Quarta-feira, 18.11.20

1186143_696510037028448_1521796481_n.jpg

viver como um cónego.png

Se este tipo tinha (e tem) uma posição económica desafogada, se não tem nenhuma despesa, se a Igreja lhe paga tudo, se a roupa é tratada pelas Beatas, que lhe fazem de criadas limpando-lhe a casa, se teve uma formação moral adequada, por parte duns pais cristãos e de baixa extracção social, 

Sipais.png

O que levou a dedicar-se ao crime?

A ambição?

O dinheiro?

Loucura transitória, não foi, porque o tribunal disse que estava bom da cabeça.

Má-índole?

Por aqui talvez lá cheguemos....

Ou foi a ideologia religiosa que bebeu, que o transformou num burlão e num falsificador?

Uma má leitura do Evangelho?

As más companhias?

O convívio com um Bispo, Augusto César, que foi alegadamente um delator, denunciando os colegas às autoridades fascistas?

Tornar-se rico, é uma hipótese como se verá.

Tudo enigmas a desvendar.

A seguir. 

Algumas das mentiras que disse em Tribunal.

(Extractos da sentença em 1ª instância que condenou o burlão e falsificador)

ma

   



publicado por porabrantes às 15:45 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.10.20

missa anacleto

Depois duma leitura atenta ao recurso apresentado pelo José da Graça,  cujo depoimento no Tribunal da 1ª Instância tinha sido assim definido, '' não obstante  o arguido José da Graça ter negado a prática dos factos e ter relatado ao Tribunal uma versão diferente do arguido Pedro Moreira, não conseguiu esta convencer o Tribunal, pois a sua versão é incoerente e inverosímil  (...), os Desembargadores da Veneranda  Relação consideraram ''(...) as explicações dadas pelo arguido José da Graça sobre os factos delitivos em apreço não possuem a mínima verosimilhança, não têm qualquer consistência, são totalmente desprovidas da mínima adesão à realidade das coisas e, por isso,  nenhuma credibilidade merecem''(...).

O arguido atirou as culpas (todas) para o Pedro Moreira, mas diz o Acórdão que a burla continuou depois da saída do técnico citado. Ou seja o Graça continuou a roubar e a atirar as culpas para terceiros.

Prossegue, lapidar, o Acórdão, que é uma notável peça jurídica, que honra os nossos Tribunais Superiores, '' (..) relevando até tal arguido uma confrangedora inclinação para o engano de terceiras pessoas(,,,)''

Referem ainda que a conduta do Graça, durante o julgamento'' (...) não revela a existência de qualquer arrependimento ou  responsabilização'(...)'   

O Acórdão e a sentença de 1ª instância revelam práticas gravíssimas que certamente teriam de ser analisadas friamente pelos órgãos católicos da Cidade e Diocese e ainda eventualmente pelo Conselho Municipal de Segurança, pelos partidos políticos e por toda a nossa sociedade.

E por um Anacleto que dizia que o Graça era um homem sério.

ma

 



publicado por porabrantes às 16:07 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.10.20

O Vice João Gomes e o Presidente na Assembleia Municipal, meteram os pés pelas mãos acerca da propriedade da Igreja de S.João.

Igreja de São João Baptista - Abrantes | All About Portugal

O Vice acabou por balbuciar que a Igreja era propriedade do Estado, via DGPC, como esta Instituição informou à deputada Fabíola Cardoso

Se assim é (coisa que nos suscita dúvidas), como é que há uma escritura  que o Graça e o Anacleto e vários voluntários (apesar de não serem bombeiros) foram fazer,  dizendo que a propriedade é da Paróquia?????

ma

foto all about Portugal 

 



publicado por porabrantes às 07:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 01.10.20

O CSIA abriu a valência de combate à toxicodepência em 1997. Com base em palavras do contabilista da coisa, em documento oficial,  verifica-se que o CSIA ganhava 400.000 € anuais com o negócio.

Ao longo da gerência do burlão 1997-2019, foram  22 anos, o CSIA ganhou 8.800.000 €.

 Onde é que gastaram o dinheiro??????

Onde está a ma$$a????

Porque o Centro Domus Paci foi financiado em 80% por fundos comunitários e as compras de imóveis resumiram-se ao Convento da Esperança por 130.000 (grosso modo) às Doroteias.

Portanto pergunta-se onde está o dinheiro?????

imagem do Jornal de Abrantes

  



publicado por porabrantes às 13:30 | link do post | comentar

pecados da Igreja.png

O livro de Secundino Cunha relata as principais polémicas da Igreja lusa nos últimos 20 anos. Dedica várias e profusas páginas a analisar as fraudes montadas pelo cónego Graça e pela sua equipa no CSIA. 

pecados 2.png

Uma leitura muito aconselhável e uma obra apologética que deve figurar em todas as bibliotecas cristãs e que o dr. Francisco Lopes deve lançar na Biblioteca António Botto, organizando um frente a frente entre o burlão e o autor.

missa anacleto

Eis mais um clássico da bibliografia abrantina.

ma

Ficha Técnica: ''

Pecados da Igreja LIVRO

Polémicas da Igreja Católica Portuguesa dos Últimos 20 Anos

de Secundino Cunha, edição: Saída de Emergência, abril de 2017

Acaba de sair edição em e-book por 10, 44€



publicado por porabrantes às 09:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.07.20

O Presidente da autarquia afirmou hoje (ver o vídeo no youtube) que o Vereador Silveira quando vir uns pescadores no Tejo em infracção deve avisar a Polícia.

Mas quando descobriu que o Sr.Bispo de Portalegre queria afastar um burlão de pároco de Abrantes, em vez de o apoiar, telefonou-lhe a dizer que o povo desta terra queria o falsificador (de documentos, que não de hóstias) a cantar missa.

Ou seja a delação só se deve usar contra pescadores de bogas e não contra pescadores de homens, que era o que um tal Jesus Cristo, queria que fossem os padres e não pescadores de heranças.

Foto gamada ao Jornal de Abrantes 

 Cónego José da Graça dispensado das Paróquias de S. Vicente e S ...



publicado por porabrantes às 16:38 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.07.20

Diz o Sr.Presidente da República que há Justiça em Portugal.

Tem toda a razão, há Justiça (um bocadinho morosa), excelentes e íntegros magistrados, tecnicamente bem preparados  e capazes de punirem os criminosos.

Assim foi no Tribunal de Santarém, no âmbito do processo,  - JC Criminal - Juiz 3 - 940/12.4TAABT, de que eram réus um tal José da Graça, presbítero e que tem a ousadia de ainda ser Pároco desta terra, apesar de S.Exa Reverendíssima o ter querido remover, e o CSIA -Centro Social Interparoquial de Abrantes. 

fb_fdc4d83c1d43c9353ba46899ec2c3ccf

Ousou esta gente recorrer à Veneranda Relação, sustentando a inocência do burlão José da Graça e do CSIA.

cónego inau.png

 o burlão ousava infiltrar-se entre as forças vivas

A Relação acaba de em 14-7-2020  recusar liminarmente a admissão do recurso por extemporâneo, tanto do CSIA, como do burlão e portanto a menos que vão inventar estratagemas processuais, tipo recurso ao Constitucional,  o acórdão do Desembargador João Manuel Monteiro Amaro, transitará em julgado.

Acaba-se assim um capítulo de felonia e de vergonha nesta terra ou vão continuar a incomodar os abrantinos?

onferências (14/07/2020 14:30)

940/12.4TAABT.E1
Secção Criminal - 1ª Subsecção
(tr) Recurso Penal

Recorrente: Centro Social Interparoquial de Abrantes
Recorrente: José da Graça
Recorrido: Ministério Público

Tribunal Judicial da Comarca de Santarém - Santarém - JC Criminal - Juiz 3 - 940/12.4TAABT

Relator:
João Manuel Monteiro Amaro
Adjuntos:
1º - Laura Goulart Maurício

Improcedência/Não decretamento

ma

ps- com os nossos cumprimentos aos anacléticos



publicado por porabrantes às 09:29 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.07.20

ana cabral.jpg

Exma Srª Drª Ana Cabral Soares Mendes,

Ilustre Advogada e Fidalga,

Aproveitamos a ocasião para informar V.Exa que o condenado de delito comum José da Graça, de profissão presbítero, e  um tal Anacleto Batista, enquanto respectivamente, Presidente da Associação Cultural e de Desenvolvimento Nova Aliança e Presidente da AG dessa coisa, detentora do pio boletim ''Nova Aliança'', usam  ilegitimamente o nome ilustre de V.Exa, pilar da Fé e da Igreja, como '' Directora'' da folha nos registos oficiais, sendo certo que a nobre e piedosa figura de V.Mercê há muito abandonou tal cargo, certamente para não ter de se dar com gente da laia do burlão.

nal 1.png

nova alianca cabeçalho.jpeg

V.Exa sabe que nos Códigos há meios para resolver estas maçadas  e isso deixamos à sua consideração..

Já agora pode o povo saber quem são os que se apoderaram dum bem da paróquia. E também os órgãos sociais da seita anaclética.

Cumpria a um tal José Bragança Ferreira, Presidente do Conselho Fiscal, a que devido à avançada idade, me poupo a adjectivar, enquanto guardião da legalidade, impedir que tais cousas se dessem.

Infelizmente o Bragança Ferreira, o Anacleto e o burlão Graça abusam do seu nome para publicar a folha, que um amigo meu católico, chama cismática, porque o burlão desobedece ao Bispo, que é nesta terra o delegado daquilo que V.Exa. chama, crente, o Vigário de Cristo.

Da mesma forma,  fazem contratos com a Câmara de Abrantes.

Não sei se haverá tempo, engenho e arte para levar isto mais longe, mas a bola está no seu telhado.

Beija-lhe a fidalga mão

MA

 PS -Nos termos do art. 8º do Decreto Regulamentar nº 8/99, de 9 de Junho, republicado pelo Decreto Regulamentar n.o 2/2009, de 27 de Janeiro, as alterações supervenientes ao registo (que é o caso do Diretor, entre outros) devem ser comunicadas à ERC no prazo máximo de 30 dias, contados a partir da data em que o facto ocorreu sob pena de instauração de processo contraordenacional punível com coima a graduar entre €249,39 a €498,79, art.o 37.o, n.o 1, alínea a), do mesmo diploma. Findo este prazo, poderá ser instaurado o respetivo processo contraordenacional.

    

 

 



publicado por porabrantes às 16:08 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.07.20

nova aliança.jpg

Estamos à espera que esta folha anaclética publique a sentença do Tribunal de Santarém que condenou o burlão ou seja o seu director.

Já agora pode publicar este comunicado do PS do Sardoal  

E pode passar a ter como subtítulo:

Único jornal dirigido por burlão com cabeção



publicado por porabrantes às 08:29 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.07.20

O burlão deixou degradar o Palacete do Solano e a mobília desapareceu

'' Estava bastante degradada. Por exemplo o chão do salão nobre estava num estado lastimoso. Modificamos a canalização para ter água quente e fizemos outras intervenções. A casa tinha sido utilizada para outros fins, ultimamente como um lar, a nossa intenção foi colocá-la como era originalmente'' declarou o empresário Luís  Agudo, ao Médio Tejo,   que recuperou, em boa hora a casa. Também se deve agradecer ao actual Administrador das Paróquias por ter aberto um edifício histórico e marcante à sociedade.

Confirma-se o que aqui se disse, para variar, as negociatas do criminoso passaram por ajudar a montar um lar ilegal na casa de Solano.

O MP acho que gostará  de  saber isto. Pode acontecer que a pena suspensa se transforme em efectiva.

Imagem Médio Tejo

Abrantes | Bispo dispensa Cónego José da Graça das paróquias de Abrantes –  Médio Tejo



publicado por porabrantes às 11:30 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O que o levou ao crime?

A inclinação (confrangedo...

É do Estado, a Igreja de ...

Onde está a ma$$a do CSIA...

Bibliografia abrantina: L...

Não se deve usar a delaçã...

Veneranda Relação recusa ...

Nova Aliança usa ilegitim...

Único jornal dirigido por...

Burlão deixa degradar Pal...

arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds