Sábado, 05.01.19

d.joao de portugal

D.João de Portugal foi o último Bispo a pegar em armas em Portugal. E esteve com D.António I até ao fim ....

mn

 



publicado por porabrantes às 21:58 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.01.19

Dizia D.Henrique, o Cardeal-Inquisidor e já agora Príncipe herdeiro destes reinos, porque D.Sebastião não procurava ''fêmea prazenteira'' (1) ou sequer recatada Infanta, para fazer um herdeiro, que o Bispo desta diocese, que era D.João de Portugal, da nobre casa de Vimioso, com quem andava enfrentado........

Galeria_dos_Arcebispos_de_Braga-Cardeal_D__Henrique

não cumpria as suas obrigações e que residia sempre em Abrantes, não indo pelas terras frias da Guarda, onde estava a Sé e ainda que mantinha casa com demasiada ostentação, tendo para isso de recorrer aos judeus  abrantinos a quem devia grossas somas.....

A queixa ao Papa é de 1573 e o Pontífice já mandara uma bula advertindo D.João de Portugal (2)

Onde seria o Paço do Bispo?

 mn

(1) Juan Ruiz, Arcipreste de Hita

(2)  p. 378, José Pedro Paiva, Baluartes da Fé e da Disciplina, o enlace entre os Bispos e a Inquisição, 1536-1750, Unv.Coimbra,  

 

  



publicado por porabrantes às 22:08 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.10.16

Quando Abrantes ainda fazia parte da Diocese da Guarda, os Bispos fugiam a sete-pés dos frios invernais na cidade serrana e passavam  esse período  em Abrantes e Punhete.

Um deles, D. Jorge de Melo, (1519-1548) foi mais radical e nunca meteu os pés na Guarda. Mantinha uma amásia casada, Helena de Mesquita,da qual houve nobre descendência, nada mais que os Melos que usam o título nobiliárquico de Dom.

Donde vem o seu homónimo D.Jorge de Melo, patrão da CUF, por essa razão industrial com grossos interesses em Alferrarede.

Um banqueiro abrantino, fez-lhe uma trova corrosiva:

 

''Bispo que deixou a Sé

E quis antes uma Mesquita,

Mouro foi e mouro é,

Pois dela não se quita'' 

 

A piada referia-se ainda ao brasão da amásia, que tinha um mouro...

 

Sobre o assunto, Josival Santos, '' A relação entre D. João de Melo, bispo de Coimbra (1684-1704), e a Inquisição'', pag 13, nota 21, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 2010'' donde se extraíu a informação e a quadra. 

 

 

 mn  

 



publicado por porabrantes às 18:29 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

D.João de Portugal pega e...

O Bispo na mão dos credor...

Trova abrantina ao Bispo

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds