Quarta-feira, 02.05.18

cunha bernardino

Andaram os historiadores locais a garantir que João Augusto da Silva Martins não era amigo do filho do Sr.Barão de Joane. Isto prova o contrário.

5709839

A foto seguinte prova que habituado a tratar com el-Rei Dom Luís, sabia tratar com SMC Alfonso XIII

Nos intervalos despachava empregos de caixeira no Grandela.

mn



publicado por porabrantes às 20:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.11.16

Martins Júnior estava em todas. Depois de ter participado activamente nos movimentos golpistas que precederam o 28 de Maio e de ser distinguido a rachar cabeças aos seus antigos amigos sindicalistas da Batalha, em 1928 já conspirava para dar um golpe-anti-fascista .

Pelo menos é o que se conta nesta carta dirigida ao deposto Presidente da República, Bernardino Machado.

bernardino machado 1.png

bernardino 2.png

 

bernardino machado 3.png

O Golpe anti-fascista estava previsto para 1 de Março de 1928 e contava com a participação de Cunha Leal (já desiludido também com o 28 de Maio), o democrático António Maria da Silva e o construtor civil abrantino, certamente com a sua milícia privada, que depois se alistou na PVDE.

A carta ao Ex-Presidente vai assinada por António Resende e tem a data de 28-2-1928.

martins jínior 1910.jpeg

Martins Junior com Afonso Costa (foto Josua Benoliel)

 

Ficam já a saber que o Martins Júnior foi o primeiro fascista abrantino e se calhar o primeiro anti -fascista da cidade e concelho.

Não podia estar quieto, não havia revolução ou bernarda que lhe escapasse.

O documento acha-se na Fundação Mário Soares, donde se reproduz com a devida vénia e donde se retiraram alguns dados.

mn  



publicado por porabrantes às 22:03 | link do post | comentar

Terça-feira, 01.11.16

berradino.png

Depois do Bernardino, falou o Brito Camacho

 

camacho.png

Faltava o Guedes, que também tinha de disparar retórica, antes de sair para ir pedir dinheiro ao Manuel João da Rosa para pagar a conta da festa....

 

guedes.png

 Diário Ilustrado 30 de de Dezembro de 1908, ''sueltos'' atribuíveis ao correspondente abrantino, solicitador Almeida Frazão, as palavras dos dirigentes republicanos devem ter sido proferidas a 27 de Dezembro, num comício no Teatro Taborda, onde estiveram o Camacho e o Bernardino, ex-ministro regenerador.

Tratou-se de inaugurar o Centro Escolar Republicano de Abrantes, entretanto o dirigente republicano António Farinha Pereira tinha as filhas internas no Colégio do Bom Sucesso, de freiras dominicanas em Lisboa.

mn

 



publicado por porabrantes às 13:22 | link do post | comentar

Sábado, 04.06.16

micróbio.jpg

 a redacção



publicado por porabrantes às 23:07 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11.02.16

machado bernardino.jpg

à venda no Olix Abrantes

3 €

se querem fazer um museu da cidade ao menos comprem o artesanato popular que retrata o tipo que elevou Abrantes a cidade mas faltou a vir cá....porque......o filho estava doente ou constipado

O prato é de 1910.

ma 



publicado por porabrantes às 14:22 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.01.16

António Marques Heitor foi, na política, Presidente da Junta do Rossio pela outra senhora. Depois de Abril foi repescado pelo PPD/PSD que andava à pesca de gente do antigamente.

Ganhou as eleições e foi Presidente laranja de S.João.

Não me interessa aqui recordar a sua gestão política, mas apenas evocar, nele, a saga de tantos professores primários que esforçadamente deram aulas e ilustraram gerações com meios escassos e uma grande dedicação.

Entre outros sítios foi Professor no Rocio e nos Quinchosos

escola rst.png

 

 

Escola do Rossio, anos 60, quando ele deu lá aulas, foto publicada pela Senhora D.Paula Gomes, no face

 

 

Nesta escola, era capaz de dar aulas à segunda classe e à quarta, ao mesmo tempo, quase nunca recorrendo à velha palmatória, ao contrário doutros, mais nervosos

Na quarta-classe aprendia-se História de Portugal e ele dava-a emocionado, especialmente quando Portugal ''estava a ganhar'', enquanto os miúdos da segunda, faziam cópias ou trabalhos semelhantes

Quero lembrar a vez que, orgulhoso, referia que Portugal foi dos primeiros países do  mundo a abolir a pena de morte por motívos políticos e depois para os restantes delitos, e que a Lei tinha sido assinada por D.Luís I.

O Professor, gordinho e baixinho, entusiasmava-se mais, quando referia que Victor Hugo, aquele lúbrico fazedor de versos de epopeias republicanas, escrevera do exílio (estava em Jersey, fugido a Napoleão III) uma carta ao Rei D.Luís I felicitando-nos por sermos um país civilizado.

Omitia, desconhecedor ou pudicamente patriota, que outro homem assinou a Lei que restaurou a pena de morte para crimes militares em Portugal,em tempo de guerra.

Foi Bernardino Machado e só descobri isso, quando o melhor Professor de Direito que vi na vida, o falecido Miguel Galvão Telles o contou numa aula.

Bernardino_Machado.jpg

A aprovação dela foi em 30 de Agosto de 1916. Uns dois meses da elevação de Abrantes a Cidade, com a sua assinatura. Houve pelo menos uma execução .

Em grande parte pelo mau estar devido ao Bernardino nos meter numa guerra, Machado Santos sublevou-se em Tomar e marchou sobre Abrantes em 13 de Dezembro de 1916. Tratar-se-á disso aqui.

Fica feita a nota sobre o Marques Heitor, mas não deixarei de anotar que outro Professor primário, o Roldão participou, segundo uma publicação da época, na ocupação da Assembleia de Abrantes

assembleia-de-abrantes-2-1.jpg

O Roldão, bom homem, era da direcção da ANP, o partido único fascista, o 25 de Abril desvariou-o momentaneamente.

Morreu haverá pouco tempo. RIP.

mn

 



publicado por porabrantes às 15:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.01.16

vilar mendo.png

dizia o Par do Reino, Visconde de Vilar Mendo

 

vilar mendo 2.png

era 31 de Março de 1892

 

O Convento da Graça foi dado à CMA e demolido, ficámos mais pobres, sabem quem estava como Par do Reino na sessão onde isto foi discutido e não levantou a voz para defender o Convento????

 

210px-Bernardino_Machado.jpg

 E porquê?

Porque era Par do Reino regenerador e colega de partido do abrantino, Avellar Machado que promovia (feito com a edilidade abrantina, que era coutada sua) 

a destruição do imóvel.

 

Os dois, o Avellar e o Bernardino ajudaram a Notável Vila a ser menos notável. Ao Avellar devemos algumas coisas, ao Bernardino devemos ter ajudado a dar cabo do Convento da Graça.

 

 

ma

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 20:55 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.12.15

1010093_10207218282228648_2087308547008553979_n (1

a Virgem era o ex-ministro regenerador Bernardino Machado que fez a Vila de Abrantes passar a ser Cidade.

Bonito Serviço este milagre da Virgem!

ma



publicado por porabrantes às 11:45 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.11.15

 

 

Em memória do Sr.Dr.José Guedes de Campos.

 

 

 

 

 

netos de ramiro guedes.jpg

 

 

Outro dia um cretino dizia que era preciso ''dar educação ideológica'' aos rebentos, isso funciona mal, um dos meninos que está com o Bernardino seria um furibundo poeta nacionalista, o caríssimo Ramiro Guedes de Campos 

Jornal de Lisboa, (terão de adivinhar qual), Abrantes, 1907 

 

Saúde e Fraternidade!

 

ma 

agradeço à viúva do meu amigo António José um montão de caixas por abrir, prometo que este velho recorte (agora de difícil visão, dado o tempo que danificou o papel) será tratado e tentarei aqui meter uma imagem decente 



publicado por porabrantes às 14:06 | link do post | comentar

Domingo, 25.10.15

postal 1915 rossio.png

O postal foi metido no correio em 1915. O remetente diz assim: ''Foi eleito Presidente da República'' o nosso parente Bernardino Machado

postal 1915 2.png

 Fala duns livros de Sylvio Romero, importante escritor brasileiro,  e que tinha estado em Joane, localidade ligada à família Guimarães, a quem D.Luís deu um título. Bernardino Machado era filho do 1º Barão de Joane e era normal que tivesse relações no Brasil, porque nasceu lá.

O postal vende-se no Rio.

ma  



publicado por porabrantes às 19:41 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Job for the girl

Martins Júnior, o primeir...

Almeida Frazão insulta re...

Desparasitando o Dr.Berna...

O prato do Bernardino

Professores abrantinos no...

Bernardino & Avellar, Soc...

A Virgem do Presépio tinh...

Os netos do cacique repub...

A família do barão de Jo...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds