Quinta-feira, 03.01.19

O aterro da Concavada tem levantado polémica por questões financeiras e sobretudo ambientais e judiciais  desde a sua criação.

Agora os caciques querem alterar o PDM sem discussão pública e sem avaliação  ambiental para legalizar o aterro, que está edificado num espaço que o PDM não permite.

Fazer isto sem avaliação ambiental é um crime.

A alteração visa favorecer uma empresa privada.

No local está a famosa célula RIB ,cheia de porcaria,  potencialmente perigosa, edificada pela Solurbe (Lena Ambiente agora) da qual ninguém se quer responsabilizar.

E sobre a qual os caciques não querem tomar as medidas judiciais adequadas para não incomodarem qualquer ex-camarada bento.

A construção do aterro significou assumir responsabilidades de outras câmaras. Outro dia perdoaram 300.000 € a essas autarquias, para não estragarem a doce paz com que a Céu apascenta a CIMT.

 

O Bloco sobre isto, ditou prá acta:

rib

reunião de 13-11-18

Há mais?

Muito mais, incluindo o processo do MP contra o Júlio Bento e Nelson Carvalho, onde o primeiro acumulava nas suas contas vasto pecúlio de origem desconhecida.

Só vamos citar um facto dessa época:

Ribatejo 5-7-2001

Tudo começou, diz o Jornal, quando o vigilante da natureza, Luís Alves, na sequência duma fiscalização ao aterro,   enviou uma comunicação ao Chefe de Divisão do Médio Tejo e Lezíria do Tejo da Draot.

alves lena

 

Depois uma fiscalização encontrou múltiplas irrregularidades.

Ainda está aí, sem dono, a célula RIB, pesada herança da Lena.

luís alves (2) - copia

 

No artigo também há declarações de Fernando Moleirinho, P. da CM do Sardoal, falando do aterro intermunicipal.

Se o aterro era intermunicipal, porque tem Abrantes de pagar as contas do Sardoal????

Antes de legalizarem essa coisa, seria interessante voltarem a publicar a carta do Alves denunciando a Lena ......   

Ou ouvi-lo numa AM......

mn

foto se nos lembramos bem do Médio Tejo

 

 



publicado por porabrantes às 09:19 | link do post | comentar

Quarta-feira, 12.10.16

A Quercus confirmou hoje ao Mirante que se  continuam a dar ''escorrências alegadamente poluentes para uma linha de água da zona'' perto da Valnor, numa lagoa abandonada pela Lena Ambiente.

 

'' Tem estado estes anos todos a libertar gases para a atmosfera, pois também não existe qualquer sistema de drenagem e queima do biogás, e sempre que as chuvas aumentam ocorre escorrimento de lixiviados para fora de célula, que entram nas linhas de água já fora das instalações, suspeitando-se inclusive que tenham contaminado gravemente uma barragem a cerca de um quilómetro e meio onde afluem as referidas linhas de água''

 

mn

 

 

 



publicado por porabrantes às 20:46 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.08.16

Respondeu a APA aos deputados Carlos Matias e Jorge Costa  isto: ou seja que não havia histórico da célula RIB referenciada e que iram ao local inspeccionar a coisa e colher análises.

 

Ora, a 27 de Janeiro de 2009 a APA passou uma licença de exploração à VALNOR 

célula rib.png

e no texto dessa licença está, preto no branco, página 3

 

 

rib na página 3.png

 

 

Ou seja o aparente  responsável pela malvada célula RIB é, segundo a APA, de acordo com a licença citada, a  Lena Ambiente.

 

E entre os responsáveis da Lena Ambiente tem estado, quase desde que saiu da Vereação abrantina, o eng. técnico Júlio Bento.

 

Ironizava a Rede Regional que a célula RIB não tinha pai, mas terá mamãe: a Lena Ambiente.

 

Parece-me, deve ser mera impressão, que o arquivo da APA anda pró desarrumado.

mn

 

 



publicado por porabrantes às 16:14 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.08.16

Pergunta em 2001 (!) do deputado laranja, José Eduardo Martins, sobre o aterro do nosso descontentamento

 

elsa.png

 

 

mn



publicado por porabrantes às 21:54 | link do post | comentar

Quarta-feira, 17.08.16
BLOCO ESQUERDA ABRANTES-Comunicado Lixiviados no Aterro Intermunicipal da Valnor em Abrantes

 A 12 de Abril do corrente ano, o deputado Municipal, Armindo Silveira (Bloco de Esquerda (BE)) no seguimento da informação de um cidadão, deslocou-se às imediações do Aterro Sanitário Intermunicipal de Abrantes, gerido pela Valnor, para verificar concretamente dados que procurava.

A 14 de Abril do corrente ano, o referido deputado acompanhado de um elemento da Quercus, do Vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Abrantes e de dois responsáveis da Valnor tiveram uma reunião seguida de uma visita ao interior do referido aterro.

Confirmaram a existência de escorrência de água lixiviada oriunda de uma célula de Resíduos Industriais Banais (RIB) para uma linha de água no exterior. Verificou-se que a célula RIB, por não estar impermeabilizada na sua superfície, foi acumulando água das chuvas e outras até transbordar.

Os responsáveis da Valnor, afirmaram que embora tenham vindo a reparar os taludes desta célula, ela não é de sua responsabilidade, nem tão pouco sabem de quem seja.

A Valnor confirmou a existência de uma barragem, na linha de água, a cerca de 1,5km. Revelaram que fazem análises periódicas e que os valores estão dentro dos parâmetros legais.

Esta barragem tem depositado uma quantidade indeterminada de lamas e milhares de litros de água negra que se suspeita ser, em grande parte, oriunda do aterro sanitário e que vai desaguar ao rio Tejo.

A GNR/SEPNA deslocou-se ao aterro e à barragem desenvolvendo as diligências que a situação exige.

A sra Presidente da Câmara Municipal de Abrantes questionada, na sessão de Assembleia Municipal de Abrantes de 19 de Abril, sobre a célula RIB, informou que uma empresa do grupo Lena Ambiente, em 2006, ficou incumbida da sua manutenção mas que não sabe quem a construiu, nem quando deixou de ser monitorizada.

Quanto à barragem e à qualidade da água, a única informação que tem é a fornecida pela Valnor e não pode atestar mais nada dado o escasso tempo que teve para analisar o caso.

O BE de Abrantes esperou que o executivo municipal de Abrantes analisasse o caso e respondesse às questões que ficaram em aberto.

Como tal não aconteceu, encaminhou o assunto para o Grupo Parlamentar do BE que, a 5 de Julho, interpelou o Governo, através do Ministério do Ambiente (MA). A 28 de Julho último o MA, em resposta às questões colocadas pelos Deputados do Grupo Parlamentar do BE, Carlos Matias e Jorge Costa, afirma que não existe histórico sobre a instalação referenciada, pelo que a Agência Portuguesa do Ambiente e a CCDR-LVT estão a diligenciar várias acções, uma das quais será uma vistoria técnica ao local, na qual está previsto a recolha de amostra de água para análise laboratorial. Então dará resposta às questões formuladas.

O BE de Abrantes fica estupefacto com esta resposta pois a Valnor, a Sra Presidente da Câmara Municipal de Abrantes e a Quercus já aprofundaram mais o assunto que o MA.

Também a GNR/SEPNA já esteve no terreno e reportou a situação às autoridades competentes o que nos leva a supor que existe uma deficiente comunicação institucional.

O BE não se conforma com o silêncio que impera sobre este assunto.

Enquanto não forem apuradas responsabilidades, corrigidas ou eliminadas irregularidades, paira um clima de suspeição sobre diversas entidades a quem cabe dissipar quaisquer dúvidas.

Resta acrescentar que as perguntas ao MA eram do mesmo teor das que foram feitas ao executivo da CMA, excepto duas em que se questionava quem seria responsável pela selagem da célula RIB e quem assumiria a despoluição da barragem caso se confirmasse a existência de lixiviados e lamas.

O BE de Abrantes alerta as entidades responsáveis que continuam a ser libertados gases da célula RIB para a atmosfera. O Inverno aproxima-se e a escorrência pode repetir-se.

E até hoje, nada se sabe sobre as características perigosas ou não do que está depositado na referida barragem. Abrantes, 14 de Agosto de 2016

 

A Comissão Coordenadora de BE Abrantes

 

Resta acrescentar que a Presidente da Assembleia Geral da Valnor é

cacique.png

valnor 2.png

E que a mulherzinha se atreveu a mandar bocas ao Armindo Silveira, em plena Assembleia Municipal, sobre este assunto, com falta de cortesia, quando aparentemente estava impedida disso, por ter um cargo social na empresa....sobre o que eventualmente ganha lá .....desconhece-se

 

Há mais? Haverá provavelmente...sugere-se ao Bloco que investigue

mn

fontes: Bloco de Esquerda Abrantes, Relatório da Valnor 2015

 

 

 



publicado por porabrantes às 07:47 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.07.16

 

Do requerimento do BE sobre o Aterro:

 

''A Sr.ª Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, questionada sobre a célula, informou que uma empresa do grupo Lena Ambiente ficou incumbida em 2006 da sua manutenção.''

 

Qual empresa?

 

É segredo????

lena ambiente.png

Será a Lena Ambiente, essa benta empresa?

 

Só para ver os antecedentes

 

aterro 2.png

aterro 3.png

aterro 4.png

ler aqui

 

continuará

mn



publicado por porabrantes às 11:54 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Quando Luís Alves denunci...

Aterro continua a poluir

A mãe da célula RIB no at...

Quando o PSD perguntou so...

A Valnor, o aterro e a Cé...

A pesada herança do Aterr...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12

18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds