Segunda-feira, 28.01.13

Já publicámos aqui coisas sobre a célebre associação benemérita constituída em tempos na Cabeça Gorda pelo P.Graça e duas sócias (da Associação). Ou mais exactamente a senhora D. Ana Sofia Cruz Gonçalves e a srª D. Noémia Alagoa.

 

 

Há quem tenha a mania das off-shores. Tenho por aqui uma escritura da Paróquia de São Vicente em que o Graça outorga e fica (a Paróquia) confinante com uma off-shore. Em Alferrarede....Mas não é este o caso.

 

 

Se a uma pessoa lhe dá por ser santo multiplica as obras assistenciais da mesma sublime maneira que Cristo multiplicava o pão e os peixes. É o caso do Rev. José da Graça.

 

Uma instituição relevante da Cidade, a Santa Casa debate-se em dificuldades sérias para manter as suas valências a funcionar, perseguindo um esforço de 5 séculos que só honra os homens-bons que dirigem a sua Mesa. Mas não pensa em aumentar valências dada a crise, apesar da Santa Casa ter um importante património acumulado, produto da generosidade de muitos abrantinos.

 

O Sr.Graça está a construir a Domus, mantém um Lar de crianças desprotegidas no Rossio, controla a controversa Obra dos ''toxicómanos,'' rege 2 paróquias, preside à Associação Nova Aliança, acumula São Vicente pingue património imobiliário, anima o Centro Inter-paroquial, aquele posto de distribuição de pílulas no Convento da Esperança e parece que quer exportar o empório para a Cabeça Gorda.!!!

 

Alguém devia meter sensatez na cabeça do sr. Padre. Como é que uma pessoa que centraliza toda a gestão, pode controlar isto tudo?

 

Se calhar alguns dos problemas noticiados têm a ver exactamente com um empório que começa a ser difícil de gerir.

 

E talvez impossível de financiar.

 

Mas não senhor, invade-se a Cabeça Gorda, como Napoleão invadiu a Rússia, com as consequências que se conhecem. Em vez de encontrar lá o General Inverno e o Czar, vai encontrar o Xerife Pico que parece que passou a ter residência na Aldeia do Mato com grandes ambições eleitorais. De Xerife a Napoleão do Pinhal.

 

E por lá também há o casarão impressionante de certo construtor que financiou a candidatura do Pico e do Armando Fernandes (quando o Xerife era laranja e concorria nas listas do esposo de Sara Morgado, Pedro Marques, depois de miseravelmente ter atraiçoado António Castel-Branco) com uns milhares  segundo publicou o benemérito dono da papelaria suburbana. Porque o Pico agora dedica-se a esses negócios.

 

Quem financia certos partidos, também pode financiar mais um larzinho. Será este o sentido do negócio da Cabeça Gorda?

 

 

 

 

 

As pressas também dão mau resultado. A escritura de que publicamos extractos, enviada por uma amiga da Drª Ana Soares Mendes, a quem o dr. Marcello diz que beija a fidalga mão, com o cuidado necessário para não danificar o anel de brasão, a gente da obra é toda fina, excepto as formadas no Curso da Obra de Ciências Domésticas, que é o nome canónico das licenciadas em sopeiragem para servirem os supranumerários, é reveladora.

 

   

 

A Segurança Social vetou os Estatutos anteriores por ilegais e mandou-os passear, que neste caso será dar voltas ao adro da Igreja. E os nosso herói e as duas heroínas voltaram a fazer nova escriturazina.

 

Para querem a equiparação a IPPS ? Benefícios fiscais of course, subsídios e coisas do género.

 

Já é de começar a perguntar porque é que Igreja Católica que é podre de rica, não se financia a si própria e deixa de mamar na teta dos nossos impostos.....

 

Diz ainda o Dr.Marcello que só um ''jurista'' de faca e alguidar é que fazia uma porcaria duns estatutos destes.....

 

Já era tempo do santo Apóstolo do Pinhal ser assessorado por um ''jurista'' a sério.

 

Sublinha o dr.Marcello que o Cónego lhe disse uma vez que andara numa Universidade e que sabia muito de Direito....

 

Nota-se.....

 

Há mais coisas a dizer, há.......mas é tarde.....Já haverá tempo para outras novidades da Cabeça Gorda.

 

 

Edite Fernandes, especialista em Estudos Galegos, enviada especial à Cabeça Gorda.

 

assessoria de Marcello de Noronha 

 

PS-Se forem ver os corpos sociais do Banco Aconfessional contra a Fome que funciona numa Casa Paroquial quem são as meninas que estão nos corpos gerentes?  



publicado por porabrantes às 22:30 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.11.12

 

 

O Rev. Cónego José da Graça e a distinta Direcção do Banco Alimentar, que não do IOR, Banco do Vaticano,

 

O Senhor Carvalho outorga a esmola dum armazém ao Cónego Graça, presente a Idália Moniz (Rádio Hertz)

 

 

filial de Abrantes, organização aconfessional instalada na Sede do Arciprestado, Paço Graça no Largo de São Vicente, estão como se vê na primeira imagem....feitos ao bife.....

 

 

foto O Mirante

 

O Blogue deseja a sua Excelentíssima Reverência, o Cónego Graça, Apóstolo das Heranças as maiores propriedades.....

 

isto é que possa continuar a aumentar o parque imobiliário da Paróquia de São Vicente (Casa de Solano de Abreu e hectares adjacentes, Casa ''comprada'' à Delmira e ao Anacleto face a São Vicente, Casa Serras Pereira (ao lado da CMA), Casa da D.Clotilde Vasconcelos (Alferrarede), Casa da Rua da Barca (na Paróquia de São João, infelizmente ainda em nome da Assembleia de Abrantes, Lda, mas é uma coisa que se resolve com uma justificação, há justificações para tudo como veremos...)  

 

manifesta-lhe a sua solidariedade mercantil ( é uma vergonha ''venderem '' as piscinas velhas ao Marques do Hotel, quando podiam ser vendidas à Paróquia para montar uma piscina cheia de água benta para cónegos e solicitadores) .....

 

 

e ainda que o ilustre Fazendeiro e o resto dos ''benfeitores'' continuem aconfissionais

 

 

 

 

 "per omnia saecula seculorum."



Amen


Espera ainda que a dieta com bife à xoné não os faça emagrecer, nem seja substituída ''por bife à Delmira'', nem que a falta de proteínas leve o Graça nas suas confissões às adúlteras, que segundo declarações suas ao Jornal de Abrantes, são mais abundantes nos meios urbanos que nos rurais (o homem sabe foi pároco de Santa Margarida da Coutada e de São Facundo), a recomendar às beatas a abstenção na....



.....menage à troika......


 

porque parece que o Ponto Cardeal 


Foto: PONTO CARDEAL



diz que é pecado não seguir os santos mandamentos da troika......



Miguel Abrantes



PS- O Cónego Getúlio também é muito eficaz contra o adultério: 


''Eu, sou uma mulher que esta parada.. cheia de fraquezas, mas ate no momento,nao cometi o adulterio.. Apesar de se julgada com tal. e mesmo nessa minha fraqueza Deus tem aparecido em minha vida.. ano passodo mes de outubro, fui acometida e uma terrivel enfermidade, muitas dores,acabei 4 dias internada e submetida a uma cirurgia.. [...]''


 



publicado por porabrantes às 12:22 | link do post | comentar

Domingo, 18.12.11

 

 

Ex.ma Sr ª Drª  Ana Soares Mendes,

 

Digna Directora do Quinzenário Nova Aliança

 

É V.Exa, cara aristocrata, a cara civilizada do que foi um jornal católico, enquanto propriedade da Santa Madre Igreja.

 

Hoje, a Nova Aliança, já não é um jornal propriedade da Santa Madre Igreja, mas duma associação que está fora da alçada da Hierarquia Católica.

 

Uma associação de direito privado, sujeita aos tribunais comuns.

 

Não desconhece V.Exa o esforço titânico de Sua Santidade, o Papa, para repor ordem na Organização da Igreja e a repetição veemente por parte de Sua Santidade que  a Igreja é uma Instituição que se rege por regras codificadas no Código de Direito Canónico,  cuja aplicação cabe à Hierarquia e aos Tribunais eclesiásticos.

 

No caso de V.Exa desconhecer remeto-a para este artigo de Frei Nuno Serras Pereira, que foi colaborador do seu jornal, quando ele era propriedade da Igreja, onde ele lhe explicará qual é a personalidade e a teologia de Ratzinguer.

 

Depois desta introdução, venho recordar a V.Exa que é responsável pelo que se passa no Jornal privado ''Nova Aliança'', responsabilidade compartilhada com os subdirectores, mas que no essencial recai sobre V.Exa.

 

Como V.Exa é uma ilustre jurista, dispenso-me de lhe recordar a legislação em causa.

 

Mas recordo aos leitores os nomes dos subdirectores, como constam a ficha técnica, disponível na sua página web.

 

Directores-Adjuntos: Cón. José da Graça e Anacleto Batista.   

 

E ainda direi que qualquer assunto legal terá de ser resolvido num tribunal comum.

 

Vamos aos factos:

 

Em 18-4-2011 o blogue social-democrata Reexistir por Abrantes publicou um post sobre uma carta  mal-educada e agressiva assinada pelo Sr.Carlos Fazendeiro, Presidente do Banco Alimentar contra a Fome de Abrantes dirigida aos Snrs. Vereadores do PSD. 

 

Dizia o Sr.Fazendeiro entre outras pérolas esta : Dando respostas às questões colocadas V.Exas na reunião da Câmara Municipal de Abrantes de 4 de Abril de 2011 sobre o tema "Banco Alimentar Contra a Fome" tomo a liberdade como membro do Banco Alimentar Contra a Fome de Abrantes de informar V.Excia do seguinte: O Banco Alimentar Contra a Fome é aconfessional e apartidário. Nunca permitirá, de acordo com a sua filosofia que nenhum partido ou ideologia religiosa intervenha na qualidade dos seus serviços (...)».

 

Mas passo a reproduzir a carta.

 

 

 

 

Diz o Sr. Fazendeiro no meio dum agressivo palavreado '' O Banco Alimentar Contra a Fome é aconfessional e apartidário.''

 

Digo eu, aconfissional????

 

Está o Sr.Fazendeiro a gozar comigo, a gozar com a Drª Ana, essa jóia de rapariga, isenta de mácula e malícia e ainda com o pagode que alimenta a ''benemerência'' do Sr. Fazendeiro ????

 

Se é aconfissional porque é que o nº de fax do Banco Alimentar é o mesmo que o da Nova Aliança?????

 

 

 



Jornal Nova Aliança
Casa Paroquial S. Vicente| Tel:241 372 174 - Fax: 241 331 234
2200- 352 ABRANTES
 
 
   

 

Acho que tudo isto deve ser  desconhecido da Senhora Dr .D. Ana Soares Mendes porque agora tem banca de advogada em Lisboa.

 

Mas  será 

 

desconhecido do subdirector,

 

Anacleto Baptista,

 

 

 

Presidente da Assembleia Geral desse organismo que se diz ''apartidário e aconfessional'' ?

 

Parece-me que o Banco Alimentar de Abrantes, é tão aconfissional como eu.

 

Ou seja, parece ser, e, o que parece,  é, como dizia o ilustre jurista que foi Oliveira Salazar, uma filial das múltiplas actividades do Rev.Graça,que hoje é co-proprietário da Nova Aliança, através de certa associação,  não sabendo eu quando pagou por ela.

 

Mas sabendo eu que a ilustre aristocrata e distinta jurista não pode permitir que o seu apelido, o do meu amigo Dr.João de Castro e Solla Soares Mendes, seja usado para enganar o povo de Abrantes.

 

Se isto fosse uma cidade normal, o sr.Fazendeiro só tinha, dado o seu épico descaramento, uma saída,

 

 

DEMITIR-SE !!!!!  

Há outra saída, proibir V.Exa que o Fazendeiro entre na Gazeta.

 

Boas Festas e os meus melhores cumprimentos,

 

Marcello de Noronha, católica à maneira de Frei Nuno Allen Serras Pereira  



publicado por porabrantes às 17:24 | link do post | comentar

Domingo, 29.05.11

              

 

Parece que se celebra hoje cá, entre outros sítios, um peditório do Banco Alimentar contra Fome, instituição cuja delegação abrantina se declara ''apartidária e aconfessional''.

 

 

Frei Armando já disse o que tinha de dizer.

 

Nós também no link citado.

 

Se o Banco abrantino é aconfissional, eu sou este

 

 

Sua Eminência, o Cardeal Bertone, nº2 da Santa Sé

 

texto da vinheta Marcello de Noronha. posto por Adérito Abrantes

 

Laos Deos 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 12:53 | link do post | comentar

Terça-feira, 19.04.11

A Excelentíssima Srª D.Noémia Alagoa respondeu em nome do Banco contra a Fome a um requerimento apresentado por Santana-Maia e Belém, vereadores pelo povo de Abrantes, dirigido à Exma. Srª Presidente da Câmara. 

 

Fica a dita Senhora, Drº D. Maria do Céu Albuquerque avisada, por este meio, que não nos remeta requerimentos da Oposição ou seja dos Vereadores do PSD ou dos membros da Assembleia Municipal dos seguintes partidos ou coligações ou ainda grupos de Independentes :CDS-PP, PSD, CDU, ICA, Bloco para que sejamos nós a responder.

 

Não incluímos na lista o Sr.Dr. Arês, Vereador do ICA por ser evidente que faz parte da maioria, enquanto os deputados municipais do ICA como o Sr.Dr. Viana Rodrigues ou a Srª Drª Onofre fazem parte da Oposição.

 

Não é tarefa desta redacção fazer trabalho que compete aos Serviços Camarários.

 

Se começamos a aceitar responder à Oposição em nome da CMA, ainda terminamos a fazer outros trabalhos, quem sabe como varredores, coisa que Suzy acha que lhe estraga as unhas. 

 

A bem do blogue

Marcello de Noronha, dado o Dr.Abrantes estar de serviço no Trombinhas.

 

PS-Fui saber quem era a D.Noémia  Alagoa, Secretária da Direcção do Banco aconfissional e  apartidário

 

Jornal Nova Aliança

 

Está aqui a resposta:

 

Fundador: Pe. Jaime Alves de Oliveira.
Administração: Cón. José da Graça e Anacleto Batista.
Directora: Ana Soares Mendes (TE-444).
Directores-Adjuntos: Cón. José da Graça e Anacleto Batista.
Paginação: Sofia Gonçalves
Publicidade: Noémia Alagoa 
Redacção: Pe. Sebastião Fernandes (CR-348);
Pe. Manuel Mendonça (CR-443);
Pe. Pedro Tropa;
Ana Sofia Gonçalves (CP-8205)
Propriedade: Associação Cultural e Desenvolvimento Nova Aliança

 

 

Já agora nesta ficha técnica consta o Presidente da Assembleia Geral do Banco: Anacleto Baptista que também faz parte do Conselho Económico e Social de São Vicente e São João.

A Exª Srª D. Sofia Gonçalves  que terá a gentileza de nos informar se corresponde à vogal da Direcção dessa Instituição chamada: Ana Sofia Gonçalves.

O vogal do Conselho Fiscal : Sr. José Francisco Ruivo Guerra parece-nos ser o mesmo, José Francisco Guerra Ruivo que faz parte do Conselho Económico e Social de São Vicente e São João.

O Tesoureiro do Banco é o Sr.  José Bragança Ferreira que faz parte do Conselho Económico e Social de São Vicente e São João.

 

Podia Continuar?????

 

O Sr. Manuel Mendes da Conceição que é vogal do Conselho Fiscal do Banco terá a gentileza de nos confirmar se corresponde ao Sr. Manuel da Conceição Mendes que faz parte do Conselho Económico e Social de São Vicente e São João?

 

Devo continuar a pesquisa.....?

 

Não quero cansar os leitores....

 

Mas parece-me que quererem dizer aos abrantinos que o Banco local é aconfessional, é como eu sustentar que a Maçonaria Portuguesa (pérfida instituição) é a Nunciatura Apostólica.

 Um Núncio e Cavaco

Marcello de Noronha, da Obra

 

 

Pode ver aqui a composição do Conselho Económico e Social das paróquias citadas

 

Pode ver aqui a composição dos Corpos Gerentes do Banco Alimentar abrantino.



publicado por porabrantes às 22:36 | link do post | comentar

 

 

O Sr. Dr. Abrantes como sabem deu-me carta branca para responder ao acólito beato do Rev. Graça. Considero que a resposta da petição já foi dada pelo seu coordenador e reservo o meu direito de responder a título pessoal para o exercer quando o entender.

 

Quero só falar das boas maneiras e da boa educação.

 

É natural que uma pessoa se exceda de vez em quando, mas na Obra aprendemos a controlar-nos.

 

 

Há coisas inadmíssiveis e este ministro socrático ultrapassou, quando exibiu a cornamenta, os padrões médios de conduta admissíveis na Casa da Soberania Nacional.

 

O resultado foi que teve de se demitir.

 

Podemos dizer que houve pelo menos um Ministro do Sócrates que foi responsável.

 

Irresponsável é o dirigente  do Banco Alimentar contra a Fome que ainda não se demitiu depois da fífia revelada por Santana-Maia....

 

Irresponsáveis são os hierarcas que permitem que certos sacerdotes não cumpram as normas estabelecidas pela Igreja.

 

Querem nomes?

 

Já os disse e voltarei a repeti-los quando for necessário.

 

Como repetirei que D.Agostinho de Moura se portou mal com D.António Ferreira Gomes

 

 

Voltando ao Ministro mais responsável do Governo Sócrates e à sua ''afición'' pela festa brava, direi que foi uma falta de educação monumental, própria dum idiota, este gesto para responder a uma observação dum representante do povo.

 

Não é infelizmente um caso único nos anais da vida parlamentar lusa. Vejam este caso que afectou um deputado abrantino.

 

(...) O Orador: - Sr. Presidente, Srs. Deputados: O meu voto em relação ao projecto de lei n.º 309/II, inscreve-se no breve quadro de referência que acabei de traçar.
A minha posição individual não traduz o menor desrespeito pelas posições alheias, mas lamento que já tenham sido hoje proferidas nesta Sala por parte de pessoas de quem, com franqueza, não esperava certas expressões em termos de se considerar que, quem não pensa de certa maneira, se encontra mergulhado na negritude de um obscurantismo sem limites.

Aplausos da ASDI, do CDS, do PPM e de alguns deputados do PSD.

Dizia eu que a minha posição individual não traduz o menor desrespeito pelas posições alheias que se lhe oponham e seria o último a negar a utilidade do debate e do aprofundamento de tema tão apaixonante quanto da maior importância social e humana.
Nesta perspectiva não considero negativa a iniciativa legislativa com que a Assembleia da República se acha confrontada.

Aplausos da ASDI, do CDS, do PPM e de alguns deputados do PSD.

O Sr. Presidente: - Para pedir esclarecimentos, tem a palavra o Sr. Deputado Anacleto Baptista.

O SrAnacleto Baptista (PSD): - Sr. Deputado Vilhena de Carvalho, quero felicitá-lo pela sua intervenção e ao mesmo tempo fazer-lhe uma pergunta tão simples como esta: não acha muito sintomático que os nossos colegas médicos tenham, no momento da sua intervenção, abandonado esta Sala?

Protestos do PCP.

O Sr. Veiga de Oliveira (PCP): - Você é um nojo!

O Sr. Octávio Cunha (UEDS): - Peço a palavra, Sr. Presidente.

O Sr. Presidente: - Tenha a bondade de aguardar, Sr. Deputado.
O Sr. Deputado Vilhena de Carvalho, que foi a quem se dirigiu o pedido de esclarecimento do Sr. Deputado Anacleto Baptista, responderá nos termos que entender. (...) 

 

 

 

Diário da Assembleia da República, nº 12-12-11- 1982

 

 

Deve ter sido um episódio tão desagradável que o ex-Deputado não o refere nesta entrevista.

 

Obviamente, o Sr.Eng Veiga de Oliveira excedeu-se nesse dia e foi um mal-educado.Mas estou certo que a conhecida caridade do Solicitador Anacleto já exerceu o perdão e esqueceu a afronta.

 

O Eng.Veiga de Oliveira que eu encontrava muito no Gambrinus devia estar chateado. A culpa era do Camarada Cunhal que o estava sempre a criticar por ter hábitos burgueses.

 

Bolas, dizia-me o Veiga: é que na cantina do partido se come muito mal.....

 

Marcello de Noronha



publicado por porabrantes às 17:05 | link do post | comentar

Segunda-feira, 18.04.11

''Dando respostas às questões colocadas V.Exas na reunião da Câmara Municipal de Abrantes de 4 de Abril de 2011 sobre o tema "Banco Alimentar Contra a Fome" tomo a liberdade como membro do Banco Alimenta Contra a Fome de Abrantes de informar V.Excia do seguinte: O Banco Alimentar Contra a Fome é aconfessional e apartidário. Nunca permitirá, de acordo com a sua filosofia que nenhum partido ou ideologia religiosa intervenha na qualidade dos seus serviços (...)».''

 

 

in Reexistir por Abrantes

 

Isto é dito por uma Senhora que age em representação do Banco e responde a um requerimento da Oposição ao Executivo da CMA

 

É apartidário, mas tem funções delegadas do PS.

 

Passou-lhes a Chefa uma procuração?

 

Parecem tão apartidários como o Nobre....

 

Ou como em  75 o MFA apartidário a apelar ao voto na 

 

 

 

E quanto a serem aconfissionais como é que eram presididos pelo Arciprestre?

 

Não tinha o homem nos termos do Direito Canónico de ter autorização expressa do Bispo, para desempenhar cargos onde tenha de apresentar contas?

 

Não tinha o homem voto de obediência ao seu superior hierárquico, o Bispo de Portalegre?

 

Não dei um tostão ao dito Banco e apelo para que façam o mesmo que eu.

 

Se querem dar dinheiro para coisas humanitárias sérias, mandem um cheque à ordem do Sr.Professor Dr. António Reis, Grão-Mestre da Maçonaria, Palácio do Grémio Lusitano, Travessa do mesmo nome, (ao Bairro Alto) -Lisboa.

 

O Grande Oriente é uma organização séria e caritativa.

 

Insígnia do Grande Oriente Lusitano

 

Se há católicos que ainda desconfiam da maçonaria, mandem um donativo para as freirinhas de Montalvo que me dizem que sofrem as  passas do Algarve.

 

Estou certo que as santas irmãzinhas distribuirão com os pobres o que lá chega.

 

A Santa Casa também recebe donativos.

 

Agora, dar dinheiro a Bancos partidários e confessionais, não dou. 

 

Miguel Abrantes

 

Não está aqui o Dr.Noronha para vos dar a morada da Obra, que tem um serviço de ajuda a Banqueiros necessitados.



publicado por porabrantes às 22:13 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Segurança Social veta Est...

Feitos ao bife

É O BANCO CONTRA A FOME D...

gato por lebre

Aviso e Pedido de Esclare...

a influência da cozinha n...

O Banco contra a Fome é a...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds