Quarta-feira, 20.07.11

 

''Segundo, o Vereador Carlos Arês considera que neste
 caso há um arguido que é o Nelson Carvalho......''
 
Santana-Maia na Acta Municipal de 27 de Junho de 2011

 

 

 

 

Da vez que o Sr.Carvalho foi constituido arguido num processo penal por actos praticados no exercício de funções públicas, o blogue Vila do Paul deu a notícia com esta sugestiva ilustração. 

 

Como se sabe e foi aqui publicado, transcrevendo peças processuais, apurou-se nesse processo o espectacular enriquecimento do novo-rico Eng.Júlio Bento, durante o exercício das suas funções de Vereador das Obras abrantinas e a existência de delito fiscal já prescrito.

 

Isto  é, o Eng.Bento não declarou em sede de Imposto sobre o Rendimento copiosas verbas que por milagre apareceram na sua conta e recusou-se a esclarecer o Tribunal sobre a sua origem.

 

Como se sabe assim que deu o salto da CMA para o sector privado, passou a estar ao serviço do Grupo Lena. 

 

Nunca o PS de Abrantes, Nelson Carvalho ou a mimosa Chefa esboçaram um gesto de condenação política (não queríamos naturalmente que a Chefa atirasse o Bento para uma fogueira

 

ocruzadomissionario.blogspot.com

 

ou sequer que o primeiro-esposo do Concelho, o inefável Alves Jana

 

berrasse na rádio municipalizada, com a excelente educação clerical que possui, que o eng.Bento tinha cuspido no 

 

 

como chegou a dizer uma vez acerca do Dr.Santana-Maia, afirmando que o Advogado abrantino tinha salivado sobre alguém, falando acerca do MIAA.) sobre a promoção do Bento à  feliz qualidade de novo-rico!!!!!

 

Como se sabe o processo foi arquivado e pode ser reaberto se aparecerem novos indícios ou provas que o MP considere relevantes para esse fim.

 

Que a forma caciqueira de Nelson Carvalho governar (que conduziu a uma benta forma de alguns se governarem), reforçada pela ausência duma oposição vigilante e atenta, faria saltar todas as luzes de alarme num concelho em que houvesse  medias independentes e onde o próprio PS não fosse apenas constituído, especialmente nos órgãos de decisão por senhores e senhoras ligados umbilicalmente à gamela do poder , era coisa que saltava aos olhos, mesmo que não bentos, de qualquer observador.

 

 

Que Nelson Carvalho depois do 1º aviso do Venerando MP devia ter reforçado os meios jurídicos internos da autarquia (onde há idiotas capazes de sustentarem que o Código de posturas de 1902 está em vigor!!!!) e inflectido a sua governação era claro para qualquer bom  entendedor!!!!!

 

Nelson Carvalho não aprendeu nada com o

 

 

e continuou com o aplauso unânime do PS e da Oposição onde o Marques terminou a faena com a proposta de criação da Avenida, Beco Largo, Praça, Rotunda, Alameda, Viela ou coisa similar Nelson Carvalho a mesma política que encontrou o seu Everest no caso RPP.

 

 

 

E há tantos indícios de coisas estranhas, que só um MP tão cego como costumam representar a Justiça, é que não teria actuado, seja ex oficio, seja por participação de alguém.

E aí temos de novo o Sr.Carvalho, o  homem de quem um Fidalgo, o camarada Alegre não queria ouvir falar....

 

 

pelas mesmas razões que este blogue gostaria de o ver a milhas de Abrantes, metido numa embrulhada judicial.

 

Segundo deduziu o dr. Santana-Maia das declarações do dr.Arês, que constam aqui o homem  é  outra vez arguido pelo MP.

 

Diz o rifão, que não há 2 sem 3.

 

Veremos.

 

Mas teremos muita matéria para falar, tanta que nem estou para comentar a peculiar noção do segredo de justiça que tem o notário Arês....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 17:03 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.06.11

A violação é um crime punido pelo C.Penal que gera tal repulsão social que o próprio violador é muitas vezes alvo de sevícias violentas por parte dos reclusos do estabelecimento prisional onde o alojam.....

 

Viola a Câmara de Abrantes?

 

Não pessoas, mas os seus direitos de cidadãos garantidos pela Constituição e pelas leis?

 

A resposta é positiva e no caso do MIIA parece-nos que tal violação é feita por vários lados. Ou como gostam de dizer os pedantes por várias vertentes.

 

Vem esta conversa a propósito da : Declaração dos vereadores eleitos pelo PSD ( note-se bem eleitos pelo PSD e não trânsfugas do PSD como é o caso do Sr.Vereador Arês) sobre o programa dito de regeneração do centro histórico apresentado pela primeira-dama dos Rotários

 

 

 

Apresentou a dita o programa na sede duma Sociedade Comercial, assunto que terá aqui e noutras instâncias, o devido tratamento.

 

Resta saber, coisa que pensamos apurar, se alguém dos corpos gerentes da dita sociedade tem interesses materiais no programa de regeneração urbana, nesse caso também haverá diligências a fazer.

 

Estamos de acordo com as considerações tecidas pelos Vereadores laranja (esperemos que a D.Manuela Ruivo não tenha um ataque quando as ler, nesse caso recomenda-se que mande ao  Armando Fernandes fazer-lhe um chá de tília ) mas resolvemos fazer uma resalva que já enviámos num comentário já publicado no Rexistir por Abrantes que passamos a transcrever: 

No absurdo projecto de Carrilho da Graça há entre outros um pormenor que os Snrs Vereadores não viram. A Lei 83/95 de 31 de Agosto estabelece a obrigatoriedade de discussão pública para projectos públicos de valor superior a 1 milhão de contos. (art 4º nº3). A CMA tem alegremente violado esta disposição e agora com o projecto do MIAA volta a violá-la.
Agradecíamos aos srs Vereadores que colocassem esta questão em sede própria. Aproveito para lhes expressar a minha admiração pelo trabalho feito até agora. Miguel Abrantes
28 de Junho de 2011 às 22:15


 

Ou seja na minha modesta opinião a CMA está a violar os direitos de 45.000 abrantinos ao não submeter o projecto do licenciado alentejano a:

 

DISCUSSÃO PÚBLICA!!!! 

 m.a.



publicado por porabrantes às 18:15 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.05.11

Acabo de ler o último Boletim Municipal-Passos do Concelho.

 

Vem dedicado às empresas e ao investimento.

 

Boa opção, dada a crise e os números dos desempregados a subirem, embora as estatísticas oficiais provem o contrário.

Como o Prof. Catroga está de férias não há ninguém na Oposição capaz de usar  a rude linguagem vernácula que os manos Catroga aprenderam na EICA, onde a maioria dos alunos usava um calão capaz de fazer corar um ex-seminarista ou um lírico candidato a poeta oficial da MP como o jovem Lacão,  e dizer

 

MERDA para a propaganda eleitoral!!!!!

O Prof. Catroga é um kavaquista sui generis, o único calão que o Cavaco usou em público foi ''Safa!!!!'', uma vez no Parlamento!!!  


Regresso à folha de propaganda municipal para felicitar vivamente os seus redactores por não falarem da RPP Solar, o maior ''flop'' industrial do concelho.

Também merecem um aplauso sincero por não consultarem o portal CITIUS para terem uma ideia de qual é o número de pedidos de insolvência que entram por dia no Tribunal da Comarca.

Quanto é custa ao contribuinte a folha oficial (porque há as oficiosas)  de propaganda?

 

Só em impressão os números disponíveis informam que gastaram 23.190 €

 

 

  • nullMunicípio de Abrantes
  • nullProgresso e Vida - Empresa Tipográfica e Jornalística, Lda
Aquisição de Serviços de Impressão do Boletim Municipal € 23.190,00 27-07-2010 Detalh

 

 

É barato!

 

Menos de metade do contrato do Baptista Pereira.....

 

Como sabe o Fernandinho é mais caro porque tem dedicação exclusiva ao ensino superior...... 

 

 

 

 

 

Há mais senhores na situação do Baptista Pereira para o Sr.Dr. Arês investigar? Há....

 

 

Mas isto é um blogue telenovelesco, como a programação Kultural mais apreciada pela Chefa e por isso fica para a próxima....

 

Marcello de Noronha, da Obra

 

Laos Deos 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 17:58 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Nelson Carvalho de novo a...

A violação camarária

O Boletim das Boas Notíci...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds