Quarta-feira, 28.07.21

Puede ser una imagen de al aire libre, árbol y texto que dice "22:02 × Convento de Sant... pt.m.wikipedia.org X Convento de Santo António em CC-BY-SA-3.0 Detalhes <"

  • Conheço bastante bem, sempre vivi nessa zona e desde pequeno que me lembro deste convento, quando construíram as hortas comunitárias, que até acho que foram um boa iniciativa, restauraram este edifício e o pórtico da entrada para o terreno, que possivelmente será da mesma data do edifício, para meu grande espanto, o restauro foi literalmente fechar as portas e janelas do convento com tijolos e cimento, este edifício religioso é classificado pela Dgpc de interesse municipal ! Neste momento coberto de cimento e pintado de branco, um acto absurdo por parte da câmara, acho que nem será legal a forma como lidaram com o restauro, se é que se pode chamar de tal.
    se quiserem posso partilhar fotos do estado em que se encontra.
     
    Comentário do Sr.João Heitor,  no site Fotos Antigas de Abrantes à foto do Convento de Santo António, imóvel classificado, prostituído pela cacique da forma descrita e assim mantido pelo Valamatos

    cacique correio da manhã.jpg

    mn 



publicado por porabrantes às 08:19 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22.07.21

Nos termos da Lei, que se aplica a todos, os membros do Governo são obrigados a terem on-line uma declaração de interesses, que deve ser actualizada, quando há factos relevantes que alteram a declaração inicial.

A cacique tem lá esta

mam.png

 

A alteração da situação conjugal é obrigatória e a cacique segundo os documentos a que tivemos acesso já está divorciada e tinha de alterar a declaração.

Em parte isto tem a ver com uma sociedade comercial, reflectida na declaração, detida pelo ex-marido e filhas, que tem sede (agora e não sei desde quando) num edifício  do Parque Tecnológico do Vale do Tejo, Edifício Inovpoint, , que é controlado pela Associação TagusValley , que depende  na prática da CMA.

Já sabemos que lá ''incumbam''' empresas, mas uma sociedade  que tem larga trajectória de  medicina dentária, precisa de ser instalada num edifício na prática municipal?

Que diriam os anti-fascistas, se o dr. Agostinho Baptista, que era dentista e exercia clínica enquanto Presidente ( era legal), tivesse o consultório num edifício municipal?

Que diriam os fascistas, se o dr. Semedo, tivesse banca de Advogado num edifício da Câmara, enquanto era Presidente ou ex-Presidente?

Tudo isto pode ser legal, mas é inestético....

agostinho baptista inauragura fonte bemposta.jpg

O dentista Agostinho Baptista, o primeiro à esquerda

mn 



publicado por porabrantes às 20:41 | link do post | comentar

Terça-feira, 20.07.21

psd gasta.jpg

oliv cacique.png

 


tags: ,

publicado por porabrantes às 12:33 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.07.21

''Não se trabalhou ao almoço, conta fonte do sector. “Foi um momento de descompressão, muitos entornaram-se. Até porque alguns ministros, pouco habituados a beber vinho ao almoço, beberam (e bem). Com o calor e o teor alcoólico dos bons vinhos portugueses que foram servidos... fazia-se a festa.” Num momento caricato, relatado ao NOVO, o ministro da Letónia, Kaspars Gerhards

2.jpg

( o alegre Kaspars à esquerda)

chegou a discursar em letão, sem direito a tradução, e teve direito na mesma a uma salva de palmas. ''

 

 

Isto decorreu durante uma caríssima almoçarada dada pela cacique aos colegas europeus

contenção.png

 


tags:

publicado por porabrantes às 09:49 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.06.21

contenção.png

no ''Novo Semanário'' ler


tags:

publicado por porabrantes às 09:15 | link do post | comentar

Sábado, 26.06.21

''Quando eu penso que as florestas estão nas mãos do Ministério da Agricultura, o combate aos fogos está no Ministério da Administração Interna e o ordenamento do território nas mãos do Ministério do Ambiente, e a meu ver estas pastas são encabeçadas pelos três ministros mais incompetentes do Governo, eu penso que está ali reunido outro cocktail explosivo para que, se não atalharmos rapidamente o problema, e se tivermos um verão tão quente quanto as previsões atmosféricas o dizem, nós possamos ter outra pandemia em cima daquela que já temos. Oxalá eu esteja enganado", afirmou.''

Miguel Sousa Tavares, na TVI , 21-6-2021

Maria do Céu Antunes: “Este Orçamento aposta numa agricultura sustentável e  inovadora e na qualidade e segurança da produção alimentar” - Agroportal


tags:

publicado por porabrantes às 07:49 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.06.21

cap cacique.png

Expresso, secção ''Gente'', fundada por S.Excelência, o Presidente da República 

 

gaja.png

 


tags:

publicado por porabrantes às 15:25 | link do post | comentar

Quinta-feira, 10.06.21

Carta aberta à Ministra da Agricultura: Luís Dias, Quinta das Amoras. Greve de fome

Esclarecimento ao “esclarecimento” do Ministério da Agricultura: com a verdade me enganas.

Exma. Sr.ª Ministra da Agricultura Maria do Céu Antunes,

Ontem, 1 de Junho, o Ministério da Agricultura emitiu uma “nota de esclarecimento” sobre o caso que motiva a minha greve de fome, que hoje entra no 24º dia. Nessa nota, o Ministério lamenta a situação e afirma que “continua empenhado, como sempre tem estado, em encontrar soluções, dentro do quadro legal e comunitário vigente”.

O esclarecimento prestado é, no entanto, um caso de estudo sobre como se distorcem factos verdadeiros para mentir descaradamente ao país. De facto, foi efetivamente aprovada uma candidatura em Outubro de 2019 para repor o potencial produtivo da nossa exploração agrícola. E de facto, como o próprio Governo reconhece, esse apoio nunca foi, até hoje, pago.

O que o “esclarecimento” do Ministério da Agricultura omite é que a tempestade que destruiu 94% do potencial produtivo da exploração não ocorreu em Outubro nem em Outubro de 2019, mas quase dois anos antes, em Dezembro de 2017. Desde essa altura, só depois de enorme insistência, litigância judicial e da intervenção da Provedora da Justiça se conseguiu forçar o Governo a fazer o que lhe competia, abrindo a candidatura prevista no “quadro legal e comunitário vigente”. O atraso provocou um prejuízo de 1,75 milhões de euros.

Mesmo depois de aprovado o apoio, o IFAP manteve-se (e mantém-se hoje) indisponível para acertar connosco os procedimentos para o pagamento do apoio – entretanto insuficiente para fazer face a prejuízos que se acumulam a cada dia de paralisia e boicote. É notável que durante 15 meses o IFAP tenha recusado dezenas tentativas para prestar os esclarecimentos necessários.

A sabotagem burocrática não é exclusiva deste processo de reposição do potencial produtivo. Ela é a realidade objetiva com que nos defrontamos desde o início do projeto – traduzida em exigências ilegais de garantias bancárias exigidas fora do “quadro legal e comunitário vigente” e que tinham como objetivo claro fazer-nos desistir de um investimento com exportação garantida e gerador de riqueza e emprego para uma das regiões mais deprimidas de Portugal.

Apesar de ter na sua posse, desde Outubro de 2015, provas suficientes desta sabotagem (que é alvo de um inquérito-crime pelo Ministério Público), só na semana passada, depois de 15 dias em greve de fome, o Governo acedeu a anunciar uma auditoria ao processo. Incrivelmente, após dezenas de ilícitos, milhões de euros de prejuízos, não houve até hoje um só processo disciplinar!

Quando, perante a gravidade da situação, a solução do Ministério da Agricultura é mentir, se dúvidas houvesse sobre a intenção e integridade da auditoria/inquérito que pretendem fazer, isto esclarece-as integralmente.

Portanto, não, o Governo não está “empenhado, como sempre tem estado, em encontrar soluções”. Não, o Governo não está a cumprir o “quadro legal e comunitário vigente”. Pelo contrário, a nota de esclarecimento ontem emitida demonstra a má-fé do Governo: com ela, a Ministério da Agricultura persiste numa narrativa mentirosa e tenta, com uma desumanidade vergonhosa, transferir para um cidadão em greve de fome há 24 dias a responsabilidade pela sua conduta de encobrimento das ilegalidades reiteradas do Ministério a que a Sr.ª Ministra preside.

Aquilo que lhe pedimos, Sr.ª Ministra, desde o início é simples: pare de litigar de má-fé! Pare de mentir ao tribunal só para arrastar o processo! Pare de tentar encobrir tudo provocando a perda da Quinta das Amoras! Pare de proteger a corrupção na DRAP-C!

Nos últimos dois dias, o agravamento do meu estado de saúde obrigou-me a ser hospitalizado duas vezes, o risco de danos permanentes e mesmo morte é a cada dia maior. Isto não é um jogo Sr.ª Ministra.

Nota de esclarecimento do Ministério da Agricultura: Luís Dias


tags:

publicado por porabrantes às 07:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 03.06.21

gaja.png

O lavrador Luís Dias, da Idanha, está à 24 dias em greve de fome, frente ao palácio do Presidente, porque não lhe pagaram um apoio para uma plantação de amoras, devastada pela intempérie.

greve.png

 

O agricultor acusa, preto no branco, o Ministério da cacique:' de má-fé' :

''(...)Mas, para Luís Dias, trata-se de persistir “numa narrativa mentirosa”, através da qual o Ministério “tenta, com uma desumanidade vergonhosa, transferir para um cidadão em greve de fome há 24 dias a responsabilidade pela sua conduta de encobrimento” das repetidas ilegalidades.

Ao fim de quatro anos, depois de nos terem morto as plantas e estar tudo degradado querem que façamos o pedido novamente e prossigamos como se os últimos quatro anos não tivessem acontecido, o que é impossível e nem sequer faz sentido. Os apoios dizem respeito a reconstrução das estufas e de nada adianta agora reconstruir as estufas quando já não temos plantas nem meios para replantar”, explicou ao Expresso.'''' artigo de Mafalda Coutinho no ''Expresso''

ler ainda

 


tags:

publicado por porabrantes às 07:41 | link do post | comentar

Segunda-feira, 31.05.21

188850721_4633681743314245_2246555993715053981_n.j

gamado no face ao Sr.João Ahrens Teixeira 


tags:

publicado por porabrantes às 16:32 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A cacique que prostituiu ...

Questões de estética polí...

Na mouche

Copofonia europeia nas al...

MNE exige contenção ao de...

A anunciada época de fogo...

A cacique e os contentor...

Carta à Cacique

A má-fé do ministério da...

Cacique no top da asneira...

arquivos

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
16


31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds