Segunda-feira, 03.07.17

armindo silveira fonte.png

Quem terá sido o arquitecto/a da CMA/SMAS que projectou esta paragem de autocarros no Vale de Horta (Bemposta)?

 

fonte vale da horta.png

São extractos dum vídeo do  Armindo Silveira, com a devida vénia.

 

Enquanto andaram a exigir que o ''povo'' conservasse a arquitectura vernácula cobrem-se de ridículo e projectam coisas alucinantes.

 

Quem seria o Presidente dos SMAS...o Bento, a Céu ou outro?

 

Que tal candidatar a obra a um prémio arquitectónico?

 

ma



publicado por porabrantes às 08:47 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.05.17

 

agostinho de moura.jpeg

Já sabemos que Agostinho de Moura, Bispo de Portalegre era um reaccionário, partidário do Estado Novo . Já sabíamos que deu cabo do trabalho de modernização pastoral e de defesa dos pobres, que D.António Ferreira Gomes, seu antecessor, iniciara.

Um fascista não tem de ser um conservador em matéria artística. Aliás boa parte dos artistas e arquitectos mais vanguardistas foram contratados pela SPN e pelo Estado Novo, seguindo-se a política de António Ferro, que queria dar ao regime uma fachada moderna.

Aliás.....Ferro era um homem de Orpheu...

A questão é complicada e não deve ser abordada aqui, por necessitar demasiado espaço.

Nos anos 50, o arquitecto António Freitas Leal fez um projecto para uma nova Igreja para as Mouriscas, para substituir a antiga, de S.Sebastião, que pelos vistos estava velha (bolas, podiam tê-la restaurado), e por causa das tensões bairristas entre os vários lugares da terra.(1)

O ante-projecto foi feito em 1952 e modificado em 1953 para incluir salão paroquial, biblioteca etc....(2)

O projecto era vanguardista  e Freitas Leal tinha assinado o projecto duma nova Igreja em Moscavide, que deixou marca, pela sua arquitectura moderna.

moscavide freitas leal.jpg

Foto : Rede de Investigação em Azulejo

 

As forças vivas das Mouriscas, capitaneadas pelo P.João Mendes Pires, e pelo próprio Bispo visitaram a Igreja dos arredores  de Lisboa e acharam aquilo demasiado moderno prás Mouriscas (3):

igreja mouriscas.png

extracto da brilhantíssima tese de doutoramento em Arquitectura do Doutor João Pedro Gaspar Alves da Cunha 

alves da cunha.png

 donde se extraíram as informações citadas.

 

O Doutor Arq. Alves da Cunha pormenoriza a questão na obra citada.  

 

O Autor destaca ainda o papel do arq. Formosinho Sanches (com António Freitas Leal, Nuno Teotónio Pereira etc) no  Movimento de Renovação da Arte Religiosa, que veio mudar a arquitectura das Igrejas de Portugal, em particular em Lisboa.

O programa teve o apoio do Cardeal Cerejeira. E com Cerejeira trabalhava e era influente um sacerdote das Mouriscas.

 

Parece-me  que há uma Igreja de Formosinho Sanches no concelho. Falta confirmar...

 

mn

 

(1), (2) e (3).- Tese do Arq. Alves da Cunha

 



publicado por porabrantes às 12:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 30.01.17

bunker utia.jpg

O sinistro Bunker da cacique foi chumbado pelo Júri da União Europeia, também foi vetado o Centro de Observação da Poluição do Tejo, no Rocio de Abrantes.

 

Estes arquitectos tinham-se posto em bicos dos pés para concorrer com homens da estirpe de Mestre Siza Vieira.

 

O júri que chumbou o Bunker e o Centro de Observação da Poluição do Tejo era presidido ''  pelo arquiteto britânico Stephen Bates (Sergison Bates architects, London–Zurich), e dele formavam parte:   pelo arquiteto português Gonçalo Byrne (Gonçalo Byrne Arquitetos), o arquiteto britânico Peter Cachola Schmal (diretor do Deutsches Architekturmuseum, museu alemão de arquitetura, em Frankfurt), o arquiteto turco Pelin Derviş, investigador, editor e curador independente, a arquiteta francesa Dominique Jakob (Jakob+MacFarlane), a socióloga finlandesa Juulia Kauste, (diretora do Suomen Arkkitehtuurimuseo, museu finlandês de arquitetura, em Helsínquia), e a historiadora de arte polaca Małgorzata Omilanowska (professora na Universidade de Gdansk)..'' (sapo 24 com a devida vénia)

 

Soubemos que uma das razões de chumbo do Bunker foi não se enquadrar na arquitectura tradicional abrantina e ter sido construído sobre a muralha histórica.

 

ler mais aqui http://24.sapo.pt/vida/artigos/maat-entre-os-quatro-projetos-nacionais-finalistas-ao-premio-de-arquitetura-mies-van-der-rohe 



publicado por porabrantes às 14:29 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.01.17

parque radical.jpg

igogo

 

O Concurso de Ideias pró Castelo foi ganho pela arquitecta madrilena Laura Bacete, com colaboração do arquitecto paisagista Alejandro Domínguez . Receberá 5.000 euros.

 

laura bacete.png

 

Segundo o Cv da vencedora a sua actividade profissional foi entre 2007  e 2015 dar explicações ou como se diz em castelhano '' dar clases particulares''. Actualmente é professora de alemão num colégio privado.

 

O projecto teve uma pontuação de 18,7, havendo 6 projectos com nota inferior a 10, num universo de 12.

 

 

 

O Júri era composto pela cacique e pelos srs arqs. João Carlos dos Santos da DGPC e  Walter Angonese, da Ordem dos Arquitectos.

 

O projecto vencedor tem coisas interessantes e coisas aparentemente utópicas, como construir 2 novos andares na Torre de Menagem

 

Destacamos pela positiva a liquidação do famigerado parque radical

 

parque radical.png

 Saliente-se que a proposta vencedora defende a manutenção da estrutura romântica do Jardim do Castelo, coisa de aplaudir

 

Mas prevê a construção de dois novos pisos na Torre de Menagem, coisa que cheira a revivalismo kitsch

 

Também é de lamentar alguma gralha castelhana ou o uso da palavra omnibus para dizer autocarro, sinal que o tradutor da proposta era brasuca ou estudou na Casa do Brasil

 

O programa do concurso previa várias coisas que a arquitecta Laura Bacete não menciona designadamente valorizar a memória dos Almeidas e recolocar dentro das muralhas o mamarracho do D.Francisco de Almeida

 

almeida.png

A recolocação  do mamarracho já tinha sido contratada ao Charters de Almeida e o homem (que não é arquitecto, nem urbanista) recebera 24.500 parcos euros para fazer o estudo.

 

Pois bem o Conde Lego parece que não atinou, porque agora pediam novo estudo e o programa do Concurso de Ideias não mencionava a sua proposta.

 

Finalmente a proposta da arquitecta para Santa Maria não respeita o valor histórico da única igreja gótica abrantina.

mn

 

ps- Comparem os 5.000 euros a receber pela jovem madrilena e os 24.500 pagos ao Charters que nem sequer é arquitecto

 

devida vénia à vencedora para o extracto da proposta publicado

 



publicado por porabrantes às 17:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.01.17

O Senhor Deputado Municipal Armindo Silveira perguntou à CMA o seguinte, na página caciquista, no facebook....

pergunta 2.png

Era 26 de Dezembro

 

Era dever do Vereador da Cultura dr.Luís Dias responder à pergunta

 

luis_dias_2.png

Certamente não repondeu, porque não sabe. Dizem-nos que vai telefonar a este gajo à procura dum esclarecimento

carrilho 2016.png

ma



publicado por porabrantes às 12:19 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.06.16

O Prémio FAD de Arquitetura 2016 foi atribuído ao Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, obra desenhada por João Mendes Ribeiro, Francisco Vieira de Campos e Cristina Guedes, excelente peça destes destacados criadores.

O Bunker era concorrente. Como seria de esperar não levou prémio

bunker inauguração.jpg

O Bunker também conhecido por Mercado Municipal de Abrantes, apesar de quase não ter vendedores de hortaliça, é projecto da ARX – Portugal Arquitectos.

O prémio ao excelente projecto açoriano foi entregue pelo  arquitecto Moisés Gallego, presidente do júri, que considerou 

"A forma cuidada de utilizar e conjugar os materiais contribui para a subtil alquimia, fazendo desta casa das artes um lugar acolhedor. A delicadeza que não põe em causa a complexa e forte identidade do lugar e a recuperação da arte de construir são algumas questões que devem ser destacadas num projeto que devolve a presença do passado ao presente e ao futuro", acrescentou.

 

Para o presidente do júri, nasceu na Ribeira Grande "um pólo de criação e cultura, direcionado ao incentivo das residências artísticas nacionais e internacionais, articuladas com toda a comunidade”. (citado a partir  do portal Governo Regional dos Açores)

 

bunker artur  2.jpg

 

O Prémio FAD de Arquitetura, fundado em 1958 pelo arquiteto Oriol Bohigas e concedido pela Foment de les Artes i el Disseny (FAD), de Barcelona, é considerado o prémio de arquitectura de referência para Portugal e Espanha, distinguindo obras localizadas na Península Ibérica e nas ilhas pertencentes aos dois países.''

 

Com efeito o bunker '' põe em causa a complexa e forte identidade'' da  Rua de Nossa Senhora da Conceição, do tecido urbano edificado e destoa com os alçados do Largo 1 º de Maio

 

basalto.jpg

os autores do Arquipélago (foto Público) e o edifício

mn



publicado por porabrantes às 15:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.04.16

luís alves.png

Circula por aí uma carta atribuída a um político e empresário de nível nacional,  personalidade de reconhecido prestígio, em que se pede 30.000 € aos amigos da terra do padre Zé de Oliveira,  para a requalificação da Praça Central de S,Miguel do Rio Torto.

Trata-de uma obra de com um orçamento de 300.000 €, em que 274.000 € já estariam garantidos e onde a CMA contribuiria com o IVA!!!!!.

Dois mecenas teriam dado 35.000 € cada um.

Naturalmente gabo a generosidade dos dadores, o empenhamento bairrista, e censuro a tacanhez municipal.

O Senhor Luís Alves, militante do PS e líder carismático da Junta, assistiu impávido e sereno,  a esta autarquia e a esta  maioria, que nos desgoverna,  comprarem uma  herdade por cerca de um 1 milhão de euros e vendê-las no mesmo dia a cem mil euros, e ousa (!!!!)

 

 VIR

 

pedir dinheiro

 

ao  povo!!!!

 

 

Porque não vai pedir dinheiro à chefe da banda municipal?

Mais ainda, como é que se requalifica um largo carismático sem discussão pública?

Quem é que me garante que não metem lá um bunker obsceno e pornográfico?

A democracia local é a participação, a discussão pública.

Não se requalifica um Largo duma terra como S.Miguel, sem discussão pública. Sem debate democrático. Sem troca de ideias. Sem comparar várias soluções.... 

Mas o Alves faz parte da seita que queria meter uma Torre em S.Domingos. Da tropa que meteu o bunker na Praça da Feira.

bunker inauguração.jpg

 

Sem discutirem com o povo. Sem ouvirem urbanistas como o Professor Duarte Castel-Branco. Ajustando directa e ilegalmente com arquitectos, quando era necessário concurso público (1).

 

bunker antónio josé carvalho.jpg

 

Não compreendo que o legítimo bairrismo venha impedir uma discussão democrática e legitimar a tropa do Alves.

Melhor que requalificar o Largo, é demolir esta maioria, antes que lhe dar gorjetas!!!!

Assim sendo, solicita-se ao Alves que ponha na praça pública o projecto para a malta ver se pelo menos não está lá um bunker.

Nunca se sabe.

Depois posso pensar se dou a gorgeta, como pede o político e a Dona Junta.

MA  

fotos: CMA; dr. António José Carvalho com a devida vénia   

 

(1) Refiro-me ao caso de S.Domingos  



publicado por porabrantes às 19:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 10.03.16

carrilhada.jpg

A história tem meses, mas só agora chegou a Portugal, porque as comunicações entre Sevilha e Lisboa são más.

Esta forma analfabruta de restaurar uma torre islâmica do século IX é escalpelizada no Diário de Notícias.

Para nós esta obra de arquitecto tem um nome..... é uma infame carrilhada e todos os que aplaudiram a torre do alentejano podem ver-se ao espelho nela.

É o retrato da barbárie e da incultura.

mn

foto:D.Notícias



publicado por porabrantes às 14:03 | link do post | comentar

Terça-feira, 16.02.16

claras 61 joao paulo matos.jpg

1961 é a data da foto. Os Claras eram um exemplo de arquitectura moderna. Funcional e com uma utilidade social evidente.

 

bunker inauguração.jpg

Inauguração do bunker na mesma rua no século XXI. Um capricho aberrante que viola o estabelecido na Carta de Veneza para a preservação dos centros históricos e  não tem utilidade social. Como dizia Nuno Teotónio Pereira, que esta gentinha não leu, hoje constroem-se edifícios sem conteúdo social só para papalvo ver.

O Nuno não disse papalvo, disse outra coisa.

Um conjunto de fans (escolhidos dentro da sociedade civil) do despesismo provinciano concentra-se para aplaudir o monstrengo.

Como isto não é um blogue de modas e bordados, aquela revista intelectual para sopeiras que dirigia uma prima da pintora Anastácio Moita, não se dá relevo a que alguma gaja presente repita um vestido pimba.

A gaja estava muito deprimida, confiou a uma poetisa centenária, ò filha hoje não inauguro vestido.

Melhor, só quando a Vera Lagoa escreveu : 'o meninas, quando tenho enxaquecas, vou ao cabeleireiro.

mn    



publicado por porabrantes às 09:21 | link do post | comentar

Sábado, 06.02.16

nobel 3.png

 "A Câmara de Abrantes e a empresa que vai projectar o futuro Centro Náutico formalizaram no dia 8 de Fevereiro o contrato de prestação de serviços para concepção do projecto base e de execução, no valor de 73.100,00€. O acto administrativo foi assinado pela presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque e pelo Arquitecto Telmo Cruz.
A Câmara Municipal de Abrantes adjudicou no dia 2 de Novembro de 2009 a proposta de concepção do projecto ao Atelier MXT Arquitectos.
O projecto de arquitectura agora a desenvolver é marcado por linhas modernas com carácter inovador e contemporâneo, irá conjugar num mesmo edifício espaços para actividades de competição desportiva, áreas lúdicas, de restauração e hotelaria. Apresenta a estrutura do equipamento sob a forma de um triângulo, fortemente marcada pela proximidade ao local de uma ponte ferroviária.
Com 1.800 metros quadrados de área bruta e a ser equipado para acolher estágios de clubes e selecções o equipamento terá uma função centralizadora geradora de dinâmicas de eventos regionais, nacionais e internacionais.
O futuro centro náutico de Abrantes virá reforçar o Aquapolis enquanto pólo de atracção turística e desportiva, nomeadamente pelas condições que vai criar para o desenvolvimento de actividades náuticas no rio Tejo.
Este foi um dos projectos apresentados ao PROVERE - Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos e que pode vir a ser objecto de candidatura aos programas operacionais financiadores do QREN."


Fonte: CM-Abrantes

 

Uns concorrentes diziam assim 

''[PT] Pelo que conseguimos perceber por esta notícia, já terá sido atribuído o primeiro prémio no concurso público para o novo Centro Naútico de Abrantes. Participámos neste concurso cuja entrega foi há mais de um ano. Aqui estão os painéis da nossa proposta e excerto da memória descritiva:''

 

 

O Atelier Mob propunha isto:

centro nautico ateleir mob.jpg

A pergunta é se eles entrararam no concurso, porque não foram notificados dos resultados???

centro náutico IV.png

proposta do Mob 

 

o Atelier genial foi este

 

atelier nautico.png

a pergunta é: se o Aquapólis mata peixe às toneladas, porque não arranjam primeiro a escada mata-peixe, antes de brincarem à arquitectura imaginária????

 

fotos : atelier mob e revista investigação & arquitectura  

 

 

e também se pergunta, se para a arquitectura imaginária há concursos, porque não houve concurso para este tipo????

Carrilho espantado.jpg

no MIAA?????

 

 

mn



publicado por porabrantes às 20:34 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

CMA apresenta arquitectur...

Agostinho de Moura chumba...

Júri do Prémio Mies van d...

Parque Radical pode ser a...

Vereador da Cultura de Ab...

Bunker falha prémio

Discutir o Largo de S.Mig...

Outra carrilhada

A função social da arquit...

3º Nobel de Arquitectura...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10



25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds