de 2008.

A empresa que paga a Alexandre Alves é a Largewall – Serviços e Recursos Humanos Lda., uma sociedade criada pelo próprio em 2005 que tinha por objectivo prestar serviços no âmbito de investimentos imobiliários e que em 2008 sofreu uma alteração no seu objecto, passando a prestar serviços de 'gestão de pessoal e de recursos humanos', a par da prestação de serviços nas áreas dos investimentos e projectos imobiliários, da construção civil e do licenciamento de obras públicas.

A entidade empregadora de Alexandre Alves é detida por outra sociedade, a Valónia – Sociedade Imobiliária, SA, que desde 2006 tem como administradora única Irene da Conceição Pinto de Brito, que é sócia-fundadora, em parceria com Alexandre Alves, da empresa Largewall.

Irene da Conceição Pinto de Brito tem vários negócios celebrados com Alexandre Alves.

Para além da sociedade Largewall, os dois são gerentes da Largebuild – Utilidades, Equipamentos e Investimentos Imobiliários, Lda. e foram até Fevereiro de 2001 gerentes da Q.P.F. – Químicos e Produtos para Fotografia Lda.

SÓCIO DE MAIS DE UMA DEZENA DE EMPRESAS

Alexandre Alves é sócio ou gerente de mais de uma dezena de sociedades. As mais importantes são a RPP – Retail Park Portugal, a RPP Solar e a Largewall, sociedade que lhe paga o ordenado.

No entanto, existem outras tantas em relação às quais o ‘Barão Vermelho’ é ou foi gerente. É o caso da Teilnahme – Investimentos Imobiliários, Lda, que tem por objecto a compra e venda de imóveis para revenda. Neste caso Alexandre Alves é sócio-gerente com uma quota de 2500 euros a par de um outra empresa: a Tropical Property.

Já quanto à sociedade Bigroom – Utilidades, Equipamentos e Investimentos Imobiliários, Alexandre Alves pediu a renúncia das funções de sócio-gerente a 20 de Fevereiro de 2003, tendo o processo de dissolução da sociedade sido iniciado em 2008.

'VÁ AO MP PEDIR PARA ABRIREM UM INQUÉRITO'

Confrontado com a sua declaração de rendimentos, Alexandre Alves disse ao CM: 'Não reajo agora a este tipo de informação, não digo nada', adiantando 'vá ao Ministério Público ou à Polícia Judiciária pedir para abrirem um inquérito'.

No entanto, o administrador do megaprojecto de painéis solares RPP Solar, em Abrantes, admite reagir mais tarde: 'No futuro, se me sentir mal, reajo, porque eu não sou dos mansos. E com notícias encomendadas, como aquelas que têm vindo a publicar, reajo ainda mais.'

'Disseram que o projecto está atrasado, mas eu só recebi a licença de construção no dia 6 de Junho', afirmou Alexandre Alves.

PORMENORES

RPP SOLAR

RPP Solar tem um capital social de 1,5 milhões de euros, mas só está realizado em cerca de trinta por cento.

DOIS ADMINISTRADORES

Os dois administradores que estão à frente da RPP Solar são o próprio Alexandre Alves e Cláudia Susana de Brito.

DOIS MIL EMPREGOS

O projecto Integrado de Energia Solar (PIES) promete criar dois mil empregos em Abrantes. Foi já assinado um protocolo com o Instituto de Emprego. ''

 

HAVERÁ COMENTÁRIOS. OS NOSSOS, OS DOS LEITORES DO CM E DESTE BLOGUE.

 

o primeiro é meu, Marcello de Ataíde, supranumerário, felicito a D.Maria do Céu por ajudar os pobrezinhos. A venda a preço simbólico do Curtido é certamente a primeira acção da Rede Social. Nós na Obra somos mais discretos. Antes de distribuir esmolas aos pobrezinhos vemos se eles vão à missaa, tomam banho e não têm amásias.

Saudamos o Cónego Graça pela sua obra de ajuda aos pobres, convidamo-lo a entrar para a nossa piedosa associação (se a D.Maria do Céu também quiser entrar é bem-vinda) e vemos que o seu exemplo de caridoso benfeitor deu frutos em Maria do Céu Albuquerque.

Aleluia! São José Maria seja louvado!!!!!

 







publicado por porabrantes às 07:31 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.06.10

Transcrevemos uma notícia do site oficial da Cult da Lezíria e diziam (em 2005!) que o célebre Alves ia comprar o CNEMA

 

Cinco anos depois é esta a estrutura accionista do CNEMA

 

Estrutura Accionista


Confederação dos Agricultores de Portugal


Câmara Municipal de Santarém

Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal

Novas Técnicas Agrícolas e Industriais, Lda.

Confederação da Indústria Portuguesa


Agro-Ribatejo, Lda.

Ministério da Agricultura do Desenvolvimento Rural e Pescas


Associação dos Jovens Agricultores de Portugal


Santa Casa da Misericórdia de Santarém

Associação de Grossistas de Produtos Químicos e Farmacêuticos



Casa do Ribatejo

Tractores de Portugal

Herculano Alfaias Agrícolas, Lda.

Galucho - Indústrias Metalomecânicas, S.A.

New Holland Portugal, Lda.


Associação Portuguesa de Criadores de Raças Selectas
Associação Portuguesa de Bovinicultores
SETAA - Sindicato da Agricultura, Alimentação e Florestas

PROMEC - Sociedade Comercial de Máquinas e Equipamentos, Lda.


SAPEC-AGRO, SA

PEGRIL - Mecanização Pecuária e Agrícola, Lda.

Lobo Alves & Amaral, Lda.

Associação Nacional dos Engenheiros Técnicos 

Associação Comercial e Empresarial de Santarém

Associação do Comércio Automóvel de Portugal

 

 

Os orgãos sociais são estes:

 

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente - João Pedro Gorjão Cyrillo Machado - C.A.P.
Administrador - Luís Miguel Correia Mira - C.A.P.
Administrador - Francisco João Bernardino da Silva - CONFAGRI
Administrador - Nuno Artur Duarte - NOTAI
Administrador - Francisco Xavier Belo van Zeller - C.I.P.
Administrador - Ramiro José Jerónimo de Matos - C.M.S.

ASSEMBLEIA GERAL

Presidente - Diamantino da Silva Diogo - CONFAGRI
Vice-Presidente - José Canha - M.A.D.R.P.
Secretário - Jorge Paulo Ferreira - Assoc. Com. Emp. Santarém

CONSELHO FISCAL

Presidente - Francisco Maria Moita Flores – C.M.S.
Vogal - José Júlio Rosa Eloy - Agro Ribatejo, Lda.
Vogal - José Esteves da Cunha - Stª Casa Misericórdia Santarém
Vogal - Hélia Santos Duarte Félix - R. O. C.
Suplente - José Maria Mora de Campos - Casa do Ribatejo
Suplente - Vitor Manuel Rodrigues de Oliveira - R. O. C.

in http://www.cnema.pt/parque_ap_org_sociais.php

 

 

Onde anda o Alves?

 

E a CMA faz negócios com ele!!!!

 

E o Governo dá-lhe incentivos !!!!!

 

Começo a pensar que eu, Miguel Abrantes, sou o Napoleão Bonaparte!!!!!

 

 

a) Napoleón I , Imperador dos Franceses e arredores

 





publicado por porabrantes às 11:50 | link do post | comentar

O Correio da Manhã não larga o osso

 


Agora conta que o patrão de Alves & Cª, o excelentíssimo Barão só ganha 1.100 € mensais

 

 

Se o Patrão ganha isso Nelson Carvalho irá ganhar o salário mínimo

 

Passará a ser um pelintra como o Sr.Pico equivocadamente dizia que já fora......

 

Não terá dinheiro para pagar sequer uma bica à Chefa.........

 

Organizamos uma quete para socorrer o pobre Nelson Carvalho?

 

A Obra está disponível para ajudar.

 

Correio da Manhã

Barão Vermelho’ ganha 1100 euros

Alexandre Alves, presidente da RPP Solar, disse às Finanças que apenas ganha 15 400 euros por ano de uma empresa de recursos humanos

 

Saiba mais na edição de hoje do jornal 'Correio da Manhã'

 

Outro dia glorioso para a indústria de fotocópias da Barão da Batalha!!!!

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 09:16 | link do post | comentar

Sábado, 19.06.10

O industrial Alexandre Alves e o seu representante abrantino Nelson Carvalho assumiram uma popularidade nacional quando se lançaram na campanha ''anti-maricas'' promovida pelo primeiro, que se queixava que o seu investimento abrantino não era compreendido pelos deputados porque não tinha  maricas.



Estas declarações feitas na presença dum membro do governo, da Presidente da Càmara de Abrantes (ardente católica) e do ex-seminarista Nelson de Carvalho produziram uma série de comentários dos leitores do Correio da Manhã que passamos a seleccionar:

 

O Sr Anónimo:

Isso diz ele... Acho piada as pessoas dizerem essas coisas e nem perceberem que a orientação sexual não se vê... se calhar, um dia ainda há-de ser um médico homossexual a salvar-lhe a vida.

 

O Sr.Pereira:

Engraçado! Não há nos comentários nenhuma referência à FNAC. FNAC Angola, FNAC Moçambique. Graças a Deus os portugueses não têm memória nenhuma. Esperem para ver!!!

 

O Sr.Robertão ( um gajo desconfiado)

Muito machos de dia e à noite são Amélias no Parque Eduardo VII.


O Sr.Odivelas (macho latino)

Boas frases!Um Homem com H grande!Parabéns pela coragem de enfrentar esse bando de protectores de maricas!Bem Haja


O Sr Anónimo (Economista)

Com a crise é negócio sem futuro. Electricidade fotovoltaica é subsidiada entre 330 e 540MWh, quando o custo médio de energia ronda os 35/45MWh. Com a crise os apoios rapidamente morrerão, como já sucede em Espanha.

 

O Sr.  Luís Filipe  (desconfiado)

Vai levar 128 milhões para fechar a fábrica daqui a 2/3 anos e depois chama nomes a quem lhe dá o pão! Seguindo a lógica politiqueira: cavou a própria sepultura!

 

(continua)

Selecção e montagem de Adérito Abrantes

Texto de M.Abrantes



publicado por porabrantes às 16:32 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O Sex-appeal da energia s...

O PARCO ORDENADO DO BARÃO

Alves & Cª e o Cnema

O ordenado do patrão do S...

Comentários à campanha ''...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds