Domingo, 20.10.19

cónego alimentos estragados

ma



publicado por porabrantes às 18:21 | link do post | comentar

''Nossa Senhora da Luz

É uma linda santinha

(....)

Nossa Senhora da Luz

Tem uma linda toalha

Foi lavada no Paúl

Engomada n' Abrançalha''

(popular)

 

 

Ao contrário das mentiras propaladas em escritura pública, pelo Graça das seringas,

graça benfeitor

e piedosamente asseveradas pelo Anacleto e restantes testemunhas, em instrumento público, a Capela da Senhora da Luz foi adquirida pela Paróquia de S.Vicente, por escritura pública assinada por António Antunes Guilherme, Jerónimo Rodrigues Chaleira,Manuel Gonçalves de Oliveira, Augusto Rodrigues Chaleira,António Pedro Pacheco,António Maria Selada, Prudêncio António Maria e esposas. 

senhora da luz 2

Pelo seu interesse reproduz-se documento, publicado por Fernando Velez, no  Jornal de Abrantes, de 28-11-97, sobre a história da capela. Segundo  ele foi o morgado António Pinto de Almeida, que depois de 1600, construiu a Capela.

Na Vida Ribatejana, nº especial de 1954, D.Licínia Ludovice, publicou um artigo ''A ermida e o lugar de Nossa Senhora da Luz no concelho de Abrantes'', onde o mesmo pergaminho era transcrito.

img20191020_16323809

Porque é o Graça foi mentir?

Porque omitiu o nome dos beneméritos?

Começa-se a mentir em escritura pública e termina-se a burlar o Estado?

Não, termina-se a desobedecer ao Bispo e a lançar católicos contra católicos.

ma

 

 



publicado por porabrantes às 16:02 | link do post | comentar

Sábado, 19.10.19

Bispo Portalegre

Uma instituição não pode ser dirigida por um delinquente, ou por burlão.

Da mesma forma que a Farmácia Silva não pode ser dirigida por um homem que o MP quer impedir de ser farmacêutico por falsificar alegadamente receitas, as Paróquias de Abrantes não podem ser dirigidas por um homem condenado em Tribunal por burla.

 

O Bispo de Portalegre respeitando o Direito da Igreja e cumprindo-o escrupulosamente afastou o Graça das Paróquias.

Certamente tarde.

Para moralizar, entendeu D.Antonino que as Paróquias de Abrantes têm direito a ser governadas por gente sem mácula e sem cadastro.  

Como o foram pelo Cónego Freitas, pelo Cónego Henrique Pires Marques, pelo Padre Catarino, pelo Cónego Albano e por tantos outros sacerdotes, que deixaram um exemplo de abnegação e serviço.

Ao fazer isto, D.Antonino, salva a honra da Igreja que é a honra de Abrantes.

Ao proceder assim, dá-nos um exemplo de Firmeza Apostólica e de higienização dos costumes.

Entretanto, arrogante e labrego, o  Graça entrou em rebeldia contra o sucessor dos Apóstolos, porque o Bispo representa Pedro  e cometeu a irresponsabilidade de aliciar incautos para promover uma desordem pública.

Contra isto há a PSP e a excomunhão.

E finalmente há a cadeia, que é o lugar dos gatunos.

ma

    

 



publicado por porabrantes às 23:08 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17.10.19

Em 10-8-2011, a Comissão Fabriqueira de S.Vicente, representada pelo Graça das Seringas outorgava esta escritura de justificação

img20191010_19244206

.

Vinham dizer que a Paróquia era dona desde tempos imemoriais duma série de templos religiosos, mas que não tinha documentos para justificar a propriedade.

Entre os edifícios a secular capela da Senhora da Luz.

senhora da luz

Dizia o cónego e as testemunhas asseveram que era verdade,.

 

 

senhora da luz 3

que eram donos da capela deste tempos imemoriais e que tinham andado a vasculhar arquivos e não tinham encontrado provas doutros donos.

Vou apenas analisar o caso da Senhora da Luz, agora.

E era falso, o que diziam.

O que se dizia não era verdade, ou seja o Cónego usava expedientes (ou era um crasso ignorante) para legitimar juridicamente a apropriação do edifício.

O Rev. Padre Francisco Valente traça aqui parte da história da Capela e dos donos, a Ordem de Cristo e António Pinto de Almeida.

ordem cristo

E certamente para tempos mais recentes há mais documentos, incluindo da responsabilidade do Cónego Freitas e da diocese.

Foi o Cónego Freitas que tratou da aquisição da capela, que era particular.

freitas - copia

 

Diz o Rev.P. Francisco Valente que só na década de 1950 a capela passou a estar disponibilizada ao povo da Abrançalha.

O texto do Padre Valente é um claro desmentido do que se afirmou nesta escritura.

E se começamos a examinar as escrituras de justificação da Paróquia, encontramos mais coisas dessas.

A Capela não era de S.Vicente, era da Ordem de Cristo e depois particular.

Não me digam que a Senhora Conservadora dos Registos aceitou registar isto.

Vamos anular????

Parte das testemunhas foram das que disseram que D.Amélia Baeta estava boa da cabeça quando testou a favor da Paróquia. 

ma

Bibliografia

Sobre o assunto ver a Zahara'' de Julho de 2012, sobre Santuários Marianos no Concelho de Abrantes, do J Candeias Silva 

Se houver anulação, metemos o Candeias Silva como testemunha

Texto do P.Valente na publicação Rota das Sete Irmãs (2014), com a devida vénia

Nota: Também há justificações deste género, outorgadas por Nelson Carvalho, com o Notário municipal, Bento Pedro 

 



publicado por porabrantes às 09:07 | link do post | comentar

Terça-feira, 15.10.19

Sua Excelência Reverendíssima, Dom Antonino, pela Graça de Deus, Bispo de Portalegre e Castelo Branco faz o que dissemos que faria......

Bispo Portalegre

expulsa o burlão e perjuro José da Graça desta terra.

Em nome de Sua Santidade, Francisco I, em nome de Cristo (que não era um burlão), em nome da Igreja Católica Apostólica e Romana.

Para falar claro, o Bispo varre o lixo.....

Laos Deo.

ma



publicado por porabrantes às 19:08 | link do post | comentar

Quinta-feira, 03.10.19

Diz o ''Mirante'' que o Graça das seringas recorreu contra o Bispo.

A ''Nova Aliança'', que já foi órgão católico e que agora é da seita cismática, não diz nada.

Os paroquianos e os abrantinos não merecem explicações do cismático.

Ocupa as Paróquias um padre afastado pelo Bispo e ao fazê-lo viola a Lei da Igreja e da República, como já nos habituou.

cónego bombeiros

 

Mesmo que tenha recorrido, tal recurso não tem efeitos suspensivos no referente ao desempenho da administração das paróquias, e o pároco, apesar de conservar tal título, até à resolução do recurso, não pode ocupar a residência paroquial, dizer missas lá ou fazer qualquer outra função paroquial, nem administrar os bens paroquiais.

1747

E não pode fazer contratos em nome da Paróquia, todas essas funções passam para um Administrador Paroquial.

O Código Penal já foi usado pela Hierarquia para afastar, apelando às forças da ordem, párocos que se recusavam a sair e os artigos usados foram deste tipo.

SECÇÃO IV
Usurpação de funções
  Artigo 358.º
Usurpação de funções
Quem:
a) Sem para tal estar autorizado, exercer funções ou praticar actos próprios de funcionário, de comando militar ou de força de segurança pública, arrogando-se, expressa ou tacitamente, essa qualidade;
b) Exercer profissão ou praticar acto próprio de uma profissão para a qual a lei exige título ou preenchimento de certas condições, arrogando-se, expressa ou tacitamente, possuí-lo ou preenchê-las, quando o não possui ou não as preenche; ou
c) Continuar no exercício de funções públicas, depois de lhe ter sido oficialmente notificada demissão ou suspensão de funções;
é punido com pena de prisão até 2 anos ou com pena de multa até 240 dias

 

 

Artigo 348.º
Desobediência

1 - Quem faltar à obediência devida a ordem ou a mandado legítimos, regularmente comunicados e emanados de autoridade ou funcionário competente, é punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 120 dias se:
a) Uma disposição legal cominar, no caso, a punição da desobediência simples; ou
b) Na ausência de disposição legal, a autoridade ou o funcionário fizerem a correspondente cominação.
2 - A pena é de prisão até 2 anos ou de multa até 240 dias nos casos em que uma disposição legal cominar a punição da desobediência qualificada.
   
    

   

A Constituição dá eficácia interna ao Código de Direito Canónico. E por isso a desobediência a ele, pode levar a sanções penais.

E no caso de um homem sobre o qual pende pena suspensa, nova condenação penal pode implicar a conversão da pena suspensa em prisão efectiva.

Apelou o Bispo de Portalegre à comunhão e a resposta que levou foi o da confrontação.

Apelou o Bispo à unidade e a resposta foi a dissidência.

Esqueceu-se o Bispo de apelar à Autoridade, embora tenha denunciado as mentiras que os amigos do burlão espalham:

''E o que lhes disse a eles, sinto-me no dever de o dizer, no essencial, a toda a comunidade abrantina pois estão a correr algumas notícias que não correspondem à verdade.''.

 

mn   



publicado por porabrantes às 08:45 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.09.19

O Jornal abrantino Nova Aliança tinha um director condenado por burla e falsificação de documentos.

O aggionarmento na Igreja, dita que tenha um novo Director

burlão

A nossa imprensa vai melhorar.

Não haverá mais capas destas onde um burlão se dedica ao auto elogio.

E até pode acontecer que  venha a publicar a sentença que condenou o CSIA e o Graça na íntegra.

mn



publicado por porabrantes às 10:51 | link do post | comentar

Domingo, 01.09.19

cónego bombeiros

 

 

(...) Mas passemos a assuntos mais cristãos que de demónios está o mundo cheio. Em Abrantes foi criado um movimento de cidadãos para defender um padre. De início até pensei que era mais um daqueles casos de um sacerdote que, tentado pelo demónio, comunga uma paroquiana. Pecados da carne, como sabes.
Enganei-me. Trata-se de um padre milagreiro, pelo que li, que está a ser injustiçado, tanto pela justiça dos homens, no caso pelo Tribunal de Santarém, como pela justiça da igreja católica, personificada pelo Bispo de Portalegre.
Qual foi o milagre do pároco José da Graça? Gerindo ele alguns projectos de carácter social, entre os quais um de reabilitação de toxicodependentes, conseguiu, segundo reza a sentença do Tribunal de Santarém, receber uns largos milhares da Segurança Social para as suas obras, apresentando para tal, tratamentos e curas de pessoal que estava curado ou em tratamento alternativo numa qualquer prisão.
Em vez de recompensas o empreendedor sacerdote recebeu castigos. O Tribunal aplicou-lhe cinco anos de prisão com pena suspensa. O Bispo de Portalegre afastou-o dos seus estimados paroquianos, toxicodependentes ou não. Neste desgraçado país continua a não se reconhecer o mérito, é o que é.(....)

Manuel Serra de Aire, no ''Mirante''



publicado por porabrantes às 17:43 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.08.19

O ex-nº 3 do Vaticano viu confirmada a condenação pelo Tribunal, que, em nome da Rainha, o condena a prisão efectiva por pedófilo.

O Papa só demitiu Pell, de nº 3 do Vaticano, onde pastoreava as Finanças,  em 2019,  e só nessa data iniciou uma investigação canónica contra o tarado.

As primeiras investigações policiais contra Pell são de 2002.

Foi imprevidente o Pontífice Romano, devia ter demitido Pell, muito antes.

Mas como é que João Paulo II o fez Cardeal?

O australiano chegou a ser visto como um sério candidato ao trono de S.Pedro.

Se traduzirmos isto em termos abrantinos, começamos a perceber a razão porque D.Antonino  demitiu o Graça, sem esperar pelo recurso, cuja resolução pode tardar 4 anos.

Mas se as acusações na Imprensa contra o Graça datam de 2013,  e neste blogue de bastante antes, devia ter mandado fazer um inquérito ao CSIA logo que apareceram as queixas sobre a transformação do Projecto Homem, numa mera agência de corrupção para roubar a Segurança Social.

E não o fez.

.

Bispo Portalegre

A Igreja pouco a pouco vai mudando procedimentos, mas caminha a piedoso passo de tartaruga.

Entretanto o Premier australiano, diz que vai iniciar os procedimentos para expulsar Pell de várias ordens honoríficas.

E em tese resta ainda um eventual recurso para a Câmara dos Lordes.

A sentença está aqui. George Pell versus the Queen.

Já agora qual é o jornal que publica a sentença do Graça?

 

ma

 

    



publicado por porabrantes às 10:09 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.08.19

O Bispo de Portalegre teve de ouvir 2 sacerdotes, indicados pelo Conselho Presbiterial para demitir o Graça das afamadas seringas.

O CP é o órgão consultivo que representa junto do Pastor Diocesano os padres (presbíteros) da Diocese.

O CP já chumbara os planos do Graça e da autarquia da catequista (a piedosa senhora Céu) de delapidarem o dinheiro das paróquias construindo a basílica da Barata.

cpp

ver aqui   http://www.clerus.org/bibliaclerusonline/pt/dgh.htm

 

Assim sendo está o ainda pároco de Abrantes isolado entre o clero diocesano, que está solidário com dom Antonino.

Entretanto já se esgotou parcialmente o prazo de recurso para o cónego contestar a decisão diocesana.

mn

(a desenvolver se houver pachorra....)



publicado por porabrantes às 09:09 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O Cónego deu aos pobres a...

A história de Nossa Senho...

Um homem de honra

Padre Valente desmente o ...

Bispo expulsa burlão

O cisma abrantino

A nossa imprensa vai melh...

Dia do Senhor

Geoge Pell versus The Que...

Colegas foram ouvidos par...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds