Terça-feira, 17.04.18

 

abrante

 
Ama Abrantes
· 12 min ·
 

Assembleia Municipal de Abrantes

Por lapso o ponto 8.a) da ordem de trabalhos da sessão ordinária de 20 de abril de 2018, não foi bem identificado, pelo que solicito que procedam à substituição da ordem de trabalhos enviada no dia 13 de abril, pela que é disponibilizada agora já com a devida correção.

EDITAL

...

Sessão ordinária – 20 de abril de 2018

Nos termos dos artigos 49º, nº 3 e 53º, nº 2, da lei nº 75/2013, de 12 de setembro, torna-se público que a Sessão Ordinária da Assembleia Municipal terá lugar SEXTA-FEIRA, dia 20 DE ABRIL DE 2018, às 14H:30M, no EDIFÍCIO PIRÂMIDE, em Abrantes, com a seguinte
ORDEM DE TRABALHOS:
- Expediente;
- Aprovação da ata nº 1/2018;
- PERÍODO DE ANTES DA ORDEM DO DIA;

- ORDEM DO DIA:
1. - Informação escrita da Presidente da Câmara Municipal acerca da atividade Municipal;
2. – Nomeação do Conselho Municipal de Educação para o quadriénio 2018-2021; (PG – 384281)
3. – Apoio às Juntas de Freguesia no âmbito do Programa Abrantes +Branca – aquisição de cal 2018; (PG – 389042)
4. – Apoio à União das Freguesias de Abrantes (S. Vicente e S. João) e Alferrarede para a realização do XIX Grande Prémio de Atletismo Cidade de Abrantes; (PG 392056)
5. – Autorização para assunção de compromisso plurianual para “Aquisição de serviços para circuitos especiais de transportes escolares no concelho de Abrantes, para o ano letivo de 2018/2019; (PG - 388019)
6. – Prestação de Contas 2017 – Câmara Municipal de Abrantes e Serviços Municipalizados de Abrantes; (PGs – 384990 e 392312)
7. – 1ª Revisão Orçamental do ano de 2018 – Serviços Municipalizados de Abrantes; (PG – 392313)
8. – Mercado Diário de Abrantes:
a) - "Para que não subsistam dúvidas de que o edifício do antigo mercado diário não será demolido." – PSD;
b) – “Contra demolição do edifício do Antigo Mercado Diário” – BE;
9. – Recomendação “Por um Julgado de Paz em Abrantes” – BE;
10. – Recomendação “Reflorir Abrantes”, por uma cidade florida!” – PSD;
11. – Recomendação “Uma oportunidade para mitigar uma ofensa: atribua-se o nome de Eurico Heitor Consciência a uma rua.” – PSD.

Intervenção dos Cidadãos.

Abrantes, 17 de abril de 2018

O Presidente da Assembleia Municipal
António Lucas Gomes Mor

 

A douta mesa tinha metido no edital anterior :

8. – Mercado Diário de Abrantes:
a) - Petição “Não à demolição do histórico Mercado Diário de Abrantes! Não à destruição da alma abrantina!” – PSD;

 

Do ponto de vista formal a alteração é ilegal

mn



publicado por porabrantes às 10:41 | link do post | comentar

Domingo, 26.06.16

 

Um político tem deveres e o mínimo que se lhe exige é que não seja absentista.

mor am.jpg

Em 2005 havia eleições para escolher o Presidente da Assembleia da Comunidade Urbana do Médio Tejo (CUMT). O Relvas era o chefe da lista da Direita e o Nelson Baltazar, o da lista PS. Pois bem o dr. Relvas, licenciado por uma Universidade que não ficava no Edifício Carneiro, temia perder. Mas foi eleito, porque faltaram à sessão 2 membros PS, entre eles o Mor.

O Mirante diz que o Mor e  outra PS ''traíram'' o Baltazar. A razão é sabida por todos, os que andam na medíocre polítiquice abrantina.

Mas o Mor levou uma medalha de lata, enquanto um Presidente da Assembleia Municipal PS, mais antigo que ele no cargo, o Sr. Dr. Manuel Duarte dos Santos, não foi distinguido.

Explicam-nos porquê?

Terá sido porque o absentismo do Gomes Mor favoreceu a Direita e um tipo do calibre moral e académico do Relvas?

caldeira da bolsa.jpg

 Caldeirão da Bolsa

 

 

Sugerimos que o Fernandes, grande amigalhaço do Relvas, dê uma medalha de lata laranja ao Gomes Mor, por bons serviços prestados.

ma 

  



publicado por porabrantes às 13:21 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19.03.15

 

É um terreno penhorado num sítio nobre, o Largo do Cruzeiro, onde se levanta a mansão do sr. dr. Gomes Mor, digníssimo Presidente da Assembleia Municipal.

É certo e sabido, que o Largo se encontra desvalorizado, porque uma brigada de inimigos do verde capou todos os viçosos plátanos que davam sombra aos miúdos e reformados, que se serviam do Largo para espairecer.

É certo e sabido, que os péssimos serviços municipais de urbanismo assassinaram o Largo e que quando a cacique lá foi inaugurar a modernização,  o povo, cáustico e impiedoso,  baptizou a obra  em queixas argutas ao Mirante.

urinol.jpg

 

 

A ''arquitecta'' responsável Maria João Espadinha, segundo o Mirante  resolveu rebaixar  a fonte e o povo disse que aquilo parecia um urinol.

Eis o povo espantado contemplando o urinol:

largo do cruzeiro.jpg

O povo e o Presidente da Assembleia Municipal, da varanda da sua mansão, já não podiam ver os plátanos, que tinham sido massacrados, apesar de estarem em grande forma

plátanos.jpg

como disse ao Mirante, o senhor e grande bairrista  Joaquim Gil Couvelhas : ''a generalidade dos plátanos estava, garantidamente, em boas condições de conservação e não constituía risco de qualquer espécie".  Quanto às enormidades ditas pelo então subcacique pagacho (o cacique-mor é outro) o diabo que as carregue....

 

As desculpas ditas pelos serviços municipais estão aqui escalpelizadas. Disseram que a substituição era gradual e cortaram-nos todos, para que não fizessem sombra ao mais vergonhoso e boçal caciquismo rural. E também são aqui desfeitas.

 

O programa eleitoral dos tipos que cortaram as árvores é este:

digital.png

 E foi inserido na net, com muitos outros do PS abrantino, pelo sr.Guilherme Pires, do Algueirão

guilherme pires.png

 

 

 Bem as Finanças vendem

 

1/5 do artigo urbano 2561, sito no Cruzeiro , freguesia do Pego, concelho de Abrantes , parcela de terreno destinada a construção urbana área 180m2, inscrito na Conservatória do Registo Predial sob o nº 1224/19951026.
 
o preço é barato:Preço Base de Venda: € 1.254,40
 
o prazo é curto: Data/hora limites para aceitaçao das propostas: 2015-03-27 às 10:00
Data/hora e local para abertura das propostas: ABRANTES, 2015-03-27 às 11:00
 

 

Vimos solicitar aos senhores ecologistas que arrematem o lote e lá plantem frondosos plátanos em protesto contra o genocídio das árvores praticado pela CMA e pela Junta de Freguesia.

 

sn

nota:

Finalmente ao contrário do que diz o Mirante, a senhora Maria João Espadinha não é arquitecta, mas arquitecta paisagista

 

Se para mudar (desastrosamente) a estética do Largo do Cruzeiro foi preciso uma arquitecta paisagista, porque é que não se contratou um paisagista para mudar de sítio a estátua do D. Francisco de Almeida e requalificar (diz a CMA) a parada General Abel Hipólito, que passou a ser Largo D.Francisco de Almeida?

Porque é que se contratou e pagou regiamente o escultor Charters de Almeida (conde da Bahía) que não tem qualificações profissionais em matéria de urbanismo?

Porque é que a colocação inicial da estátua tinha sido projecto do Prof. Duarte Castel-Branco que naturalmente sabia mais de urbanismo que o Conde?

Que dirá a Ordem dos Arquitectos e a Sara Morgado por o Conde se dedicar ao urbanismo sem título académico`para isso?

Pedirá um parecer ao Candeias Silvas que dirá que para mudar estátuas de Almeida de sítio é preciso ser da famíla dos Almeidas?

E se nós provarmos que Duarte de Castel-Branco também era descendente dos Almeidas?

Que dirá a Ordem?

 

créditos: fotos pegachas do Mirante

   

 

 

  



publicado por porabrantes às 12:26 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.02.15

O chefe da bancada PS na A.Municipal e um grupo de apaniguados apresentou esta proposta em 2013 na Assembleia Municipal

 

sindicato.jpg

Segundo a proposta os representantes propostos pelo PS para o Conselho Municipal de Segurança na área de Associações Patronais, Económicas e Sindicatos eram a Nersant (associação patronal) e a Associação Comercial  (associação patronal) . Sindicatos, ou seja representantes dos trabalhadores organizados, nem vê-los.

 

Tendo em conta o envolvimento das personagens do PS na caldeirada à pegacha que se chama sociedade civil, já todos sabemos porque os socialistas de Abrantes detestam sindicatos.

 

A razão é simples: os sindicatos defendem os direitos dos trabalhadores e o PS local é hostil a quem defende os trabalhadores.

 

Que pensa um sindicato dos socialistas de Abrantes?

 

Isto:

paulina 1.png

 

 

paulina 2.png

paulina c. da manha.jpg

Correio da Manhã

 

manif bombeiros.jpg

 



publicado por porabrantes às 12:51 | link do post | comentar

Domingo, 22.02.15

mor 1.png

Antonio Lucas Gomes Mor 29-11-2013 na Assembleia Municipal

 

Como é que uma Lei se transfigura?

 

Isso deve ser um produto do pensamento jurídico da Universidade Internacional que era demasiado profundo

 

ma



publicado por porabrantes às 18:54 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Mor muda ordem de trabalh...

Quando o absentismo de Go...

Vamos plantar plátanos no...

Caldeirada de classes à p...

Pensamento Jurídico-polít...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds