Domingo, 13.01.19

Na história da MDF faltava este subsídio, como o cap. Costa Martins, exilado em Angola, depois de derrotado no 25 de Novembro de 1975, se dedicou ao negócio de importar Berliets para as Fapla, com ajuda de José Eduardo dos Santos e a alegada conivência de Eanes.

 

'' (...) No sector da indústria, promoveu-se o desenvolvimento de um polo, inicialmente através da "Tramagal", e conseguiu-se ainda impedir que as Berliers portuguesas fossem vendidas a Angola, pela França, como estava a ser preparado, e cujo transporte iria ser feito pela Marinha Mercante grega.As berliers acabaram por ser vendidas a Angola, directamente por Portugal, e foram transportadas pela Marinha Mercante portuguesa, apesar das tremendas manobras de boicote desenvolvidas em Portugal, que tiveram de ser vencidas, tendo o então Presidente Português Ramalho Eanes contribuído para a solução, pelo que não quero deixar de referir essa sua meritória actuação (...)''

 

Costa Martins artigo no Público em 29 de Abril de 2002

 

mn

 



publicado por porabrantes às 14:12 | link do post | comentar

Terça-feira, 05.07.16

Teve o sr. Luis Pombinho, do Tramagal, a bondade de dar destaque a este nosso velho (mas sempre actual) post. Não retiramos uma palavra, quem se rendeu em África, como se rendeu, parecia um bando de rufias, disse o Prof. António José Saraiva.

Publica-se de novo o post

 

Cidadãos por Abrantes

Em defesa do Património e pela discussão do Museu Ibérico

 

início

 

Domingo, 21.06.15

Veiga Simão & Mário Silva fazem projecto do Museu MDF

 

8 Fotografias antigas Fábrica Fundição do Tramagal

€ 9,00

 

Colecções - Antiguidades

Vende-se

 

Vende-se em Alcanena

 

Deixa-se o aviso para a esforçada rapaziada que está (há 30 anos!) a tentar montar um Museu na Vila ( o primeiro projecto já estava pronto em 1977 e orçamentado em 12.500 contos!)

Tudo isto devido à acção do Prof.Mário Silva que queria construir um Museu Nacional da Ciência e da Técnica, que lhe tinha sido encomendado pelo ministro fascista Veiga Simão. O Museu teria vários pólos, um deles o da MDF. 

O Mário Silva, académico prestigiadíssimo, tinha sido perseguido pela Ditadura e o físico nuclear Veiga Simão, que se distinguira pelo abandono da Academia para passar à política, repescara-o. A sua demissão da função pública, em 1947, juntamente com a do General Marques Godinho, do abrantino Lopes Raimundo (cuja genealogia e obra foi tratada, no Jornal de Alferrarede, pelo dr. António Graça Pereira)  e outros anti-fascistas já aqui foi abordada.

 

A Tubucci oportunamente publicou esta imagem. Resta dizer, que o que se publica abaixo, acerca do Museu, são extractos, do importante livro (1) de Adelaide Costa Duarte, sobre o falhado Museu da Ciência e da Técnica que Veiga Simão queria edificar. A Lígia Marques conseguiu escrever um artigo sobre os esforços da CMA/ Junta de Freguesia para fazer um Museu no Tramagal, sem descobrir que o projecto já datava pelo menos de 1976 e que até tinha orçamento. É obra!!!! . Não sei como há pachorra para ler coisas de quem não  cita a bibliografia mais elementar, mas havia que recordar Mário Silva, como o sanearam, ao mesmo tempo que o General Godinho, como sobreviveu transformado em vendedor de espumantes,  enquanto, patriótico, o Rui Duarte Ferreira (o que vendeu a Coelheira,  quando andava pró escasso de money)  escoltava Américo Tomás. E calo-me, para não dizer o que fazia o Mário Bastos!!!!

Ele e o bravo Rui, estão na última foto, que, como a anterior ,é retirada da revista de propaganda ''Passos'', onde o Martinho Gaspar traçou, eufórico, a saga das Berliets, que transportaram tropas em missão de soberania.

 

As Berliets também serviram para transportar uma tropa humilhada e vencida, depois da Abrilada, na saga mais vergonhosa para as Forças Armadas de Portugal desde Alcácer-Quibir. Como escreveu Mestre António José Saraiva: '' Para começar, escreveu-se na nossa História uma página ignominiosa de cobardia e irresponsabilidade, página que, se não for resgatada, anula, por si só todo o heroísmo e altura moral que possa ter havido noutros momentos da nossa História e que nos classifica como um bando de rufias indignos do nome de Nação.'' Enquanto isso, Luís Cabral fuzilava os bravos Fulas  que se tinham batido por Portugal e o Sr.Almirante Almeida d'Eça (hoje com 97 anos, diz o Expresso) fazia o impossível por conseguir libertar os patriotas cabo-verdianos que o PAIGC metera no Tarrafal, pelo simples facto de não quererem viver num regime despótico. Vil miséria.

ma

(1) Edição da Universidade de Coimbra

PS-A Lígia Marques fez esta esta tese de mestrado no IPT sobre a musealização da MDF, com patrocínio municipal, orientação do Doutor Luís Mota Figueira, com 273 páginas,e não conseguiu descobrir o projecto Veiga Simão/Mário Silva.

Mas naturalmente a Lígia Vanessa conseguiu ser candidata à Assembleia de Freguesia do Tramagal com o PS.... 

Ò Ligia, o Veiga Simão era seu falecido camarada, depois de ser fascista, foi Ministro da Defesa socialista, com Guterres....   

 

 

tags: abrantes, adelaide costa duarte, antónio josé saraiva, berliet, casal da coelheira, descolonização, lígia marques, museu do tramagal, museu nacional da ciência e da técnica, mário bastos, mário silva, rui duarte ferreira, tubucci, universidade de coimbra, veiga simão

 

publicado por porabrantes às 12:17 | link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

 



publicado por porabrantes às 11:17 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.07.15

 

 

Em 28 de Maio de 1975 foi preso o camarada Juca Soares Mendes e mais abrantinos apenas por não alinharem com a implantação duma ditadura comunista em Portugal.

 

 

 

 

 

 

 

 

O Juca e os outros abrantinos resistiram e não vergaram. 

O MRPP honrou os presos de 1975!

Um dia conto a história da prisão deles. Mas deve dizer-se que eles lutaram pela Liberdade e pela Democracia.

 

Venham explicar aos meninos das Escolas que não houve prisões políticas depois de Abril.

a redacção



publicado por porabrantes às 16:10 | link do post | comentar

Domingo, 09.11.14

iko.png

 Iko Carreira, Ministro de Defesa de Angola, com Agostinho Neto, ou melhor  Henrique Teles Carreira.

Já sabemos todos que as Berliets do Tramagal foram máquinas de guerra nas campanhas coloniais.

Na net há copiosa informação sobre isso e já foi aqui alguma vez o assunto abordado.

Vou só abordá-lo lateralmente.

 

Iko que deixou umas memórias importantes, foi acusado de todos os tráficos, enquanto ministro.

E especialmente de tráfico de armas.

Todos sabemos que ainda hoje as relações entre Angola e a França são complicadas, devido à investigação judicial a Pierre Falcone e ao Angola Gate

Também se sabe que na guerra civil angolana houve militares portugueses envolvidos, combatendo nos dois lados. E fazendo negócios.

No boletim municipal, o dr. Gaspar traçou uma aproximação à história da MDF onde falta a luta de classes, o tráfico de material militar, os atentados terroristas, os conflitos familiares, a repressão da Pide.

Já se falou aqui da última e de atentados contra a MDF.

De outras coisas mencionadas falar-se-á outro dia.

Só quero referir a alegada exportação de Berliets Tramagal, via França (para onde eram exportadas), para equipar o exército do MPLA, ou sejam as FAPLA, depois do 25 de Abril.

Iko foi politicamente liquidado através da prestimosa família Dos Santos que agora controla Angola e os negócios de Portugal, diz o wikileaks.

O MPLA já recebera Berliets (que este livro não especifica onde eram produzidas )antes do 25 de Abril.

Ora há blogues da oposição angolana que relatam esse tráfico de Berliets Tramagal

para Angola, graças a Iko Carreira e a outros bons samaritanos.

Fica a pista. Eu estou preocupado com outras coisas.

MA 



publicado por porabrantes às 20:52 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O vendedor de Berliets

O bando de rufias. Antóni...

Berliets do Tramagal ao s...

Berliets Tramagal prás FA...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds