Quinta-feira, 04.10.18

 

1235528_567111796687068_1660016351_n

 

644065_567111283353786_507870906_n

Foto de 2011

 Hoje faria 88 anos o nosso amigo e grande abrantino Artur Lalanda, que caracterizou a sua vida por uma formidável intervenção cívica. A melhor forma de o homenagear é dar-lhe a palavra.

17540363_bdQeW

 

Eis como mostrava o Cemitério dos Cabacinhos, destratado pelo caciquismo. 

 

ma



publicado por porabrantes às 08:23 | link do post | comentar

Sábado, 24.02.18

Convém recordar Artur Lalanda, um exemplo de intervenção cívica

 

devida vénia à Coluna Vertical

 

Gato furtado com orelhas de fora

 

Artur Lalanda

Artur Lalanda 1 (2).jpg

Que me perdoem a Santa Patrícia (versão portuguesa da de Constantinopla) e o Papa Bento, que na Terra tanto enalteceram as virtudes do Céu, mas vou utilizar os seus nomes para personalizar os actores de uma hilariante comédia. Mais uma.

Com suporte em duas “deformações” internas, uma dos serviços jurídicos, datada de 13 de Fevereiro de 2015 e outra da auditoria interna, datada de 19 de Fevereiro de 2015, foi aprovada, por proposta da presidente da Câmara, na reunião do executivo municipal de 24 do corrente, “a alteração do início da contagem do prazo adicional de 2 anos estabelecido na revisão do contrato de concessão do serviço de águas residuais do concelho de Abrantes, para efeitos da conclusão do plano de investimentos, transferindo-se o mesmo para 15-03-2013, e aprovar a extensão dos prazos para conclusão das obras das ETAR dos Carochos e Bicas (31-12-2015) e da rede de drenagem da Barca do Pego (31-07-2015, nos termos e com os fundamentos sugeridos pelos Serviços Municipalizados de Abrantes  e nos termos da informação dos serviços jurídicos”

A mesma pessoa que, em 2009, prometeu instalar, imediatamente, uma etar compacta nos Carochos, para encobrir a obrigação da concessionária de construir uma etar nova até 2008, orçada em 752.310,00 euros, que em 2012, renegociou o contrato por forma a que a nova etar, agora orçada (dois anos anos de haver projecto) em 1.766.952,00 euros,fosse construida até Dezembro de 2014, que em 19 de Dezembro de 2014 ditou para a acta que a intervenção que estava em curso na antiga etar rejeitada, há mais de 15 anos, constituia a solução definitiva, vem, agora, dar cobertura à extensão do prazo para conclusão (?) das obras da etar dos Carochos, até 31 de Dezembro de 2015. Certamente nunca lhe ocorreu denunciar o contrato ou, pelo menos, suspender a consignação das receitas à concessionária, em função dos sistemáticoa atrasos na conclusão das obras previstas no plano de investimentos. E porquê, agora, esta preocupação em oficializar a cobertura das falhas da concessionária quando, antes, em circunstâncias idênticas, nunca foi manifestada?

Considero impensável que, em quaisquer serviços jurídicos, fosse  possível substituir uma jurista pela empregada da limpesa, que em vez de produzir uma informação  juridica honesta e devidamente fundamentada, que certamente não estaria ao seu alcance, nos apresenta uma verdadeira história de embalar, para entreter as criancinhas, na qualidade de munícipes.

Claro que a empregada da limpesa não tinha acesso ao contrato assinado em 2007 nem à revisão do mesmo contrato negociada em 2012, porque se tivesse, não aceitava  que o processo de revisão, atrasado pela prévia intervenção da ERSAR e Tribunal de Contas, servisse de pretexto para justificar a extenção de quaisquer prazos para conclusão do plano de investimentos, nem sequer estranharia que os SMA afirmassem que, nesta altura, se encontram executados 78% desse mesmo plano, confirmando, assim, ingenuamente, o fracasso da concessão.

“UM DOS PRINCIPAIS OBJECTIVOS DA CONCESSÃO É A EXECUÇÃO DE INFRA ESTRUTURAS DE RECOLHA E TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS DE MODO A ALCANÇAR 90% DA POPULAÇÃO DO CONCELHO DE ABRANTES, ATÉ 1 DE JANEIRO DE 2010” (nº 4 dos Objectivos Gerais da Concessão) Repito, 1 de Janeiro de 2010.

Antes de ter sido negociada a revisão do contrato, estava em vigor o contrato assinado em 2007, que nunca foi respeitado, pelo que invocar o atraso da revisão para encobrir todos os atropelos ao contrato inicial e justificar a extensão dos prazos para conclusão do plano de investimentos da responsabilidade da Abrantáqua, que incluia obras, com carácter obrigatório,(anexo II do contrato) abrangidas pelos objectivos iniciais da concessão, bem como as obras novas que serviram de pretexto ficticio para a renegociação do contrato, não lembra nem ao diabo, quanto mais à empregada da limpesa.

Como não podia deixar de acontecer, o Papa Bento, na qualidade de técnico superior da auditoria interna, subscreveu a “deformação” datada de 19 de Fevereiro, abençoando  o cozinhado.

Só que, pasmai óh gentes, o que a presidente da Câmara apresentou na reunião de 24 de Fevereiro, para aprovação, foi acordado em reunião realizada em 14 de Janeiro, na qual estiveram representados a Agência Portuguesa do Ambiente (Delegação das Caldas da Rainha), a Abrantáqua e os Serviços Municipalizados de Abrantes, portanto muito antes de terem sido produzidas as duas ”deformações” internas acima referidas.

Se a hipocrisia pagasse imposto, a Câmara Municipal de Abrantes bem podia substituir os 50 mil metros quadrados de solo argiloso do Cemitério de Santa Catarina, por terra permeável importada de Proença a Nova, a dois mil euros a tonelada, porque ainda sobravam uns trocos para contemplar os intermediários.



publicado por porabrantes às 10:03 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.06.17

lalanda.jpg

Na foto estão dois abrantinos que nos deixaram cedo demais, o dr. Eurico Consciência e o Sr.Artur Lalanda, os dois caracterizam-se por uma intervenção cívica permanente e crítica, nalgum momento os dois estiveram nas antípodas em questões políticas,ambos foram ferozes e sarcásticos demolidores da política bimba e pequeno-burguesa que destrói Abrantes.

 

Na Coluna Vertical, o dr. Santana-Maia Leonardo evoca Artur Lalanda e publica um texto dele....onde a Celeste dos pobrezinhos,  digna herdeira das damas do chá-canasta e da Conferência de S.Vicente de Paulo, é a visada.

celeste simão.jpg

 mn

 



publicado por porabrantes às 11:03 | link do post | comentar

Quarta-feira, 31.05.17

jardim castelo.jpg

jardim castelo 2.jpg

jardim castelo 3.jpg

Tem a Junta do Bruno por delegação de competências:

 

Limpeza e gestão de Espaços Verdes

Limpeza Urbana e Gestão/Conservação de Espaços Verdes
Através de Protocolos - Delegação de Competências com a Câmara Municipal de Abrantes, a União de Juntas de Freguesia de Alferrarede, S. João e S. Vicente é responsável pelos seguintes serviços
• Manutenção e Conservação da Rede Viária
• Limpeza Urbana e Gestão/Conservação de Espaços Verdes
Através de Protocolos - Delegação de Competências com a Câmara Municipal de Abrantes, a União de Juntas de Freguesia de Alferrarede, S. João e S. Vicente é responsável pelos seguintes serviços
• Manutenção e Conservação da Rede Viária
• Limpeza Urbana e Gestão/Conservação de Espaços Verdes
Através de Protocolos - Delegação de Competências com a Câmara Municipal de Abrantes, a União de Juntas de Freguesia de Alferrarede, S. João e S. Vicente é responsável pelos seguintes serviços
• Manutenção e Conservação da Rede Viária
• Limpeza Urbana e Gestão/Conservação de Espaços Verdes

 

O Jardim do Castelo estava assim.

 

A ''grande equipa cumpre''

 

bruno.jpg

jardim castelo 4.jpg

jardim castelo 5.jpg

jardim castelo 6.jpg

jardim castelo 7.jpg

Isto também é uma forma de prestar homenagem ao autor das fotos do Castelo, o Sr.Artur Lalanda, que foi vizinho  do candidato laranja

 

artur lalanda.jpg

Enquanto isso a grande equipa alcatroa espaços do Estado e faz limpeza às capelas do Cónego

 

santa ana restauro - copia.jpg

Em vez de manter decente o que é da sua competência, gasta o nosso dinheiro pintando as capelas do Reverendo.....

 

Graça oficial.png

E os espaços verdes, que são o ex-libris de Abrantes, ao mais vulgar abandono....

 

mn

 



publicado por porabrantes às 15:39 | link do post | comentar

Quarta-feira, 12.04.17

Em 9-12-2016 divulgou-se aqui em primeira mão a ma$$a recebida da ''Europa'' pela Abrantaqua para pagar os Carochos!

Leitor atento e voraz da Imprensa e dos blogues, só um dia depois o Sr.Lalanda desmontava a negociata e o laxismo municipal, face à empresa dominada pelos espanhóis e onde um ex-vereador socialista, o famoso Bento, é administrador, no ''Coluna Vertical'' :

 

Sábado, 10.12.16

Outra vez - Etar dos Carochos

 

Artur Lalanda

Artur Lalanda 1 (2).jpg

A Lena, sempre a Lena e os seus amigalhaços. Soube-se agora. Através do Programa Operacional de Sustentabilidade no Uso de Recursos, que a ABRANTÁQUA - Serviços de Águas Residuais Urbanas do Município de Abrantes, SA, foi contemplada com a bonita soma de 1 506 000 euros de fundos, pelo vistos sem fundo, por ter construido a Etar dos Carochos, inaugurada já em 2016, quando, contratualmente, devia ter ficado pronta em 2008, com um orçamento de 752 310 euros. Durante 8 anos, os agora utentes da etar, pagaram as taxas  impostas pelo contrato e os esgotos continuaram a entrar no Tejo, sem qualquer tratamento. Em 2012, ainda foi anunciado que a nova etar ficaria pronta em 2014, com um orçamento de 1 766 952 euros, mas era foguetório, como de costume.

Todos os encargos, com as infra estruturas do saneamento, seriam suportados pela concessionária, com capital próprio, uma vez que as verbas consignadas, através dos recibos da água, viriam a compensá-la, posteriormente. Com a conivência da Câmara, a concessionária foi executanto o plano previsto, sempre fora dos prazos contratuais e com dinheiro que recebia antecipadamente. Nunca gastou mais do que recebeu. Entre 2008 e 2013,  recebeu 10 000 772, 31 euros e investiu,  apenas ,  8 084 061,67 euros, pelo que nunca precisou de utilizar capital próprio. Estima-se em cerca um milhão de euros anuais, as verbas consignadas, pelo que, o custo da Etar dos Carochos, há muito tinha sido arrecadado pela concessionária, à custa dos munícipes do concelho.

Nestas circunstâncias, a ABRANTÁQUA ter sido, agora, contemplada com  1 506 000 euros dos tais Fundos sem fundo, deixa-nos a certeza de que a análise dos processos de atribuição dos subsídios adopta critérios a justificar a intervenção das autoridades afectas aos problemas relacionados com a corrupção.

A coberto do ruinoso contrato de concessão, que nos permite admitir ter sido elaborado pela concessionária e assinado de cruz, pela Câmara, para os 25 anos de duração do contrato, o custo de todas as obras a executar, incluindo a exploração do sistema, totalizava 37 750 587 euros. No final de 2014, com a conclusão de todas as obras previstas no célebre anexo II, salvo a Etar dos Carochos, com custo real inferior a 10 milhões, concluimos que a exploração do sistema tem custos cujo valor é quasi quadruplo do custo de todas as obras executadas. Grande negócio para a concessionária que, não podemos esquecer, até 2033, vai continuar a ter verbas concessionadas na ordem do milhão de euros anual, a manterem-se os tarifários em vigor.

Em vésperas de Natal, 1 506 000 de euros de brinde não são para desperdiçar. O saldo da conta “lucros e perdas”, da concessionária, não incomoda os nossos autarcas.

Não, não se trata de ladrões, mas lá que os há, há.'' devida vénia ao blogue do Dr.Santana Maia.

 

E agora em Abril de 2017 é que o caciquismo está a pensar rever o contrato:

 

''Na última sessão da assembleia a Sra Presidente da CMA referiu que os serviços jurídicos estavam a analisar o contrato de concessão da Abrantáqua. Questionada sobre quais os itens em causa, respondeu que um deles era o apoio comunitário a fundo perdido que esta empresa iria receber e que terá que ser repercutido no contrato. ''

 

Armindo Silveira

 

 

Nós perguntamos, era obrigação da concessionária construir os Carochos em tempo útil e meter a ETAR funcionar decentemente, coisa que não fez, e era obrigação da CMA coagi-los a fazer isso, coisa que não fez.

 

Pelo contrário, aumentou o tarifário, garantiu aos espanhóis taxas de rentabilidade vantajosas, e fez vista grossa à poluição.

 

E agora diz que vai obrigá-los a rever o contrato?

 

Acha que eles aceitam?

 

A Aqualia é tudo menos uma empresa administrada por ingénuos.

 

E a CMA não tem aparentemente meio jurídico para os obrigar a rever o contrato.

 

ma   

 

 

 

  

 



publicado por porabrantes às 10:59 | link do post | comentar

Sexta-feira, 07.04.17

Em homenagem ao Senhor Artur Lalanda um post dele sobre o Creativ Camp

 

creativ camp.png

Pode o caciquismo uivar, mas o testemunho cívico dum grande abrantino aí está.

mn 



publicado por porabrantes às 11:38 | link do post | comentar

Segunda-feira, 03.04.17

lalanda post.png

Espezinhar os direitos dos cidadãos é fácil, é o caminho de quem não respeita a Lei,

ou seja não respeita a democracia.

Este é o último post do Senhor Artur Lalanda e uma clara e firme denúncia de quem viola a Lei.

Assumam a responsabilidade e tenham vergonha na cara.

ma 



publicado por porabrantes às 20:18 | link do post | comentar

A homenagem ao Senhor Artur Lalanda, no blogue Coluna Vertical, pelo dr. Santana-Maia Leonardo.

 

mn



publicado por porabrantes às 08:42 | link do post | comentar

Domingo, 02.04.17

 

A nossa civilização nasceu na Grécia, onde na Ágora das pólis, os homens livres ou seja os cidadãos, gente que não era escrava ou bárbara , discutiam livremente, elegiam os seus governantes, criticavam-nos ou elogiavam-nos e se fosse caso disso depunham-nos.

A grandeza do Ocidente mede-se nisso, sermos herdeiros da Grécia, sermos cidadãos e não bárbaros ou servos.

O dever da cidadania obriga-nos a discutir livremente os assuntos da Pólis, a fazer política.

Nos últimos dez anos houve poucos cidadãos tão dignos da herança grega, em Abrantes, como o Senhor Artur Nogueira Lalanda, que partiu hoje.

artur lalanda.jpg

Tinha 87 anos. Apesar de não ser abrantino de nascimento, de ter passado largo tempo em Moçambique, onde desempenhara funções importantes como gestor bancário, no Totta, salvo erro, de ter sido vítima, como centenas de milhares de portugueses, duma descolonização ignóbil, teve uma maior intervenção cívica  na vida da nossa cidade, que muitos abrantinos de nascimento, que vegetam à sombra dum caciquismo saloio, que ele combateu por imperativo de homem livre.

Os blogues, em especial o Amar-Abrantes, depois Coluna Vertical, mas também o nosso, de que nos honrava ser atento leitor, os Jornais (em especial o Mirante e a Barca), o facebook, as actas rupestres da edilidade, estão cheias de intervenções suas, desmontando peça a peça, a apagada e vil tristeza dos caciques.  

Que fosse um Senhor octagenário a desmascarar esta gentinha, mostra-nos que a vida não pára aos 70 ou aos 80, só pára quando uma fatalidade nos bate à porta.

Vamos ao longo de hoje e dos próximos dias publicar algumas das suas intervenções, que é a melhor forma de homenagear um homem livre.

Agora, ou por agora, só resta apresentar os sentimentos à sua Família, e meditar no seu exemplo de Cidadão que não quis ser súbdito.

mn

 



publicado por porabrantes às 15:39 | link do post | comentar

Segunda-feira, 12.12.16

Leia este post do nosso amigo Sr.Artur Lalanda 

 

amigalhaços.png

na Coluna Vertical

 

e depois medite nos negócios do Júlio.....

 

ma



publicado por porabrantes às 19:35 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O cemitério em 2011 (repo...

Gato furtado com orelhas ...

Artur Lalanda e a Celest...

Delegação da incompetênci...

A revisão do contrato da ...

Creativ Camp por Artur La...

O último post do Senhor A...

Uma homenagem merecida

Morreu um homem livre, fa...

Outra vez- Etar dos Caroc...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds