Quinta-feira, 26.07.18

fake news

 



publicado por porabrantes às 14:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.06.16

 

am 1.png

am 2.png

 Edital da Assembleia Municipal de hoje, onde estará em discussão a venda das piscinas do hotel por cerca de 6.000 euros ao José Procópio dos Santos ou melhor à sociedade controlada por ele.

O licenciado Gomes Mor não se deu ao trabalho de divulgar o Edital na página do facebook da AM

am 3.png

Estava a contar medalhas.....

O Procópio dos Santos recusou-se a entregar à CMA o terreno do Barro Vermelho e só o entregou depois de perder este processo judicial

procópio.png

Agora, como prémio leva as piscinas velhas, a preço da chuva, face à indignação popular

fartar vilanagem 3.png

procópio 3.png

Isto é, a Star Hotéis teve o supremo descaramento de vir dizer em Tribunal que não sabiam o que tinham assinado, nem sabiam das condições que pendiam sobre outra venda dum terreno municipal a preço simbólico.

E  é à Star Hotéis que o caciquismo quer ceder ou dar as piscinas!

A propósito, numa entrevista recente ao Mirante, disse Maria do Céu:

piscinas 4.png

Isto não é verdade!!!!!

 

A Câmara não podia fazer a reversão do terreno, porque o benemérito Procópio dos Santos se opunha, como se viu atrás, e porque o Dr. José Pedro ou os funcionários municipais dele dependentes, não conseguiram, pelas razões que a Conservadora de Registo Predial saberá, registar a favor da CMA, as condições estipuladas na escriturazinha de venda do terreno 

registo.png

 E tudo indica que a intervenção da Presidente a favor da Star Hotéis, no concurso da Fundo de Turismo, onde tanbém era concorrente o Dr.Ribeiro, tem algo a ver com esta história.

 

Só para acabar, tudo parece indicar que o Procópio dos Santos vai fazer um grande negócio e o Município de Abrantes vai sair largamente prejudicado  ...

 

E que a Presidente não é clara, as usual, nas entrevistas que dá.

 

mn   



publicado por porabrantes às 13:19 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28.03.16

Cristina-Piçarra-300x300.jpg

A directora comercial da Luna, Cristina Piçarra anuncia que o Hotel Turismo só abrirá no 3 trismestre de 2016 por atrasos e questões processuais (atribuíveis à burocracia camarária, supomos nós)

Entretanto, parece que os terrenos do Barro Vermelho continuam ainda na posse de gente ligada ao Procópio, pelo menos a autarquia ainda não anunciou a sua reversão.

Entretanto, está em julgamento novo processo contra a Hotel Turismo SA.

E não se sabe destes vitrais que fazem parte do património abrantino.

vitrais hotel.jpg

Pode a Cristina Piçarra garantir que eles regressam ao local?

cacique.jpg

 Oportuna e irresponsavelmente tinha dito a cacique: '' Maria do Céu Albuquerque salientou que é intenção do Grupo Luna Hotéis abrir a unidade hoteleira no dia da Cidade, 14 de Junho, no entanto reconhece que não será um processo fácil uma vez que estamos a menos de um ano dessa altura.''.

Ou seja a mulher podia ter ficado calada. Se não tivesse aberto a boca, não tinham saído falsas esperanças.

ma

foto da Cristina : Ambitur  



publicado por porabrantes às 12:59 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.11.15

O empresário abrantino Joaquim Ribeiro contesta a forma como Maria do Céu Albuquerque, a quem o povo chama a cacique, terá pressionado o Fundo de Turismo para fazer um negócio com a Luna Hotéis.

Veja o vídeo aqui, publicado pelo Mirante. 

Maria do Céu declara que não tem razões para duvidar do homem que comprou o Bairro Vermelho ao preço da uva mijona.

Se não tinha razões para duvidar, porque é que a CMA processou esta empresa?

 

 

Entretanto no dia 23

14.1TBABT
Abrantes - Inst. Local - Secção Cível - J1
Ação de Processo Comum
Autor Município de Abrantes
Réu José Procópio Lourenço dos Santos
Réu Staroteis - Sociedade Hoteleira Unipessoal, Lda.
Julgamento ou Audiência final Realizado

  

não houve nenhum acordo e os advogados de ambas as partes produziram as respectivas alegações, ficando o juiz de proferir sentença.

 

Ou seja a CMA pode ganhar ou perder.

 

Recorde-se que a CMA anunciou a construção dum centro escolar no terreno do velho campo de futebol.

 

'' Assim, colocaram-se diversas hipóteses de alteração do local do futuro Centro Escolar, procurando, numa primeira opção a instalação no centro histórico, o que não se mostrou viável. Está agora a ser ponderada, em substituição, a construção de um Centro Escolar no centro da Cidade, mais concretamente no Barro Vermelho e no local para o qual estava prevista a construção de uma unidade hoteleira, cujo terreno a autarquia pretende reverter. '' (a cacique numa acta, vénia ao Amar Abrantes)

 

O concurso chegou a ser aberto

barro vermelho.png

e pergunta-se como é que foi aberto, se o terreno não era da CMA mas da Luna Hotéis?

 

Não sabiam?

 

Só descobriram depois que talvez não haja cláusula de reversão como no Casal Curtido?

 

Ou não a accionaram atempadamente como tinha proposto Santana-Maia Leonardo e Belém Coelho???

 

(...)Os vereadores eleitos pelo PSD sempre viram com muita desconfiança, quer quanto à sua sustentabilidade, quer quanto à sua viabilidade, a construção do Hotel no Barro Vermelho pelo que sempre defenderam que a cláusula de reversão já devia ter sido accionada há muito tempo   (..)

 

in Amar Abrantes

 

E para esconder a monumental gaffe foram assinar o contrato-promessa de compra do colégio de freiras, e assassinar o ensino religioso em Abrantes, com a cumplicidade das Doroteias, que recusaram reiteradamente qualquer hipótese de sobrevivência do Colégio, que lhes foi proposta, desde que lhes acenaram com uns trocos?

 

bispo c.fátima.jpg

Enterro do Colégio de Fátima, a cacique rodeada pelo clero

 

manuel fernandes 2.png

A.República

O deputado  da Ditadura, Manuel Fernandes, um dos criadores do colégio, representado no enterro pelo filho

c. fátima luisinho.jpg

 

 Não gosto de pompas fúnebres, mas a página municipal gosta, as fotos são de lá.

 

 Só me admiro de não terem publicado fotos do enterro do Zé Bioucas.

Já  agora outra foto de enterros

coveira.png

 

 

ma

na Assembleia Municipal também foi este assunto discutido



publicado por porabrantes às 10:36 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.11.15

 

Já estou farto de falar nisto

 

Em 2007 a Edilidade vendeu o campo de futebol do Barro Vermelho à Luna, por preço simbólico:

 

'' O novo hotel de Abrantes terá 99 quartos, 12 suites, healthclube, spa, piscina interior coberta, restaurante e salas de conferência, para além de uma cave com dois pisos de estacionamento. ''

 

Era para abrir em 2010. Não abriu. Depois a edilidade tentou fazer uma Escola no mesmo sítio que também foi ao ar. E meteu-se na ideia de adquirir o Colégio das Freiras.

 

Entretanto processou a Luna

631/14.1TBABT
Abrantes - Inst. Local - Secção Cível - J1
Ação de Processo Comum
Autor Município de Abrantes
Réu José Procópio Lourenço dos Santos
Réu Staroteis - Sociedade Hoteleira Unipessoal, Lda.
Tentativa de conciliação

 

 

Nenhum dos edis da Oposição perguntou porquê.....

 

Entretanto a cacique anunciou  a reabertura do Hotel Turismo para 2016, a ser gerido pela Luna

 

A cacique também disse que a Luna tinha grandes investimentos no Brasil, ora segundo informação deles não têm

luna.png

A cacique também disse que teria sido assinado um contrato de recuperação do Hotel

 

E salientou os esforços da CMA nesse sentido

 

Ora os donos do Hotel dizem isto:

hotel rendas.png

Quanto valia o imóvel?

 

hotel valor.png

hotel yeld.png

Ou seja, graças aos amigalhaços da Senhora Albuquerque o Hotel não vale mais de 1474.000 € ou seja mais ou menos o valor do Colégio de Fátima (com Igreja, centro ilegal de distribuição de pílulas e olival anexo)

 

E durante um ano o Fundo de Turismo não o conseguiu vender...ou arrendar

 

 

E durante um ano a CMA não o quis comprar, mas comprou um Colégio de Freiras....

Em Constância e em Vila de Rei as edilidades são donas de estabelecimentos hoteleiros que concessionam

Solução perfeitamente exequível em Abrantes!!!

Hotel 6.png

Segundo a Margarida a cacique disse isto ao Vereador Manana

Como é que ela podia dizer isto, se o Hotel não é da CMA?

Porque é que a Luna não compra o Hotel?

Diz-me um passarinho que pode ser isto....

Mas há uma coisa estranha

 

 

14.1TBABT
Abrantes - Inst. Local - Secção Cível - J1
Ação de Processo Comum
Autor Município de Abrantes
Réu José Procópio Lourenço dos Santos
Réu Staroteis - Sociedade Hoteleira Unipessoal, Lda.
Julgamento ou Audiência final Realizado

  

 

A cacique disse ao Mirante:  Esse terreno, segundo a presidente da Câmara de Abrantes, vai reverter para o município sem quaisquer encargos para este.

 

Então para que foi a acção contra a Luna?

 

Para recuperar o Barro Vermelho?

 

Numa acção há sempre encargos, custas e despesas de advogado.

 

Mesmo que haja uma transacção, haverá custas e a CMA paga fartas avenças a advogados/as.

 

Portando haverá sempre encargos, tudo o indica.

 

Fica isto por aqui?

 

Isso é o queria a cacique!!!!

 

Não fica.

 

ma 

 

 



publicado por porabrantes às 10:21 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.02.14

Em 2013-10-30 a CMA anunciava isto.

 

Um concurso público para:

 

 

CONSTRUÇÃO DO CENTRO ESCOLAR DE ABRANTES

 

 

sito no Barro Vermelho no espaço cedido quase à borla à edilidade pelo  Dr.Solano de Abreu e esposa para fazer uma campo da bola, condição expressa na escritura.... 

 

 

as propostas tinham de ser entregues a 17-12-2014 e o resultado do concurso devia ser anunciado a  17-1-2014

 

o  valor do concurso era de  €3.789.475

 

 

as empresas concorrentes eram obrigadas a pagar uma caução.....

 

deixando de lado a inutilidade de fazer novas escolas num concelho e cidade em recessão demográfica....

a seriedade obriga quem lança um concurso público a mantê-lo e a sujeitar-se ao seu resultado e a cumprir a sua palavra

ora acaba de noticiar certa rádio, citando a Presidente da CMA, que era a responsável pelo lançamento do concurso citado, que a edilidade terá alcançado um acordo com o Instituto das Irmãs de Santa Doroteia para compra do edifício do Colégio de Fátima e supõe-se edifícios anexos que são dois, Convento da Esperança (ex-Teatro Taborda) e o ex-DRM.

 

segundo a dita informação a edilidade abandona a ideia de construir o Centro Escolar no Barro Vermelho e meterá as criancinhas do cabeço no edifício cor-de-rosa onde estudou a veneranda Presidente e algum jurista ligado à edilidade e ainda o Prof. Arq.Duarte de Castro Ataíde Castel-Branco , lá para o final do ano lectivo

 

se isto se confirma....teremos de perguntar:

 

às freiras:

 

têm noção da sua  responsabilidade histórica   as Doroteias ao liquidarem irresponsavelmente a última instituição de ensino católico na Cidade, agindo como vulgares especuladores imobiliárias, e não respeitando a obra do Cónego Silva Martins e do Dr.Manuel Fernandes que tanto se empenharam na criação dessa escola, cujo edifício foi ''oferecido'' na prática a esta instituição religiosa? 

 

 quero perguntar aos edis da maioria PS:

 

É sério lançar um concurso público de 3 milhões de euros em finais de Novembro  e anunciar que se anula a finais de Fevereiro?????

 

Quanto é que isto custou aos nossos bolsos?

Quanto é que isto custou em falsas expectativas e em euros às empresas de construção civil concorrentes?

Vai a CMA despejar a Paróquia de São Vicente que ocupa metade destes edifícios?

interpretaram as Doroteias que a mensagem papal significa

 

 

Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Abrantes - Portugal

 

BETÃO RIMA COM CIFRÃO ?????

 

A REDACÇÃO

 

Nb- Encontrei uma arquitecta que estava toda entusiasmada com a ideia de arrasar o Jardim Actor Taborda para o transformar num parque de estacionamento    

 

foto: panoramio

 

 



publicado por porabrantes às 21:26 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Fake news

A negociata das piscinas ...

Hotel Turismo só abrirá e...

Escândalo à vista no Hote...

As aventuras hoteleiras e...

Será sério anular concurs...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds