Terça-feira, 13.10.20

img20201013_19563524.jpgDeclarações de António Farinha Pereira,  na República de 4-10-1960 ( é uma repescagem pois morreu em 1949)  sobre quem fez a República em Abrantes. Para ele os nomes são: dr. Ramiro Guedes, José António dos Santos, Oliveira Neto, Rodrigo António, Joaquim Leite, Manuel Inocêncio da Costa, Roque José Delgado, coronel António Maria Baptista, Zeferino Alves da Silva, Vergílio Bastos e outros. Há silêncios que falam por si. Boa parte dos referidos não aparece nos estudos publicados pelos ''historiadores locais''. E naturalmente aparecem ''adesivos'' aos montes

afp almanaque r..bmp

ps- ao contrário do que diz AFP....o dr. Guedes era lisboeta .....



publicado por porabrantes às 20:34 | link do post | comentar

Sábado, 03.10.20

afp.png

Em Março de 1912, António Farinha Pereira entra em conflito com os democráticos e ameaça publicar livro com todos os podres do movimento republicano, especialmente do Valente da Pera.

File:Antonio Farinha Pereira (Album Republicano, 1908).png

O livro é divertido.

Diz que pagou o jornal do Aurélio (''O Abrantes'') e não está para o aturar.O jornal tornara-se num sectário pasquim afonsista.

Nos anos 20 voltaria à facção maioritária do PRP.

E o Aurélio a ser companheiro de caça às perdizes do F.Pereira.

ma 

 



publicado por porabrantes às 21:29 | link do post | comentar

Segunda-feira, 03.08.20

Na sequência duma ronda de comícios pelo Médio Tejo, os republicanos terminam as jornadas de propaganda em Abrantes.

Era Fevereiro de 1907, depois do comício na Praça de Touros, cedida gratuitamente pelo lavrador Franco.

No Hotel Comercial há um banquete. Anima a festa a Tuna Rossiense.

Preside Ramiro Guedes, tendo à direita Bernardino Machado e à esquerda António José de Almeida.

Falaram José Eugénio Nunes Godinho (Constância), Guilherme Godinho (Almeirim), Bernardino Machado, Ferreira Caiado, Justo da Paixão,        Anselmo Xavier, Pereira Camacho, Manuel Esteves, Martinho Costa, Pedro Paulo de Carvalho e António José de Almeida (etc)

Presentes: Adolfo Augusto Fernandes, António Farinha Pereira, Fernando António Assis, António Augusto Salgueiro, José Heitor Marques, Aurélio Netto, João Lopes Gueifão, Ramiro Guedes, Manuel Oliveira Netto, Joaquim M. Almeida Beja,Manuel Lopes Esteves, António Ribeiro Gomes dos Santos, João Alves Matias, José Eugénio Nunes Godinho, Manuel Caldeira Queiroz, Pedro Paulo Carvalho (os dois das Galveias), João Rodrigues dos Santos, António C. Alcaravela Júnior, José António dos Santos, Manuel João da Rosa, António Martinho da Costa, Alarico Alves Ferreira, Luís Marques Pires, Justo DR da Paixão, Virgílio Bastos, João Pereira, Joaquim R.Sequeira, Artur R.Sequeira, José Mendes, Zeferino A. da Silva, Artur Jorge da Silva,  Valente Júnior, Silvério da Silva, Manuel J.S.Bastos, Francisco Cardoso e António Laurentino da Cunha.

(''O Mundo'' de 3 e 4 de Fevereiro de 1907)

Ilustram o artigo fotos  com destaque de Justo da Paixão e António Farinha Pereira e ainda fotos dos netos de Ramiro Guedes, com Bernardino e António José de Almeida.

File:Antonio Farinha Pereira (Album Republicano, 1908).png ...

António Farinha Pereira

No Jornal de França Borges, a quem é dedicado um ''toast'' pelos presentes no Banquete, não se refere qualquer promessa de elevação da Vila a Cidade.

Se repararem bem faltaram  ao banquete o João Damas..e o militar António Maria Baptista, que vão ter cargos importantes, depois do  5 de Outubro, mas a lista dos presentes é quase da lista dos republicanos históricos abrantinos e da região em 1907 .... 

ma

PS- só dei com isto graças a D.Maria Justina Bairrão Oleiro,  que soube preservar o Arquivo do seu Pai, a ela o meu obrigado

 

.

 

                                    



publicado por porabrantes às 08:02 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.07.20

 

 

Os vencedores da jornada do 5 de Outubro em pose vitoriosa. O povo que se bateu em Lisboa contra os soldados de Paiva Couceiro com a galhardia que os portugueses costumam mostrar quando se batem pelo que acreditam, não está cá.

 

Estão cá os drs do PRP e os influentes eleitorais da Província. Incluídos os abrantinos. A maior parte deles homens de honra que em breve estará nas filas da oposição contra Afonso Costa.

 

 

 

Agora o agradecimento ao grande jornalista responsável por um dos melhores semanários lusos de todos os tempos, ''A Vida Mundial'' , Carlos Ferrão . Este número da V.M. de  2-10-70,  onde saiu esta gravura, aquando do 60º aniversário da República, todo dedicado ao 5 de Outubro, ainda é hoje das melhores coisas sobre o evento. Era ele o director e a alma desta grande revista.

 

E o melhor para uma crónica abrantina, quais são os de cá que aparecem neste quadro de honra do PRP, que era também um mapa das relações de poder existentes no novo Portugal? Veremos a identificação, mas os rostos quase não são reconhecíveis, estão quase ignotos , sinal de que o P.R.P. de Abrantes pesava pouco em Lisboa.

 

Sinal de que o bonito conto que nos querem vender do peso de Abrantes no movimento republicano foi escasso.

 

Quais são os abrantinos? Identificamos Ramiro Guedes, Manuel João da Rosa, António Farinha Pereira e Justo Rosa da Paixão.

 

Mais nenhum.

 

Se o leitor descobrir mais algum  agradecemos que nos diga.

 

mn



publicado por porabrantes às 12:43 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.07.20

Em 12 de Outubro de 1896, o dr. Juiz, João José Lobo de Moura, mandava o escrivão Segurado, publicar edital  sobre as dívidas  do falido Soares Mendes, o João José, de que era cabeça de casal D.Ana Caldeira de Figueiredo Soares Mendes, avisando o povo, de quais eram os credores que tinham reclamado os seus créditos.

Os credores eram:

General Avellar Machado, morador na R.Madalena, 125, º -Lisboa

 

Tomé Pereira de Lima, de Lisboa

O Banco de Portugal

O Banco Eborense

O Banco do Minho

Companhia Crédito Predial

Policarpo Ferreira dos Anjos de Lisboa

 

D.Amélia Garcês Moncada Alpoim, de Mangualde 

 

A D. Ana Caldeira viu-se aflita para safar os seus bens, entre os quais o Solar Caldeira, no Rossio.

Casa Caldeira (recordar é viver) - Cidadãos por Abrantes

Quem fora um dos administradores da falência chamava-se António Farinha Pereira.

mn

 



publicado por porabrantes às 14:10 | link do post | comentar

Sábado, 18.01.20

Em 21 de Junho de 1907, D.Carlos visita Abrantes, em plena crise política (era a ''ditadura'' de João Franco). Em Fevereiro, tinha havido um grande comício republicano na Praça de Touros. Pelas mesmas datas José Relvas aderia ao PRP e abria o Solar dos Patudos à propaganda republicana. Em 1906, os republicanos tinham tido cerca de 300 votos no concelho, frente a cerca de 800 dos dinásticos. Era Presidente da Câmara, o dr. Bairrão (regenerador). Formara-se o núcleo local dos franquistas, regeneradores-liberais, onde apareciam o solicitador  Almeida Frazão, e alguns militares como Jacinto Carneiro e Silva e Abel Hipólito.

d.carlos 1

O correspondente local do Diário Ilustrado (franquista) é um importante vulto local, muito ligado a João Franco.

d.carlos 2

D.Carlos vinha visitar as unidades militares e seria hóspede do Conde de Alferrarrede.Com ele, o General Vasconcelos Porto, Ministro da Guerra e ferrenho franquista.

d.carlos 3

Por isso, Alferrarede teve uma importância especial na visita, o Rei visitou as fábricas que agora se concentravam no arrabalde da cidade, mas teve uma surpresa, quando descia a Ferraria, hoje R. 5 de Outubro ,teve de passar pela casa do influente republicano, António Farinha Pereira

 

afp casa

No muro a seguir rubras e garrafais letras proclamam:

Viva a República!

d.carlos alf

O Vicente Themudo era o dono do Tainho e Pouchão. Da visita ao Sardoal temos foto e descrição no site Sardoal com Memória, que explica a polémica com os jornais republicanos abrantinos e as circunstâncias políticas da visita.

 E temos uma extraordinária foto

d.carlos sardoal

Ilustração Portuguesa

A visita foi breve a 22 El- Rei demandava Lisboa

  

el-rei abrantes

Ao mesmo tempo, João Franco desafiava os republicanos e a oposição monárquica (dissidentes do Alpoim, Regeneradores e Progressistas do velho cacique José Luciano) visitando o Porto e o latifundiário dos Patudos, herdeiro duma família que acolhera regiamente na Golegã, os marechais do liberalismo, depois da vitória da Asseiceira, recebia os seus novos amigos no palacete

bernardino patudos

e incendiava a Praça de Touros de Santarém, enquanto o Rei se assegurava da fidelidade das guarnições abrantinas.relvas 1

relvas 2

As mulheres de Ribatejo escutando o tribuno. As fotos são da Ilustração Portuguesa e as do comício republicano, do grande fotógrafo Josua Benoliel.

mn  

bibliografia : Eduardo Campos- cronologia para os dados eleitorais, Rui Ramos, D.Carlos, para enquadrar o contexto.

Depoimento oral do Dr.José Guedes de Campos

etc 

 

 



publicado por porabrantes às 22:07 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.07.18

afp 2

1948 artigo de Rocha Martins ( informação do dr. Raul Rego) 

 

 



publicado por porabrantes às 21:52 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.05.18

 

manuel lopes chefe

Numa entrevista ao Médio Tejo, o Manuel Lopes (aqui numa imagem RTP escoltando Cunhal quando este desembesta ferozes diatribes aos críticos do estalinismo, cuja face mais visível ,em Abrantes, era o dr. Rolando Silva) faz umas revelações interessantes sobre o PREC.

Vamos comentá-las, mas agora vamo-nos concentrar nesta ''ocupação'' de que se gaba o homem.

Segundo as declarações só conseguiram ocupar uma casa que estava devoluta, propriedade da ''senhora Julieta Farinha Pereira''.

O edifício propriedade da D.Julieta era este:

casa dr. orlando

 

Nele vivia, num andar arrendado, o Dr.Orlando Pereira, subchefe local do PCP, porque a chefa era a mulher, Senhora D. Fernanda Corte Real e Silva Pereira, que na época ainda não era licenciada, porque se formou depois de Abril.

Era a ''chefa'' da quase ausente estrutura comunista local e segundo Eurico Consciência '' mais sectária que Cunhal e Brejenev juntos''.

Quem era a única vítima do Manuel Lopes, o OKUPA????

julieta

É a senhora à esquerda da Tia Mary Lucy.

Julieta Farinha Pereira, mulher duma ampla cultura, incorrigível fumadora, era filha de António Farinha Pereira, que fora um dos mais importantes dirigentes republicanos abrantinos, e que ao longo da sua vida manteve uma inquebrantável fé em que a Ditadura cairia.

( ver aqui artigo de AFP na ''República'')

content

O Carlos Ferrão ainda, em 1963, neste livro evocava essa fidelidade a um ideal liberal....

E o velho Farinha Pereira morrera em 1947.....

O irmão de Julieta Farinha Pereira, o Fernando padecera a cadeia por liberal e maçon, e na cidade proliferavam casas vazias e fascistas, mas o prédio que a D.Julieta erguera, com as suas economias, em vez de ir investir em andares em Lisboa, seria o alvo dum homem que se gaba de ser ''amigo'' dum fascista notório, o Isidro Sequeira Estrela.

Lá impuseram em nome duma legitimidade da treta, o inquilino que quiseram à D.Julieta.

Em 1975, o outro inquilino, o Dr. Orlando Pereira era candidato pelo MDP e cobria-se de ridículo com uma miserável votação nas eleições para a Constituinte, porque um povo sábio viu que o PCP lhe estava a vender gato por lebre.

O MDP era o PC disfarçado.

O Dr.Orlando Pereira, que atravessava circunstâncias financeiras particularmente difíceis, foi nomeado para Notário em Lisboa. Para lá foi.

Era 1975. Ao longo de anos manteve a casa alugada desabitada em Abrantes, com a tolerância da D.Julieta.

Naturalmente a Comissão de Moradores não foi verificar se a Casa do Camarada Orlando estava vazia e se lhe devia ser dado destino mais útil.

Não se faz isso a um Camarada, especialmente se é um Chefe.....

A D.Julieta podia ter despejado o Dr.Orlando, mas achava que não se devia fazer isso, a um homem que atravessava circunstâncias financeiras delicadas e cujo filho padecia a cadeia por motivos políticos.

Também podia ter feito isto ao Manuel Lopes e aos ''okupas''

difamaçao

Não fez, é lá com ela.

Mas ao ajudar a fundar o Colégio de Nossa Senhora de Fátima fez certamente mais que o Manuel Lopes por esta terra.

Já agora quando é que o Lopes nos conta como é que  o Vereador Campante  ''roubou'' umas metralhadoras para ajudar a montar uma ditadura, que seria dez vezes pior que o fascismo, nesta terra????

ma

 

recorte : Tal e Qual

foto do julgamento por dimafação do executivo da CMA por queixa do Anacleto, em que o Manuel Lopes e os outros réus pediram humildemente desculpa ao queixoso. A crónica do Ferreira Fernandes sobre isto é ''imperdível'' ........



publicado por porabrantes às 16:24 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.04.18

taborda costa ocid.png

taborda comissão.png

 já tinha visto algum publicista local escrever a história do monumento a Taborda, mas por algum motivo omitiu que SMF el-Rei D. Manuel II foi um dos que deu mais dinheiro, como SMF a Rainha D.Amélia, a Viscondessa de Alferrarede que deu 30 mil réis....

Empatado com o Rei estava Casimiro José de Lima

 

A pensão a Taborda foi outorgada pelo avô de D.Manuel II, el-Rei D.Luís

 

Curioso ver os republicanos locais como Ramiro Guedes e António Farinha Pereira andarem a pedir dinheiro ao Rei de Portugal e à viúva do monarca assassinado pelo Buíça.....

 

A alma do monumento foi Solano de Abreu

 

mn

 

recorte de Ocidente de 30-8-1910   



publicado por porabrantes às 21:17 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.11.17

afp.jpg

 

Um testemunho essencial para a história da República em Abrantes. Um ataque implícito a João Damas (a quem se nega o título de republicano histórico). Um ataque claro a Oliveira Salazar

 

''As instituições republicanas, estruturalmente liberais e democráticas: são, ainda, no nosso tempo, as melhores formas de governo. Por isso o nosso sonho é ainda República Liberal e Democrática''

 

António Farinha Pereira

 

Para que conste que nesta terra nem todos foram fascistas

 

Como é que a plêiade de historiadores locais dissertou sobre AFP sem o ler???

 

E sobre a História da República sem ler o que ele escreveu?

 

Talvez se ponha  um dia destes a prosa completa, quanto ao livro dele, a coisa fia mais fino.

ma

 

 



publicado por porabrantes às 19:52 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Quem fez a República em ...

Farinha Pereira abandona ...

Os republicanos de 1907

Os Vencedores

Avellar Machado apanhado ...

El-Rei em Abrantes (1907)...

República homenageia Antó...

Manuel Lopes, o OKUPA

D.Manuel II dá 50 mil réi...

António Farinha Pereira a...

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds