Quinta-feira, 27.12.18

A. encontrava-se obrigado a passar certo tempo na penitenciária de Torres Novas....... por dias livres....por conduzir sem carta.  (Processo Sumário n.º 407/11.8GBABT, do 3º Juízo do Tribunal Judicial de Abrantes. )

A. começou a faltar à cadeia.

Porque alegadamente começou a consumir substâncias estupefacientes.

Em Março de 2013, ingressou no ‘’Projecto Homem’’, ano em que descobriram as irregularidades que levam o Presbítero aos Tribunais....

Depois ingressou na ''Associação Envolve'', no Rossio ao Sul do Tejo, como artesão....

Em 13-9-2013, enviou ao Tribunal um relatório da ''Envolve'', que entre outras pretendia justificar porque faltava às estadas que tinha de passar em Torres Novas

Também era voluntário na ''Adaca'', a associação que gere os canis, cá da região....

Também achava que isso o impedia de ir passar uns dias em Torres Novas e isso brandiu  no recurso para a Relação de Coimbra.

Recorreu, porque o Tribunal de 1º Instância o tinha condenado a cumprir o que lhe faltava da pena, na cadeia, pelas faltas sucessivas que dera.

Também aduziu que estava a ganhar cerca de 500 € e que se voltava à cadeia, perdia o emprego.

A Relação rejeitou o recurso. E  mandou-o cumprir integralmente a pena.

'' O que os autos evidenciam é, portanto, uma completa falta de adesão do condenado ao cumprimento da pena de prisão por dias livres e ao atingimento dos seus efeitos com evidente prejuízo para a realização das finalidades da punição. ''

Voltemos ao que fazia na ''Envolve',' -''cumprir um programa de integração social e reintegração e ali permanece entre as 8h30 e as 21h’’

Ai celebrou por volta de 1-10-2013 um contrato de trabalho e auferia 485€.

Quem era o rosto visível da Envolve?

O ex-candidato socialista André Freire.

Segundo ele, a ''Envolve'' geria, em 2014, o Programa Escolhas – 5ª GERAÇÃO (Projeto de Inovação com Caráter Experimental'' para ''Este projeto direciona-se para jovens entre os 15 e os 30 anos, em risco de exclusão social, provenientes de famílias desfavorecidas e licenciados desempregados.''.

Eram parceiros da ''Envolve''.......''.Tagus – Associação de Desenvolvimento do Ribatejo Interior; Nossa Horta - Sociedade Unipessoal, Lda; JFSMR - Junta de Freguesia de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo; Associação de Agricultores de Abrantes, Sardoal e Mação; Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes; Fajudis – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Santarém.''

Ou seja quando o pobre A foi parar à Envolve  deve ter encontrado um narcotraficante internacional a gerir programas de reabilitação. 

E se calhar a assinar relatórios para os Tribunais

E quando passou pelo Projecto Homem......encontrou tipos a desviarem dinheiro das arcas públicas, segundo os Tribunais.

A devia ter explicado à Relação, que era uma vítima dum sistema iníquo e ineficiente de reabilitação.

Um sistema onde um narcotraficante se dedica à reabilitação, é a prova concreta que isto está podre....

Porque não funcionam os mecanismos de inspecção.

Volto ao ''Projecto Homem'' -como é que se desintoxica alguém num escasso prazo de 2 meses?

Terão comprado a patente ao André Freire?

O pobre A......não explicou isto aos Juízes e lá foi para a Torrres Novas.

E quem merecia lá estar, bastante mais que ele, mesmo em preventiva, é quem rouba o Estado e se dedica ao narco-tráfico internacional.

Quanto a quem os legitima e contrata com eles,  e os candidata !!!  omitem-se  comentários.....

É a nossa caridade natalícia!

  

ma

Acordão de 2014 da Veneranda Relação de Coimbra

 



publicado por porabrantes às 16:46 | link do post | comentar

Segunda-feira, 03.04.17

Tendo em conta que o ex-candidato PS à Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de S.Miguel do Torto e Rossio ao Sul do Tejo, André Freire foi apanhado pela Judiciária do Porto com a mão na massa, era prudente as entidades que colaboram com o promissor apóstolo da economia ética (seja lá o que isso seja) terem tirado as devidas conclusões.

Mas parece que não tiram

freire.png

ver aqui página da Cooperativa Envolve

 

Já sabemos que há presunção de inocência, mas também deve haver presunção de prudência.

mn 



publicado por porabrantes às 21:49 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.12.16

20059879_r0J7u.png

Médio Tejo

 

15541532_1325569277465009_7158452433629544706_n.jp

Comando Metropolitano do Porto/PSP

 

freire.png

 Correio da Manhã com a devida vénia

 

Como se recordam foi detido na primeira fase desta operação, o Vice-Presidente da Verdeperto, André Freire.....que está na foto do Médio Tejo, parece que o rapaz era perito em finanças éticas

ma

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 20:21 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.11.16

mirante freire.png

Mirante faz-nos o favor de confirmar todas as informações dadas sobre o caso André Freire. Ainda não leram as notícias dos subsídios da CMA à Verdeperto.

Já agora em que condições foi cedida a Quinta da Nora à Verdeperto?

E que tem o Bispo de Portalegre a dizer nisto?

E continuamos à espera que o cabeça de lista por acidente à União de Freguesias do Rossio e de S.Miguel, o vigilante da Natureza Luís Alves

luís alves.png

explique porque é que não esteve suficientemente vigilante nos convites feitos para compor as listas.

Dizemos que foi cabeça de lista por acidente, porque o nº1 era o Valamatos, afastado por um recurso judicial, apresentado pelo Bloco.

Que alguém assuma a responsabilidade política desta paródia tragico-cómica!

A Hália Santos, era a porta-voz da candidatura socialista, que nos explique, lírica e profunda, como apresentaram um candidato que já fora preso no Brasil.

Quanto à Verdeperto que nos diga, que como teve um auto-intitulado ''manager'', a

quem a polícia brasuca, no intervalo de procurar o miserável que matou D.Rosalina,

deteve ?

verdeperto 5.png

 

manager.png

 

Entretanto no Solar dos Presuntos espera-se uma jantarada transmontana entre o Domingos Duarte Lima e o António Esteves, licenciado em Vinhos e Petiscos, para debater a situação processual dum matador de velhas ricas.

ma

 



publicado por porabrantes às 10:51 | link do post | comentar

Sábado, 19.11.16

A Senhora D.Teresa Almeida mandou pró Mirante um desmentido sobre o Sr. André Freire, diz mais ao menos que ele era um cooperativista como os outros, mas na Internet há muitos vestígios do seu papel como face visível da Verdeperto

 

verdeperto.png

Sugerimos aos curiosos que telefonem para o nº 936187952

 

Mais informações aqui

 

Há mais disto? Há

 

ma



publicado por porabrantes às 11:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.11.16

cabazada.png

Esclarece-nos a douta direcção da Tagus, como é que um senhor que foi preso no Brasil, segundo o Correio da Bahia e o Jornal de Notícias, goza do apoio da Tagus para andar a fazer isto????

a nossa horta 2.png

Lida a legislação aparentemente podia ter direito ao apoio, mas dá-lo é um escândalo público!

 

Vai a Tagus também mandar um desmentido, como a Verdeperto a dizer que não tem nada a ver com o Freire?

 

Fracamente, poupem-nos

ma

 

cortou-se o nome de 2 pessoas no anúncio da Tagus 

  



publicado por porabrantes às 17:08 | link do post | comentar

Transcreve-se o comunicado divulgado na página web da Verdeperto

comunicado 2.png

1- As ''acusações'' não são alegadas, existem. Foram feitas pela PSP do Porto e a PSP do Porto, num canal oficial, não se coíbe de trancrever artigos que revelam nomes, ao contrário da imprensa abrantina e da Verdeperto

psp porto.png

 A benemérita corporação policial divulga no facebook vários artigos de jornal que confirmam o que indiciámos, o André já tinha sido preso no Brasil, por tráfico de drogas....

andré freire jn psp porto.png

 2-A Verdeperto omite que o André Freire foi o rosto visível da Cooperativa em actos oficiais, pousando ao lado de responsáveis políticos, que abençoaram as actividades dessa associação.

andré freire encontro.png

( captura de écrã, dum artigo da Margarida Serôdio, no Médio Tejo,a 1-7-2016, reproduzido com a devida vénia) .

O mínimo que se exigia à Verdeperto é que anunciasse um inquérito interno.

As declarações do André falavam em ''finanças éticas'', depois da apreensão duma elevada quantidade de dinheiro, pela PSP, achamos melhor o tipo não voltar a falar em ética.

As declarações do André revelavam um perfeito alinhamento com a política caciquista que vigora nesta terra, aliás em consonância com a sua candidatura pelo PS no Rossio ao Sul do Tejo.

E são completamente acríticas, não passavam de propaganda barata dum projecto político que faz perder população jovem a este concelho, a um ritmo alucinante.

3-Dizia o Correio da Manhã, que foram feitas buscas à sede da Cooperativa, se o foram, como é que a Direcção não sabe de nada?

As buscas são feitas por mandato judicial e terão de ter estado presentes responsáveis da cooperativa. O comunicado é omisso em relação a este facto...

Curioso....

4- Continuamos a aguardar uma explicação do Partido Socialista para ter escolhido um candidato que já fora preso no Brasil por tráfico de drogas.

O PS deve essa explicação aos abrantinos e devia ser a cacique ou o Bruno Tomás a dá-la.

Devíamos ser mais duros? Dada a enorme quantidade de droga apreendida, provavelmente....

 

ma

 

ps - O Comunicado da Verdeperto é duma estrondosa infelicidade. Deve ser, como escreve hoje, a Hália Santos, ''todos temos momentos infelizes'',

Para quem quer seguir o assunto recomendamos uma visita à página facebook do Comando Metropolitano da PSP/Porto, que não para de falar neste caso  e donde se respigou parte da informação citada

psp poro 2.png

 

 

 



publicado por porabrantes às 09:35 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.08.13

Diários De Um Gangster Português (eBook)

 

 

 

(...) ''Salvador, juntamente com as restantes testemunhas deslocou-se à lixeira de Abrantes, onde depositaram o Alfredo no meio dos pneus, ateando-lhe o fogo pouco depois (....)  

 

 

 

 

 

 

 

''Sinopse
Vitorino da Piedade Nunes foi um dos mais célebres cadastrados portugueses. Entre polícias e ladrões, advogados e guardas-prisionais, era conhecido por Dillinger, em alusão ao gangster da América dos anos 30.
Instigado pelo próprio pai, o qual seria condenado pela morte do avô, Vitorino cometeu os primeiros crimes ainda na infância. Poucos portugueses passaram tanto tempo atrás das grades como ele. Depois de trinta anos a entrar e sair de prisões, voltou finalmente à terra natal, onde roubara os primeiros animais e fizera as primeiras patifarias, mas não para se redimir: o seu nome foi então envolvido em duas mortes.
Baseado nesses escritos e narrado com o ritmo absorvente de um romance, Diários de um Gangster Português reconstitui a vida de um bandido implacável mas fiel a uma certa ética. Um homem que, no fim, conseguiu cumprir o seu maior desejo: morrer em liberdade.
Diário de um Gangster Português de André Rito''



http://www.wook.pt/ficha/diario-de-um-gangster-portugues/a/id/12361613



Em vez de ficção policial para as férias, não-ficção policial.

Leia crimes abrantinos reais e sanguinários, dignos do nosso célebre ''parâmetro normal'', esperando que a edilidade não declare por edital que Abrantes é  segura.

Um jovem jornalista, o André Freire, reconstitui a vida de um malandro, natural de Tomar (tinha de ser) e conta-nos alguma coisa sobre os bas-fonds deste ordeiro concelho.

A crónica negra abrantina pela pena estimável deste escritor naturalmente sem subsídios camarários nem da sociedade civil


 


MA


peço desculpa por só ter dado pelo livro do André, agora.....


publicado por porabrantes às 18:10 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O sistema de reabilitação...

Presunção de prudência

Depois do Freire preso, P...

O Mirante confirma-nos

Desmentidos à abrantina

Saia um cabaz da Tagus

A Operação da PSP/Porto e...

Crime na lixeira de Abran...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds