Terça-feira, 24.11.20

No adorável processozinho que condenou o José da Graça, em 1ª instância, por burla e falsificação, constam uns depoimentos interessantes. Há uns a que o Tribunal deu crédito, caso da Noémia Alagoa, Pedro Moreira, André Vinagre, inspectores da Polícia Judiciária e da Segurança Social  e da Saúde e há outros que o Tribunal considerou sem crédito, caso de de João Mendes, responsável pela Comunidade 'Terapêutica'' e Tânia dos Santos, trabalhadora do CSIA. E ainda António Pratas, que estivera internado no Projecto Homem. 

1186143_696510037028448_1521796481_n.jpg

 

Quanto às mentiras do José da Graça, o Tribunal achou que '' o seu depoimento mostrou-se inverosímil, incoerente, ilógico, e contraditório com a prova produzida'', por isso mandou o referido depoimento para o caixote do lixo.

Quanto às declarações do Pedro Moreira '' mostraram-se coerentes, lógicas, credíveis e corrobadas quer pela prova documental, quer pela prova testemunhal'' .

Ou seja o Graça mentia como um safado e o Pedro dizia, clara e límpida, a verdade.

Esqueceu-se o reverendo da máxima evangélica ''Veritas vos liberabit.'' (s.João, 8, versículo 32 )

Em vez de optar pelo Evangelho, optou o Graça pelo direito que têm os arguidos de não dizer a verdade.

''Por seu turno o   depoimento das testemunhas José Gaspar, Tânia dos Santos, António Pratas e João Mendes mostrou-se parcial, inverosímil, incoerente e sem qualquer credibilidade. Com efeito, estas depuseram claramente instruídas, e com as respostas previamente preparadas''.

Uma testemunha num Tribunal jura dizer a verdade, treinar testemunhas seja feito por sicrano ou fulano, é próprio de miseráveis.

Viola todas as regras deontológicas, se feito por um Advogado.

Significa viciar todo o processo, impedir que o Tribunal profira uma decisão justa. 

A testemunha  Pratas insinuou que o Pedro Moreira o acossara, tal versão foi largamente propalada na Imprensa pelo cónego para justificar o afastamento do Pedro e encenar a fantasmagórica tese da ''vingança'', que nunca existiu.

Ora, o Tribunal não deu qualquer crédito ao que dizia o Pratas.

ma


tags: ,

publicado por porabrantes às 09:31 | link do post | comentar

Segunda-feira, 05.10.20

Agora Crime: Portal Internacional destaca burlão das seringas - Cidadãos  por Abrantes

Joga-se amanhã uma das últimas cartadas do burlão.

Na Veneranda Relação, o CSIA e o Graça das seringas, que viram inicialmente o seu recurso não admitido, voltam à carga.

Contestam estas penas: 

O CSIA foi condenado em co-autoria por burla agravada, falsificação de documento, burla tributária.

Tendo as penas de prisão sido transformadas num cúmulo jurídico de 700 dias de multa, à taxa diária de 100 € o que perfaz 70.000 €.

O Graça foi condenado pelos mesmos crimes:

3 anos por burla tributária

2 anos e 3 meses por burla agravada

1 ano por falsificação de documento.

Tudo  foi traduzido no cúmulo júridico de 5 anos com pena suspensa   

 

Audiências (06/10/2020 14:30)

940/12.4TAABT.E1
Secção Criminal - 1ª Subsecção
(tr) Recurso Penal

Recorrente: Centro Social Interparoquial de Abrantes
Recorrente: José da Graça
Recorrido: Ministério Público

Tribunal Judicial da Comarca de Santarém - Santarém - JC Criminal - Juiz 3 - 940/12.4TAABT

Relator:
João Manuel Monteiro Amaro
Adjuntos:
1º - Laura Goulart Mauríc

ma



publicado por porabrantes às 21:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.09.20

Artigo 21.º -A
Não elegibilidade
1 — Os titulares dos órgãos não podem ser reeleitos
ou novamente designados se tiverem sido condenados
em processo judicial por sentença transitada em julgado,
em Portugal ou no estrangeiro, por crime doloso contra
o património, abuso de cartão de garantia ou de crédito,
usura, insolvência dolosa ou negligente, apropriação
ilegítima de bens do setor público ou não lucrativo,
falsificação, corrupção e branqueamento de capitais,
salvo se, entretanto, tiver ocorrido a extinção da pena.
2 — Esta incapacidade verifica -se quanto à reeleição
ou nova designação para os órgãos da mesma instituição ou de outra instituição particular de solidariedade
social.

aqui

Quem avisa não é traidor

a redacção


tags:

publicado por porabrantes às 18:43 | link do post | comentar

Segunda-feira, 31.12.18

moral de cónego

Padre, em que se diferenciam as boas acções das más?

No que rendem.....

E já agora um grande 2019 para os nossos fiéis leitores...

 

ma


tags:

publicado por porabrantes às 20:18 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.12.11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Tubucci-Associação de Defesa do Património da Reguão de Abrantes publicou na sua página facebook estas contas paroquiais de Abrantes.......

referentes as exercício de 1984 , assinadas entre outros pelo Sr.Padre Lúcio Alves Nunes.

 

A Tubucci fez os comentários que entendeu e que o leitor pode ler no link citado.

 

Faço agora os meus.

 

No tempo do Rev.P.Lúcio sabíamos que tínhamos uma Igreja pobre mas havia contas.

 

Agora temos uma Igreja rica (a herança da D.Amélia Baeta tornou São Vicente numa espécie de Tio Patinhas), negócios de terrenos bastante curiosos, trespasses de bens da Igreja para associações que se encontram fora da alçada da disciplina canónica, o Graça exercendo o seu múnus ao leme de alguma Fundação privada, e não há contas.

 

A Santa Casa que o Graça insultou

 

 

nesta coisa, apresenta contas todos os anos à aprovação dos seus Irmãos como mandam os Estatutos.

 

Porque é que o Pároco das Paróquias de São João e São Vicente desta cidade não publica as contas devidamente auditadas das instituições católicas como fazia o Sr.Padre Lúcio????

 diocese portalegre

Rev.Cónego Lúcio Alves Nunes

 

 

É para mim um mistério.

 

O segredo é a alma do negócio, mas a Igreja não é um negócio.

 

Podia ser mais duro, fica para outra vez 

 

 

Marcello de Noronha, católico



publicado por porabrantes às 10:41 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.03.11

Uma das mais bonitas e simpáticas e hospitaleiras freguesias de Abrantes acaba de aderir ao movimento cívico para defender

 

São Domingos.

 

A Casa do Povo de São Facundo é nossa amiga no facebook

Casa Povo São Facundo

Se é nossa amiga não é do licenciado alentejano

 

 

 

Nem do Super-Cónego

 

 

 

nem da chefa.......

 

Viva São Facundo !!!!!

 

 Miguel Abrantes

 



publicado por porabrantes às 17:41 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.06.10

Depois desse maçon do Abrantes ter anunciado a chegada abrantina do Sr. Prof. Doutor Francisco Louçã verifiquei que não tinha mencionado o passado católico progressista do ilustre Deputado, que participou num jejum anti-fascista na Capela do Rato sobre a direcção espiritual do Sr.Padre Resina recentemente falecido.

 

Estou certo que o apostolado do Padre Resina, que depois paroquiou o Centro Comercial das Amoreiras (único centro comercial de Portugal com capela, prova do catolicismo do arquitecto Taveira) produziu os seus efeitos benéficos na alma do Francisco e posso garantir que o Padre Escriva, que está no Céu, recomendaria que na Universidade houvesse uma missa.



Rogamos ao Sr. Cónego, cujo voto foi decisivo para eleger o dr.Alcino, que se apresente e tente evangelizar algum bolchevista presente.

 

No caso da Chefa ou do subordinado terem uma apoplexia devido às palestras revolucionárias, recomenda-se ao Sr. Cónego que lhes administre a Santa Unção.

 

Amen

Marcello de Ataíde (supranumerário)



publicado por porabrantes às 20:10 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O cónego e as testemunhas...

A última cartada do Graça...

À atenção do cónego burlã...

Moral de cónego

Espaço da Tubucci: As con...

Casa do Povo de São Facun...

Louçã é católico por Marc...

arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds