Segunda-feira, 11.07.16
 

'' (...) O número um de A Batalha, o mais importante jornal operário e sindical da Primeira República, apesar da sua natureza anarquista, viu a luz do dia em 23 de Fevereiro de 1919. E o último saiu no dia 26 de Maio de 1927, exactamente um ano após o golpe militar e da implantação da Ditadura, que caminhava aceleradamente para a fascização do regime político em Portugal.

No dia 27 de Maio de manhã (1), uma horda de malfeitores e de polícias à paisana, com o construtor civil Martins Júnior à cabeça, protegidos por cordões de polícia de espingarda em punho, chefiados pessoalmente pelo comandante da PSP, coronel Ferreira do Amaral, destruiu a golpes de picareta as instalações e o equipamento do diário matutino operário, que coabitava na mesma sede com a CGT, a Juventude Sindicalista, a União dos Sindicatos de Lisboa e a Federação dos Sindicatos da Construção Civil, na Calçada do Combro. (1) (...)'' in

A Batalha foi brutalmente encerrada há 80 anos

por Américo Nunes no Militante nº 288

 

 

A carreira do Martins Júnior não terminou com a demissão do Partido Radical, as suas milícias, integradas na ''formiga preta'', juntaram-se  ao embrião da Polícia Política para sob comando de Ferreira do Amaral,  destroçar o movimento sindical anarquista e o grande jornal operário a Batalha

DuartePimentel09.jpg

óleo de Duarte Pimentel  (wikipedia)

 

 

O Militante é uma folha teórica do PCP. Portanto isto deve ser lido com espírito crítico. A opinião dos libertários tem matizes diferentes. E espero encontrar a explicação do abrantino para esta coisa. No programa ''Antes  da Pide'' podem situar-se melhor os acontecimentos, em especial a acção de Ferreira do Amaral na organização das polícias políticas anteriores à PVDE, que aliás já vinham da República democrática.

(1) Aliás a cena descrita no Militante é real, mas deu-se a 2-11-1927. O Autor deve ter confiado no livro de David de Carvalho, Os Sindicatos e a República Burguesa: 1910-1926. O Carvalho que era dirigente da CGT escreveu o livro em 1977. A memória traiu-o.

 

 

 

Vale a pena recordar esta façanha  e enquadrá-la na série de Jacinto Godinho e ilustrá-lo com uma imagem da série

batalha martins júnior.png

Antes da Pide, Episódio nº7, onde se recupera uma imagem do assalto, aqui publicada com a devida vénia
 
  ma


publicado por porabrantes às 22:43 | link do post | comentar

Segunda-feira, 31.03.14

é naturalmente de recomendar

 

 

é o caso da Batalha, onde entre outros  escreve o arq. paisagista João Albuquerque Carreiras,

 

 

um dos iniciadores e melhores colaboradores da petição para Salvar São Domingos

 

 

 

A Batalha

 

 

e que também foi colaborador deste blogue

 

Leia o João Albuquerque Carreiras na Batalha

 

 

Boa Sorte amigos

 

SN  



publicado por porabrantes às 22:45 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

As milícias fascistas de ...

Um blogue duns amigos

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds