Quarta-feira, 02.10.19

A candidata da Esquerda abrantina (Bloco) é a Lurdes Martins. Pena não estar em posição elegível.

lurdes

Tem atrás de si uma obra inestimável no plano da Cultura. Muitas vezes boicotada pelos caciques.

O seu CV é:

Lurdes Martins - 5ª candidata

Membro da direção da Tagus - Associação Para O Desenvolvimento Integrado Do Ribatejo Interior, desde 2010. De 1996 a 2019 exerceu vários cargos nos corpos sociais da Associação para o Desenvolvimento Cultural Palha de Abrantes, entre os quais a de presidente da direção. Nesta associação, onde também é colaboradora, é responsável por vários projetos como o de Ação Social; Residências Artísticas; Cineclube Espalhafitas; Estado do Homem - espaços de reflexão e leitura (grupo de debate mensal); “Há Cinema na Aldeia”, que tem como objetivo um arquivo de imagem em Abrantes e concelhos próximos.
Animadora, professora e coordenadora na Escola do Ócio. Orientadora de estágios na área do cinema e de educação.
Colaboradora do Jornal Primeira Linha e da Rádio e Antena Livre.

 

Na candidatura comunista, onde a figura principal é o Doutor António Filipe, está a ex-presidente de Constância, Júlia Amorim.

A cacique Albuquerque não merece o voto nem da Direita, nem da Esquerda.

Já agora, recordemos que António Filipe desmascarou através dum requerimento as pinturas ilegais no Convento de S.Domingos.

Da tropa do Creativ Camp.

mn  



publicado por porabrantes às 18:29 | link do post | comentar

Domingo, 08.09.19
ABRANTES: Intervenções do vereador do BE na reunião de Câmara

 Câmara Municipal de Abrantes

Reunião de 06  de Agosto de 2019

Antes Ordem Dia

 

01-Abate de árvores na Avenida António Farinha Pereira

 

Está em marcha o abate de cerca de 2.600 árvores públicas no Distrito de Santarém da responsabilidade da Infraestruturas de Portugal (IP).

Como é do conhecimento público, foram cortadas quase todas as árvores na Avenida António Farinha Pereira em Alferrarede, Abrantes.

No Concelho de Ourém, a população ficou indignada pois árvores aparentemente sãs e que não prejudicavam o transito, foram cortadas. Também em Alferrarede, aconteceu o mesmo.

A Quercus questionou a IP sobre se existia algum relatório técnico que fundamentasse uma opção tão radical. Foi também nesta lógica que o Vereador do Bloco de Esquerda questionou também o Presidente da Comissão Executiva da IP e tal como a Quercus ainda não obteve qualquer resposta.

Face ao exposto, pergunto se a Câmara Municipal ou os Serviços Municipalizados de Abrantes foram informados do abate e se foi apresentado algum estudo técnico que fundamentasse esta opção tão radical?

 

02-Desperdício de água nas regas municipais

 

Continua a assistir-se a um inacreditável desperdício de água em alguns pontos da cidade de Abrantes tais como na avenida junto ao Hospital de Abrantes e no cruzamento da EN2 conhecido como o “Espinhaço de Cão”.

Este assunto já foi abordado diversas vezes mas até hoje tudo continua na mesma.

Pergunto qual a dificuldade em eliminar o desperdício de água provocada pela rega? E qual o exemplo que a CMA dá aos seus munícipes para que estes poupem água quando não é um exemplo a seguir?

 

03-Declarações do Sr. Presidente da Câmara sobre o Orçamento Participativo (OP)

 

Na cerimónia de entrega da Carrinha do Cidadão ocorrida a 30 de Julho, em Carvalhal, o Sr. Presidente da Câmara fez algumas declarações sobre a suspensão e até a não realização de algumas propostas ganhadores do OP afirmando que estes projectos podiam colidir com o PDM ou porventura devido a problemas normativos.

Ora, sendo o Regulamento do OP bem claro estipulando que as propostas têm que ser tecnicamente exequíveis, não contrariem regulamentos municipais nem violem a legislação em vigor, são incompreensíveis estas declarações.

O regulamento do OP também estipula que serão constituídas equipas multidisciplinares para avaliar e aferir a viabilidade e elegibilidade das propostas e que esta análise pode levar à necessidade de ajustamentos de alguns aspetos das propostas apresentadas.

Todas as propostas ganhadoras foram sujeites à análise e validadas para poderem serem votadas pelos cidadãos e não temos conhecimento que as mesmas, em fase de execução, pudessem colidir com o PDM ou terem problemas normativos.

Face ao exposto e tendo em conta que os autores das propostas ganhadoras, quem nelas votou e os cidadãos em geral, não podem ser defraudados sobe pena de existir uma quebra de confiança na Câmara Municipal de Abrantes e em alguns dos seus serviços, o Vereador do BE solicita ao Sr. Presidente da Câmara que clarifique as suas declarações pois elas, a confirmarem-se, indiciam também o incumprimento das lei que emana do Regulamento do OP.

 

04-Edificios em ruínas no Centro Histórico (CH) de Abrantes

 

No CH de Abrantes existem diversos edifícios em visível avançado estado de degradação.

Na travessa que vem da estação dos CTT (Largo Motta Ferraz) para o Largo de João de Deus, existem alguns edifícios sem telhado dando um aspeto miserável áquela travessa, isto sem referir o perigo que pode  representar para quem por ali passa. Na frente de um dos edifícios, há anos que está uma grade de proteção e diversas paletes.

Pergunto porque é que o proprietário ou proprietária ainda não fizeram obras de consolidação do imóvel ou imóveis de forma a tranquilizar quem por ali passa.

 

05- O BE através do seu Vereador presta o reconhecimento público pela resposta dada pelo dispositivo de combate a incêndios na protecção e tranquilização do parque de Campismo de Martinchel no qual se encontravam mais sde 200 jovens acampados a participarem no Acampamento de Jovens do BE.

Eu mesmo transmiti a confiança no trabalho desenvolvido, pela Protecção Civil,  a nivel municipal e regional.

Estes jovens não irão esquecer tão cedo este enorme susto e a resposta dada também pela Comissão de Campo e pela parte da estrutura do Parque de Campismo.

Expresso assim, o reconhecimento público quer nesta situação particular, quer na proteção das gentes onde o fogo passou.

 

Ordem do dia

 

SMPC  Nº 02 a 06 Arborização e Rearborização com espécie eucalipto

 

Já a Sra Ex:Presidente da Câmara tinha afirmado, em reunião de Câmara, que o Municipio não tinha qualquer competência de fiscalização dos projetos de arborização e rearborização com espécies florestais.

Na altura fiz uma declaração baseada na Lei nº 77/2017 de 17 de Agosto onde o nº 1 do art. 17º (Competência de fiscalização  e contraordenacional) que estipula o seguinte: “A fiscalização e controlo da aplicação e do cumprimento do presente decreto lei compete ao ICNF, IP, à Guarda Nacional Republicana (GNR) e às demais entidades fiscalizadoras, bem como aos municípios.

Ora, na anterior reunião de Câmara, O Sr. Presidente quando eu o quis corrigir, reafirmou que o Municipio de Abrantes não tinha qualquer competência de fiscalização.

Espero que desta, e de uma vez por todas, fique claro que os Municípios também têm competência de fiscalização e controlo do decreto lei que estabelece o regime jurídico aplicável às acções de arborização e rearborização.

Abrantes, 6 de Agosto de 2019       

              O Vereador do Bloco Esquerda-Armindo Silveira        



publicado por porabrantes às 19:45 | link do post | comentar

Sábado, 17.08.19

Neste interessante artigo, o eng. Carlos Matias, deputado do Bloco, critica o Cabrita e os populistas (como a ex-cacique Albuquerque, que afirmou isso, sobre os fogos abrantinos de 2017) que sustentam (contra a evidência) que a maior parte dos fogos são provocados por incendiários.

E defende Vasco Estrela, autarca do Mação, vilipendiado pelo Ministro Cabrita

'' No auge do último grande incêndio do centro do país, o Presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela, chegou mesmo a ser acusado pelo Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, de se demitir das suas funções de responsável concelhio da Proteção Civil. Acusação indigna, vinda da parte do único que põe e dispõe (disporá?) dos meios necessários para enfrentar a enorme catástrofe que, na altura, varria aquele pobre e martirizado concelho do interior.'' (...)

 

Ler o artigo na Via Esquerda e já agora ler a Raquel Varela

mn 



publicado por porabrantes às 13:39 | link do post | comentar

Segunda-feira, 15.07.19

eol matias

No EOL

mn



publicado por porabrantes às 09:11 | link do post | comentar

Sábado, 29.06.19

maxresdefault

Segundo o ''Expresso'' o eng. Carlos Matias foi afastado dum lugar relevante nas listas, apesar de indicado pelas bases do Distrito. Diz  : Rosa Pedro Lima: o (...) ''  processo parecia fechado quando, numa mensagem enviada pela comissão política nacional esta semana, os bloquistas de Santarém foram informados que a direção “pretende apresentar os nomes dos camaradas Fabíola Cardoso e Roberto Barata” a votação no plenário local`` 

Matias foi um bom deputado e no caso de Abrantes, atento sobretudo à questão do Tejo.

Sopram ventos estalinistas no Bloco?

mn



publicado por porabrantes às 00:11 | link do post | comentar

Segunda-feira, 24.06.19

 

 

''Mais, raiando a chantagem, se não aparecer nenhum projecto que agrade ao PS, a culpa da demolição ainda vai recair sobre quem não deu ideias! É inadmissível continuarem a assumir que o Mercado Diário não tem nenhum valor intrínseco e precisa de projectos para se manter de pé. Para o PS, primeiro os projectos, depois a salvação;''

 

mercado azulejos

 

 

Mercado Diário - Resposta BE a Moção PS - Assembleia Municipal de Abrantes

BLOCO ESQUERDA ABRANTES·JUEVES, 20 DE JUNIO DE 2019

19 de Junho 2019
ORDEM DO DIA

PONTO 13 – MOÇÃO PS

MERCADO DIÁRIO

- A bancada do PS apresenta uma moção para clarificar a sua posição relativamente ao Mercado Diário. Começa bem por nomear acertadamente o edifício, este é que é o verdadeiro e único, o nosso Mercado Diário, reconhecido como tal pelos Abrantinos! Mas sobre o conteúdo da moção, não entende a bancada do BE qual a clarificação pretendida pela bancada do PS, pois o que aqui colocam por escrito é a mesma posição já assumida em sessões anteriores, clara desde sempre e sem nada acrescentar;

- Resumindo, querem colocar como ónus para a salvação do edifício, não o seu valor patrimonial e identitário, mas sim ideias de projecto, ideias que ainda por cima são pedidas para a oposição e sociedade civil. Mais, raiando a chantagem, se não aparecer nenhum projecto que agrade ao PS, a culpa da demolição ainda vai recair sobre quem não deu ideias! É inadmissível continuarem a assumir que o Mercado Diário não tem nenhum valor intrínseco e precisa de projectos para se manter de pé. Para o PS, primeiro os projectos, depois a salvação;

- Que fique bem claro que o BE é contra a demolição e a favor de uma classificação de imóvel de interesse municipal, o que, ao contrário do afirmado na moção do PS, não impede intervenções futuras no edifício, apenas protege os elementos que forem objecto de classificação. Mais, tanto a classificação como quaisquer decisões sobre posteriores intervenções ficam sempre na alçada de decisão desta Assembleia Municipal. Para nós, primeiro a salvação, depois os projectos;

- A responsabilidade de manter e proteger o património municipal cabe à Câmara Municipal, a ninguém mais. Isso não esta a acontecer no caso do edifício do Mercado Diário, pois é evidente o estado absolutamente vergonhoso em que se encontra, mesmo após reiterados apelos, feitos tanto nesta Assembleia como por vários cidadãos, para a sua manutenção. Nem para as festas da cidade lhe “lavaram a cara”, atitude que muito contribui para esvaziar de consequência esta moção.

Para nos dar alguma confiança sobre as suas boas intenções neste assunto, o PS devia preocupar-se primeiro com a conservação urgente, para depois falar de responsabilidade;

- Esta moção clarifica a posição do PS, sim, mas, ao contrário da esperança de muitos abrantinos, não traz nada de novo para a revogação da demolição; continua sem reconhecer nenhum dos valores do nosso Mercado Diário de Abrantes, sejam identitários, patrimoniais, históricos, arquitectónicos, sentimentais; não evidencia qualquer acção nem intenção no sentido da preservação nem na travagem do estado deplorável em que se encontra actualmente o edifício;

- Face ao exposto e lamentavelmente, apenas nos deixam a opção do voto contra.

Abrantes, 19 de Junho de 2019
Bloco de Esquerda de Abrantes,

Pedro Grave Joana Pascoal



publicado por porabrantes às 01:00 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.06.19

Ler no EOL



publicado por porabrantes às 21:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27.05.19

mercar 1

 

mercar 2

A atitude da Autora (CMA) raia a má-fé processual diz a Magistratura, numa sentença, sobre a CMA.

Há palavras mais duras para condenar esta autarquia?

E foi condenada

E bem anda Armindo Silveira em querer depurar responsabilidades.

O caso Jorge Dias ainda dará muito que falar....

mn



publicado por porabrantes às 15:50 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.05.19

Excerto dum comunicado do Bloco, referente à sessão da CMA  de 2 de Maio:

''

2-Instalações deficitárias na Unidade de Cuidados à Comunidade de Abrantes

Mais uma vez informo o executivo que a UCC de Abrantes que recentemente foi instalada no 1º andar do edificio conhecido como “Casa de Saúde” de Abrantes a qual a CMA patrocinou com cerca de 140 mil euros, continua só com uma WC para todos os utentes, sejam do sexo masculino, feminino ou com mobilidade condicionada, a inundação da mesma, à três semanas, continuava assim como sala de espera no corredor e o acesso para utentes vindos em maca é altamente problemática.

O BE considera que estas condições não são adequadas e têm que ser corrigidas pois ninguém compreende que com a mudança de instalações certas condições de prestação de serviços e de conforto se tenha deteriorado.

Face ao exposto, o BE solicita que o Sr. Presidente da CMA faça chegar junto de quem de direito as insuficiências detectadas.''

 

Assina o Vereador Armindo Silveira

 

Os comentários:

Como é possível que uma obra camarária recente produza logo  inundações?

Como é possível que só tenha uma retrete?

Como é possivel que os serviços tenham piorado?

ProtocoloUCCAbrantes_3_1_690_400

Assinatura do Protocolo para criar a UCC

(foto ARSLVT)

mn

 

 



publicado por porabrantes às 10:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28.06.18

Bloco denuncia a cumplicidade com as celuloses. Na Esquerda Net



publicado por porabrantes às 19:54 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O voto da Esquerda

O Bloco na CMA

Deputado do Bloco defende...

Carlos Matias arrasa Dire...

Bloco saneia Carlos Matia...

Mercado Diário : Bloco ac...

Comunicado do Bloco

Bloco pede apuramento de ...

Instalações deficitárias ...

Visto do Aquapólis

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13

22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds