Terça-feira, 09.02.21

valamatos 2.jpg

valamatos 1.jpg

valamatos 1.jpg

Venho por este meio que venham limpar esta paragem de autocarro e por uma paragem para que as crianças tenham um abrigo pois até  agora nada foi feito por estas crianças pff obrigado junto ao café 53 Arrifana é ao fundo da rua maria da lança sr.presidente olhe por estas crianças há chuva todo  o inverno

Diz a D.Lúcia Coelho a 16 de Dezembro e não mereceu resposta....

 


tags:

publicado por porabrantes às 15:26 | link do post | comentar

Sábado, 14.03.15

bairrão oleiro.png

 

O Professor Doutor Rosado Fernandes  lavrador e latifundiário alentejano,sumidade nos estudos clássicos, tradutor de André de Resende,  resistente anti-comunista, fundador e Presidente da CAP, humanista, Reitor da Universidade Clássica de Lisboa (e não duma merdice privada) eurodeputado eleito pelo CDS, autor de  '' Memórias de um rústico erudito'', benemérito em livros que não em betão, nelas

rústico.png

 elogia o seu companheiro das lides da CAP e da luta contra uma reforma agrária comunizante,  eng.Luís Fernando Bairrão, primo do Professor Bairrão Oleiro.

Não sei o que diria o Luís Miguel Rosado Fernandes ao ver que a Associação de Agricultores ,associada infelizmente à cacique, e à sociedade civil, resolveu que para homenagear o Lavrador do Tramagal, era preciso

escola psd.jpg

 retirar à Escola da Arrifana o nome honrado do dr. António Silva Martins, médico eminente e atirador de élite para homenagear Luis Bairrão.

Bem pelas fotos que vi, não convidaram o dr. António Gentil Martins para a façanha.

Já é alguma coisa.....

Agora ouçam o Raul Miguel Rosado Fernandes dizer como chegámos a isto:

 

 

 

 

mn

  Entrevista ao Prof. Rosado Fernandes  in Rev. do Instituto de História de Arte da UNL

 

foto: PSD Santarém

 

nota: Silva Martins está decapitado no Castelo.....



publicado por porabrantes às 15:20 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26.11.12

Crónica de Maldizer –

 

 

Sou um homem de paz




por  Eurico Heitor Consciência

A Estrada Nacional nº 2 será como que a coluna vertebral rodoviária deste país, ligando o Norte ao Sul, de Chaves a Faro, com Abrantes no meio.

E em Abrantes, na Arrifana, a E.N. 2 atravessa a linha férrea antes da bifurcação da dita: Linha do Leste em frente e Linha da Beira-Baixa à esquerda.

E quem roda na E.N. 2 no sentido Norte-Sul dispõe duma via com alguns 15 metros de largura antes da passagem de nível da Arrifana. Pelo contrário, os que transitam no sentido oposto aproximam-se daquela passagem de nível numa curtíssima recta, entre duas curvas e dois muros, com alguns 5 metros de largura.

Como calcularão, neste aperto, dois pesados não conseguem cruzar-se e um pesado e um ligeiro nem sempre conseguem fazê-lo.

Descrito o cenário, vamos lá ao filme.

Ontem, de madrugada, rodava eu no sentido Sul-Norte e, quando entrei na passagem de nível, atravessou-se-me na frente um desses pesados d’agora, maiores do que o Convento de Mafra.

Travámos a tempo e esperei que o do pesado recuasse (na tal via com alguns 15 metros de largura).

 

 

 

 

 Eurico Heitor Consciência

 

 

 

 

Mas o do pesado encostou-se no banco, dando sinais de não se dispor a manobrar.

Nestas coisas sempre fui democrata: se ele não recua, não sou eu que vou ser desmancha prazeres; também não faço marcha-atrás.

E assim ficámos, com os rodados da frente sobre a linha.

Comecei a fazer cálculos: se aparecer um comboio, quem mais depressa faz marcha-atrás sou eu. E fui eu que cheguei primeiro, pelo que ele é que deverá e lhe convirá…

Não sei que contas fez o do pesado, nem tive tempo para pensar nisso, porque de repente abriu-se a porta do convento e saiu de lá uma bisarma com alguns 120 Kg de peso, quase dois metros de altura e 1 metro de grossura. Seguramente.

E os braços do tipo pareceram-me duas trancas, cada vez mais grossas à medida que o homem se aproximava de mim.

Todos já tivemos notícia de conflitos no trânsito que acabam com mortos e feridos. Acresce que eu sou homem de paz. Não sou medroso, mas sou homem de paz. Ninguém consegue intimidar-me, mas sou homem de paz. Nada me assusta, mas a verdade é que sou mesmo um homem de paz.

Covarde? Nem pensar. O que sou é o que já disse: homem de paz.

Por isso (mas só por isso), logo que a fera assomou à porta do convento disse cá p’rós meus botões: Se o tipo se aproxima, sou capaz de lhe dar uma sova. Logo eu, que sou um homem de paz…

E quando o tipo já estava próximo de mim fiz marcha-atrás, encostando o meu carrinho ao muro da direita.

E o outro resmungou coisa que não percebi, mas entrou no camião e pô-lo em andamento.

Uns dez metros depois de nos termos cruzado, berrei, com o pé no acelerador: Ó seu sacana, olha que só te não parti o focinho porque sou um homem de paz.



Do Ribatejo, a folha do Duarte, com a devida vénia transcreve-se a saborosa crónica do decano dos Advogados abrantinos. O título é da casa.


MN



publicado por porabrantes às 09:04 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Dezembro, paragem de auto...

Era preciso sanear o dr. ...

Partia-lhe o focinho, mas...

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds